sexta-feira, 19 de maio de 2017

TIAGO NA MIRA DO FLAMENGO, JBS DEPOSITOU US4 150. MILHÕES EM CONAS DE DILMA E LULA NO EXTERIOR...


Tiago recebe consulta do Fla; agente viaja para conversar com Atlético-MG sobre zagueiro
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O futuro do zagueiro Tiago, do Bahia, começará a ser definido neste domingo (21). Isto porque o agente do atleta, Juliano D'Ávila, tem viagem marcada para Belo Horizonte para discutir junto ao Atlético-MG os próximos passos da carreira do atleta. Entre mineiros e baianos, tudo acertado para a renovação. O que ainda surge como empecilho são alguns detalhes com o próprio Tiago e seu representante. No entanto, um desejo do Flamengo poderia balançar o acerto. De acordo com informações da Espn, um representante do Flamengo fez uma consulta sobre o zagueiro. Contudo, não houve uma procura oficial pela diretoria rubro-negra. Embora tenha havido esta sondagem, a tendência é que Tiago seja adquirido mesmo pelo Bahia, com um contrato de três temporadas. "Não está 100% fechado o negócio [com o Bahia]. Entre os clubes, sim, mas falta nosso lado. Eu estou indo, inclusive, para Belo Horizonte no domingo para resolver porque o empréstimo está próximo do fim", afirmou o empresário ao à reportagem. "Tem a parte nossa. Surgiu essa pendência e precisamos resolver. De boca, tudo fechado. Dependendo de alguns detalhes para finalizar", emendou. Na primeira parte da temporada, a renovação de Tiago já havia sido anunciada pelo presidente do clube, Marcelo Sant’Ana (relembre aqui), e pelo próprio atleta (leia mais aqui), que vive boa fase no na agremiação.


Feira: Polícia prende dois jovens por roubos no primeiro dia de Micareta
Foto: Reprodução / Acorda Cidade
Duas pessoas foram presas praticando roubos no primeiro dia da Micareta de Feira de Santana, que foi iniciada nesta quinta-feira (18). O primeiro jovem detido, identificado como Micael Batista dos Santos, tinha mandado de prisão por prática de roubo expedido pela 1ª Vara de Crime de Feira de Santana. O outro jovem foi flagrado vendendo drogas e não estava com documento de identificação. Durante o evento, não foram registrados casos de crimes como homicídio, latrocínio e lesão corporal dolosa. Furtos e roubos diminuíram em 57,1% em relação ao ano passado. Houve cinco casos de lesões corporais leves por brigas. Foram apreendidas ainda 119 porções de maconha, 25 de cocaína, cinco comprimidos de ecstasy, dois frascos de lança-perfume e uma pedra de crack.
JBS depositou US$ 150 mi em contas de Dilma e Lula no exterior, afirma Joesley
Foto: Reprodução/ G1
O empresário Joesley Batista, dono da JBS e delator na Operação Lava Jato, afirmou em colaboração premiada que depositou, em contas no exterior, US$ 70 milhões, em benefício do ex-presidente Lula, e US$ 80 milhões para a ex-presidente Dilma Rousseff. De acordo com Batista, o ex-ministro Guido Mantega era quem intermediava os pagamentos. Ele teria assegurado ao empresário que os ex-presidentes sabiam dos depósitos milionários. “Os depósitos foram em duas fases: uma do presidente Lula e outra pra Dilma. Foram US$ 70 milhões no de Lula e US$ 80 milhões lá na Dilma. Eu que controlava as contas. Eu tinha uma e depois abri outra. Foi quando a presidente Dilma ganhou”, explicou na delação a procuradores do Ministério Público Federal (MPF). O procurador Sérgio Fernandes questiona se Dilma e Lula tinham ciência dos pagamentos, e Joesley responde que sim. “O Lula sabe disso? A Dilma sabe disso? Ele [Mantega] disse: ‘Não, sabe sim, eu falo tudo pra eles’. Passavam uns três meses, eu sempre tirava um extrato da conta pra mostrar pro Guido, e ele dizia que ia mostrar pra Lula e pra Dilma. Ele me dizia: ‘Isso aqui é do Lula, isso aqui é da presidente Dilma. Não me aprofundei se seria do Lula, ou do governo do Lula, do governo da Dilma”, relatou. Ainda segundo o empresário, após a eleição de Dilma Rousseff, Mantega pediu que outra conta fosse aberta em favor da petista. O dinheiro era apenas utilizado para investimento nas eleições. “O esquema continuou igual [na passagem do governo Lula para Dilma]. Ele [Guido Mantega] só me pediu pra abrir outra conta. Foi a primeira vez que eu desconfiei que o dinheiro não era dele. Meu trato sempre foi com ele, não era com partidos. Quando terminou o governo Lula, o primeiro negócio que fui fazer com o governo Dilma, quando eu fui depositar o dinheiro, ele falou que precisava abrir outra conta”, contou. Em 2014, de acordo com o delator, Guido usou dinheiro das duas contas, tanto da destinada a Dilma quanto o montante que havia sobrado da conta para Lula. “Em 2014, ele usou das duas contas. Ele foi até acabar o dinheiro. Até 2014, Guido nunca tinha mexido com política, nunca tinha falado comigo em doações. Quando foi em 2014, ali no início da campanha, ali por volta de junho, ele me chama e me diz: “oh, eu precisava que você fizesse essas doações aqui”, afirmou.
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 16:10

