terça-feira, 9 de maio de 2017

UEFA BARCELONA X JUVENTUS, BAVI, ZIDANE, FLU E MUITO MAIS



'Há 2 anos, pensávamos que seria minha última final', diz Buffon, finalista da UCL
Foto: Divulgação / Champions League
Dois anos após perder para o Barcelona, a Juventus está novamente na final da Uefa Champions League. Goleiro italiano, Gianluigi Buffon celebrou o fato de jogar mais uma decisão europeia aos 39 anos.

"Era nosso primeiro objetivo: chegar à final da Liga. Mas ainda temos que conquistar o título", comentou na saída de jogo.

Um dos goleiros mais vencedores da história do futebol, a Champions é o único título importante que falta na sua carreira. Ele celebrou sua superação, mesmo com uma idade avançada. "Há dois anos, pensávamos que seria minha última final", concluiu.

A exemplo da última final, o adversário será novamente espanhol. No entanto, não será o Barcelona. No ‘dérbi de Madri’, Real e Atlético duelam pela vaga na finalíssima. Ambos se enfrentam nesta quarta-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no Vicente Calderón. Para vançar à final, os colchoneros precisarão vencer por quatro gols de diferença.


Terça, 09 de Maio de 2017 - 20:01

Presidente do Vitória despista sobre novo treinador: 'Ninguém está descartado'

por Glauber Guerra / Leandro Aragão
Presidente do Vitória despista sobre novo treinador: 'Ninguém está descartado'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Durante a realização da cerimônia de Premiação do Campeonato Baiano 2017, que aconteceu na noite desta terça-feira (9), em Salvador, o presidente do Vitória Ivã de Almeida foi questionado em entrevista ao Bahia Notícias sobre a escolha do novo treinador. "É porque o trabalho é assim. Uma coisa é você escolher um técnico porque alguém falou, outra coisa é você escolher, porque faz parte de um projeto. Um técnico tem que fazer parte do projeto, não adianta. Se a gente trouxer um técnico que não compre a ideia do projeto nosso, de utilização da base, de fortalecimento do Vitória como um todo, o futebol do Vitória, aí a gente vai perder muito tempo, por isso a dificuldade que nós estamos tendo. A nossa dificuldade é na facilidade de ter vários nomes", explicou. O presidente não revelou quem seria, mas disse que ainda não descartou ninguém, inclusive o técnico interino e campeão Baiano, Wesley Carvalho. "Nenhum deles está descartado ainda. Inclusive ele (Wesley) também está sendo analisado. Estamos analisando a metodologia do técnico para adaptar ao próprio clube", disse. O Vitória estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo (14) às 16h contra o Avaí, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.
Milan tenta contratação do volante brasileiro Luiz Gustavo, diz jornal
Foto: Divulgação
Ex-volante da Seleção Brasileira, Luiz Gustavo interessa ao Milan. As informações são do jornal italiano Gazzetta dello Sport. Segundo a publicação, os rossoneros pretendem pagar cerca de 5 a 20 milhões de euros (R$ 51,9 a R$ 69,2 mi) para tirar o brasileiro do Wolfsburg (Alemanha), seu atual clube.

Aos 29 anos, o jogador está no futebol alemão dede a temporada 2007, quando saiu do CRB-AL para o Hoffenheim, clube pelo qual ele se destacou e despertou interesse do Bayern. Ele jogou três temporadas pelo clube bávaro até chegar ao Wolfburg, onde é titular absoluto desde 2013.
Fluminense de Feira anuncia contratação do meia Katê, ex-Murici-AL
Foto: Jailson Colácio / Murici
O Fluminense de Feira anunciou mais uma contratação na tarde desta terça-feira (9). Trata-se de Katê, ex-Murici-AL, que chega para reforçar o setor de ataque do time feirense. A informação foi divulgada pelo site oficial do clube.

O atleta de 25 anos celebrou o acerto com o Touro. "É um clube grande, que tem tradição na Bahia. Já estive jogando contra e sei que a sua torcida é apaixonada. Espero junto com meus companheiros e a comissão técnica fazer um grande trabalho e que a gente possa levar o Fluminense a Série C em 2018”, celebrou, em entrevista ao site do Flu.

O atleta, revelado pelas categorias de base do Vitória, acumula passagens por clubes como Confiança-SE, Ceará, América-RN, Vitória da Conquista e CSA-AL. Nesta temporada, ele marcou um gol em 18 jogos disputados.

