sexta-feira, 14 de julho de 2017

BAVI, FLU DE FEIRA, JUAZEIRENSE, JACOBINA, COPA JUDÔ OPEN/BAHIA E MUITO MAIS

Sexta, 14 de Julho de 2017 - 18:45 /FONTE  BAHIA NOTICIAS 

Gallo vê Vitória em evolução, explica escalações e nega problemas com Correia e Neilton

por Glauber Guerra
Gallo vê Vitória em evolução, explica escalações e nega problemas com Correia e Neilton
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O técnico Alexandre Gallo assumiu o Vitória em junho e até o momento comandou a equipe em nove jogos. Ele venceu três, empatou duas e perdeu quatro. Um aproveitamento de 40,7%. O treinador vê o time em evolução, apesar do revés por 4 a 1 para o Vasco da Gama na última rodada em pleno o Barradão. Para Gallo, o resultado não mostrou a realidade da partida.


“Claro que explicar um 4 a 1 não é fácil. Temos todos dados da fisiologia e do setor de análise de desempenho do clube. Batemos todos os recordes físicos e técnicos dos 12 minutos até o gol de empate aos 22 do segundo tempo. Fizemos uma das melhores partidas no quesito de manutenção da posse de bola, de volume de jogo, trocas de passes e chegada na área do adversário. Volume de jogo muitas pessas confundem com posse de bola. Volume é quando a gente chega na área do adversário incomodando ele. Tivemos um volume muito grande ofensivo e que deu esse recorde da ações que tivemos na quarta. O que aconteceu quando empatamos é que perdemos uma bola em nosso domínio e tivemos um contra-ataque bem encaixado. Eles fizeram 2  a 1 e foi uma ducha de água fria para a gente. Continuamos praticamente no 4-2-4, com quatro atacantes e Carlos Eduardo e Cleiton Xavier se desdobrando ali, pois eles têm bons passes para achar esses quatro jogadores na frente.  Mas ali no final, aos 45, Kanu acabou indo para frente e tivemos dois contra-ataques quando ele estava lá. O Vasco foi feliz e fez dois gols. Mas o placar não disse oque foi a partida. É importante passar para o torcedor, pois não podemos nos apegar só ao resultado. O 4 a 1 é difícil explicar, mas temos que passar que coisas boas aconteceram inclusive no jogo de quarta A gente vinha de um jogo bem contra o Bahia [empate em 0 a 0], que ofensivamente fomos bons. Depois o Atlético-GO em que vencemos [triunfo por 2 a 1], mas as pessoas não entenderam. Muita gente disse que a gente jogou mal, mas não foi isso. O time do Vitória teve problemas demais na partida para passar por 90 minutos e ganhar o jogo daquela maneira. Tivemos três substituições por lesões e ainda tivemos um jogador que ficou quase o segundo tempo todo com um desconforto. Tivemos que pegar o Rafaelson, que é um centroavante e colocamos para jogar de volante, pois não podíamos mais mexer no time. Foi um jogo de luta e muita entrega e que fugiu da questão técnica e partiu para a questão física e de entrega dos jogadores. Foi muito bom e as pessoas entendem o motivo da gente não ter jogado com plasticidade. Não dava. Perdemos três jogadores por lesão. Contra o Vasco foi um resultado que nos machuca muito e machuca o torcedor, mas que em termos de número e de qualidade do futebol dos 12 minutos até o gol de empate no segundo tempo, tivemos um bom desempenho. A gente está evoluindo e vamos continuar trabalhando para que esse desempenho melhore e que a gente eviter tomar esses gols que tomamos contra o Vasco”, disse Gallo,  em entrevista ao Bahia Notícias.

O comandante Rubro-negro reconheceu que a ansiedade tem atrapalhado o time em alguns momentos. Porém, esse problema será mimizado, já que Luiz Scipião, psicólogo da agremiação, tem feito um trabalho especial com os atletas.

“Estamos fazendo um trabalho bem interessante e foi um dos melhores que já vi na minha profissão. Já trabalhei isso no Internacional, no Santos, na Copa das Confederações e na Copa do Mundo. O Dr. Luiz Scipião está fazendo um trabalho para essa ansiedade ser minimizada. A ansiedade acontece em qualquer situação. Até o Corinthians que é o líder isolado tem essa ansiedade, pois tem a pressão muito grande para manter a liderança. Imagine a gente que está na situação e tendo que resolver alguns problemas internos para que exista uma melhora técnica de nossa equipe. Então essa ansiedade é natural. Temos trabalhado isso e principalmente temos que melhorar o último terço do jogo e o último terço do campo, quando é a fase final para colocar a bola para dentro. Aconteceu contra o Bahia no segundo tempo, contra o Botafogo aqui em casa, com o Santos, que a gente sabe que tem o melhor contra-ataque do Brasil [derrota por 2 a 0]. Fizemos uma partida equilibrada, mas acabamos perdendo. Estamos tentando melhorar os 90 minutos de um jogo melhor. Para isso é preciso melhorar os setores. O setor defensivo, a transição do meio-campo e ataque e tentar agrupar mais o time. Tivemos isso até o empate no jogo contra o Vasco”, destacou.

Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias


As ausências de Uillian Correia e Neilton no time titular do Vitória têm sido uma das principais críticas da torcida e parte da imprensa. Gallo negou ter problema com a dupla e explicou o motivo de não escalar os dois.

“Tenho problema zero com os dois. Temos um ambiente muito bacana de cobrança e tanto Correia como Neilton são jogadores que eu converso muito. Eles se dedicam nos treinamentos, mas às vezes as pessoas não entendem a escalação. O Vasco tinha um meia de muita qualidade técnica e ágil, que é o Wagner. O jogador para fazer essa função seria o Willian Farias, que é um primeiro volante, forte na marcação, com bom passe e boa saída de jogo. E outro volante que teríamos para isso é o Renê Santos para fazer uma marcação individual no craque da equipe deles. Correia é um bom negociador de bolas, um ótimo jogador e um segundo volante bom de passe, mas que não essa característica de fazer essa marcação em indivual. Nem ele e nem o Cleiton Xavier. Então tínhamos um jogador de marcação que é o Renê, para matar essa questão do meia de qualidade e três jogadores para negociar o jogo, que foram Carlos Eduardo, Cleiton Xavier e Yago. E servidos com dois atacantes na frente. Um de velocidade, que é o David e o nosso matador, que é André Lima, um jogador de área. Às vezes pessoas não entendem que existem diferenças entre jogadores da mesma posição. Às vezes temos que fazer escolhas de acordo com o adversário. Sobre Neilton, eu já expliquei antes. Neilton é um jogador que de drible e velocidade curta. A gente precisa de uma válvula de escape longa e David tem essa característica. Estou conversando Neilton e posicionando ele. Quero ele mais perto da área”, concluiu.

Com 12 pontos, o Vitória ocupa a 18ª posição no Campeonato Brasileiro, o que representa um aproveitamento de 30,8%. O próximo compromisso do time Rubro-negro é contra o Palmeiras, domingo (16), às 11h, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 14ª rodada do certame nacional.
Goleiro do Touro, Jair projeta classificação contra 'favorito' Campinense: 'É uma guerra'
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias
O Fluminense de Feira receberá o Campinense-PB neste domingo (16), às 16h, no Joia da Princesa, pelo jogo de volta da segunda fase da Série D. O Touro possuiu a vantagem de poder empatar por 0 a 0 para avançar de fase, mas o goleiro Jair ainda considera os paraibanos favoritos à classificação.


Segundo o arqueiro, no entanto, o Touro irá forte para buscar o primeiro triunfo sobre a  equipe paraibana nesta temporada – só nesta Série D, foram três empates. “Esse é o jogo de buscarmos a vitória. A equipe deles sempre foi favorita dessa competição, sobretudo por conta das condições que eles vivem nos últimos anos, tendo sido campeões da Copa do Nordeste e sempre ali brigando. Vamos em busca desse feito. Só vamos ficar em cima da vantagem nos minutos finais da partida”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Para o jogador do Touro, a partida será aberta e os atletas devem ficar ligados nisso. “As expectativas são sempre as melhores. Sabemos que enfrentaremos uma equipe difícil. Eles virão para procurar vencer. Então será um jogo aberto. Vamos jogar pra vencer também. É um jogo de detalhes. Precisaremos ter um emocional e um psicológico bom. Não podemos pensar em ficar com um a menos em momento algum. Nossa equipe está se preparando para uma final, uma batalha. Sabemos que é uma guerra pra nós. Está em jogo nossa classificação. Nosso objetivo e planejamento é subir para a Série C”, vislumbrou.

Caso o Flu de Feira avance, terá um confronto baiano contra Juazeirense ou Jacobina, que se enfrentam neste sábado (15), às 18h30, no Adauto Moraes. 
Sexta, 14 de Julho de 2017 - 18:05

Wallace é registrado no BID e vai reestrear contra o Palmeiras

por Glauber Guerra
 Wallace é registrado no BID e vai reestrear contra o Palmeiras
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
Emprestado pelo Grêmio até julho do ano que vem, o zagueiro Wallace teve seu nome registrado nesta  sexta-feira (14) no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Com isso, ele irá reestrear pelo Vitória no duelo contra o Palmeiras, domingo (16), às 11h, no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O defensor já vem treinando no clube Rubro-negro desde o dia 26 de junho. Wallace, de 29 anos, iniciou sua carreira nas divisões de base Vitória em 2006 e saiu no fim da temporada de 2010, quando se transferiu para o Corinthians. Ele ainda acumula passagens pelo Flamengo, Grêmio e Gaziantepspor (TUR).
Sexta, 14 de Julho de 2017 - 17:45

Técnico do Bahia prega cautela sobre lesão de Rodrigão: 'Vamos aguardar'

por Ulisses Gama
Técnico do Bahia prega cautela sobre lesão de Rodrigão: 'Vamos aguardar'
Foto: Divulgação / EC Bahia
O presença do atacante Rodrigão no jogo contra o Avaí, no próximo domingo (16), ainda é uma dúvida. O exame que o camisa 39 fez não apontou uma fratura no dedão do pé, mas o jogador do Bahia ainda sente dores e realizou tratamento médico nesta sexta-feira (14). 
Questionado sobre o jogador, o técnico Jorginho garantiu a presença do atacante entre os relacionados, mas pregou cautela e disse aguardar a posição dos médicos do clube.
"O Rodrigão demonstrou que é um goleador, o cara de presença de área, sempre que estiver jogando vai estar presente nas bolas paradas, na construção do jogo. Dentro da área, um jogador que tem uma presença forte, faz um bom papel de pivô e tem velocidade, o que é bom para o nosso estilo de jogo, que propõe o jogo. Ele teve essa pequena contusão, então temos que estar bem atentos e esperar até o último minuto para saber se podermos contar com ele. Ainda não sabemos, vamos aguardar a posição médica, é um jogador que está na lista, vamos aproveitar e se der aproveitar o máximo que ele possa estar em campo", indicou.
Caso não esteja à disposição, Rodrigão deve ser substituído por João Paulo Queiroz ou Vinícius, que pode ser improvisado no comando ofensivo.
Acusado de invadir e-mails do Vitória, Ricardo Nery se defende: 'Jamais faria isso'
Foto: Divulgação / Vitória
Acusado pela diretoria do Vitória de invadir e-mails da agremiação e vazar dados sigilosos (saiba mais aqui), Ricardo Nery, ex-diretor do clube, se defendeu e garante não ter nenhum envolvimento com o caso. “Recebi pela manhã na minha empresa essa acusação. Estou surpreso. Sou mestre em computação e trabalhei muitos anos no clube. Eles acham que possa entrar lá e pegar documentos só por causa disso? Estou atônito. Sou da área de computação e jamais faria isso. Se eu fosse mal-cárater e pelo conhecimento que tenho na área, não faria isso de forma amadora. Já até conversei com Alexi Portela [ex-presidente do clube] e falei de como as pessoas são levianas. Quem for o responsável por essa palhaçada vai me pagar com juros e correção monetária”, bradou Nery, em entrevista ao Bahia Notícias. O ex-dirigente ainda disse confiar na Justiça e na investigação policial. A queixa-crime contra Ricardo Nery foi registrada na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), em Salvador. “Confio que a Justiça será feita. Mais cedo ou mais a Justiça vai resolver isso. Sou uma pessoa extramente séria. Estive no clube em 2006 para ajudar Alexi Portela. Depois voltei em 2010 quando o Sou Mais Vitória [plano de sócios] estava uma bagunça. E por último estive em 2015 após a renúncia de [Carlos] Falcão para ajudar a gestão de Raimundo Viana. Tenho fé na Justiça”, finalizou.
Sexta, 14 de Julho de 2017 - 17:30

'Podemos dizer que é um clássico': Volante da Juazeirense avalia o Jacobina

por Matheus Caldas
'Podemos dizer que é um clássico': Volante da Juazeirense avalia o Jacobina
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Embora tenha conquistado a vantagem de dois resultados de empate para se classificar às oitavas da Série D, o volante Júnior Gaúcho, da Juazeirense, pede cautela para o jogo de volta contra o Jacobina, neste sábado (15), às 18h30, no Adauto Moraes, pela segunda fase da competição.


“A vantagem que temos é pouca, mas jogamos por um empate e em casa. Mas ela acaba quando começar a partida. São equipes que se conhecem e tradicionais na Bahia. Podemos dizer que é um clássico. O grupo está focado e equilibrado. Tivemos uma boa semana de treino”, ponderou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Na partida em Juazeiro, Gaúcho pede que o Cancão tenha cuidado ao utilizar a vantagem conseguida no jogo de ida. “Esperamos fazer uma boa partida e, diante da nossa torcida, conseguir a classificação, que é o que o nosso grupo almeja. Estamos determinados a isso. Com certeza iremos para cima do Jacobina, pois, dentro de casa, sempre tivemos essa intensidade de jogo. Mas, se no final do jogo precisarmos nos apegar a essa vantagem, iremos aproveitar e, consequentemente, conseguir a classificação com ela”, concluiu.

O time treinado por Carlos Rabello pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1, que se avança à próxima fase.
Sexta, 14 de Julho de 2017 - 17:15

Com grupo dividido, Bahia se reapresenta visando duelo contra o Avaí

por Ulisses Gama
Com grupo dividido, Bahia se reapresenta visando duelo contra o Avaí
Foto: André Costa
De volta a Salvador após vencer a Ponte Preta na última quarta-feira (12), o elenco do Bahia agora se prepara para enfrentar o Avaí, no próximo domingo (16), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na tarde desta sexta-feira (14), o grupo se reapresentou no Fazendão.
Os atletas que vêm atuando com frequência não desceram ao gramado. Todos foram conduzidos a um treino na academia. Além disso, todos fizeram uma sessão de fisioterapia, tratamento de gelo e piscina aquecida.
Em campo, o técnico Jorginho comandou um treino com bola para os demais atletas. Entre eles, estiveram o zagueiro Éder e o meia Allione, que devem ser os substitutos de Tiago e Zé Rafael, suspensos.
Em processo de transição física, o atacante Hernane e o zagueiro Jackson treinaram na academia do clube. O lateral Wellington Silva e os atacantes Maikon Leite, Edigar Junio e Rodrigão realizaram tratamento no departamento médico. O exame que o camisa 39 realizou não apontou fratura, mas o atleta ainda sente dores e segue como dúvida. 
O elenco tricolor finaliza a sua preparação para a partida neste sábado (15), às 15h, no estádio de Pituaçu.
Vitória acusa Ricardo Nery de invadir e-mails do clube; caso é investigado pela polícia
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Ex-diretor de marketing do Vitória, Ricardo Nery é acusado pela diretoria do clube de invadir e-mails da agremiação e vazar dados sigilosos. O departamento jurídico do Leão ingressou com uma representação criminal na última quinta-feira (13) contra Nery na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), em Salvador. Na queixa, o Vitória alega que o ex-dirigente se apossou de documentos e espalhou na internet. Um deles foi uma planilha com os salários dos jogadores.  Ricardo Nery trabalhou no Vitória em 2006, na gestão de Alexi Portela e entre 2015 e 2016 no mandato de Raimundo Viana. O Bahia Notícias tentou o contato com Nery, mas não obteve êxito até o fechamento desta matéria.
Série D: Edimar pede Jacobina 'inteligente' para reverter vantagem da Juazeirense
Foto: Alex Félix Fotografia
O primeiro representante baiano nas oitavas de final da Série D será definido neste sábado (15). Juazeirense e Jacobina se enfrentam às 18h30, no Adauto Moraes, em Juazeiro, com vantagem para o time da casa, que empatou por 2 a 2 no jogo de ida. Do outro lado, no entanto, o volante Edimar, do Jegue da Chapada, não se amedronta por ter que buscar o resultado.


Para o jogador jacobinense, é preciso jogar com inteligência para sair com a classificação dora de casa. “A nossa equipe fez uma boa partida aqui. Dominamos o jogo inteiro. A Juazeirense veio para explorar o contra-ataque e, em dois erros nossos, conseguiu fazer os gols. No jogo de volta é ter mais atenção e marcar mais forte, já que damos alguns contra ataques aqui. Sabemos que temos totais condições de chegar lá e conseguir a classificação”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias.

