segunda-feira, 10 de julho de 2017

NOTÍCIAS DE BAHIA 1X1 FLUMINENSE /RJ ARENA FONTE NOVA, JEQUIÉ NA ELITE DA FBF/2018 E MAIS..

Domingo, 09 de Julho de 2017 - 20:05

Veja os gols de Bahia 1 X 1 Fluminense

Domingo, 09 de Julho de 2017 - 19:39

Baianos ficam no empate nos primeiros duelos do mata-mata da Série D do Brasileirão

por Leandro Aragão
Baianos ficam no empate nos primeiros duelos do mata-mata da Série D do Brasileirão
Foto: Divulgação / Flu de Feira
Os três clubes baianos ficaram no empate na primeira rodada da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, neste domingo (9). No confronto 'estadual', Jacobina e Juazeirense empataram em 2 a 2, no estádio José Rocha, em Jacobina. O Cancão de Fogo fechou o primeiro tempo na frente, mas cedeu o empate para os donos da casa na etapa final. Em Campina Grande, na Paraíba, o Fluminense de Feira arrancou o empate de 1 a 1, ao marcar o gol aos 36 minutos do segundo tempo, no estádio do Amigão. No próximo sábado (15), às 18h30, a Juazeirense recebe o Jacobina no estádio Adauto Morais, para o duelo decisivo. No dia seguinte, o Touro do Sertão recebe a visita do Campinense, no estádio Joia da Princesa, às 16h. O gol fora de casa é critério de desempate para definir os classificados para as oitavas de final da Série D.
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 19:20

Jorginho minimiza as vaias da torcida: 'Eles ainda vão me pedir para ficar'

por Leandro Aragão
Jorginho minimiza as vaias da torcida: 'Eles ainda vão me pedir para ficar'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O técnico Jorginho minimizou as vaias recebidas pela torcida do Bahia. O Esquadrão de Aço empatou com o Fluminense por 1 a 1, neste domingo (9), na Arena Fonte Nova, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante disse, durante a entrevista coletiva, que não tem medo de demissão e que acredita no respaldo da presidência do clube.

"Se acontecer, por exemplo, o que não é o caso aqui, sinceramente quero dizer que a minha diretoria é muito consciente, apesar de ter um vice-presidente e um presidente muito jovens, eles são extremamente experientes. Eu quero dizer que se (Vagner) Mancini foi mandado embora (da Chapecoense, na última terça-feira) tudo pode acontecer. Eu não tenho nenhuma preocupação. Aconteceu isso comigo no Figueirense em 2012, eu entrei em campo, na primeira vez que disputei um jogo no (estádio Orlando) Scarpelli, fui vaiado pela torcida. E eu falei na época que eu iria sair dali com a torcida pedindo para eu ficar. E eu digo que vou sair daqui (Bahia) ou permanecer aqui com a torcida me pedindo para ficar. O torcedor é muito passional. Eles vaiaram quando estávamos perdendo, quando empatamos já não tinha mais vaia. Estou tranquilo, porque é um bom trabalho. Não dá para medir o trabalho de um treinador de 21 pontos ele só ganhou três. Mas desses 21, seis pontos tivemos erros de arbitragens absurdos como foi o caso do jogo contra o Palmeiras e contra o Flamengo. A gente não está tão distante assim não. Os jogadores acreditam no trabalho. Mas estou consciente de que o meu trabalho depende muito de resultado", declarou.

O treinador do Bahia também revelou a opção de começar com Rodrigão no banco de reservas. Ele contou que o próprio jogador admitiu não estar 100%.

"Rodrigão não tinha condições de jogar o tempo todo. A gente estava com essa preocupação. Ele só teve apenas um treinamento com o grupo. Então decidimos que o melhor era esperar para o segundo tempo. Se a gente estivesse vencendo o jogo, ele não entraria de início, no segundo tempo, e deixaríamos para os 20 ou 30 minutos finais", contou.

Jorginho também explicou a substituição em que tirou Armero para colocar o meia Gustavo Ferrareis. Com isso, Mendoza foi deslocado para a posição do conterrâneo.

"Acho que nós fomos ousados o suficiente de tirar um lateral esquerdo e colocar um atacante no lugar. O Mendoza é um jogador muito aplicado taticamente, ele marca muito bem, é muito veloz, então não tinha nenhum problema de uma troca com ele e Ferrareis", explicou.

Com o resultado, o Bahia segue na 16ª posição no Brasileirão. O Esquadrão visita a Ponte Preta, na próxima quarta-feira (12), às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli.
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 18:12

Joao Paulo vibra com o tento importante: ‘Fui feliz em acertar um grande chute’

por Leandro Aragão
Joao Paulo vibra com o tento importante: ‘Fui feliz em acertar um grande chute’
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Autor do belo gol de empate, o atacante João Paulo parabenizou a equipe por ter buscado a igualdade e evitado a derrota. O Bahia ficou no 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo (9), na Arena Fonte Nova, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jovem atleta comemorou o tento marcado em entrevista ao Canal Premiere.

"A gente criou mais, atacamos mais. Eles vieram para se defender. A nossa bola não está entrando já faz um tempinho e a gente vai continuar trabalhando. Tem muitas coisas boas que a gente pode tirar desse jogo. Um empate não é a pior coisa do jogo. Mas o grupo está de parabéns", afirmou. "Eu fui feliz em acertar um grande chute ali e fazer um golaço", completou.

Com o empate, o Bahia permanece na 16ª posição do Brasileirão com 12 pontos. Porém, o Esquadrão depende do São Paulo. Para seguir nesta colocação, o clube paulista não ode vencer o seu jogo ainda neste domingo (9). O próximo desafio do clube baiano será contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, na próxima quarta-feira (12), às 19h30.
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 17:53

Com um belo gol de João Paulo, Bahia arranca o empate contra o Fluminense

por Leandro Aragão
Com um belo gol de João Paulo, Bahia arranca o empate contra o Fluminense
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia completou um mês sem vencer. Há sete jogos que a equipe não sai de campo com três pontos debaixo do braço. Mas, diferentemente dos últimos dois jogos como mandante, arrancou o empate com o Fluminense, 1 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, neste domingo (9). Wellington Silva abriu o placar do jogo a favor dos visitantes, enquanto que João Paulo acabou com o jejum do Bahia de três jogos sem marcar, anotando o tento de empate. O duelo foi válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o empate, o Esquadrão respira fora da maldita zona de rebaixamento na 16ª colocação com 12 pontos, porém ainda depende do jogo do São Paulo. O clube paulista joga neste domingo, às 19h, contra o Santos e não pode vencer, para que o tricolor baiano mantenha-se fora do Z-4. Já o Fluminense, permanece na sétima posição, com 17.

Na próxima rodada do campeonato, o Bahia viaja até São Paulo para enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na quarta-feira (12), às 19h30. No mesmo dia, o Fluminense joga o clássico carioca com o Botafogo, no estádio do Maracanã, só que um pouco mais tarde, às 21h.

O JOGO

O Bahia começou o jogo com a marcação avançada e roubando bem as bolas no meio de campo, tanto que o primeiro chute a gol foi do Esquadrão de Aço. Logo no primeiro minuto de partida, Renê Júnior chutou da intermediária e a bola passou perto da trave esquerda do goleiro Júlio César.

Apesar disso, quem abriu o placar foi o Fluminense ajudado por uma falha da defesa do Bahia. Aos 12 minutos, o lateral Lucas recuperou a bola após a cobrança de escanteio e cruzou rasteiro. Henrique Dourado deu um toque de letra e Wellington Silva empurrou para as redes.

Mesmo em desvantagem no placar, o Bahia continuou pressionando o adversário, mas sem conseguir levar perigo ao gol de Júlio César. Por outro lado, o Fluminense manteve o seu esquema de jogar em cima dos contra-ataques, mas também sem encontrar grandes chances diante da marcação dos donos da casa. Aos 26 minutos, Mendoza perdeu um gol feito. Mendoza ganhou na dividida com dois jogadores do Fluminense e abriu com Vinícius na esquerda. O atacante cruzou para área e o colombiano, sozinho na grande área e de frente para o gol, tocou de cabeça para fora. Seis minutos depois, Mendoza teve outra chance. Armero cruzou e o atacante cabeceou forte, obrigando Júlio César a fazer boa defesa.