Por unanimidade, conselheiros da OAB-BA aprovam proposta de impeachment de Temer

por Cláudia Cardozo
Por unanimidade, conselheiros da OAB-BA aprovam proposta de impeachment de Temer
Foto: Angelino de Jesus/ OAB-BA
De forma unanime, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), se posicionaram na tarde desta sexta-feira (19) a favor do impeachment do presidente Michel Temer. A sessão extraordinária segue os moldes da realizada em março do ano passado para pedir o impeachment de Dilma Rousseff. O entendimento da seccional servirá de base para a posição da OAB nacional sobre o assunto. Os conselheiros seguiram o posicionamento do relator Marcos Sampaio. Para Sampaio, a medida só deve ser usada em “situações extremas para evitar males ao país” e que a possibilidade existe para proteger o Estado, a Presidência da República de “maus agentes”. Os crimes cometidos por Temer, segundo Sampaio, foram crimes de responsabilidade e prevaricação. O conselheiro Domingo Arjones pediu que seja sugerido ao presidente da OAB nacional, Claudio Lamachia, que convoque as instituições para um diálogo para reconstrução da democracia. O conselheiro Rodrigo Magalhães também sugeriu que Lamachia encaminhe uma moção a Temer para que renuncie para evitar o desgaste político no país de um processo de impeachment no Congresso Nacional. Magalhães lembra que Eduardo Cunha, enquanto presidente da Câmara, no processo de afastamento de Dilma, usou o jogo político para abrir ou não impeachment. Arjones complementou que a renúncia traria um alívio no cenário político, apesar de entender que o presidente da Câmara e do Senado tenham legitimidade para governar o país. 
Ticiana Villas-Boas e Patrícia Abravanel teriam participado de jantar sobre propina
Foto: Leonardo Nones / SBT
Duas estrelas do SBT teriam participado de um jantar onde foram negociadas propinas entre a JBS e políticos do PSD. A apresentadora e filha de Silvio Santos Patrícia Abravanel teria acompanhado o então noivo, deputado Fábio Faria (RN), e participado de um encontro na casa da também apresentadora Ticiana Villas Boas, esposa de Joesley Batista, sócio do frigorífico. As informações são do delator Ricardo Saud, em depoimento ao Ministério Público Federal. Além do casal, também participaram do jantar o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e o próprio Saud, ambos com suas esposas. "Jantar muito elegante, nós todos com esposas para tratar de propina", resumiu o executivo. Segundo Saud, foram pagos R$ 10 milhões de propina para compensar a entrega de um edital de concessão da companhia de água e esgoto do local. O ato de ofício não foi concluído porque, segundo o delator, a holding J&F desistiu do investimento. O dinheiro, no entanto, foi pago em espécie para os candidatos. A negociação feita com Fábio e Robinson já havia se repetido com outros governadores, sob os mesmos termos. Em Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD) procurou a empresa, por meio do secretário da Fazenda Antonio Gavazzoni. "Ele falou que ia ter eleição apertada, disputar com Paulo Bauer, 'estamos precisando de recurso'. Aí eu falei: 'Pô, vocês estão no poder, com máquina na mão, tão precisando de recurso?'", contou Saud. Um jantar foi marcado na casa de Joesley Batista em São Paulo, em junho ou julho de 2013. A proposta sobre a concessão da empresa de água e esgotamento do estado também foi repetida para Colombo, que concordou com a possibilidade. "Chegamos a um número de R$ 10 milhões (...) Então pagamos R$ 8 milhões de propina dissimulada em forma de pagamento para o PSD Nacional, carimbada para candidatura de Colombo. R$ 2 milhões foi pago (sic) em dinheiro vivo em Florianópolis, entregue num supermercado, que nos ajudou sem saber de nada", detalhou o delator. Segundo delação de Saud, o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, também é citado, mas como beneficiário de algo entre R$ 5,5 milhões e R$ 7 milhões, pagos em 22 parcelas de R$ 250 mil. O pagamento foi feito via empresa do irmão de Kassab, Renato, à IAP Consultoria e Debate Ltda.
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 15:50

