terça-feira, 9 de maio de 2017

NOTICIAS DO EC BAHIA DA NAÇÃO TRICOLOR


Terça, 09 de Maio de 2017 - 21:25  - BAHIA  NOTICIAS A  FONTE

Vitória e Bahia dominam lista de seleção do Campeonato Baiano 2017

por Glauber Guerra / Ulisses Gama
Vitória e Bahia dominam lista de seleção do Campeonato Baiano 2017
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
A Federação Bahiana de Futebol (FBF) e a TV Bahia premiaram, nesta terça-feira (9), os melhores do Campeonato Baiano, em cerimônia realizada no Hotel Sheraton, em Salvador. O grande destaque ficou por conta do Vitória, campeão estadual invicto e que levou o caneco pelo segundo ano consecutivo. Na seleção do certame, cinco Rubro-negros se fizeram presentes, assim como cinco tricolores também fazem parte da seleção. Apenas Todinho foi o único representante que atua na dupla Ba-Vi. Além deles, o técnico Argel Fucks, ex-comandante do Leão e demitido na semana passada, foi considerado o melhor em sua categoria. O atacante André Lima terminou como artilheiro ao lado de Marclei, do Bahia de Feira, com sete gols.

A seleção do Campeonato Baiano ficou escalada com: Fernando Miguel (Vitória); Eduardo (Bahia), Kanu (Vitória), Thiago (Bahia) e Euller (Vitória); Willian Farias (Vitória), Juninho (Bahia), Régis (Bahia), Allione (Bahia); David (Vitória) e Todinho (Vitória da Conquista).

Demais premiações:
 
Craque da galera: Régis (Bahia)
Revelação: David (Vitória)
Melhor técnico: Argel Fucks (Vitória)
Preparador físico: Reverson Pimentel (Vitória)
Gol mais bonito: Todinho (Vitória da Conquista)
Melhor árbitro: Marielson Alves Silva
Melhores auxiliares: Paulo de Tarso e Elicarlos Franco
Árbitro revelação: Bruno Pereira
Time Fair Play: Atlântico
Melhores torcidas do interior: Torcida Jegue de Ouro do Jacobina e Criptonita do Vitória da Conquista
Em busca por espaço no Bahia, Feijão fala sobre Série A: 'Cada jogo é uma pedreira'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Após conseguir o acesso no fim do ano passado, o Bahia começa neste domingo (14), às 16h, contra o Atlético Paranaense, a sua caminhada na Série A do Campeonato Brasileiro. Dentro do elenco tricolor, o volante Feijão já teve oportunidade de disputar duas edições do nacional pelo clube e a sua experiência indica a dificuldade da competição.
 
“Vamos enfrentar uma equipe que está disputando uma Libertadores e só com muita entrega, que é uma das marcas da nossa equipe, vamos vencer. Já disputei duas edições pelo Bahia e sei como é: cada jogo é uma pedreira pra gente superar”, declarou.
 
No momento, o volante Feijão não é escolhido para começar jogando pelo técnico Guto Ferreira. Com a quantidade de jogos e os possíveis futuros desfalques, ele se põe à disposição para mostrar serviço com a camisa do Esquadrão.
 
"Treino todos os dias com esse objetivo, de buscar meu espaço. Teremos uma competição de 38 rodadas e Guto vai precisar de todos. Quando chegar a oportunidade, é mostrar serviço", indicou o atleta.
 
No último domingo (7), o Esquadrão amargou o segundo lugar do Campeonato Baiano após dois empates com o Vitória na final. Para Feijão, a equipe precisa buscar motivação no revés para buscar o título da Copa do Nordeste e ter uma boa participação no Brasileirão.
 
“Temos que usar essa ferida da perda do Baiano para nos motivar ainda mais para a Série A e a decisão do Nordestão. São dois momentos especiais. O Brasileiro vai marcar a volta do Bahia a Série A e temos que fazer bonito, essa nação merece... Já a Copa do Nordeste é nossa chance de uma conquista muito importante de imediato. Vamos com tudo”, completou.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 15:15

Sub-20 do Bahia encerra preparação para enfrentar o Flamengo

por Ulisses Gama
Sub-20 do Bahia encerra preparação para enfrentar o Flamengo
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
O time sub-20 do Bahia está preparado para mais uma decisão na Copa do Brasil da categoria. Na manhã desta terça-feira (9), no Fazendão, o elenco do Esquadrãozinho fez o último treinamento antes de enfrentar o Flamengo nesta quarta-feira (10), em Pituaçu, pelo segundo jogo das quartas de final do certame. O primeiro jogo foi vencido pelos cariocas por 1 a 0.
 