Quando o relógio marcava 40 minutos, Régis recebeu na intermediária e bateu colocado da meia lua, mas o goleiro Júlio César espalmou para fora. No minuto seguinte, foi a vez de Renê Júnior manter o goleiro do Fluminense trabalhando. Ele recebeu de Régis e, também da intermediária, deu um bom chute, obrigando o arqueiro a se esticar e tocar para fora.

Segundo tempo

Para tentar acabar com o jejum de gols, o técnico Jorginho promoveu a estreia do atacante Rodrigão. Ele já voltou do vestiário no lugar de Vinícius. E assim como no primeiro tempo, a primeira iniciativa foi do Esquadrão de Aço. Zé Rafael recebeu a bola de Renê Júnior e bateu forte, passando perto da trave esquerda da meta do Fluminense, com menos de um minuto de jogo.

Aos seis minutos, o novo contratado obrigou Júlio César a fazer uma grande defesa. Régis levantou a bola na grande área, em cobrança de falta. Rodrigão cabeceou para o chão e o arqueiro do clube carioca fez a defesa. No entanto, a arbitragem já tinha parado o jogo. Quatro miuntos depois, Régis desperdiçou uma grande chance. Eduardo fez o cruzamento, Renê Júnior escorou e o camisa 18 chutou forte, de frente para o gol, mas ela foi para fora.

Rodrigão tentou mais uma vez aos 16 minutos de jogo. Mendoza cobrou o escanteio e o centroavante subiu e cabeceou bem para a defesa segura do goleiro do tricolor carioca.

Aos 38 minutos, o Bahia chegou ao empate com João Paulo. Régis tocou a bola, e o jovem atacante acertou um belo chute, pegando na veia, no canto esquerdo do goleiro Júlio César.
FICHA TÉCNICA
Bahia 1x1 Fluminense
Campeonato Brasileiro - 12ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 09/07/2017
Horário: 16h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (SP)
Assistentes adicionais: Leandro Bizzio Marinho e Rafael Gomes Félix da Silva (SP)
Cartões amarelos: Armero (Bahia) / Henrique Dourado, Marcos Júnior (Fluminense)
Gol: João Paulo (Bahia) / Wellington Silva (Fluminense)
 
Bahia: Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Tiago e Armero (Gustavo Ferrareis); Renê Júnior, Matheus Sales e Régis; Zé Rafael (João Paulo), Mendoza e Vinícius (Rodrigão). Técnico: Jorginho.
 
Fluminense: Júlio César; Lucas, Henrique, Reginaldo e Mascarenhas; Orejuela, Marlon Freitas e Gustavo Scarpa; Marcos Calazans (Maranhão), Wellington Silva (Marcos Júnior) e Henrique Dourado (Pedro). Técnico: Abel Braga.
Técnico de Amanda Nunes rebate críticas: 'Ela não corre de ninguém'
Foto: Reprodução / Instagram
O técnico de Amanda Nunes, Marcus "Conan" Silveira rebateu as críticas de que a lutadora baiana desistiu da luta contra a quirguistanesa Valentina Shevchenko. As duas faria a luta principal do UFC 213, realizado no último sábado (8), que valia o cinturão dos pesos-galo feminino, que está com Amanda. Em entrevista ao Canal Combate, o treinador explicou os motivos da baiana ter passado mal.

"O corte de peso pode ter colaborado. Se você não está bem e ainda tem que cumprir a sua obrigação de cortar o peso, não ajudou. Mas isso não é desculpa. É uma coisa que acontece com qualquer um, e hoje aconteceu com a campeã. É preciso ter o respeito e o entendimento. Ela não corre de ninguém, isso eu garanto. Ela não é uma lutadora, uma mulher, que corre de qualquer luta. Ela nunca vai fazer isso. Já estamos tentando botar a luta para frente. E vai acontecer", afirmou.

Dana White, chefão do UFC, também criticou Amanda (leia mais). No entanto, ele não cogita tirar o cinturão da baiana e especula remarcar a luta para o dia 9 de setembro, no UFC 215, em Edmonton, no Canadá.
'Ser convocado ou não é com o professor Tite', diz Cássio sobre Seleção Brasileira
Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians
Um dos heróis da vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta por ter até defendido um pênalti, o goleiro Cássio vibrou com o bom momento que vem vivendo e disse que mira voltar a vestir a camisa da Seleção Brasileira. O Timão bateu a Ponte Preta por  2 a 0 no último sábado (8), na Arena Corinthians, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"É difícil falar que chegou sua hora. Lógico que você quando é jogador quer representar sua seleção, quer chegar na seleção. E comigo não é diferente. Lógico que tem que ter respeito aos outros goleiros que já vem sendo convocado também, como eu sempre tive, mas eu acho que fazendo um trabalho bom no Corinthians, acho que me credencia. Agora, ser convocado ou não é com o professor Tite. Mas fico muito feliz em estar contribuindo, em trabalhar, me dedicar e acho que as coisas vão acontecendo. Acho que estou vivendo um bom momento agora e devo muito ao (Fábio) Carille que confiou no meu trabalho, ao Mauri (Lima, preparador de goleiros) por me preparar muito bem e à concorrência. O Corinthians tem três ótimos goleiros", afirmou.

O Corinthians mantém a liderança e agora soma 32 pontos. Enquanto que a Ponte Preta aparece na 12ª posição com 15. Na próxima rodada, o time da capital fará o clássico contra o Palmeiras no Allianz Parque, na quarta-feira (12), às 21h45. No mesmo dia, o clube de Campinas recebe o Bahia, no estádio Moisés Lucarelli, às 19h30.
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 15:30

Renan enaltece 'jogo espetacular' e agradece jogadores após vice na Liga Mundial

por Estadão Conteúdo
Renan enaltece 'jogo espetacular' e agradece jogadores após vice na Liga Mundial
Foto: Divulgação / CBV
Em seu primeiro torneio como substituto de Bernardinho na seleção brasileira masculina de vôlei, o técnico Renan Dal Zotto foi vice-campeão da Liga Mundial após perder da França na noite do último sábado (8), por 3 sets a 2, com parciais de 21/25, 25/15, 25/23, 19/25 e 15/13, na Arena da Baixada, em Curitiba.

A derrota na decisão, contudo, não abalou o treinador. Satisfeito com o desempenho do time em seu primeiro torneio, Renan elogiou o nível do jogo final e agradeceu os jogadores pela entrega em quadra.

"Foi um jogo espetacular. Eles defenderam muito bem, nos colocaram em muita dificuldade e nós sabíamos que seria assim, um jogo decidido lá em cima, no detalhe. Queria muito agradecer a cada um desses jogadores. Todos se entregaram ao máximo, lutaram e o placar de hoje (sábado) mostra o nível da competição", avaliou Renan.

Principal pontuador brasileiro com 22 acertos, ao lado de Lucarelli, Wallace também enalteceu a seleção e elogiou a boa partida da França. "Fizemos grandes partidas e soubemos lidar com cada situação adversa. Hoje não foi diferente. Não dá para tirar os méritos da França. Eles jogaram muito bem. Agora é seguir em frente, com o mesmo orgulho de representar a seleção brasileira", comentou o oposto.

Lucão, por sua vez, avaliou que o novo ciclo olímpico pode ter mais finais entre Brasil e França. "Perder sempre é ruim, mas foi uma bela campanha da seleção brasileira e hoje um grande jogo de voleibol. Tivemos nossas chances tanto no terceiro set, como no tie-break, mas temos que lembrar que eles têm uma grande equipe também. Acredito que esse ciclo que se inicia agora vai ter Brasil e França brigando sempre em finais."