Katê chega para reforçar um setor importante do elenco tricolor. No Baianão, houve uma dificuldade para encontrar um parceiro para João Neto no ataque. Nomes como Janeudo e Luiz Paulo se revezaram na posição. 

Na Série D, a estreia do Flu de Feira será no dia 21 deste mês. O adversário será o Itabaiana, fora de casa, pelo grupo A8 do campeonato.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 17:55

Daniel Alves brilha de novo, Juventus volta a bater o Monaco e vai à final

por Gabriel Melloni | Estadão Conteúdo
Daniel Alves brilha de novo, Juventus volta a bater o Monaco e vai à final
Foto: Divulgação / Champions League
A Juventus mostrou por que tem uma das melhores defesas da Europa, voltou a parar o temido ataque do Monaco e confirmou a classificação à decisão da Liga dos Campeões nesta terça-feira (9). Embalado por um inspirado Daniel Alves, o time de Turim venceu novamente o adversário, desta vez por 2 a 1, em casa, e disputaráà final do principal torneio de clubes do continente no dia 3 de junho, em Cardiff.

Como no primeiro jogo em Montecarlo, a experiente defesa da Juventus, comandada por Buffon, parou o veloz ataque de Mbappé e Falcao García. Depois de marcar 12 gols nas quatro partidas de oitavas e quartas de final da Liga dos Campeões, o Monaco marcou apenas um diante do rival de Turim, e quando a classificação já estava decidida para o lado italiano.

Se na defesa Buffon, Chiellini e Bonucci brecaram o adversário, no setor ofensivo mais uma vez Daniel Alves foi o destaque da Juventus. Depois de duas assistências para Higuaín na vitória da ida, por 2 a 0, deu mais um passe decisivo para o gol de Mandzukic e deixou sua marca com um golaço, de longe, enterrando de vez as pretensões do Monaco.

Com a classificação, a Juventus chega à primeira final de Liga dos Campeões desde 2014/2015, quando caiu diante do Barcelona, e tenta seu primeiro título desde 1995/1996, ano em que sagrou-se campeão diante do Ajax. A tendência é que a equipe encare o Real Madrid, que decide a outra vaga nesta quarta diante do Atlético de Madrid após ter vencido a ida por 3 a 0. Se isto acontecer, se repetirá a final de 1997/1998, quando o Real levou a melhor sobre o time de Turim.

Próxima do título do Campeonato Italiano e na decisão da Copa da Itália, a Juventus também mantém a possibilidade de faturar a tríplice coroa. Já o Monaco terá que se contentar com o Campeonato Francês, no qual está na liderança e também muito perto de ficar com o troféu.

Nesta terça, a tarefa do time monegasco era ingrata. Batida em casa, a equipe precisou sair para o jogo em Turim, onde os rivais da Juventus costumam sofrer. E os visitantes até começaram assustando, com Mbappé acertando a trave logo aos quatro minutos, mas o árbitro já havia assinalado impedimento.

Só que não demorou para a Juventus diminuir o ritmo, abaixar o entusiasmo do rival e passar a controlar a partida. Aos 21, Higuaín teve chance incrível e marcaria após toque de cobertura, mas Glik salvou em cima da linha. Três minutos depois, Mandzukic saiu de frente para Subasic, que caiu para fazer bela defesa.

O Monaco tentava ser incisivo, mas o contragolpe da Juventus era sempre mais perigoso e se tornaria fatal aos 32 minutos. A jogada começou com Buffon, que acionou Alex Sandro com uma avenida para avançar pela esquerda. Então, uma rápida troca de passes com Dybala e Pjanic encontrou Daniel Alves do outro lado. E mais uma vez, o brasileiro foi preciso, colocou no jeito para Mandzukic, que parou em Subasic. Mas no rebote, o croata fuzilou para a rede.

Foi o suficiente para o Monaco se lançar novamente ao ataque e criar boa chance aos 41, quando Mendy ganhou de Daniel Alves pela esquerda e cruzou, a bola passou por Buffon, mas antes que Falcao García chegasse, Chiellini tirou. Dois minutos depois, Daniel Alves ficou com sobra após dividida de Higuaín e acionou Dybala, que entrou sozinho na área pela esquerda. Subasic cresceu mais uma vez e mandou para escanteio.