OAB-BA debate impeachment de Temer; relator diz que presidente prevaricou

por Cláudia Cardozo
OAB-BA debate impeachment de Temer; relator diz que presidente prevaricou
Foto: Angelino de Jesus/ OAB-BA
Os conselheiros da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA) definem na tarde desta sexta-feira (19) se a entidade apoia o pedido de impeachment ao presidente Michel Temer. A sessão extraordinária segue os moldes da realizada em março do ano passado para pedir o impeachment de Dilma Rousseff. O entendimento da seccional servirá de base para a posição da OAB nacional sobre o assunto. O conselheiro Marcos Sampaio, relatou uma proposta para pedir o afastamento de Temer. Para o conselheiro, a medida só deve ser usada em “situações extremas para evitar males ao país” e que a possibilidade existe para proteger o Estado, a Presidência da República de “maus agentes”. A partir dos elementos apresentados na imprensa desde quarta-feira (17), do envolvimento de Temer com o empresário Joesley Batista, Sampaio diz que houve crime de responsabilidade, prevaricação e obstrução da Justiça, cometidos pelo presidente. Marcos Sampaio diz que é grave um presidente ouvir que um empresário está comprando o silêncio de um ex-parlamentar, e mais grave ainda, de ouvir que Joesley comprou dois juízes e um procurador. Em sua concepção, há elementos para se declarar o impeachment de Michel Temer. 
Dono da JBS teria revelado a Temer o pagamento de R$ 5 milhões a Cunha
Foto: Agência Brasil
O presidente Michel Temer teria aconselhado que o dono da JBS, Joesley Batista, mantivesse pagamentos para o ex-deputado Eduardo Cunha, após sua prisão, e que já havia efetuado o pagamento de mais de R% 5 milhões para o ex-presidente da Câmara. A afirmação foi sustentada na delação de Joesley. "Eu ouvi do presidente Michel Temer que era importante manter isso. A primeira missão era essa. Saber dele se o compromisso era necessário, ele me disse de pronto que sim", sustentou o empresário. O empresário ainda sustentou que Temer teria ordenado que ele mantivesse os pagamentos mensais de R$ 400 mil a Lúcio Funaro, que era responsável por repassar o valor ao ex-deputado Eduardo Cunha para "garantir o silêncio".
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 15:20