Dana White critica Amanda Nunes, mas diz que não vai tirar o cinturão da baiana
Foto: Josh Hedge / UFC
O mandatário do UFC, Dana White, criticou a lutadora baiana Amanda Nunes por ter desistido de lutar contra a quirguistanesa Valentina Shevchenko, no UFC 213, que aconteceu no último sábado (8). Amanda sentiu-se mal durante o dia e foi hospitalizada, o que fez com o duelo pelo cinturão dos pesos-galo feminino fosse cancelado (leia mais). No entanto, White disse que não cogita tirar o título da baiana.

"Não se pode fazer ninguém lutar. Não é que ela disse, "Estou absolutamente recusando a luta". Acho que foi 90% mental e 10% físico. Muitos lutadores têm momentos que não se sentem bem, e outros eventos em que estão totalmente doentes. Tem o maníaco do Donald Cerrone, que teve uma infecção e lesionou o joelho. O Dr. Davidson disse que lhe daria os antibióticos que ele precisava e ele estaria pronto para lutar, mas eu que falei: "Você não quer enfrentar Robbie Lawler tendo que se recuperar de uma lesão dessas". Mas acho que nunca tive uma situação como hoje. Ela estava fisicamente capaz de lutar. Nunca vimos algo assim dela antes. Não ha comparação e não há um padrão dela recusar-se a enfrentar alguém. Esse é o tipo de situação em que um campeão se recusa a enfrentar outro, mesmo estando clinicamente apto a lutar. Acabou de acontecer com DJ: é uma chance de ele quebrar o recorde, contra um cara de credibilidade que está cortando peso, e ele se recusa. Quando houver um padrão desse tipo de situação, aí sim começo a pensar em tirar o título", explicou.

Dana ainda disse que a luta entre as duas poderá acontecer no UFC 215, marcado para o dia 9 de setembro, em Edmonton, no Canadá. Porém, o confronto, que seria o principal neste 213, não encabeçará o evento em solo canadense.

"Este é o plano, estamos trabalhando nisso. Faz sentido (luta no UFC 215). Mas esse título não vai ser luta principal de novo", afirmou.
'Estamos errando nos mínimos detalhes', lamenta Andrigo, meia do Atlético-GO
Foto: Reprodução / Premiere
O meia Andrigo lamentou mais uma derrota do Atlético-GO. Desta vez, o Dragão perdeu para o Vitória por 2 a 1, no último sábado (8), no estádio Olímpico, em Goiânia, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Autor do gol de honra dos donos da casa, o atleta disse que a equipe pecou mais uma vez, nos mínimos detalhes.

"É o que estamos falando sobre os detalhes. Estamos jogando bem, botando nosso ritmo dentro de casa, mas, nos mínimos detalhes, estamos errando, e os caras estão fazendo os gols. Mas não acabou ainda. Está quase na metade do campeonato, mas temos condição de sair dessa situação. Temos só que corrigir esses detalhes, que é no que estamos pecando", afirmou.

O Atlético-GO segue na última colocação do Brasileirão com sete pontos ganhos. Já o Vitória, com 12, assumiu provisoriamente o 16° lugar até que os seus adversários diretos joguem neste domingo (9). O próximo compromisso dos goianos será diante do São Paulo na quinta-feira (13), no estádio do Morumbi. No dia anterior, os baianos recebem o Vasco, no estádio do Barradão, às 21h45.
Jequié vence novamente e garante vaga na elite do futebol baiano em 2018
Foto: Reprodução / TVE
O Jequié está de volta à Série A do Campeonato Baiano de 2018. O Jipão carimbou o acesso neste domingo (9), ao vencer, novamente, o PFC-Cajazeiras por 3 a 1, no estádio Waldomiro Borges, pelo segundo jogo da final da Série B do Baianão. A equipe já havia vencido a primeira partida por 4 a 1 no sábado passado (1°).

Jequié, comandado pelo técnico Paulo Salles, conquistou o título de campeão da Série B do Baianão deste ano com uma brilhante campanha com oito vitórias, três empates e apenas uma derrota. A equipe teve o melhor ataque ao anotar 22 gols e a melhor defesa por sofrer somente cinco.
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 11:30

Bottas domina, desbanca Vettel e conquista o GP da Áustria de Fórmula 1

por Estadão Conteúdo
Bottas domina, desbanca Vettel e conquista o GP da Áustria de Fórmula 1
Foto: Reprodução / Twitter Oficial da Fórmula 1
O finlandês Valtteri Bottas fez valer a surpreendente pole position obtida no treino de classificação. Neste domingo (9), com extrema tranquilidade, o piloto da Mercedes dominou o GP da Áustria de Fórmula 1 e venceu a prova disputada no circuito de Spielberg, a nona da temporada. Foi apenas o segundo triunfo de sua carreira.

Depois de largar em segundo, o alemão Sebastian Vettel também manteve a posição e conquistou um bom resultado para a Ferrari. Já o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que ganhou o terceiro posto na largada ao ultrapassar Kimi Raikkonen, completou o pódio.

Embora não tenha terminado entre os três primeiros, o britânico Lewis Hamilton fez uma boa corrida de recuperação, ganhou quatro colocações de sua posição de largada e foi o quarto.

O brasileiro Felipe Massa, por sua vez, depois de encontrar dificuldades com o ajuste de sua Williams na sexta (7) e no sábado (8), teve uma excelente largada, subiu oito posições e foi o nono.

Os resultados deste domingo mantiveram Vettel na liderança da temporada, agora com 171 pontos, 20 na frente de Hamilton. Com o triunfo, por sua vez, Bottas foi a 136, enquanto Ricciardo subiu para 107, em quarto. Já Massa é apenas o décimo, com 22.

Pressionado pelas duas Ferraris, Bottas fez uma boa largada e manteve a primeira colocação, seguido por Vettel. Raikkonen, porém, não teve o mesmo desempenho e foi ultrapassado por Ricciardo e Grosjean.

Já Hamilton, punido com a perda de cinco posições no grid após trocar a caixa de câmbio antes de completar seis corridas com o componente, ganhou duas colocações e terminou a primeira volta em sexto.

Quem também fez excelente largada foi Felipe Massa. Depois do péssimo treino de classificação e de sair apenas em 17º, o brasileiro ganhou inúmeras posições no início e subiu para nono. Seu parceiro canadense Lance Stroll, que largou em 18º, teve desempenho similar e alcançou o décimo posto.

Kvyat, Alonso e Verstappen, por sua vez, se envolveram em um acidente. Tanto o espanhol quanto o holandês abandonaram, enquanto o piloto da Toro Rosso até continuou na pista, mas foi punido com um drive through e teve sua corrida comprometida.

Se Bottas mantinha a liderança com certa tranquilidade, sem ser ameaçado por Vettel, Hamilton seguia com sua corrida de recuperação: ultrapassou Grosjean e aumentou a pressão sobre Raikkonen.

Os pilotos, então, sem muita ação na pista, começaram a entrar nos boxes. E, se Bottas manteve a liderança com boa vantagem sobre Vettel, Hamilton ganhou a quarta posição de Raikkonen e passou a diminuir a desvantagem para Ricciardo. Massa, por sua vez, manteve a nona colocação, sempre seguido por Stroll.

Faltando poucas voltas para o fim, quando a única disputa relevante parecia ser entre Hamilton e Ricciardo, alguns pingos apareceram no Red Bull Ring. Mas foi apenas um susto. Embora a incerteza sobre o tempo tenha permanecido até a última volta, a chuva não caiu na pista.

Melhor para Bottas. Após segurar uma leve pressão de Vettel nas duas últimas voltas, o finlandês conquistou uma importante vitória à Mercedes. Hamilton, por outro lado, não conseguiu ultrapassar Ricciardo e fechou em quarto.

A décima etapa da temporada será disputada já no próximo domingo: será o GP da Grã-Bretanha, no tradicional circuito de Silverstone.

Confira a classificação final do GP da Áustria de Fórmula 1:

1º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), em 1h21min48s523
2º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 0s658
3º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 6s012
4º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 7s430
5º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 20s370
6º - Romain Grosjean (FRA/Haas), a 73s160
7º - Sergio Perez (MEX/Force India), a uma volta
8º - Esteban Ocon (FRAN/Force India), a uma volta
9º - Felipe Massa (BRA/Williams), a uma volta
10º - Lance Stroll (CAN/Williams), a uma volta
11º - Jolyon Palmer (ING/Renault), a uma volta
12º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), a uma volta
13º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault), a uma volta
14º - Pascal Wehrlein (ALE/Sauber), a uma volta
15º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a duas voltas
16º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a três voltas

Não completam
Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso)
Kevin Magnussen (DIN/Haas)
Fernando Alonso (ESP/McLaren)
Max Verstappen (HOL/Red Bull)


Domingo, 09 de Julho de 2017 - 10:30

Ivã de Almeida responde Paulo Carneiro: 'Macunaíma do futebol'

por Leandro Aragão
Ivã de Almeida responde Paulo Carneiro: 'Macunaíma do futebol'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O presidente do Vitória, Ivã de Almeida, respondeu aos ataques do ex-mandatário do clube, Paulo Carneiro, em entrevista ao Bahia Notícias (veja aqui). Através de uma carta, Ivã disse que Carneiro deixou o Leão "falido e na 3ª divisão" do Campeonato Brasileiro. Após ser chamado de Quincas Berro d'Água, personagem da obra de Jorge amado, que era um sujeito respeitável, casado, pai de família, que levava uma vida pacata até abandonar tudo e ir viver como um vagabundo nos vícios mundanos, Ivã respondeu e chamou PC de Macunaíma, outro clássico da literatura brasileira, de autoria de Mário de Andrade. Macunaíma é um índio, um sujeito vaidoso, que mente com facilidade, além de individualista é preguiçoso (leia mais).

"O Macunaíma do futebol, ao contrário, deixou o clube falido, cheio de dívidas e na terceira divisão do Campeonato Brasileiro", afirmou.

Ivã disse que Carneiro foi um "dirigente sem caráter, só entende esse esporte como um negócio que pertence ao seu bolso". Ele também atacou Carneiro no caso Edinho Nazareth, dizendo que ele é o responsável pela dívida de R$ 8 milhões que o Vitória tem com o ex-treinador.

"Pode causar um prejuízo de mais de R$ 8 milhões para o clube no nebuloso caso de confissão de dívida a Edinho Nazareth", disse.

O atual mandatário finaliza a carta prometando para a torcida que deixará um legado quando deixar a presidência do clube. E convocou a torcida para acompanhar a vida política do time sem se deixar levar pelo conflito de interesse dos interlocutores.

Leia a carta na íntegra:

"Em resposta ao que foi dirigido à minha pessoa pelo ex-dirigente do Vitória, Paulo Carneiro, em entrevista concedida ao Bahia Notícias neste sábado (7), digo que não é de se estranhar que o ex-presidente, um Macunaíma do futebol, um dirigente sem caráter, só entende esse esporte como um negócio que pertence ao seu bolso. Eu, ao contrário, saí de um cenário desfavorável em minha vida para vencer na minha profissão. Sempre ajudei e fiz parte, de forma efetiva, da vida do rubro-negro baiano. Sempre quis o bem do nosso Leão, diferente dele, que tratava o clube como seu. O resultado está na história. Quebrou o Vitória duas vezes seguidas. Acumula várias denúncias. Agora, pode causar um prejuízo de mais de R$ 8 milhões para o clube no nebuloso caso de confissão de dívida a Edinho Nazareth.

No clube, há de se prestar contas para garantir o seu patrimônio. Ser honesto é uma obrigação de todos. Não tenho que dar satisfações para Carneiro e sua turma de aloprados. Sou presidente eleito pela verdadeira torcida rubro-negra, que acredita no nosso trabalho e confia na nossa recuperação no Campeonato Brasileiro. Ao final da nossa gestão, nós deixaremos um legado de várias coisas positivas. O Macunaíma do futebol, ao contrário, deixou o clube falido, cheio de dívidas e na terceira divisão do Campeonato Brasileiro. 

A torcida merece acompanhar o seu time através dos fatos, e não através de interlocutores com conflito de interesses. Neste contexto, convoco a torcida para defender o clube também neste aspecto. Não compactuem com gente que possui interesses alheios ao Vitória por trás daquilo que prega. Procurem saber dos fatos, das provas. Aí sim, lutem pelo que acreditam. #SRN"

Ivã de Almeida
Presidente do Esporte Clube Vitória

Domingo, 09 de Julho de 2017 - 09:30

Eurico Miranda pede desculpas após briga generalizada no clássico

por Estadão Conteúdo
Eurico Miranda pede desculpas após briga generalizada no clássico
Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br
O presidente do Vasco, Eurico Miranda, convocou uma coletiva após o clássico com o Flamengo, neste sábado (8), para comentar a briga generalizada em São Januário e pedir desculpas pelo incidente. A confusão teve até bombas lançadas e obrigou jogadores do Flamengo e a arbitragem, preocupados, a permanecerem no centro do campo após o apito final.

"Eu preciso, como presidente do Vasco, pedir desculpas. O que aconteceu aqui não é Vasco. Isto aqui não é Vasco. Estou apresentando o meu pedido de desculpas em nome do Vasco. O que aconteceu aqui não tem nenhuma justificativa", afirmou Eurico.

Além do pedido de desculpas, o dirigente alegou que chegou a pedir torcida única para o duelo. "Preciso deixar uma coisa bem clara. Nós tomamos todas as providências para que o jogo pudesse ocorrer sem nenhum incidente. Não sei se mudaria algo, mas sugeri que o jogo fosse com torcida única, e a PM não quis atender esse pedido."

Eurico também insinuou que a confusão pode ter sido motivada por motivos políticos. "Isto exige algumas explicações e até uma reflexão maior. Fizemos um esforço muito grande em recuperar São Januário, que é um estádio histórico. Encontramos ele totalmente degradado e o recuperamos", descreveu.

"Não estou dando explicação, estou querendo dizer claramente que algumas coisas contribuíram para que isto viesse a acontecer. É algo que me parece - tenho certeza - que estava preparado. A primeira derrota que tivemos aqui, contra o Corinthians, já houve uma tentativa. Uma série de fatores contribuíram", acrescentou.

Ainda assim, apesar da tentativa de politizar a tragédia, o presidente do Vasco reforçou o pedido de desculpas. "Vou reiterar. Esse é um pedido formal de desculpas, não aos vândalos que fizeram isso, mas a imensa torcida do Vasco. E também aos outros torcedores."

Confrontos no estádio de São Januário fazem uma vítima fatal
Foto: Reprodução / Globoesporte.com
Um torcedor do Vasco morreru após ser baleado no peito, durante  a confusão no estádio de São Januário n último sábado (8). Após o apito final da partida entre Vasco e Flamengo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou 1 a 0 para o rubro-negro, torcedores vascaínos atiraram objetos e bombas no gramado. A polícia militar reagiu com gás de pimenta.

De acordo com a PM, o homem, de 27 anos, deu entrada no Hospital Souza Aguiar já sem óbito. Outras três pessoas também chegaram na unidade, um com ferimentos de estilhaços e dois baleados na perna.

Segundo o jornal O Globo, os quatro torcedores não tiveram as identidades confirmadas, mas a Polícia informou que eles tem relação com a confusão do estádio e no entorno dele.

Com a vitória, o Flamengo assumiu provisoriamente a segunda colocação com 23 pontos. Enquanto que o Vasco segue na sexta posição com 16.

MAIS DE 1.030 MILHÃO - /10/07/17 - ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!
Alemanha Mais de  181 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos, Estados Unidos  mais  128 Mil. Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
487 ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
517429
Alemanha
181896
Estados Unidos
128194
Rússia
45562
Malásia
19730
China
14395
Ucrânia
9022
França
6117
Portugal
5660
Índia
4199






O POETA MARATONISTA!
          
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                        CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                        Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, intspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registratdo em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Critstóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DEt VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....t

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.

t

t
tt

t

t com credenciamento CFMO 097}

     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  tde  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP

********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS

FOTOS DE FRANK CHAGAS  NO  VITÓRIA 1961 

Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961

EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.
O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT (atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961

Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova

VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).

Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).

Nenhum comentário:

Postar um comentário