Mas na cobrança, o brasileiro passou de garçom a artilheiro e praticamente definiu a vaga da Juventus com um golaço. Subasic saiu do gol e cortou o cruzamento com um soco, mas Daniel Alves, esperto, emendou de primeira, de muito longe, sem qualquer chance para o goleiro.

O segundo gol acabou com qualquer esperança do Monaco, e o que se viu nos primeiros minutos da etapa final foi uma série de oportunidades desperdiçadas pela Juventus. Na principal delas, aos nove, Pjanic deu ótima enfiada para Cuadrado, que entrou sozinho na área e bateu em cima de Subasic.

Com pouco a ser disputado, o ritmo do jogo caiu, e aí Mbappé achou espaço para aparecer. Aos 21 minutos, ele recebeu pela esquerda da área e parou em boa defesa de Buffon. Mas logo depois, após cobrança curta de escanteio pela esquerda, João Moutinho invadiu sozinho pela esquerda e bateu para o meio, onde a jovem revelação francesa empurrou para a rede.

O Monaco tentou esquentar a partida novamente, na base de seu ataque envolvente, mas também da indisciplina de alguns defensores. Glik travou uma batalha particular com Higuaín e agrediu o argentino em pelo menos duas oportunidades, sendo uma delas com um pisão em seu joelho. Mas nada que tirasse o brilho e a comemoração da classificação da Juventus.


Em busca por espaço no Bahia, Feijão fala sobre Série A: 'Cada jogo é uma pedreira'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Após conseguir o acesso no fim do ano passado, o Bahia começa neste domingo (14), às 16h, contra o Atlético Paranaense, a sua caminhada na Série A do Campeonato Brasileiro. Dentro do elenco tricolor, o volante Feijão já teve oportunidade de disputar duas edições do nacional pelo clube e a sua experiência indica a dificuldade da competição.
 
“Vamos enfrentar uma equipe que está disputando uma Libertadores e só com muita entrega, que é uma das marcas da nossa equipe, vamos vencer. Já disputei duas edições pelo Bahia e sei como é: cada jogo é uma pedreira pra gente superar”, declarou.
 
No momento, o volante Feijão não é escolhido para começar jogando pelo técnico Guto Ferreira. Com a quantidade de jogos e os possíveis futuros desfalques, ele se põe à disposição para mostrar serviço com a camisa do Esquadrão.
 
"Treino todos os dias com esse objetivo, de buscar meu espaço. Teremos uma competição de 38 rodadas e Guto vai precisar de todos. Quando chegar a oportunidade, é mostrar serviço", indicou o atleta.
 
No último domingo (7), o Esquadrão amargou o segundo lugar do Campeonato Baiano após dois empates com o Vitória na final. Para Feijão, a equipe precisa buscar motivação no revés para buscar o título da Copa do Nordeste e ter uma boa participação no Brasileirão.
 
“Temos que usar essa ferida da perda do Baiano para nos motivar ainda mais para a Série A e a decisão do Nordestão. São dois momentos especiais. O Brasileiro vai marcar a volta do Bahia a Série A e temos que fazer bonito, essa nação merece... Já a Copa do Nordeste é nossa chance de uma conquista muito importante de imediato. Vamos com tudo”, completou.
Série D: No grupo do Flu de Feira, Atlético-PE herda vaga após desistência do Serra Talhada
Jogadores do Atlético-PE | Foto: Divulgação
O grupo A8 da Série D, o qual o Fluminense de Feira participa, teve uma alteração. Com a desistência do Serra Talhada na última quinta-feira (4), o Atlético-PE herdou a vaga do rival estadual e disputará a competição nacional.

No site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a tabela já foi modificada. De acordo com o presidente do Serra Talhada, José Raimundo, a agremiação passa por dificuldades financeiras. “Na última terça, me reuni com membros da federação e disse da minha posição de não participar. Não adianta ir para uma competição dessa sem o suporte financeiro. Procuramos honrar nossos compromissos. Achamos por bem não participar para preservar o nosso nome, mesmo sabendo de alguma punição que possa ter”, justificou.

O clube pernambucano vive um inferno astral nesta temporada. No estadual, o Cangaceiro foi rebaixado para a Série B.

O Flu de Feira fará sua estreia na competição no dia 21 deste mês. O adversário será o Itabaiana-SE, fora de casa.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 16:15

Versátil, Renê Santos revela preferência para atuar como volante

por Glauber Guerra
Versátil, Renê Santos revela preferência para atuar como volante
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Renê Santos foi contratado como zagueiro pelo Vitória. Porém, nas últimas partidas que ele entrou em campo, o jogador atuou como volante. O atleta revelou que prefere jogar no meio, mas se diz preparado para desempenhar as duas funções.

