quinta-feira, 27 de julho de 2017

ESPORTES DA BAHIA E BRASIL, COPA DO BRASIL RESULTADOS /27/07/17


Quinta, 27 de Julho de 2017 - 07:30

Apesar de classificados, flamenguistas saem insatisfeitos com a atuação da equipe

Apesar de classificados, flamenguistas saem insatisfeitos com a atuação da equipe
Zé Ricardo | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
O Flamengo se garantiu na semifinal da Copa do Brasil na noite da última quarta-feira (26). O clube carioca perdeu para o Santos por 4 a 2, no estádio da Vila Belmiro. O placar foi suficiente para qulificar a equipe rubro-negra para a próxima fase, já que venceu o primeiro jogo por 2 a 0. Por ter corrido riscos, os flamenguistas saíram de campo insatisfeitos com o rendimento do time.

"Lógico que não estamos satisfeitos com o rendimento da equipe hoje, por ter tomado quatro gols e um jogo que poderíamos ter tido mais controle do jogo e controle emocional também. É assunto para a gente levantar no próximo treinamento para poder conversar e solucionar esses problemas", analisou o técnico Zé Ricardo.

O Flamengo esteve à frente do adversário no placar por duas vezes, mas permitiu a virada santista. O capitão Réver reclamou da postura do time que sofreu pressão no final da partida. Se o Santos marcasse mais um gol eliminaria os cariocas.

"Que sirva de exemplo. A gente já teve algumas eliminações, então espero que a gente acorde para que não aconteça novamente e não ter novo aquela pressão desnecessária. Principalmente num jogo controlado como o de hoje", afirmou.

O meia Diego, que foi revelado pelo Santos, disse que o Fla cometeu erros que dificultaram a vida da equipe para segurar a classificação. "Jogo difícil, esperávamos. Cometemos erros no segundo tempo que dificultaram ainda mais. Mas saímos com a classificação merecidamente e agora é partir para a semifinal", disse.

O próximo adversário do Flamengo no torneio nacional será o rival local Botafogo. As datas e horários ainda serão definidos pela CBF. No domingo (30), o Urubu visita o Corinthians, na Arena Corinthians, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro. O time ocupa a quarta colocação com 28 pontos.
Quinta, 27 de Julho de 2017 - 07:15

'Tem que respeitar, mas respeitar jogando', diz Maikon Leite sobre o Sport

por Ulisses Gama
'Tem que respeitar, mas respeitar jogando', diz Maikon Leite sobre o Sport
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
Sem vencer há quatro rodadas como mandante neste Campeonato Brasileiro, o Bahia tentará quebrar a fase negativa em Salvador contra o Sport, no próximo domingo (30), pela 17ª rodada do certame nacional. Ligado no bom momento que o adversário vive na tabela, o atacante Maikon Leite prega respeito, mas avisa que a equipe não pode deixar de propor o seu jogo.
 
"É uma equipe que está muito melhor que a gente no Campeonato. É uma rivalidade do Nordeste. Recentemente, fomos campeões em cima deles. É algo especial, por serem dois clubes do Nordeste, que estão sempre brigando ali. É uma equipe difícil, que sabe jogar. Os jogadores que não vêm... Eu conheço todos, são meus amigos. E que bom que não vêm, senão... Mas é um grupo qualificado. Eles estão muito melhores que a gente no momento. Tem que respeitar, mas respeitar jogando. A gente sabe que, jogando dentro de casa, a gente é muito forte. E vamos buscar os três pontos", indicou.
 
O maior público do Esquadrão na temporada foi justamente contra o rubro-negro pernambucano, na final da Copa do Nordeste. Na noite daquele dia 24 de maio, 41.175 torcedores acompanharam a conquista do tricampeonato regional na mesma Arena Fonte Nova. Maikon espera um público parecido ou até maior no reencontro.
 
"Acho que 42 mil nesse jogo aí me serve. Que eles possam lembrar disso como um jogo especial. Acho que 42 mil na Arena no domingo vai ser bom para a gente", declarou.
 
Com 19 pontos conquistados, o Bahia ocupa o 14º lugar da Série A.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 23:54

Palmeiras leva gol no fim e cai na Copa do Brasil; Cruzeiro vai à semifinal

por Estadão Conteúdo
Palmeiras leva gol no fim e cai na Copa do Brasil; Cruzeiro vai à semifinal
Foto: Washington Alves/ Lightpress /
Da lista de competições a disputar no ano, o Palmeiras pouco a pouco vê as chances de título diminuírem. Nesta quarta-feira, no Mineirão, o time jogou mal, mas ainda assim esteve perto de eliminar o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. O empate em 1 a 1 com gol sofrido no fim decretou nova frustração na temporada e volta a colocar o elenco sob pressão.

A segunda eliminação do ano coloca pressão uma semana antes de mais um confronto de mata-mata, desta vez na Copa Libertadores. Se contra a Ponte Preta, na semifinal do Campeonato Paulista, o Palmeiras foi mal no primeiro jogo, contra o Cruzeiro a atuação fraca veio nos dois encontros. No Allianz Parque o time levou três gols no primeiro tempo, o que não ameniza a reação e o empate conquistado depois. Já no Mineirão, faltou levar mais perigo.

O adeus à Copa do Brasil transforma, como diz o canto da torcida, a Libertadores ainda mais em obsessão. A chance de conquista do Brasileiro está distante. Ou seja, ou a equipe continua viva no torneio continental ou lembrará de 2017 como uma temporada sem títulos e de atuações pouco inspiradas, como a do jogo no Mineirão. "Não é fácil vir jogar aqui dentro. Agora o jeito é pensar no próximo jogo", disse o goleiro Jailson.