Eduardo Cunha teria comprado votos para se eleger presidente da Câmara

por Júlia Vigné
Eduardo Cunha teria comprado votos para se eleger presidente da Câmara
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O ex-deputado Eduardo Cunha teria comprado diversos parlamentares para que votassem em seu favor durante a campanha para a presidência da Câmara dos Deputados. É o que sustenta o empresário Joesley Batista, dono da JBS, que firmou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF). Os áudios dos depoimentos dados pelo dono da JBS para o MPF foram divulgados nesta sexta-feira (19) pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na delação, o empresário afirma que Cunha pediu R$ 30 milhões para comprar deputados.  “Pelo que eu entendi ele saiu comprando deputado, saiu comprando um monte de deputado Brasil a fora. Para isso que servia os R$ 30 milhões”, declarou Joesley. O empresário ainda explicou de que forma o pagamento foi feito. “Dos R$ 30 milhões, R$ 10 milhões foram pagos com notas frias diretamente aos deputados, R$ 12 milhões foram entregues em espécie na mão do deputado e R$ 5,6 milhões foi depositado em doação oficial ao PMDB”, detalhou o dono da JBS. A campanha para presidência da Câmara dos Deputados foi realizada no fim de 2014. Cunha recebeu 267 votos (veja aqui).
Delação da JBS: Bacelar pediu para comprar deputados e barrar impeachment
Foto: Divulgação
O empresário Joesley Batista, dono da JBS, afirmou em delação premiada à Procuradoria-Geral da República (PGR) que foi procurado pelo deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA) para comprar o apoio de deputados, em favor da ex-presidente Dilma Rousseff, na votação do impeachment na Câmara, ocorrida em 17 de abril do ano passado. Segundo o depoimento, prestado em 3 de maio, Bacelar apareceu na casa de Batista, um dia antes da votação, e pediu que o empresário pagasse a 30 deputados o valor de R$ 5 milhões, cada, para comprar o apoio deles e, assim, barrar o impeachment. “No sábado anterior ao impeachment, aparece na minha casa o João, de noite, dizendo que precisava muito falar comigo. Aí eu desci do quarto, cheguei na sala e o João tava lá, dizendo que tava apavorado: ‘Joesley, nós precisa comprar os deputados pra ganhar o impeachment. R$ 5 milhões cada um, trinta deputados e nós ganha o impeachment’.  Uma situação constrangedora”, contou. O empresário ainda relatou aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) que não aceitou a proposta, mas se comprometeu a comprar cinco deputados e pagar R$ 3 milhões a cada um deles. Ele ainda disse que pediu uma lista dos parlamentares. “Eu disse: ‘quero ficar com a lista dos a serem comprados, pra depois eu ver na televisão se votou a favor’. Mas eu não lembro deles, porque eram deputados do baixo clero”, afirmou, ao dizer que não possui a listagem. O delator acrescentou que fez apenas um pagamento de R$ 3 milhões e ainda continua sendo cobrado por Bacelar, por causa de uma dívida de R$ 12 milhões. “Bacelar continua cobrando até hoje. Esses dias, paguei mais 500 mil. Desses 15 milhões, depois ele me abordou dizendo que ele ia receber 11 [milhões] e o Antônio Carlos [Rodrigues, ex-ministro dos Transportes] ia receber 4 [milhões]. Eu não dei os 4 pro Antônio Carlos. Não sei se eles iriam receber e passar para os outros deputados”, completou. Na colaboração, o proprietário da JBS relatou também que Bacelar, a pedido dele, intercedeu a favor do ex-ministro Guido Mantega na CPI do Carf. O parlamentar foi relator da comissão. “Eu tinha encontrado o encontrado o Guido, ele tinha falado que tava com medo da CPI do Carf, que iam aprontar com ele. Falei com o Antônio Carlos [segundo Joesley, ele e o ministro eram próximos]: ‘Você sabe alguma coisa sobre isso? Sei, o relator é do nosso partido, o João Bacelar’. Ele me apresentou ao Bacelar”, explicou. No encontro, Joesley disse que precisava de um favor, ao que o deputado baiano respondeu:  “Não, tudo bem. Você veja o que você quer”. “Um dia o João foi em São Paulo, eu botei o João pra falar com o Guido, ele deu um papel confidencial lá. Eu entendi que era para convoca-lo, mas não sei o que estava no processo. O João disse que ia cuidar”, continuou. Em janeiro deste ano, a Polícia Federal (PF) concluiu inquérito da Operação Zelotes sobre a suspeita de compra de decisão no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) pela empresa Cimento Penha e não indiciou o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. O inquérito foi remetido ao Ministério Público Federal.
Delator indica propina em campanha petista de 2014 em 25 estados; Bahia não aparece
Foto: Reprodução / MPF
A Bahia é um dos dois estados que não aparecem na delação do diretor da JBS, Ricardo Saud, quando detalhou a propina destinada aos diretórios estaduais do PT durante a campanha de 2014. O outro é Roraima. De acordo com o executivo, foram repassados R$ 7,5 milhões: R$ 500 mil para o Acre; R$ 120 mil para Alagoas; R$ 120 mil para o Amazonas; R$ 70 mil parao Amapá; R$ 300 mil para o Ceará; R$ 200 mil para o Distrito Federal; R$ 200 mil para o Espírito Santo; R$ 180 mil parao Maranhão; R$ 1 milhão para Minas Gerais; R$ 100 mil para o Mato Grosso do Sul; R$ 150 mil parao Mato Grosso; R$ 200 mil para o Pará; R$ 120 mil para a Paraíba; R$ 1 milhão para Pernambuco; R$ 100 mil para o Paraná; R$ 1 milhão para o Rio de Janeiro; R$ 150 mil para o Rio Grande do Norte; R$ 100 mil para Rondônia; R$ 250 mil para Rio Grande do Sul; R$ 150 mil para Santa Catarina; R$ 150 mil para Sergipe; R$ 1 milhão para São Paulo; e R$ 120 mil para Tocantins. De acordo com Saude, os recursos tinham como origem a conta mantida pela JBS para o PT, depois de negociações de investimentos do BNDES com o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. "Estamos falando da campanha Dilma-Temer, em 2014. Recebíamos do Edinho Silva os pedidos para fazer depósitos ou pagamento de propinapara o PT e depois compra de partidos. A gente fez doação não menor do que R$ 140 milhões para o PT só na eleição de 2014", explicou Saud - o número total de doações para o Partido dos Trabalhadores chegou a R$ 300 milhões. Os recursos em questão foram distribuídos entre a Executiva Nacional, a campanha Dilma-Temer e entre os candidatos a governador também. Segundo o diretor da JBS, a distribuição aconteceu para os candidatos do pleito de 2014 da seguinte forma: R$ 1 milhão para Ângela Portela (Senado); R$ 500 mil para Fátima Bezerra (Senado); R$ 500 mil para Lídio Cabral (Câmara); R$ 5 milhões para Fernando Pimentel (governo MG); R$ 5 milhões para Alexandre Padilha (governo SP); R$ 5 milhões para Gleisi Hoffmann (governo PR). Também foram enviados R$ 2,5 milhões em nome de Edinho Silva e R$ 15 milhões para uma mulher de prenome Solange, tesoureira do PT Nacional. Saud ainda contou aos procuradores que Edinho Silva, coordenador da campanha presidencial, autorizou pagamento de R$ 2 milhões para uma empresa Rental, de locação de bens móveis e outros R$ 3 milhões para uma empresa de comunicação e consultoria, por meio de notas frias. 
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 14:45

Zé Roberto renova com o Bahia até dezembro e é emprestado ao Criciúma

por Ulisses Gama
Zé Roberto renova com o Bahia até dezembro e é emprestado ao Criciúma
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
O atacante Zé Roberto, revelado na base do Bahia, prolongou o seu vínculo com o clube até o fim da temporada. A renovação contratual foi publicada nesta sexta-feira (19) no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Apesar do novo contrato, o atleta não vai reintegrar o elenco tricolor. Ele será emprestado ao Criciúma, que está disputando a Série B do Campeonato Brasileiro. Neste ano, o atleta disputou o Campeonato Paulista pelo Mirassol.
Foto: Reprodução / CBF
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 14:40

Gravação de Temer é audível e apresenta sequência lógica, avalia MPF

por Fabio Serapião, Beatriz Bulla e Fábio Fabrini | Estadão Conteúdo
Gravação de Temer é audível e apresenta sequência lógica, avalia MPF
Foto: Divulgação
O Ministério Público Federal produziu quatro laudos de "verificação de gravação do arquivo de áudio" nas gravações entregues pelo empresário Joesley Batista no acordo de colaboração premiada assinado com a Procuradoria-geral da República e homologado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). A análise é inicial e ainda devem ser realizadas outras perícias após a instauração da investigação contra o presidente Michel Temer. Para a analista Elaine Sobral e para o técnico Eder Gabriel, ambos do Ministério Público da União, o diálogo do arquivo PR1 14032017.wav, que contem a gravação da conversa entre Temer e Joesley, "encontra-se audível, apresentando sequência lógica". A conclusão se deu, segundo os analistas, após trabalho de verificação que teve como objetivo se áudios "estavam inteligíveis, e, se numa análise meramente perfunctória, os arquivos possuem ou não características iniciais de confiabilidade." Os analistas ponderaram que o arquivo possui "alguns ruídos e a voz de um dos interlocutores apresenta-se com maior intensidade em relação à voz do segundo interlocutor" - no caso o presidente Michel Temer. O laudo aponta também que em alguns momentos o áudio fica incompreensível "sem a utilização de equipamentos especializados". A questão sobre a qualidade e possível veracidade da gravação foi levantada pelo Palácio do Planalto, que decidiu fazer perícia no material para descobrir se houve algum tipo de edição no conteúdo que pudesse desvirtuar o contexto e os temas que foram abordados na conversa. 

Muro de casarão desaba no Santo Antônio; Codesal faz vistoria
Foto: Reprodução / Google Street View
O muro de um casarão abandonado na Rua dos Perdões, 38, no bairro do Santo Antônio, em Salvador, desabou na noite desta quinta-feira (18), por volta das 21h. Segundo informações do jornal Correio, não houve feridos, mas parte da estrutura caiu no imóvel vizinho – de acordo com a proprietária do imóvel, a maioria dos escombros caiu na área do casarão, que não está habitado. Na manhã desta sexta, um engenheiro da Defesa Civil de Salvador (Codesal) foi ao local e realizou uma vistoria. O órgão solicitou que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) remova da construção as partes instáveis que tem risco de queda e que a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) recolha o material. Como o imóvel integra a poligonal salvaguardada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Codesal solicitou à autarquia uma vistoria no casarão para avaliar a situação.  
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 14:05

Thallyson tem nome publicado no BID e já pode estrear pelo Vitória

por Glauber Guerra
Thallyson tem nome publicado no BID e já pode estrear pelo Vitória
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Além de Caíque (saiba mais aqui), o lateral-esquerdo Thallyson também reúne condições legais para estrear pelo Vitória. O contrato do atleta foi registrado na tarde desta sexta- feira (19) no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Sendo assim, a tendência é que ele seja relacionado para o confronto contra o Corinthians, domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova, válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Thallyson, de 25 anos, também atua como meio-campista. Ele acumula passagens pelo ASA-AL, Fortaleza, Ceará e Flamengo. O atleta assinou vínculo até o fim da temporada.
Investigação contra fundador do WikiLeaks é arquivada: 'Não perdoo nem esqueço'
Foto: Cancillería del Ecuador / Flickr
A investigação sobre as acusações de estupro feitas contra Julian Assange, fundador do WikiLeaks, foi arquivada. O ex-hacker está asilado na Embaixada do Equador em Londres desde 2012 e pode voltar a ser preso se deixar o local, por violação de sua liberdade condicional. A polícia britânica informou que há uma ordem de prisão contra Assange por não ter comparecido ao tribunal de Westminster quando foi convocado em 2012. Em seu perfil no Twitter, Assange disse que não perdoará nem esquecerá as acusações do crime que teria sido cometido em Estocolmo.  "Detido por sete anos sem acusação enquanto meus filhos cresceram e meu nome foi caluniado. Eu não perdoo nem esqueço", escreveu. De acordo com O Globo, a promotora pública sueca Marianne Ny decidiu interromper a investigação por causa das dificuldades do procedimento, já que Assange está exilado na embaixada. O processo poderá ser reaberto se ele retornar à Suécia antes do fim do prazo de prescrição, em 2020. "Nós fizemos o que podíamos. Conduzimos essa investigação como qualquer outra relacionada a crimes sexuais e usamos todos os meios legais à nossa disposição. O tempo tem sido um fator. O procedimento foi aberto em 2010. Não podemos continuar", concluiu Marianne. A defesa do ex-hacker comemorou o arquivamento pela promotoria sueca, algo esperado há "muito tempo". "Julian Assange tem sido vítima de um enerme abuso processual. Estamos satisfeitos e emocionados porque isto significa o fim de seu pesadelo", acrescentou Christophe Marchand à AFP. O alvo da investigação sempre negou as acusações e chegou a denunciar uma manobra para ser extraditado posteriormente aos Estados Unidos.
Sexta, 19 de Maio de 2017 - 13:45

Caíque é registrado no BID e está liberado para atuar pelo Vitória

por Glauber Guerra
Caíque é registrado no BID e está liberado para atuar pelo Vitória
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O lateral-direito Caíque está liberado para estrear pelo Vitória. Na tarde desta sexta-feira (19), o jogador finalizou o processo de regularização e teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Desta forma, o atleta estará à disposição do técnico Petkovic para o confronto diante do Corinthians, domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Caíque, de 24 anos, foi cedido por empréstimo pelo Joinville até o final da temporada. Ele iniciou sua carreira no Jacuipense e já defendeu o Confiança-SE e o Sampaio Corrêa.
Considerado foragido, empresário do goleiro Bruno é acusado de assassinar enteado
Foto: Reprodução / GloboEsporte.com
O empresário do goleiro Bruno, Lúcio Mauro de Melo Rodrigues, passou a ser suspeito do assassinato de seu enteado, o jovem Rodrigo da Silva Almeida, de 20 anos. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (18), no município de Matozinhos, em Minas Gerais. Segundo informações do UOL, citando a Polícia Civil local, Rodrigues e a esposa foram ameaçados por Rodrigo antes do assassinato, versão que foi confirmada pela mãe da vítima, em depoimento. "Segundo testemunhas do crime, o autor do disparo irá se apresentar à polícia. Mas como ainda não recebi ligação de nenhum advogado, ele é considerado foragido", explicou o delegado Ednelton Carracci em entrevista ao Hoje em Dia. De acordo com a Polícia Militar, Rodrigo era usuário de drogas e já tinha passagem na polícia por tráfico. Rodrigues é conhecido por defender o goleiro Bruno na negociação que lhe garantiu o habeas corpus e a contratação no Boa Esporte. Mas a liberdade do jogador já foi revogada e ele voltou para a prisão, onde cumpre pena pelo assassinato de sua amante, Eliza Samúdio.
Temer e Aécio agiram 'em articulação' para deter a Lava Jato, afirma Janot
Foto: Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) atuaram “em articulação” para impedir o avanço da Operação Lava Jato. Segundo informação do portal G1, a afirmação consta da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) pela abertura de inquérito contra Temer, Aécio e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), a partir da delação de executivos da JBS. A decisão foi divulgada nesta sexta-feira (19). "Além disso, verifica-se que Aécio Neves, em articulação, dentre outros, com o presidente Michel Temer, tem buscado impedir que as investigações da Lava Jato avancem, seja por meio de medidas legislativas, seja por meio de controle de indicação de delegados de polícia que conduzirão os inquéritos", afirma Janot, acrescentando que, neste caso, vislumbra-se a possível configuração do crime de obstrução de Justiça. No pedido, a Procuradoria afirma que o senador teria "organizado uma forma de impedir que as investigações [da Lava Jato] avançassem por meio da indicação de delegados que conduziriam os inquéritos, direcionando as distribuições". 

MAIS 981 MIL ACESSOS,   20/05/17-03-17 / RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!




981 MIL ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!

TOTAL DE ACESSOS   DO BLOG  MAIS  DE  981 MIL /    DIA 20/05/17/
Alemanha Mais de  180 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos
Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
472ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
508149
Alemanha
181190
Estados Unidos
127230
Rússia
45504
Malásia
19730
China
14392
Ucrânia
8832
França
5920
Portugal
5460
Índia
4168




O POETA MARATONISTA!
             
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                         CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                          Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, inspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registrado em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Cristóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DE VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.





Gamaliel  na 1ª  Maratona da Independência da Bahia 1984 Salvador/Ba. 42. 198 metros
DIA 27/08/16



Curso  de  Comunicações  Verbais

(Um dos  melhores do Brasil/S. Paulo com credenciamento CFMO 097}


     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  de  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP


********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS

FOTOS DE FRANK CHAGAS  NO  VITÓRIA 1961 

Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961


EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.

O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT
(atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..

Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.
O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT
(atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela
FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961

Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova



VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).

Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).




Nenhum comentário:

Postar um comentário