No Fazendão, o técnico Aroldo Moreira dividiu o trabalho em ajustar a parte tática e aprimorar as jogadas de bola parada. Para o duelo, a equipe não terá o zagueiro Bolívia, suspenso em virtude do terceiro cartão amarelo. Outro que pode ficar de fora é o atacante Júnior Brumado, que passa por tratamento intensivo após ter se lesionado no primeiro jogo.
 
Para avançar, o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença. Em caso de novo 1 a 0 a favor do mandante, a vaga será decidida nas cobranças de pênaltis. Confira os relacionados do Bahia:
 
Goleiros: Deijair e Cassiano
Laterais: Cadu, Daniel, João Pedro e Juninho
Zagueiros: Everson, Jaques, Gabriel
Volantes: Júnior Ramos, Hugo Ribeiro, Clayton, Wesley
Meias: Kauê, Fabrício, Max e Lucas Dubuti
Atacantes: Douglas, Marco Antônio, Kaynan, Shallon, Júnio Brumado e Jackson Kênio
Técnico do Bahia mira Nordestão e disputa do Brasileiro: 'Temos que ser bem sucedidos'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Após a perda do título estadual, o Bahia tem pela frente as duas partidas finais da Copa do Nordeste contra o Sport Recife e a disputa do Campeonato Brasileiro, que se inicia no próximo domingo (14), no duelo contra o Atlético Paranaense, às 16h, na Arena Fonte Nova. Para conseguir o título regional e ter um bom início no nacional, o técnico Guto Ferreira promete administrar o elenco para atuar em nível competitivo.
 
"A gente necessita de descanso, tanto que proporcionamos folga. Foi um desgaste físico e mental. A equipe nunca deixou de guerrear, não se entregou e no contexto das duas competições saímos vencedores em uma. Eles levaram o título pela campanha na competição. Campanha que abrimos mão para fazer o que estamos fazendo na Copa do Nordeste. É a competição que a direção priorizou. Nosso objetivo é vencer, mas temos uma competição importante que se inicia [Campeonato Brasileiro]. Temos que ser bem sucedidos. Vamos procurar administrar da melhor maneira possível para colocar equipes competitivas", declarou, em entrevista ao Programa do Esquadrão, da Sociedade FM.
 
Questionado sobre prováveis mudanças no plantel, o comandante tricolor indicou que o departamento de futebol está trabalhando. Além disso, Guto destacou a importância do rodízio de atletas implantado no início da temporada.
 
"A gente vem trabalhando de forma incisiva. O departamento de futebol tem a sua leitura a respeito da qualificação do plantel. Esse tipo de procedimento [rodízio] serviu para amadurecer os meninos, dar ritmo de jogo. Revezamos a nossa defesa e ela é a menos vazada do país entre times da Série A. No Baiano foi a menos vazada e na Copa do Nordeste é a menos vazada. Tivemos três laterais esquerdos diferentes, três laterais direitos diferentes, dois goleiros diferentes e cinco volantes. Com tudo isso, permanecemos com o desempenho altíssimo e o ataque não foi prejudicado. Nosso ataque também teve números expressivos nas duas competições e isso nos deixa contente. Jogadores que esperávamos que nos dessem uma resposta qualificada infelizmente não deram. Mas o Bahia vai estar preparado para desenvolver essa maratona e em dezembro estar sorrindo não só com a permanência, mas com uma grande campanha", explicou.
 
Sem treinamentos nesta terça-feira (9), a equipe tricolor volta a trabalhar nesta quarta-feira (10), no Fazendão.
Fazendão e Cidade Tricolor: Bahia comunica pagamento de acordo com OAS e Planner
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
Em nota oficial divulgada na noite desta segunda-feira (8), o Bahia comunicou o pagamento do acordo com a construtora OAS e a financeira Planner, que tem como objetivo final recuperar a propriedade do Fazendão e da Cidade Tricolor, centro de treinamento do clube localizado em Dias D'Ávila, na Região Metropolitana de Salvador. O valor quitado foi de R$ 6.486.505,00. Para que o processo seja sacramentado, é preciso que o acordo seja homologado pelo Juízo no qual tramita o processo de Recuperação Judicial da empresa OAS, além da cessão de parte dos Transcons (Transferência do Direito de Construir), referentes à desapropriação da Sede de Praia do clube. Até a confirmação, o valor depositado fica indisponível para os credores.
Segunda, 08 de Maio de 2017 - 18:45