O empate em 3 a 3 em jogo eletrizante na ida levou os treinadores a prepararem times mais comedidos para a partida de volta. Em vez de velocidade e ousadia, o temor foi neutralizar o adversário. O Cruzeiro levou vantagem no primeiro tempo por ter conseguido avançar mais, enquanto o Palmeiras não tinha saída de bola.

O técnico Cuca apostou em dois volantes marcadores (Thiago Santos e Felipe Melo) para liberar Guerra para criar. Porém, como faltava aproximação entre esses setores, o Palmeiras não levou perigo. No ataque, Borja brigava sozinho, Dudu não recebia a bola e Róger Guedes aparecia mais quando ajudava na marcação.

O Palmeiras desperdiçou o primeiro tempo inteiro com um futebol inerte. O técnico Cuca, então, colocou Keno no intervalo para parecer mais ofensivo ao menos no papel.

Na prática o Cruzeiro continuou tranquilo, sem ser ameaçado. A comodidade em poder empatar sem gols demorou a ser ameaçada. No jogo travado, sem emoção, era preciso um lance fortuito para mudar o panorama. O Palmeiras achou o gol em uma sobra de escanteio, aos 25 minutos. Keno chutou, a bola desviou na defesa e tirou a chance de defesa de Fábio.

O Cruzeiro, então, se atirou em busca do gol. O Palmeiras pecou pela desorganização, pois levou o empate em lance em que o lateral Diogo Barbosa apareceu na área para concluir, aos 39 minutos. Um vacilo irrecuperável.

Com o empate e a consequente classificação, o Cruzeiro agora aguarda o confronto entre Atlético-PR e Grêmio para conhecer seu adversário na semifinal da Copa do Brasil. No jogo de ida, os gaúchos golearam por 4 a 0, em Porto Alegre.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 23:47

Santos faz 4 e vence na Vila, mas Fla avança e encara Botafogo na Copa do Brasil

por Estadão Conteúdo
Santos faz 4 e vence na Vila, mas Fla avança e encara Botafogo na Copa do Brasil
Foto: Lucas Baptista/ Futura Press/ Estadão Conteúdo
O Santos lutou, fez quatro gols, venceu em casa, mas foi eliminado da Copa do Brasil. A vitória por 4 a 2, na noite desta quarta-feira, não foi o suficiente para reverter a derrota por 2 a 0 para o Flamengo no jogo de ida das quartas de final. Na Vila Belmiro, o time carioca ficou com a vaga e confirmou o clássico com o Botafogo na semifinal.

No duelo que marcou os retornos de Ricardo Oliveira e Alex Muralha, Diego e Berrío brilharam pelo Flamengo. Bruno Henrique e Copete foram os destaques santistas, diante da atuação discreta de Oliveira. O goleiro flamenguista voltou a ganhar uma chance nesta quarta, mas cometeu erros que podem devolvê-lo ao banco de reservas.

Pressionado pela derrota por 2 a 0 na ida, o Santos esteve longe de se impor em campo na Vila porque o Flamengo saiu na frente e não recuou para jogar no contra-ataque. Após empatar, o time da casa viu o rival ficar em vantagem novamente com gol relâmpago no segundo tempo.

Na sequência, buscou a virada, ao fazer 3 a 2, com dois gols em apenas um minuto, com Copete e Victor Ferraz. O Flamengo, com passes precisos de Diego e investidas perigosas de Guerrero, seguia no jogo, às vezes melhor em campo. Tirando vantagem do nervosismo do rival, que gerou até dois momentos de desentendimento entre jogadores das duas equipes no segundo tempo, o visitante se segurou no fim e agendou o clássico com o Botafogo, que eliminou o Atlético-MG, nesta mesma noite.

O JOGO - Santos e Flamengo fizeram uma etapa inicial de dois momentos distintos. No primeiro, o time carioca bloqueou a tentativa de pressão dos santistas, criou boas chances de gol e ainda saiu na frente. Berrío, aos 9, recebeu passe de Diego pela direita e venceu o goleiro Vanderlei com uma cavadinha.

O gol dos cariocas fora de casa deixou o Santos em situação tensa. Precisava fazer quatro gols para reverter o confronto e avançar na Copa do Brasil. O Flamengo, porém, não recuava. Seguia melhor no meio-campo e ameaçava o gol anfitrião, ora com Guerrero pelo meio, ora com Berrío, pela direita. Everton, pela esquerda, era mais discreto e oferecia pouco perigo à defesa santista.

O Flamengo dominava o jogo quando o afobado Santos buscou o empate e mudou o panorama do primeiro tempo. Aos 33, Bruno Henrique recebeu pela esquerda, cortou para dentro e acertou lindo chute de fora da área. A bola acertou o ângulo, sem qualquer chance para Muralha.

Os visitantes responderam com um gol anulado de forma duvidosa pela arbitragem. Réver mandou de cabeça para as redes, mas Leandro Pedro Vuaden assinalou falta de Guerrero sobre a defesa, aos 38.

O árbitro voltaria a ser protagonista dois minutos depois. Bruno Henrique foi derrubado na entrada da área por Réver. Leandro Pedro Vuaden assinalou a penalidade de imediato. A decisão, contudo, durou apenas dois minutos, pois ele consultou o bandeirinha e voltou atrás. Não marcou nem falta no lance.

"Eu peguei na bola primeiro. O Réver foi malandro, quando eu ia passar, deu um toquinho em mim. Arbitragem errando muito, querendo interferir", reclamou Bruno Henrique, na saída para o intervalo. "Ele o árbitro estava longe. Bati primeiro na bola. Não foi falta. Ele acertou em voltar atrás. Só disse que conversou e decidiram que não foi pênalti", alegou Réver.