De acordo com Edimar, a confiança é a marca dos últimos treinos do Jacobina. “A preparação esta sendo muito bem feita. Todo mundo se dedicando e confiante na classificação. A esperança de fazer um grande jogo e conseguir essa classificação”, garantiu.

Os resultados de 0 a 0 e 1 a 1 dão a classificação à Juazeirense. Para garantir a vaga, o Jegue precisará vencer, ou garantir empates por 3 a 3 ou mais.


Sexta, 14 de Julho de 2017 - 16:15

Jorginho lamenta desfalques e indica entradas de Éder e Allione no Bahia

por Ulisses Gama
Jorginho lamenta desfalques e indica entradas de Éder e Allione no Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
O Bahia vai desfalcado para o jogo contra o Avaí, no próximo domingo (16), em Salvador, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com três cartões amarelos, o zagueiro Tiago e o meia Zé Rafael serão obrigados a cumprir suspensão. Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (14), o técnico Jorginho lamentou as perdas, mas indicou os prováveis substitutos.
"O Tiago é o capitão da equipe, vem jogando e não ficou fora de nenhum jogo comigo. A  gente lamenta, mas por outro lado tem o Éder que teve uma virose mas se recuperou e se treinar bem vai entrar no lugar do Tiago. O Zé (Rafael) é taticamente muito aplicado. A gente lamenta bastante, mas temos opções interessantes para ser o substituto. Estamos pensando, já conversei bastante com a comissão técnica, temos uma ideia, mas vamos esperar um pouco mais", declarou o técnico, que explicou o motivo de Allione não ter jogado na última quarta-feira (12) e confirmou o retorno do argentino.
"Saiu do time por uma opção tática para aquele jogo. Allione volta, com certeza vai jogar. Um jogador que eu conto com ele, um jogador muito tático e técnico, que cumpre uma função tática, seja pelo lado esquerdo ou direito. Os jogadores têm que estar muito bem preparados. Eu disse para eles que a equipe que começa o campeonato não é a mesma que termina. Todos vão ter as suas chances.  Eu quero um compromisso constante dos atletas porque o Bahia hoje não depende de 11 jogadores, mas de um elenco", declarou.
Jorginho comentou a goleada sofrida pelo Avaí diante do Coritiba na última quinta-feira (13). Mesmo com o pesado revés dos catarinense, o técnico optou por não subestimar os comandados de Claudinei Oliveira.
"Eu vi o jogo. O resultado de 4x1 não foi uma realidade, o Avaí poderia ter decidido o jogo no primeiro tempo. É uma equipe perigosa,  tem bons jogadores, o Marquinhos que é o cérebro do time, um jogador com uma idade um pouco mais avançada, tem a bola parada forte, e não tem jogo fácil no Brasileiro. Temos que estar bem atentos, um jogo de equipes que querem fugir da zona de rebaixamento, apesar de o Bahia não estar lá", explicou.
Bahia sedia Copa Open de Judô neste sábado em Lauro de Freitas
Foto: Divulgação
O Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, abrigará a Copa Open de Judô. O torneio acontecerá neste sábado (15) e os combates estão marcados para começar a partir de 8h30, com encerramento previsto para às 19h. A Bahia será sede pela segunda vez consecutiva.

O torneio reunirá atletas das categorias do Sub-11 até o Sub-21, de diversos estados do país. A entrada é gratuita para os torcedores que quiserem ir para acompanhar as lutas.
Rabello descarta o uso do regulamento pela Juazeirense: 'Vamos jogar para vencer'
Foto: Divulgação / Juazeirense
A Juazeirense recebe o Jacobina neste sábado (15), às 18h30, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, pelo jogo de volta da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O duelo definirá o classificado para as oitavas de final da competição. O técnico do Cancão de Fogo, Carlos Rabello, quer ver o time dominando a partida e buscando o ataque.

"Espero que o time tenha equilíbrio total do jogo, tenha domínio. Jogando em casa a gente possa ter a iniciativa de atacar o adversário. É um jogo muito perigoso, o Jacobina é um time muito arrumado, muito bem armado. Mas nós precisamos tomar a iniciativa da partida para que a gente possa ter um bom resultado", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

Por ter feito dois gols na casa do adversário, no empate de 2 a 2 no primeiro duelo, a Juazeirense pode até ficar no 1 a 1 neste segundo jogo para avançar de fase. No entanto, Rabello descartou jogar pensando nessa vantagem.

"Vamos jogar para vencer. Eu não vou me apegar em resultado de empate e nem jogar com esse regulamento a nosso favor. Nós precisamos jogar para vencer, porque se jogar para vencer, você fica mais perto da vitória. Se você jogar para empatar, fica perto da derrota. Então, vamos entrar em campo esquecendo desse regulamento e jogar o jogo", declarou.
Joel volta ao time do Avaí, mas Juan e Judson são desfalques para jogo com o Bahia
Foto: André Palma Ribeiro / Avaí F.C.
O atacante Joel vai reforçar o Avaí para o jogo contra o Bahia, neste domingo (16), no estádio de Pituaçu, às 19h, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador cumpriu suspensão automática no último compromisso da equipe. Ele já marcou dois gols em quatro jogos pelo clube. Porém o volante Judson e o meia Juan receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

Após a goleada sofrida pelo Leão de Santa Catarina, por 4 a 1, para o Coritiba, na última quinta-feira (13), o técnico Claudinei Oliveira lamentou o pouco tempo de preparação da equipe para o compromisso em Salvador. Ele também disse que o volante Luan, que também cumpriu suspensão, é dúvida para enfrentar o tricolor baiano.

"Sábado a gente viaja, teremos a ausência de Judson e Juan. Vai ter a volta do Joel, o Luan não sei se vai estar apto. Vamos montar o time sem treinar. Amanhã é sexta, sábado viaja e vamos montar a equipe sem treinar, por uma dificuldade que temos no nosso calendário", afirmou.

Em sete jogos fora de casa, neste Brasileirão, o Avaí perdeu cinco vezes e ganhou duas. Porém, os triunfos vieram, justamente, nos dois últimos compromissos longe de Florianópolis, contra Botafogo e Grêmio, ambas pelo placar de 2 a 0. Na tábua de classificação, o time é o vice-lanterna do Brasileirão com 12 pontos. O Esquadrão de Aço, que tem três a mais do que o adversário, encontra-se na 13ª colocação.
Visando atrair 'maraturistas', Salvador começa a se organizar para sediar maratona
Foto: Divulgação / Esporte Mundo
Salvador está sonhando em realizar uma maratona oficial na cidade. E para tornar realidade, a Prefeitura, através do presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, se reuniu com membros da Federação Baiana de Atletismo e com grupos de corrida da cidade, na última quinta-feira (13). O projeto, intitulado Maratona da Cidade de Salvador, que terá provas de 42km, 21km, 10km, 5km e 42 km de revezamento, deve ser anunciando ainda neste mês pelo prefeito ACM Neto. A competição deverá fazer parte do calendário nacional de corridas de rua. A Prefeitura espera atrair para a capital baiana os chamados "maraturistas", que são aquelas pessoas que viajam para outras cidades para participar das provas esportivas. "Estamos mobilizando a ABIH, Abrasel, Abav, FeBaH, Salvador Destination entre outros parceiros para se engajar no projeto, no sentido de disponibilizar benefícios aos competidores conhecidos como maraturistas, que se deslocam de outras cidades e estados. Estamos apostando no alto potencial desse evento no médio e longo prazo, que pode se transformar no terceiro produto da cidade, logo depois de Carnaval e Réveillon. Evento que com toda certeza vai gerar desenvolvimento econômico para a cidade", afirmou Edington.

TOTAL DE ACESSOS  MAIS  DE  UM  MILHÃO  A PARTIR DO DIA 07/07/2017


MAIS DE 1.0100 MILHÃO - /10/07/17 - ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!
Alemanha Mais de  181 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos, Estados Unidos  mais  128 Mil. Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
487 ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
517429
Alemanha
181896
Estados Unidos
128194
Rússia
45562
Malásia
19730
China
14395
Ucrânia
9022
França
6117
Portugal
5660
Índia
4199






O POETA MARATONISTA!
          
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                        CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                        Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, intspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registratdo em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Critstóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DEt VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....t

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.

t

t
tt

t

t com credenciamento CFMO 097}

     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  tde  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP

********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS

FOTOS DE FRANK CHAGAS  NO  VITÓRIA 1961 

Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961

EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.
O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT (atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961

Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova

VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).
Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).

Nenhum comentário:

Postar um comentário