“Quando eu comecei no futebol eu era volante. No Japão que me puxou um pouco para trás, como zagueiro. Mas sempre fui zagueiro e volante, gosto de jogar como volante. É uma característica minha, mas estou preparado para jogar nas duas posições”, comentou.

Renê Santos ainda revelou que o atacante Kieza pediu para o time se unir.

“O grupo como todos podem ver teve muita mudança, mas é um grupo forte, experiente. Conversamos entre nós no vestiário, o Kieza pediu para gente se fechar entre a gente. Vamos chegar no Brasileiro mais preparados”, finalizou.

O Vitória estreia no Campeonato Brasileiro contra o Avaí, neste domingo (14), às 16h, na Ressacada.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 15:30

Zidane minimiza larga vantagem em semifinal e promete Real ofensivo nesta quarta

por Estadão Conteúdo
Zidane minimiza larga vantagem em semifinal e promete Real ofensivo nesta quarta
Foto: Getty Images
Embora o Real Madrid tenha vencido o duelo de ida das semifinais da Liga dos Campeões por 3 a 0, na semana passada, no estádio Santiago Bernabéu, o técnico Zinedine Zidane negou que o time irá atuar de forma mais conservadora no confronto de volta do mata-mata, nesta quarta-feira (10), às 15h45 (de Brasília), no Vicente Calderón, onde o Atlético de Madrid tentará o "milagre" de ao menos levar a decisão da vaga contra o rival da capital espanhola para os pênaltis.

O treinador francês prometeu que o Real seguirá atuando de forma ofensiva como de costume, embora possa até perder por dois gols para ir à decisão continental. "Vamos tentar encarar a partida de volta como estamos fazendo até agora. Temos de entrar em campo, tentar jogar e fazer o máximo para ganhar o jogo. Nossa ideia não muda e nosso caminho sempre é dar o máximo. A mensagem aos jogadores é a de seguir nosso caminho e dar tudo em campo. Não vamos mudar nossa maneira de jogar", garantiu o comandante, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (9).

Nem mesmo o recente histórico vencedor do Real, que também é o maior ganhador da história da Liga dos Campeões, ilude Zidane. Ele destacou que o time não pode se sentir classificado de forma antecipada depois de ter faturado duas das últimas três edições da competição, na qual também disputa pelo sétimo ano seguido as semifinais.

"Nós, aconteça o que acontecer, sempre temos de demonstrar (o favoritismo). Ganhamos duas finais, mas isso é passado. Amanhã temos um jogo diferente. Cada um tem suas armas e nós vamos mostrar o que estamos fazendo. Ter vencido duas finais não significa que vamos ganhar. Se pensamos isso, nos equivocamos", enfatizou.

Zidane deixou claro em seu discurso que está fazendo tudo o que pode para combater qualquer acomodação de seus jogadores, pois sabe que em um clássico contra o Atlético muita coisa negativa pode acontecer para o Real se os seus atletas são se empenharem como precisam em busca de garantir uma vaga na decisão.

"A injustiça é não fazer o máximo para conseguir as coisas que temos. Depois de nove meses (desta atual temporada europeia), os jogadores trabalham todos os dias com um profissionalismo incrível. Mas têm de demonstrá-lo a cada três dias nos jogos. Eles têm a sorte de poder demonstrar que estamos fazendo bem as coisas e amanhã temos de seguir fazendo. A injustiça ou o fracasso é não dar o máximo", alertou Zidane.

Também nesta terça-feira, o Real fez o último treino de preparação para o duelo de volta contra o Atlético e a atividade serviu para confirmar que o zagueiro francês Raphael Varane está plenamente recuperado de lesão e poderá formar dupla defensiva com Sergio Ramos nesta quarta.

Já na lateral direita, Nacho Fernández deverá ser a novidade como substituto do lesionado Dani Carvajal. Este último está entregue ao departamento médico do clube junto com Gareth Bale, que também se recupera de lesão.

O atacante dominicano Mariano, que poderia ser opção de Zidane para o banco de reservas nesta quarta, acabou ficando fora do treino no campo nesta terça por causa de dores musculares e pode se tornar outro desfalque para o confronto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário