quarta-feira, 2 de agosto de 2017

QUEM SÃO OS DEPUTADOS QUE VOTARAM PARA SALVAR TEMER

Câmara dos Deputados rejeita denúncia contra presidente Michel Temer.

©Ueslei Marcelino / Reuters Câmara dos Deputados rejeita denúncia contra presidente Michel Temer.
FONTE MSN NOTÍCIAS
Quem são os deputados que votaram para salvar Temer

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira (2) a denúncia contra de corrupção contra o presidente Michel Temer, apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentada em 26 de junho.
Eram necessários 342 votos para que o Supremo Tribunal Federal (STF) pudesse continuar as investigações, mas apenas 227 deputados votaram contra o peemdebista.
Ao longo dos últimos meses, o Planalto se empenhou em atender a demandas de deputados por cargos e por emendas parlamentares. Só em julho, foram R$ 1,8 bilhões. Temer também intensificou a agenda de encontros. Em um único dia, nesta terça-feira (1), 35 deputados foram ao gabinete presidencial.
No mesmo dia, para atender à bancada ruralista, por exemplo, o governo publicou a medida provisória (MP) 793, que cria o Programa de Regularização Rural (PRR). O texto permite que produtores acertem dívidas vencidas até 30 de abril de 2017 com Funrural (Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural).
A renúncia prevista com mais essa concessão é de R$ 5,4 bilhões entre 2018 e 2020. Em contrapartida, o governo prevê arrecadar R$ 2,139 bilhões com o Refis (Programa de Recuperação Fiscal).
Com o resultado da Câmara, Temer continua no mandato e a investigação só será retomada em 2019, quando ele deixar o Palácio do Planalto.
De acordo com a PGR, o presidente é o destinatário final de uma mala com R$ 500 mil de propina paga pela JBS ao ex-assessor do presidente, Rodrigo Rocha Loures.

Confira quem foram os deputados que votaram para salvar o peemedebista.

PMDB
Alceu Moreira (PMDB-RS)
Altineu Côrtes (PMDB-RJ)
André Amaral (PMDB-PB)
Aníbal Gomes (PMDB-CE)
Baleia Rossi (PMDB-SP)
Cabuçu Borges (PMDB-AP)
Carlos Bezerra (PMDB-MT)
Carlos Marun (PMDB-MS)
Celso Jacob (PMDB-RJ)
Celso Maldaner (PMDB-SC)
Cícero Almeida (PMDB-AL)
Daniel Vilela (PMDB-GO)
Darcísio Perondi (PMDB-RS)
Dulce Miranda (PMDB-TO)
Elcione Barbalho (PMDB-PA)
Fábio Ramalho (PMDB-MG)
Fabio Reis (PMDB-SE)
Flaviano Melo (PMDB-AC)
Hermes Parcianello (PMDB-PR)
Hildo Rocha (PMDB-MA)
Hugo Motta (PMDB-PB)
Jéssica Sales (PMDB-AC)
João Arruda ( PMDB-PR)
João Marcelo Souza (PMDB-MA)
José Fogaça (PMDB-RS)
Jose Priante (PMDB-PA)
Josi Nunes (PMDB-TO)
Lelo Coimbra (PMDB-ES)
Leonardo Picciani (PMDB-RJ) *ministro do Esporte
Leonardo Quintão (PMDB-MG)
Lucio Mosquini (PMDB-RO)
Lucio Vieira Lima (PMDB-BA)
Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ)
Marinha Raupp (PMDB-RO)
Marx Beltrão (PMDB-AL) *ministro do Turismo
Mauro Lopes (PMDB-MG)
Mauro Mariani (PMDB-SC)
Mauro Pereira (PMDB-RS)
Moses Rodrigues (PMDB-CE)
Newton Cardoso Jr (PMDB-MG)
Osmar Terra (PMDB-RS)
Pedro Chaves (PMDB-GO)
Pedro Paulo (PMDB-RJ)
Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC)
Ronaldo Benedet (PMDB-SC)
Saraiva Felipe (PMDB-MG)
Sergio Souza (PMDB-PR)
Simone Morgado (PMDB-PA)
Soraya Santos (PMDB-RJ)
Valdir Colatto (PMDB-SC)
Walter Alves (PMDB-MG)
Zé Augusto Nalin (PMDB-RJ)
PSDB
Antonio Imbassahy (PSDB-BA) *ministro da Secretaria de Governo
Arthur Virgílio Bisneto (PSDB-AM)
Bonifácio Andrade (PSDB-MG)
Bruna Furlan (PSDB-SP)
Bruno Araújo (PSDB-PE) *ministro de Cidades
Caio Narcio (PSDB-MG)
Célio Silveira (PSDB-GO)
Domingos Sávio (PSDB-MG)
Elizeu Dionizio (PSDB-MS)
Geraldo Resende (PSDB-MS)
Giuseppe Vecci (PSDB-GO)
Izalci Lucas (PSDB-DF)
Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR)
Marco Tebaldi (PSDB-SC)
Marcus Pestana (PSDB-MG)
Nelson Padovani (PSDB-PR)
Nilson Leitão (PSDB-MT)
Nilson Pinto (PSDB-PA)
Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG)
Rodrigo de Castro (PSDB-MG)
Rogério Marinho (PSDB-RN)
Yeda Crusius (PSDB-RS)
PP
Aguinaldo Riberio (PP-AL)
André Abdon (PP-AP)
André Fufuca (PP-MA)
Arthur Lira (PP-AL)
Beto Salame (PP-PA)
Beto Rosado (PP-RN)
Cacá Leão (PP-BA)
Covatti Filho (PP-RS)
Dilceu Sperafico (PP-PR)
Dimas Fabiano (PP-MG)
Eduardo da Fonte (PP-PE)
Ezequiel Fonseca (PP-MT)
Fausto Pinato (PP-SP)
Fernando Monteiro (PP-PE)
Franklin (PP-MG)
Guilherme Mussi (PP-SP)
Hiran Gonçalves (PP-RR)
Iracema Portella (PP-PI)
José Otávio Germano (PP-RS)
Julio Lopes (PP-RJ)
Lázaro Botelho (PP-TO)
Luiz Fernando Faria (PP-MG)
Macedo (PP-CE)
Maia Filho (PP-PI)
Marcus Vicente (PP-ES)
Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
Nelson Meurer (PP-PR)
Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)
Paulo Maluf (PP-SP)
Renato Andrade (PP-MG)
Renato Molling (PP-RS)
Renzo Braz (PP-MG)
Ricardo Izar (PP-SP)
Roberto Balestra (PP-GO)
Roberto Britto (PP-BA)
Simão Sessim (PP-RJ)
Toninho Pinheiro (PP-MG)
PR
Aelton Freitas (PR-MG)
Alexandre Valle (PR-RJ)
Alfredo Nascimento (PR-AM)
Bilac Pinto (PR-MG)
Brunny (PR-MG)
Cajar Nardes (PR-RS)
Delegado Edson Moreira (PR-MG)
Édio Lopes (PR-RR)
Giacobo (PR-PR)
Gorete Pereira (PR-CE)
João Carlos Bacelar (PR-BA)
José Carlos Araújo (PR-BA)
José Rocha (PR-BA)
Laerte Bessa (PR-DF)
Lúcio Vale (PR-PA)
Luiz Cláudio (PR-RO)
Luiz Nishimori (PR-PR)
Magda Mofatto (PR-GO)
Marcelo Delaroli (PR-RJ)
Marcio Alvino (PR-SP)
Mauricio Quintella (PR-AL) *ministro dos Transportes
Miguel Lombardi (PR-SP)
Milton Monti (PR-SP)
Paulo Feijó (PR-RJ)
Paulo Freire (PR-SP)
Remídio Monai (PR-RR)
Sebastião Oliveira (PR-PE)
Vinicius Gurgel (PR-AP)
PSD
Átila Lins (PSD-AM)
Cesar Souza (PSD-SC )
Delegado Éder Mauro (PSD-PA)
Diego Andrade (PSD-MG)
Domingos Neto (PSD-CE)
Edmar Arruda (PSD-PR)
Evandro Roman (PSD-PR)
Fábio Faria (PSD-RN)
Goulart (PSD-SP)
Herculano Passos (PSD-SP)
Heuler Cruvinel (PSD-GO)
Jaime Martins (PSD-MG)
João Paulo Kleinübing (PSD-SC)
João Rodrigues (PSD-SC)
Júlio Cesar (PSD-PI)
Marcos Montes (PSD-MG)
Raquel Muniz (PSD-MG)
Rogério Rosso (PSD-DF)
Rômulo Gouveia (PSD-PB)
Thiago Peixoto (PSD-GO)
Victor Mendes (PSD-MA)
Walter Ihoshi (PSD-SP)
PSB
Adilton Sachetti (PSB-MT)
Átila Lira (PSB-PI)
Danilo Forte (PSB-CE)
Fabio Garcia (PSB-MT)
Fernando Coelho Filho (PSB-PE) *ministro de Minas e Energia
Heráclito Fortes (PSB-PI)
José Reinaldo (PSB-MA)
Maria Helena (PSB-RR)
Marinaldo Rosendo (PSB-PE)
Tenente Lúcio (PSB-MG)
Tereza Cristina (PSB-MS)
DEM
Abel Mesquita Jr. (DEM-RR)
Alberto Fraga (DEM-DF)
Claudio Cajado (DEM-BA)
Carlos Melles (DEM-MG)
Efraim Filho (DEM-PB)
Eli Corrêa Filho (DEM-SP)
Elmar Nascimento (DEM-BA)
Felipe Maia (DEM-RN)
Francisco Floriano (DEM-RJ)
Hélio Leite (DEM-PA)
Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP)
José Carlos Aleluia (DEM-BA)
Juscelino Filho (DEM-MA)
Marcelo Aguiar (DEM-SP)
Marcos Soares (DEM-RJ)
Mendonça Filho (DEM-PE) *ministro da Educação
Misael Varella (DEM-MG)
Missionário José Olimpio (DEM-SP)
Osmar Bertoldi (DEM-PR)
Pauderney Avelino (DEM-AM)
Paulo Azi (DEM-BA)
Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO)
Vaidon Oliveira (DEM-CE)
PRB
Antonio Bulhões (PRB-SP)
Beto Mansur (PRB-SP)
Celso Russomanno (PRB-SP)
Cleber Verde (PRB-MA)
Jhonatan de Jesus (PRB-RR)
João Campos (PRB-GO)
Lindomar Garçon (PRB-RO)
Marcelo Squassoni (PRB-SP)
Márcio Marinho (PRB-BA)
Pastor Luciano Braga (PRB-BA)
Roberto Alves (PRB-SP)
Roberto Sales (PRB-RJ)
Rosangela Gomes (PRB-RJ)
Silas Câmara (PRB-AM)
Vinicius Carvalho (PRB-SP)
PTB
Adalberto Cavalcanti (PTB-PE)
Alex Canziani (PTB-PR)
Benito Gama (PTB-BA)
Cristiane Brasil (PTB-RJ)
Jorge Côrte Real (PTB-PE)
Josué Bengtson (PTB-PA)
Jovair Arantes (PTB-GO)
Nelson Marquezelli (PTB-SP)
Nilton Capixaba (PTB-RO)
Paes Landim (PTB-PI)
Pedro Fernandes (PTB-MA)
Ronaldo Nogueira (PTB-RS) *ministro do Trabalho
Sabino Castelo Branco (PTB-AM)
Sérgio Moraes (PTB-RS)
Zeca Cavalcanti (PTB-PE)
PDT
André Figueiredo (PDT-CE)
Solidariedade
Augusto Coutinho (SD-PE)
Aureo (SD-RJ)
Benjamin Maranhão (SD-PB)
Genecias Noronha (SD-CE)
Lucas Vergilio (SD-GO)
Paulo Pereira da Silva (SD-SP)
Wladimir Costa (SD-PA)
Zé Silva (SD-MG)
Podemos
Ademir Camilo (Pode-MG)
Alexandre Baldy (Pode-GO)
Aluisio Mendes (Pode-MA)
Carlos Henrique Gaguim (Pode-TO)
Dr. Sinval Malheiros (Pode-SP)
Ezequiel Teixeira (Pode-RJ)
Jozi Araújo (Pode-AP)
Francisco Chapadinha (Pode-PA)
Ricardo Teobaldo (Pode-PE)
PSC
Andre Moura (PSC-SE)
Júlia Marinho (PSC-PA)
Pr. Marco Feliciano (PSC-SP)
Professor Victório Galli (PSC-MT)
Takayama (PSC-PR)
PPS
Arthur Oliveira Maia (PPS-BA)
PHS
Marcelo Aro (PHS-MG)
PV
Evandro Gussi (PV-SP)
Roberto de Lucena (PV-SP)
Sarney Filho (PV-MA) *ministro do Meio Ambiente
PROS
Rogério Silva (PROS-MT)
Ronaldo Fonseca (PROS-DF)
Toninho Wandscheer (PROS-PR)
PEN
Erivelton Santana (PEN-BA)
Junior Marreca (PEN-MA)
Walney Rocha (PEN-RJ)
PTdoB
Luis Tibé (PTdoB-MG)
PSL
Alfredo Kaefer (PSL-PR)
Dâmina Pereira (PSL-MG)
Luciano Bivar (PSL-PE)

Imagens da votação na Câmara da denúncia contra Temer:

Vídeo: Deputados discutem durante sessão na Câmara (Via SBT)



TOTAL DE ACESSOS  MAIS  DE  UM  MILHÃO  A PARTIR DO DIA 07/07/2017/



MAIS DE 1.010  MILHÃO - /01/0/17 - ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!
Alemanha Mais de  181 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos, Estados Unidos  mais  128 Mil. Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
487 ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....


TOTAL  DE ACESSOS  MAIS  DE UM MILHÃO E  10  MIL ACESSOS NO PLANETA  TERRA - 01/08/17

Visualizações de página de hoje 05H20 01/08/17
141
Visualizações de página de ontem
475
Visualizações de página do mês passado
13.010
Histórico de todas as visualizações de página
1.010.479
Seguidores


Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
526829
Alemanha
182568
Estados Unidos
128929
Rússia
46621
Malásia
19730
China
14410
Ucrânia
9027
França
6358
Portugal
5805
Índia
4238


*********************************************************************



O POETA MARATONISTA!
          
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                        CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                        Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, intspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registratdo em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Critstóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DEt VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....t

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.

t

t
tt

t

t com credenciamento CFMO 097}

     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  tde  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP

T
T********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS.

Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961

EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.
O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT (atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961
Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova

VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).
Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).

Nenhum comentário:

Postar um comentário