Se a situação seguia difícil para o Santos, ficou ainda mais complicada na volta para o segundo tempo. Logo aos 45 segundos Guerrero anotou o segundo gol do Flamengo, ao aproveitar passe preciso de Everton, pela esquerda.

Parecia sacramentada a eliminação do Santos. Até que Copete, aos 8, e Victor Ferraz, aos 9, deram nova esperança à torcida. O colombiano marcou de cabeça, sozinho na área, em falha de Muralha. O lateral acertou forte chute, quase de voleio, da entrada da área, um minuto depois do gol de Copete.

Os lances esquentaram novamente o jogo. Mas o Santos ainda precisaria marcar mais dois gols para seguir vivo na Copa do Brasil. Nos minutos finais, o Flamengo voltou a mostrar força no meio-campo. Conteve as investidas e assegurou a classificação. O gol de Copete aos 48 minutos, novamente de cabeça, não alterou o futuro do Flamengo na competição.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 22:05

Botafogo faz 3 a 0 no Atlético-MG e se classifica às semifinais da Copa do Brasil

por Estadão Conteúdo
Botafogo faz 3 a 0 no Atlético-MG e se classifica às semifinais da Copa do Brasil
Foto: Divulgação/ Botafogo
O Botafogo segue em sua campanha de superação e raça na temporada. Nesta quarta-feira, de forma calculista e inteligente, derrotou o Atlético Mineiro por 3 a 0, no estádio do Engenhão, no Rio, devolvendo a derrota por 1 a 0 na ida em Belo Horizonte, e se classificou às semifinais da Copa do Brasil. Os gols saíram nos momentos chave do duelo - no início e no fim do primeiro tempo e no final da partida, acabando com qualquer esperança atleticana.

O resultado nesta quarta-feira confirmou o amplo retrospecto favorável ao Botafogo no confronto contra o Atlético Mineiro na Copa do Brasil. Esta foi a quarta vez que os dois se enfrentaram na competição - as outras foram em 2007, 2008 e 2013 -, sendo três pelas quartas de final, e em todas o time carioca eliminou o rival de Belo Horizonte.

As semifinais, contra Santos ou Flamengo, serão nos dias 16 e 23 de agosto. Um sorteio na próxima segunda-feira definirá os mandos de campo. Mas o Botafogo pensa agora no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, pela 17.ª rodada, enfrentará o São Paulo, às 16 horas, novamente no estádio do Engenhão. E ainda está vivo na Copa Libertadores - venceu o Nacional, no Uruguai, por 1 a 0, no duelo de ida das oitavas de final.

O Atlético Mineiro, mesmo com a estreia do técnico Rogério Micale, segue em má fase. Volta as atenções para o Brasileirão, onde buscará a reabilitação neste domingo contra o Coritiba, às 16 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Também está vivo nas oitavas de final da Libertadores, mas terá de reverter a derrota por 1 a 0 para o Jorge Wilstermann, na Bolívia.

Em campo, o Botafogo não deu tempo para o Atlético Mineiro respirar. Logo aos cinco minutos, já conseguiu devolver o placar da ida com o gol do zagueiro argentino Joel Carli, dando uma de centroavante dentro da área. Após rebote de escanteio da direita, Bruno Silva tentou um voleio, mas a bola saiu fraca e sobrou para Carli tocar para as redes.

O gol deixou o time mineiro atordoado. Sem saber o que fazer em campo, o Atlético Mineiro era um amontoado de jogadores correndo atrás da bola. Com calma, o Botafogo manteve a posse de bola e poucas vezes foi ameaçado no primeiro tempo. E fez o segundo, aos 41 minutos, em grande jogada pela esquerda. João Paulo recebeu lançamento, driblou Luan e cruzou na entrada da pequena área, onde bem colocado estava Roger para cabecear no canto esquerdo de Victor.

Para a segunda etapa, Rogério Micale tratou de mexer na estrutura do Atlético Mineiro. Colocou Rafael Moura e Rafael Carioca nos lugares de Robinho e Yago, respectivamente, e o time melhorou. Passou a ter mais organização no ataque e passou a incomodar Jefferson, que precisou fazer algumas defesas - uma delas com a cabeça.

O Botafogo, calculista, sofreu para jogar no contra-ataque, mesmo sabendo que um gol do Atlético Mineiro mudava todo o cenário do confronto. Teve alguns desperdiçados, mas garantiu a classificação aos 44 minutos em uma rápida saída de jogo que passou por Bruno Silva e chegou em Gilson na entrada da área. Tocou rasteiro na saída de Victor, viu a bola bater na trave esquerda antes de entrar e saiu para comemorar a vaga.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 22:00

Monaco nega acordo com o Real Madrid para vender Mbappé

por Estadão Conteúdo
Monaco nega acordo com o Real Madrid para vender Mbappé
Foto: Reprodução / Twitter
O Monaco veio a público nesta quarta-feira (26) para desmentir notícias publicadas pela imprensa espanhola na terça dando conta de que o Real Madrid estaria perto de comprar o jovem atacante Kylian Mbappé. De acordo com a diretoria do clube que atua no futebol francês, não há qualquer acordo com o Real ou com qualquer outro time pelo jogador.

"Eu li muitas coisas na imprensa. Eu posso garantir a vocês que hoje não temos qualquer acordo, nem com o Real Madrid e nem com qualquer outro clube", afirmou o vice-presidente do Monaco, Vadim Vasilyev. Segundo jornais da Espanha e da França, o clube de Madrid desembolsaria 180 milhões de euros (R$ 658,8 milhões) pela promessa francesa.

"É verdade que recebemos algumas ofertas, algumas propostas altas. Todos os grandes clubes querem ele. É a maior promessa do futebol europeu. Então, é perfeitamente normal que receba tanta atenção da mídia", disse o dirigente do Monaco, sem dar detalhes sobre as propostas e sem confirmar valores das ofertas.

Mbappé foi um dos principais destaques na última temporada na Europa. Com 26 gols em 44 jogos, o jogador ajudou o Monaco a conquistar o título francês, superando o poderoso Paris Saint-Germain, e ainda levou a equipe até as semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Miami, São Paulo, Rio e Lima concorrem para sediar eventual final única da Libertadores
Foto: Divulgação
A possibilidade de haver uma final em jogo único na Libertadores ainda não foi sacramentada, mas a tendência é que isso ocorra a partir do ano que vem. E, segundo reportagem do site Globoesporte.com, quatro cidades possuem interesse em receber a decisão: São Paulo, Rio de Janeiro, Lima e Miami.

Quando a Conbemol lançou a ideia, no mês passado, Rio de Janeiro e Lima já haviam saído na frente, mas paulistas e norte-americanos apareceram posteriormente na concorrência.

O martelo deve ser finalmente batido no final deste ano.

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 19:30

Série D: Nova contratação da Juazeirense, Fieta tem nome publicado no BID

por Matheus Caldas
Série D: Nova contratação da Juazeirense, Fieta tem nome publicado no BID
Foto: Carlos Humberto / Agência CH
O técnico Carlos Rabello, da Juazeirense, teve uma boa notícia nesta quarta-feira (26). O lateral-direito Fieta teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileiro de Futebol (CBF) e está regularizado para atuar na Série D.

O jogador, que atuou pelo Vitória da Conquista no primeiro semestre, foi anunciado na semana passada, mas só reúne condições de jogar agora. Ele é mais um atleta proveniente do Bode. Antes, o goleiro Rodolpho, o zagueiro Sílvio, o meia Cléber e o atacante Rayllan foram contratados.

Ele ficará a disposição e disputará posição com Nem na direita. O próximo confronto do Cancão de Fogo será a segunda partida das oitavas de final da Série D. O adversário será o Fluminense de Feira, às 18h30 deste sábado (29), no Adauto Moraes. O time de Juazeiro joga pelo empate para avançar de fase.
Ordem de Rio Branco é entregue ao IML da Colômbia por trabalho em acidente da Chape
Foto: Beto Barata / PR
O governo brasileiro entregou ao Instituto de Medicina Legal da Colômbia a Ordem de Rio Branco, a mais alta condecoração da diplomacia do país, pelo trabalho realizado pelo órgão após o acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a disputa da decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, em Medellín. "De alguma maneira, após o acidente, houve uma série de milagres, e o trabalho do Instituto de Medicina Legal foi um desse", disse no ato solene de entrega da condecoração o embaixador do Brasil em Bogotá, Julio Glinternick Bitelli. Segundo a Agência Brasil, o diplomata explicou que, após o acidente, conversou com especialistas do Brasil. Eles disseram que seria impossível identificar as 71 pessoas que morreram na tragédia, entre jogadores, técnicos, dirigentes, jornalistas e a tripulação, de forma tão rápida como foi feito pelo órgão colombiano. "Com pouco mais de três dias, 70 vítimas estavam identificadas e liberadas para serem levadas ao Brasil. Isso com uma qualidade de serviço que não tem precedentes", afirmou. "O ato de hoje é um reconhecimento por esse trabalho, um agradecimento pelo que foi feito naqueles dias em Medellín e é um símbolo da aproximação entre as duas nações, e do que poderemos fazer no futuro juntos", completou Bitelli. Por sua vez, o diretor do Instituto de Medicina Legal, Carlos Eduardo Valdés, disse que a homenagem é um dos momentos mais emocionantes vividos pela instituição, que tem 103 anos. "O instituto não está acostumado que lhe agradeçam por tudo o que faz no dia, todos os esforços de funcionários e funcionárias. A generosidade do povo do Brasil não tem limites", disse Valdés. No discurso, Valdés agradeceu pelo trabalho da Polícia, da Aeronáutica Civil (Aerocivil), promotoria, prefeitura de Medellín e do governo de Antioquia, entre outros órgãos, que colaboraram nas horas depois do acidente de novembro do ano passado. A Ordem de Rio Branco também foi concedida ao prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, e a outros quatro funcionários da cidade em uma homenagem à Colômbia que ocorreu em dezembro do ano passado, em Brasília. Também receberam a condecoração a apresentadora da Caracol TV, Mónica Jaramilo, e Johan Alexis Ramírez Castro, de 15 anos, que ajudou a guiar os socorristas ao local do acidente.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 18:55

Após ser apresentado, Mancini comanda treino e faz mudanças no time

por Glauber Guerra
Após ser apresentado, Mancini comanda treino e faz mudanças no time
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Depois de apresentado oficialmente na tarde desta quarta-feira (26), o técnico Vagner Mancini foi a campo e comandou seu primeiro treino, visando o confronto contra o Cruzeiro, domingo (30), às 19h, no Mineirão, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Debaixo de muita chuva, Mancini iniciou os trabalhos com uma atividade técnica. Logo depois, o comandante Rubro-negro orientou um coletivo tático. A equipe titular treinou sem um centroavante. Ele escalou o time com: Caíque; Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho; Fillipe Soutto, Uillian Correia, Yago, Patric e Carlos Eduardo; Neílton.

O zagueiro Fred e o lateral Thallyson treinaram finalizações no campo 2 do CT Manoel Pontes Tajanura. Já Willian Farias e Kieza, que se recuperam de lesões, deram voltas ao redor do gramado.

O time Rubro-negro volta ao batente na tarde desta quinta-feira (27). Com 12 pontos, o Vitória ocupa a penúltima colocação no Campeonato Brasileiro.
'É difícil nadar dentro de uma gaiola', diz Phelps sobre desafio contra simulador
Foto: Divulgação
O ex-nadador Michael Phelps, maior medalhista olímpico da história, se manifestou sobre o duelo com um tubarão branco, no oceano na África do Sul, que foi ao ar no último domingo (23), na televisão norte-americana. O público ficou decepcionado com o fato do animal ter sido uma simulação. Phelps rebateu dizendo que esta foi a melhor forma possível.

"É difícil nadar dentro de uma gaiola contra um tubarão, não seria possível se mover na velocidade correta. Então como fizemos foi a melhor forma possível. Digo que achei incrível mais uma vez e vou dizer isso pelo resto da minha vida, porque eu realmente amei fazer. É incrível ver as perguntas dos haters, é chocante. Tem sempre alguém para dizer algo negativo sobre você. Viva sua própria vida. Se você quiser ver, veja, mas não há razão para ser rude", afirmou.

Phelps usou uma cauda de tubarão e uma roupa de mergulho para se igualar às condições do animal. O norte-americano cruzou a linha de chegada apenas dois segundos atrás do tubarão. O duelo foi realizado pelo canal "Discovery Channel" (leia aqui). Phelps disse que todas as condições do desafio foi avisado antes da largada através de entrevistas.

"Vocês podem acreditar no que quiserem. Tudo foi apresentado no ar, em múltiplas entrevistas na “Shark Week” ou no começo do programa. Sinto muito que vocês se sintam desse jeito. Era algo que eu queria fazer e fiquei honrado. Sinto muito se vocês estão assim, mas eu me sinto muito diferente. Algumas pessoas não quiseram ouvir sobre algumas coisas que fazemos, e isso não é minha culpa. É muito fácil abrir os ouvidos e ouvir o que a TV está dizendo, ou os anunciantes e eu", se defendeu.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 18:00

Botafogo confirma morte cerebral do ex-goleiro Max aos 42 anos

por Estadão Conteúdo
Botafogo confirma morte cerebral do ex-goleiro Max aos 42 anos
Foto: Divulgação / Botafogo
O Botafogo confirmou nesta quarta-feira, através de um comunicado oficial, a morte cerebral do ex-goleiro Max, de 42 anos, que teve passagem pelo clube durante a sua carreira profissional. O ex-jogador estava internado no Hospital da Lagoa, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Max foi hospitalizado nos primeiros dias de julho por causa de um edema cerebral e acabou não resistindo ao efeitos de uma doença autoimune, com os últimos exames neurológicos apontando a perda total e irreversível de qualquer atividade neurológica do cérebro e do tronco cerebral.

Com passagem pelo Botafogo entre 2003 e 2007, Max fez parte do grupo que conquistou os títulos do Campeonato Carioca de 2006, da Taça Guanabara de 2006 e da Taça Rio de 2007. Revelado pela Portuguesa carioca, o goleiro também passou por América do Rio, Friburguense, Bangu, Barra da Tijuca, Vila Nova, Itumbiara, Boa, Gama e Joinville, time em que foi campeão da Série C do Campeonato Brasileiro de 2011.

"Querido por todos, sempre foi um ótimo profissional e um exemplo como homem. O Botafogo manifesta seu pesar e solidariedade a familiares e amigos", afirmou o Botafogo em seu comunicado oficial, lamentando o falecimento do ex-goleiro.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 17:55

Debaixo de chuva, Jorginho comanda treino técnico no Fazendão

por Ulisses Gama
Debaixo de chuva, Jorginho comanda treino técnico no Fazendão
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
A forte chuva que caiu em Salvador na tarde desta quarta-feira (26) não intimidou o elenco do Bahia. Mesmo debaixo de muita água, os tricolores deram seguimento ao trabalho para o duelo contra o Sport, no próximo domingo (30), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Inicialmente, os jogadores se reuniram com a comissão técnica e assistiram um vídeo sobre o Sport para acompanhar as falhas e virtudes do adversário. Logo depois, o trabalho foi em campo.
 
No gramado, o grupo realizou um treino técnico, com foco nos cruzamentos e finalizações. Além disso, o técnico Jorginho armou quatro equipes com seis jogadores para marcar gols em traves pequenas espalhadas em uma parte do campo.
 
O zagueiro Lucas Fonseca deixou a atividade mais cedo, reclamando de dores no tornozelo. Por outro lado, o atacante Maikon Leite, recuperado de uma lesão na panturrilha, treinou normalmente, assim como o lateral-esquerdo Armero, que está liberado após uma pubalgia.
 
Rodrigão segue como dúvida. O camisa 39 realizou um treinamento na academia. Os atacantes Hernane e Edigar Junio, e o lateral Wellington Silva seguem em transição física. O zagueiro Jackson, por sua vez, continuou a fisioterapia. Nas redes sociais, o clube publicou um vídeo de Hernane correndo na esteira. O jogador se recupera de uma fratura na tíbia. Confira:
Novo gestor de futebol do Vitória, Cléber Giglio quer apagar ‘focos de incêndio’ no clube
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Novo gestor de futebol do Vitória, Cléber Giglio foi apresentado nesta quarta-feira (26). O cartola chegou ao clube em um momento profundo de crise. O time Rubro-negro ocupa a penúltima posição do Campeonato Brasileiro com apenas 12 pontos conquistados. Além disso, a agremiação passa por uma instabilidade política. O cartola já se diz ciente sobre alguns assuntos e quer “apagar os incêndios”.  “Já tomei pé de algumas situações, logicamente que não de tudo. A gente bateu o martelo no final da noite, depois disso foi muita busca por conteúdo e informação. Agora é imersão total no trabalho, detectar os focos de incêndio para tentar apagar esses focos”, afirmou.  Ele ainda comentou algumas contratações engatilhadas por Petkovic, antigo gestor, que ainda não foram concluídas. Realmente estou sabendo de algumas situação, mas não falei com os empresários dos atletas. Tudo vai passar pela nossa orientação, até porque teve mudança de treinador também. Nunca contratei um atleta sem ter a concordância do treinador. Se a gente entender que é bom, e cabe dentro do perfil do treinador, vamos dar sequência. Futebol não existe um modelo que você aprende na escola. Cada um tem sua receita e sua identidade. Vamos dar a resposta para todos os empresários e estudar todos os casos”, emendou.
Barcelona tem acordo com Coutinho, mas precisa convencer Liverpool, garante rádio
Foto: Getty IMages
Enquanto o Barcelona trabalha para manter Neymar, uma negociação com outro brasileiro pode ter um desfecho feliz para os catalães. De acordo com a rádio RAC1, o meio-campista Philippe Coutinho chegou a um acordo com o Barça. No entanto, o que pode travar o negócio é o Liverpool, agremiação pela qual o atleta joga. Os reds precisam ser convencidos a liberá-lo.

O clube inglês já teria recusado uma proposta inicial de dois milhões de libras (R$ 290 milhões) e faz jogo duro para ceder Coutinho. Segundo os diários “Sport” o “Mundo Deportivo, os catalães deram uma última cartada na última terça-feira (25) e enviaram agentes à Inglaterra para negociar diretamente com o Liverpool.

No início deste ano, o brasileiro renovou seu vínculo com o clube inglês por cinco anos e, neste acordo, não há cláusula de rescisão.

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 16:35

Mancini é apresentado no Vitória e afirma: 'O momento é de reconstrução'

por Glauber Guerra
Mancini é apresentado no Vitória e afirma: 'O momento é de reconstrução'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O Vitória vive um momento para lá de turbulento. Ocupa a penúltima posição no Campeonato Brasileiro com apenas 12 pontos conquistados em 16 jogos. Além disso, o clube passa por uma instabilidade política. Isolado, Ivã de Almeida, presidente da agremiação, pediu licença por 90 dias. Apesar deste cenário, o técnico Vagner Mancini aceitou a proposta da diretoria Rubro-negra e assumiu a equipe. Ele preferiu não usar o termo “crise” e diz que o momento é de reconstrução.  “Estou feliz por voltar, por ter o carinho das pessoas. Quero passar que esse não é mais um momento de crise, é um momento de reconstrução. Um momento novo para o Vitória. É importante que vocês da imprensa também estejam junto com a gente, assim como a torcida, que tem que voltar a acreditar, e vir em maior número ao Barradão para jogar junto com a equipe”, afirmou o treinador.  O comandante Rubro-negro ainda revelou que terá uma conversa com o elenco. “Vou pedir aos meus atletas para que a gente volte a ter o perfil do Vitória, que sempre foi forte dentro de casa. Isso recupera a autoestima, a confiança, e faz com que o torcedor venha ao estádio”, finalizou. O próximo compromisso do Vitória é contra o Cruzeiro, domingo (30), às 19h, no Barradão.
Alan Ruschel volta a disputar partida após 239 dias da tragédia com avião da Chapecoense
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense
O passado e o presente se fizeram presente no empate por 1 a 1 entre Chapecoense e Ypiranga-RS, nesta terça-feira (26), num jogo-treino realizado em Santa Catarina. O lateral-direito Alan Ruschel, sobrevivente da tragédia que dizimou o antigo elenco da Chape, entrou em campo pela primeira vez após 239 dias e, menos de um ano depois, demonstrou a superação e honrou os nomes dos colegas mortos no acidente.

Ele entrou no segundo tempo, no lugar de Neném e atuou durante 40 minutos. Apesar do tempo em campo, ele não tem previsão para retornar a jogar uma partida oficial, embora o Departamento Médico já o tenha liberado para participar normalmente das atividades.

Ruschel foi um dos sobreviventes do elenco da Chapecoense que viajavam à Colômbia para jogar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Além dele, o goleiro Jackson Follmann e o zagueiro Neto viveram, bem como o jornalista Rafael Henzel sobrevieram ao desastre – a comissária de bordo Ximena Suárez e o técnico da aeronave, Erwin Tumiri, ambos bolivianos, também escaparam da morte.

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 16:15

Observado por outros clubes, Jean afirma: 'Estou tranquilo e focado no Bahia'

por Ulisses Gama
Observado por outros clubes, Jean afirma: 'Estou tranquilo e focado no Bahia'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
O goleiro Jean vive uma grande fase no Bahia. Responsável por defesas complicadas neste Campeonato Brasileiro, o jovem arqueiro tricolor foi sondado pelo Benfica, de Portugal (relembre). Acompanhado de perto pelos olhos europeus, ele se diz tranquilo e focado em conseguir objetivos maiores com o Esquadrão de Aço. "Estou muito tranquilo, focado no Bahia. Sondagens que aparecem, se aparecer, deixo para o Bahia resolver junto com meu empresário. Não estou preocupado em ir embora, apenas focado. Quero jogar sempre bem para ajudar o Bahia. Quero fazer história no clube e, quem sabe, deixar o clube na Libertadores", declarou. "Esperei muito por essa oportunidade de jogar pelo Bahia, desde o ano passado na Série B. Estar na Série A é um sonho realizado. Poder atuar em todas as partidas, manter a regularidade, é só agradecer a Deus e minha família", celebrou Jean, que destacou a sua competitividade e fez questão de ressaltar o trabalho realizado pelo preparador de goleiro Thiago Mehl, que está no clube desde o ano passado. "Esperava sim porque eu sou um cara muito competitivo, muito bem treinado pelo professor Thiago Mehl. Me sinto pronto para qualquer desafio. Não esperava assim essa repercussão toda, mas sabia que desde o momento que vestisse a camisa do Bahia daria o meu melhor", indicou. Com 21 anos de idade, Jean é o goleiro mais novo da Série A e é o único a disputar todas as partidas do Bahia na competição nacional.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 15:45

Recuperado, Maikon Leite se diz pronto para voltar a jogar: 'Estou zero bala'

por Ulisses Gama
 Recuperado, Maikon Leite se diz pronto para voltar a jogar: 'Estou zero bala'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
O atacante Maikon Leite será uma opção para o técnico Jorginho no jogo contra o Sport, no próximo domingo (30), na Arena Fonte Nova, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Recuperado de uma lesão na panturrilha, ele se diz pronto para entrar em campo e ajudar o Esquadrão de aço na sequência da competição.
 
"Hoje eu estou zero bala, pronto para jogar, estou me sentindo bem, sem problema nenhum. Se o Jorginho optar por me colocar entre os 11 ou entre os três que vão entrar, eu estou pronto. Tem muitos desfalques na frente, pode ser uma oportunidade a mais. Vamos colocar uma pulga atrás da orelha dele, que vai ser importante", declarou.
 
O atacante se vê em um momento melhor em relação ao período em que chegou no Fazendão. Até o momento, ele não correspondeu aos anseios do torcedor tricolor. Foram nove partidas disputadas e nenhum gol marcado.
 
"Hoje eu estou melhor. Muito melhor, por sinal. Estou confiante que eu possa voltar a jogar, voltar a me sentir bem, ter confiança, ter uma sequência, quem sabe, e voltar a ser o Maikon Leite que todo mundo sabe", projetou Maikon, que vê o Bahia em evolução dentro da competição nacional.
 
"Acredito que, no começo do Campeonato, nós não conseguimos jogar fora de casa. Agora, neste momento, por mais que tenha tido o resultado contra o Santos, acho que a gente aprendeu a jogar fora de casa, não estamos sendo um time que só joga para trás, com medo. Dentro de casa, não tenho dúvida nenhuma. Nossa força ali é ótima. A gente aprendeu a jogar fora de casa. Então nessa próxima sequência, que a gente tem quatro jogos em casa, a gente tem tudo para fazer pontos e, quando virar o turno, a gente estar numa parte muito mais confortável que agora. A gente tem tudo para melhorar", indicou.
 
Maikon Leite se junta a João Paulo Queiroz, Júnior Brumado e Mendoza como opções disponíveis no setor ofensivo.
Com currículo de veterano, Isaquías Queiroz vai disputar Mundial Jr na Romênia
Foto: Divulgação / CBCa
O canoísta Isaquias Queiroz é dono de duas medalhas de prata e um bronze dos Jogos Olímpicos da Rio-2016. Ele também tem três ouros e três bronzes em Mundiais e outros dois ouros e uma prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Apesar do currículo de gente grande, o baiano, que tem apenas 23 anos, vai disputar o Campeonato Mundial Júnior, na cidade de Bascov, na Romênia, nos próximos dias 27 e 30. No entanto, a meta dele é se preparar para o Mundial Sênior, no mês de agosto.

"A gente sabe que nossa preparação é para o Mundial, para a Olimpíada. Meu nível está bom, estou achando bastante fácil fazer as parciais, mas acho que, como falei, muitas pessoas não vão entender, meu foco maior é a Olimpíada. Como sempre falamos, não adianta ganhar Mundial e Copa do Mundo sempre e chegar na Olimpíada e perder", explicou.

Isaquías  disputou o Mundial Júnior em 2011, em Brandeburg, na Alemanha. Naquela ocasião, ele abocanhou um ouro e uma prata nas categorias C1 200m e C1 500m, respectivamente. Neste ano, as provas classificatórias da competição acontecerão nesta quinta-feira (27) e sexta (28). No sábado (29) e domingo (30) serão disputadas as finais.
Quarta, 26 de Julho de 2017 - 14:30

João Gomes conquista a medalha de prata nos 50m peito no Mundial

por Estadão Conteúdo
João Gomes conquista a medalha de prata nos 50m peito no Mundial
Foto: Sátiro Sodré / SSPress / CBDA
O brasileiro João Gomes Júnior faturou esta quarta-feira a medalha de prata na prova dos 50 metros peito no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Budapeste. A disputa foi vencida pelo britânico Adam Peaty, enquanto o também brasileiro Felipe Lima ficou na quarta colocação.

Nas eliminatórias do Mundial, João Gomes havia quebrado o recorde sul-americano da prova, na última terça-feira. E agora repetiu o feito ao cravar o tempo de 26s52, o também que lhe garantiu a medalha de prata da prova em Budapeste.

"Eu estou muito feliz. Só Deus sabe o quanto eu batalhei para chegar aqui. Só tenho que agradecer a todo mundo que me ajudou. O Felipe (Lima) é um cara que quando eu comecei a nadar, o via competindo e também serviu de inspiração. Eu não senti que larguei tão bem, mas fui bem tranquilo, consciente do que tinha que fazer na parte final e graças a Deus foi tudo certo. Comecei meu ciclo olímpico muito bem",festejou João Gomes em entrevista ao SporTV.

Ele só não conseguiu ameaçar o domínio de Peaty, que nas eliminatórias e nas semifinais havia quebrado o recorde mundial dos 50m peito, que agora é de 25s95. O britânico não chegou a registrar uma nova marca para a prova na final, mas o tempo de 25s99 foi mais do que suficiente para lhe garantir o título mundial, o segundo consecutivo nessa distância.

O pódio foi completado pelo sul-africano Cameron van der Burgh, o terceiro colocado, com 26s60. Assim, ele foi 0s18 mais rápido do que Felipe Lima, o quarto melhor do mundo nos 50m peito na competição na Hungria.

Antes da prata de João Gomes, o Brasil havia faturado cinco medalhas no Mundial, sendo três delas na maratona aquática com Ana Marcela Cunha, ouro nos 25km e bronze nos 5km e nos 10km. Além disso, na natação o País já havia levado outras duas pratas, no revezamento 4x100 metros livre e com Nicholas Santos nos 50m borboleta.

ETIENE E CHIERIGIHINI NAS FINAIS - Medalhista de prata nos 50m costas no Mundial de 2015, Etiene Medeiros tentará voltar ao pódio nesta edição do evento, na quinta-feira. Nesta quarta, a brasileira avançou em primeiro lugar para a final da prova ao marcar o tempo de 27s18 em sua bateria nas semifinais.

"Eu falo que semifinal é sempre uma final. Então, realmente me surpreendi com o tempo, foi muito bom, pensei que já estava em uma final. Nadei forte, querendo realmente estar junto com a chinesa, que tem os melhores tempos. Estou muito feliz e acho que foi um mega resultado", afirmou a brasileira, que superou em apenas 0s01 a chinesa Yuanhui Fu, a segunda melhor das semifinais.

Membros da equipe que deu ao Brasil a medalha de prata no revezamento 4x100 metros, Marcelo Chierighini e Gabriel Santos tiveram destinos diferentes nas semifinais dos 100m, nesta quarta-feira. Chierighini garantiu sua vaga na final, enquanto Gabriel foi eliminado.

Chierighini foi o quarto colocado na sua bateria e o oitavo na classificação geral, com a marca de 48s31, avançando com o pior tempo para a final. Já Gabriel marcou 48s72, ficando na 14ª posição. O melhor desempenho foi do francês Mehdy Metella, com 47s65, sendo apenas 0s01 mais rápido do que o norte-americano Caeleb Dressel.

Mesmo classificado, Chierighini admitiu que não aprovou o seu desempenho e precisará melhorar para a final desta quinta. "Estou na final, mas essa prova não encaixou. Não foi como no revezamento, que passei natural. Vou descansar, conversar com meu técnico e ver o que posso melhorar. Para ir ao pódio, tenho que fazer 47s7, pelo menos, então tenho que melhorar bastante", comentou.

MPT move ação contra CBF por publicidade em uniforme de juízes
Foto: Bruno Cantini / Atlético Mineiro
Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) ingressou com uma ação civil pública contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por danos morais coletivos, com lesão a direitos de árbitros e auxiliares de futebol. O valor pedido é de R$ 5 milhões. Segundo o inquérito, a CBF negociou de forma irregular o espaço de publicidade na camisa de árbitros e auxiliares, sem a presença dos órgãos de classe dos profissionais, da Associação Nacional de Árbitros de Futebol (Anaf), e sem qualquer repasse de vantagens econômicas, provenientes dos patrocínios, aos árbitros e auxiliares. O MPT mostra, como exemplos, contratos milionários firmados entre a CBF, Semp Toshiba e Sky, para divulgação de suas marcas nos uniformes de uso obrigatório dos árbitros e auxiliares, mas sem qualquer repasse de valores aos profissionais. Foi tentando um acordo extrajudicial, mas a CBF alegava que a discussão era sobre “direito de arena”, que seria exclusivo de atletas. Como “nenhum espectador se interessa por uniformes de árbitros”, seria “risível a pretensão” dos árbitros e auxiliares de requererem vantagens econômicas. O argumento da CBF não foi aceito pelo procurador do Trabalho Rodrigo de Lacerda Carelli, que assina a ação, por entender que o direito de imagem é “personalíssimo”. Para ele, também é ofensiva a alegação de que “nenhum espectador se interessa por uniformes de árbitros”. A equipe de arbitragem tem exposição de imagem em 27,46% do tempo de transmissão televisiva. Além disso, o uniforme dos árbitros tem, em média, 63 aparições na TV durante uma partida de futebol, o que soma um tempo de 4 minutos. Se a indenização for acatada pela Justiça, o valor será revertido para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O MPT também requer à justiça do Trabalho que a CBF seja impedida de negociar os contratos de patrocínio dos árbitros e auxiliares e que a negociação passe a ser feita pela entidade de classe dos profissionais. Por fim, ainda pede que a Confederação repasse aos árbitros 80% dos valores dos contratos de patrocínio. Em caso de descumprimento, haveria pagamento de multas que variam entre R$ 10 e 20 milhões, além de R$ 10 mil de multa diária, por profissional lesado.
TOTAL DE ACESSOS  MAIS  DE  UM  MILHÃO  A PARTIR DO DIA 07/07/2017


MAIS DE 1.0100 MILHÃO - /10/07/17 - ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!
Alemanha Mais de  181 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos, Estados Unidos  mais  128 Mil. Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
487 ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
517429
Alemanha
181896
Estados Unidos
128194
Rússia
45562
Malásia
19730
China
14395
Ucrânia
9022
França
6117
Portugal
5660
Índia
4199






O POETA MARATONISTA!
          
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                        CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                        Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, intspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registratdo em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Critstóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DEt VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANA

t
tt

t

t com credenciamento CFMO 097}

     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  tde  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP

********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS

FOTOS DE FRANK CHAGAS  NO  VITÓRIA 1961 

Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961

EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.
O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT (atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961

Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova

VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).
Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).

Nenhum comentário:

Postar um comentário