Guto Ferreira enaltece dupla Régis-Renê e destaca: 'Equipe foi guerreira'

por Ulisses Gama
Guto Ferreira enaltece dupla Régis-Renê e destaca: 'Equipe foi guerreira'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Sem conceder entrevista coletiva no Barradão no último domingo (7), o técnico do Bahia Guto Ferreira se pronunciou pela primeira vez após o segundo lugar no Campeonato Baiano nesta segunda-feira (8). Entrevistado pelo programa de rádio oficial do clube, o treinador tricolor destacou o volante Renê Júnior e o meia Régis, que estavam lesionados e se disponibilizaram para atuar diante do Vitória no jogo decisivo do estadual, e valorizou o empenho do grupo no empate em 0 a 0 com o maior rival. "O grupo trabalhou muito para vivenciar esse monento. Principalmente Régis e Renê que saíram lesionados na quarta. Renê tinha um quadro mais complicado, mas ele trabalhou muito. Na explicação, o tipo de lesão dele poderia ter condições e ele se empenhou com tratamento intensivo. Ele apareceu em meu quarto no domingo e disse que queria jogar. Mas nos testes ele sentiu e ainda faltava para estar no campo. Foi extremamente profissional e acabou ficando de fora. Régis tinha uma tendinite pontual e foi na dor, até porque a lesão dele não tinha uma situação para agravar. Jogou com dor, se superou, mas infelizmente não conseguimos o gol. A equipe brigou muito e foi guerreira, mas não colocamos a bola pra dentro", declarou. Sem poder contar com o centroavante Hernane, Guto Ferreira optou por uma mudança na estrutura da equipe. Para ele, a equipe evoluiu e vem tendo boas atuações. "A equipe se encontrou e teve um volume maior do que vinha fazendo. Embora não tenha feito gols, fez uma boa partida. Criamos jogadas qualificadas e escalamos quem estava em melhores condições. O time encontrou o seu caminho com esse quarteto e não tem porque a gente alterar essa situação. Temos que trabalhar para aperfeiçoar e que a gente possa, na sequência, ser feliz e conseguir os triunfos necessários", completou. O Bahia volta a treinar na próxima quarta-feira (10) visando o duelo contra o Atlético Paranaense, no domingo (14), pela Série A do Campeonato Brasileiro.
Segunda, 08 de Maio de 2017 - 16:15

Copa do Nordeste: ingressos à venda para o primeiro jogo entre Sport e Bahia

por Ulisses Gama
Copa do Nordeste: ingressos à venda para o primeiro jogo entre Sport e Bahia
Foto: Divulgação
O Sport anunciou nesta segunda-feira (8) a programação de venda de ingressos para o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste contra o Bahia, no dia 17 de maio, na Ilha do Retiro, em Recife. O torcedor tricolor que for até a partida na capital pernambucana tem o site Futebol Card à disposição (clique) para garantir a sua entrada. Em ponto físico, as entradas para os visitantes só estarão sendo vendidos no dia da partida, nas bilheterias da praça esportiva, a partir das 14h. Veja a programação completa.
Provocado por Caíque, do Vitória, Jean reclama de atitude: 'É um moleque'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
A sequência de clássicos entre Bahia e Vitória foi marcada pela intensidade e pela provocação entre os rivais. Não foi diferente no último domingo (7), após o rubro-negro conquistar o título baiano sobre o tricolor após um empate em 0 a 0 no Barradão. 
 
Após a partida, o goleiro Caíque simulou uma pescaria com uma sardinha. E não parou por aí. Jean, do Bahia, indicou que o arqueiro rubro-negro dançou na frente dele para provocar ao fim da partida. Em suas palavras, o jogador tricolor citou a perda do avô, falecido na última semana.  
 
"O goleiro Caíque do Vitória é um moleque. O André Rizek [apresentador do Sportv] já tinha dado a palavra quando ele saiu do jogo da Seleção e xingou os repórteres. Eu perdi meu avô tem três dias. Eu estava em campo com o nome dele, joguei com o nome dele nas costas. Quando eu saí, eu estava abalado né, chorando, porque meu avô torcia pelo time do Vitória. Eu prometi para ele, quando ele estava no hospital, que domingo ia levar a medalha para ele hoje. Na saída, ele (Caíque) ficou dançando na minha frente. Ele tem que ter respeito, ele é um moleque. O André Rizek já falou, mas não adiantou. Ele é um moleque", declarou, em entrevista ao site globoesporte.com.
 
O arqueiro do Bahia lamentou a perda do estadual, parabenizou o time rival e mirou as suas atenções para a final da Copa do Nordeste diante do Sport Recife.
 
"É sempre importante ganhar o título estadual. Infelizmente perdemos no regulamento. A equipe deles está de parabéns, foi superior, mas infelizmente a bola não entrou, né? Então é levantar a cabeça, porque a gente tem outra final que é a Copa do Nordeste. A gente fica abatido, triste, mas tem que levantar a cabeça. Esquecer o que passou e focar no que vem pela frente", disse.
 
Antes das duas finais pelo regional, o Bahia volta a jogar no próximo domingo (14), contra o Atlético Paranense, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário