quarta-feira, 10 de maio de 2017

NOTICIAS DIVERSAS DA BAHIA E BRASIL/BAVI PREMIAÇÕES

Terça, 09 de Maio de 2017 - 20:01

Presidente do Vitória despista sobre novo treinador: 'Ninguém está descartado'

por Glauber Guerra / Leandro Aragão
Presidente do Vitória despista sobre novo treinador: 'Ninguém está descartado'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Durante a realização da cerimônia de Premiação do Campeonato Baiano 2017, que aconteceu na noite desta terça-feira (9), em Salvador, o presidente do Vitória Ivã de Almeida foi questionado em entrevista ao Bahia Notícias sobre a escolha do novo treinador. "É porque o trabalho é assim. Uma coisa é você escolher um técnico porque alguém falou, outra coisa é você escolher, porque faz parte de um projeto. Um técnico tem que fazer parte do projeto, não adianta. Se a gente trouxer um técnico que não compre a ideia do projeto nosso, de utilização da base, de fortalecimento do Vitória como um todo, o futebol do Vitória, aí a gente vai perder muito tempo, por isso a dificuldade que nós estamos tendo. A nossa dificuldade é na facilidade de ter vários nomes", explicou. O presidente não revelou quem seria, mas disse que ainda não descartou ninguém, inclusive o técnico interino e campeão Baiano, Wesley Carvalho. "Nenhum deles está descartado ainda. Inclusive ele (Wesley) também está sendo analisado. Estamos analisando a metodologia do técnico para adaptar ao próprio clube", disse. O Vitória estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo (14) às 16h contra o Avaí, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.
Carteira de habilitação passa a ter código QR-Code para evitar fraudes
Foto: José Cruz / Agência Brasil
As Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) emitidas a partir deste mês de maio vão passar a contar com um QR-Code. O novo recurso foi apresentado nesta terça-feira (9) pelo Ministério das Cidades juntamente com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). De acordo com o governo, a mudança visa evitar falsificações e fraudes na CNH. O QR-Code virá impresso no verso inferior da habilitação. O código dará acesso às informações do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach) e pode ser lido com a câmera de tablets ou smartphones por meio do aplicativo Lince, disponível para download nas lojas de aplicativo. “A CNH é um dos principais documentos de identificação do cidadão, que chega a substituir até mesmo a identidade e o CPF. A tecnologia do QR-Code inserida na carteira de habilitação permite que todo cidadão possa verificar a validade do documento, inclusive estabelecimentos comerciais”, relatou em nota o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 19:50

AL-BA nega pedido de afastamento de Luiza Maia para responder processo

por Bruno Luiz
AL-BA nega pedido de afastamento de Luiza Maia para responder processo
Foto: Divulgação
A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou nesta terça-feira (9), por unanimidade, um requerimento que nega um pedido do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para afastar a deputada estadual Luiza Maia (PT) para responder um processo no qual é acusada de calúnia e difamação. A ação é movida pelo conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Paolo Marconi, que o acusou de fraudar, manipular e alterar documentos relativos à prestação de contas do atual deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), seu ex-marido. Relator do pedido na Comissão de Constituição e Justiça, o deputado Zé Raimundo (PT) opinou pela rejeição, ao defender que, por ter imunidade parlamentar, a petista não poderia ser processada. O requerimento foi encaminhado à Casa pelo relator da ação, desembargador Eserval Rocha. No final de janeiro, o tribunal aceitou a queixa-crime de Marconi contra a deputada (relembre). Em entrevista ao Bahia Notícias, Luiza comemorou a decisão dos colegas. Eu achei certo. Se a decisão não fosse essa, seria a gente negar a própria condição nossa de parlamentar. A imunidade não é um privilégio, é um direito. A crítica que eu fiz pra ele não teve nenhuma ofensa, foi uma opinião minha, não foi difamação, nada disso. A Assembleia reconheceu que não havia sentido nessa acusação. Inclusive, os Tribunais de Contas são órgãos auxiliares do Poder Legislativo”, afirmou
Vilma Reis é reeleita ouvidora-geral da Defensoria Pública da Bahia
Foto: Reprodução/ Youtube
A ouvidora-geral da Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) Vilma Reis foi reconduzida ao cargo para o biênio 2017-2019. Vilma Reis foi eleita por cinco votos a quatro pelo Conselho Superior da Defensoria. A votação aconteceu na manhã desta terça-feira (9), após sabatina dos conselheiros. Vilma disputou o cargo com Diva Santana, do Grupo Tortura Nunca Mais. A eleição foi desempatada com o voto do defensor público geral e presidente do Conselho Superior, Clériston Cavalcante de Macêdo. Para o defensor-geral, o fator decisivo para a escolha de Vilma Reis foi a resposta dela ao questionamento sobre o que a motivava para desempenhar o cargo. "A forma de amor pelas causas que ela defende, e eu vi isso na candidata Vilma Reis, além de outras características dela para o desempenho do cargo, foram importantes para a escolha", ressaltou. A primeira etapa da eleição aconteceu no dia 27 de abril, quando 10 entidades da sociedade civil fez a escolha para a lista encaminhada ao Conselho Superior. As entidades que participaram dessa etapa foram: Fórum Nacional de Mulheres Negras, Movimento de Organização Comunitária, Conselho Estadual do Cooperativismo, Grupo Tortura Nunca Mais, Associação de Pais e Mestres de apoio ao Desenvolvimento Social, Federação de Boxe Olímpico e Profissional da Bahia, Instituto Fatumbi, Associação Vida Brasil, Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil e Casa de Passagem Belém.
Dono de imóvel que desabou na Soledade é indiciado por homicídio culposo
Foto: Leitor BN/ WhatsApp
O dono de um casarão na Ladeira da Soledade, que desabou no último dia 24 de abril matando três pessoas (veja aqui), foi indicado por homicídio culposo. José Ivo da Costa Santos, de 63 anos, foi indiciado pelo delegado Luiz Henrique Costa Ferreira, da 2ª Delegacia Territorial da Lapinha, pelo crime de desabamento culposo com resultado morte e lesão corporal. O proprietário teria sido notificado diversas vezes pelo poder público sobre os riscos que ameaçavam a construção e jamais teria tomado providências. Caso seja indiciado, o artista plástico pode pegar até nove anos de pena.
Juiz federal determina suspensão das atividades do Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
O juiz federal Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta terça-feira (9) a suspensão das atividades do Instituto Lula, em São Paulo. Ele atendeu a um pedido do Ministério Público Federal, que move uma ação que investiga suposto envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na compra do silêncio do ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró. A decisão, entretanto, não estabelece qual seria o período da suspensão. A assessoria do Instituto Lula informou no início da noite que não comentaria a determinação, porque não havia sido ainda notificado oficialmente. Segundo o juiz, o próprio Lula reconheceu que, na instituição, os assuntos tratados iam além da sua atuação na área social. "Como o próprio acusado [Lula] mencionou que no local [Instituto Lula] se discutia vários assuntos, e há vários depoimentos que imputam pelo menos a instigação de desvios de comportamentos que violam a lei penal, a prudência e a cautela recomendam a paralisação de suas atividades. Há indícios abundantes de que se tratava de local com grande influência no cenário político do país, e que possíveis tratativas ali entabuladas fizeram eclodir várias linhas investigativas", escreveu o magistrado.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 19:05

Edital de concurso para PM e Bombeiros será publicado nesta quarta-feira

por Guilherme Ferreira
Edital de concurso para PM e Bombeiros será publicado nesta quarta-feira
Foto: Manu Dias / GOVBA
O governador Rui Costa declarou que o edital com as regras para o concurso público que vai abrir 2.750 vagas para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros será publicado na edição desta quarta-feira (9) do Diário Oficial do Estado. O anúncio foi feito por meio de uma transmissão no Facebook durante a noite desta terça. "Eu sei que a turma estava acompanhando com muita ansiedade todos esses dias já que o compromisso era no mês de abril, mas saiu agora, dia 10 de maio", afirmou o governador no vídeo. De acordo com o governo estadual, serão ofertadas, ao todo, 2 mil vagas para soldados da PM e 750 para o Corpo de Bombeiros. A remuneração, composta de soldo e gratificação, é de R$ 2.484 (30h) e de R$ 3.019 (40h) tanto para a Polícia Militar como para os bombeiros. Quanto à escolaridade, os candidatos devem ter o nível médio concluído. O concurso público será organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).
Terça, 09 de Maio de 2017 - 19:00

TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro

por Júlia Vigné
TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro
Foto: José Cruz / Agência Brasil
A defesa de Lula não poderá gravar o depoimento que o ex-presidente prestará para o juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira (10). A decisão é do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que indeferiu habeas corpus interposto pela defesa para que a gravação fosse realizada por equipe indicada por ele. Lula está sendo acusado de crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores. O relator do caso no TRF-4 é o desembargador João Pedro Gebran Neto, mas a decisão foi realizada pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que substitui o desembargador. O pedido já havia sido negado pelo juiz Sérgio Moro. A defesa ajuizou, assim, o habeas corpus alegando a ilegalidade da decisão, tendo em vista que é importante "capturar a completude do ato judicial para observar as expressões faciais e corporais não somente do acusado, mas também do Ministério Público Federal e do Juízo”. Brunoni, no entanto, negou o pedido afirmando que as gravações de audiência são realizadas há mais de uma década e "até hoje, nunca transitou por este tribunal pedido, tampouco notícia de que a gravação oficial realizada pela Justiça Federal tenha sido prejudicial a algum réu", afirmou o magistrado na decisão. A defesa do ex-presidente ainda utiliza como argumento o cerceamento de defesa.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 19:00

TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro

por Júlia Vigné
TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro
Foto: José Cruz / Agência Brasil
A defesa de Lula não poderá gravar o depoimento que o ex-presidente prestará para o juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira (10). A decisão é do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que indeferiu habeas corpus interposto pela defesa para que a gravação fosse realizada por equipe indicada por ele. Lula está sendo acusado de crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores. O relator do caso no TRF-4 é o desembargador João Pedro Gebran Neto, mas a decisão foi realizada pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que substitui o desembargador. O pedido já havia sido negado pelo juiz Sérgio Moro. A defesa ajuizou, assim, o habeas corpus alegando a ilegalidade da decisão, tendo em vista que é importante "capturar a completude do ato judicial para observar as expressões faciais e corporais não somente do acusado, mas também do Ministério Público Federal e do Juízo”. Brunoni, no entanto, negou o pedido afirmando que as gravações de audiência são realizadas há mais de uma década e "até hoje, nunca transitou por este tribunal pedido, tampouco notícia de que a gravação oficial realizada pela Justiça Federal tenha sido prejudicial a algum réu", afirmou o magistrado na decisão. A defesa do ex-presidente ainda utiliza como argumento o cerceamento de defesa.
Prefeito assina ordem de serviço para reconstrução de escola no Alto do Cabrito
Foto: Secom Salvador
O prefeito ACM Neto assinou nesta terça-feira (9) a ordem de serviço para reconstrução da Escola Municipal Bela Vista do Lobato, no Alto do Cabrito. A escola funcionava em uma estrutura de pré-moldado e passava por sérios problemas estruturais. Para que a obra seja realizada, o prédio foi completamente demolido. A undiade passará a funcionar em um imóvel alugado e adaptado para a atividade. Serão investidos aproximadamente R$ 2 milhões em uma estrutura com prédio de dois pavimentos em uma área de 780 m², salas de aula, áreas de lazer e outros equipamentos. A reconstrução permitirá aumento na capacidade de alunos, de 360 para 600, em turmas de pré-esocla e do Ensino Fundamental I. A unidade contempla também o Programa Acelera, que regulariza a distorção idade-série.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 18:35

Marcell ingressa com processo disciplinar contra Eduardo Salles no Conselho de Ética

por Bruno Luiz / Júlia Vigné
Marcell ingressa com processo disciplinar contra Eduardo Salles no Conselho de Ética
Foto: Montagem/ Bahia Notícias
O deputado Marcell Moraes (PV-BA) ingressou com um processo ético disciplinar contra o deputado Eduardo Salles (PP-BA) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) após a acusação de agressão física feita pelo parlamentar na sessão da última quarta-feira (3) (veja aqui). Na representação, Marcell afirma que teve a garganta “agressivamente apertada” pelas mãos de Salles, que só teria parado com a intervenção do deputado Targino Machado (PPS-BA). O Conselho de Ética examina as condutas puníveis dos deputados e propõe as penalidades aplicáveis a cada caso dentro da AL-BA. O deputado pediu que o deputado Eduardo Salles seja punido com uma censura escrita, após instauração do processo disciplinar por quebra de decoro. Em contato com o Bahia Notícias, o verde explicou que esta é a punição inicial permitida pelo regimento interno da Casa. No documento, Marcell ainda destacou que as agressões podem ser comprovadas por meio da gravação da sessão, feita pelas câmeras da Assembleia Legislativa e da TV Assembleia. A atitude atribuída ao deputado Eduardo Salles seria enquadrada no inciso III do artigo 5 do Código de Ética. O deputado tem o prazo de cinco dias para, caso queira, apresentar sua defesa.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 18:30

Zé Neto afirma que argumentos para CPI da Cerb são 'totalmente irrelevantes'

por Bruno Luiz / Guilherme Ferreira
Zé Neto afirma que argumentos para CPI da Cerb são 'totalmente irrelevantes'
Foto: Tiago Dias / Bahia Notícias
O líder da bancada do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Zé Neto (PT), acredita que os argumentos a favor da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) (veja mais) são "totalmente irrelevantes". Em entrevista ao Bahia Notícias nesta terça-feira (8), ele defendeu que não há irregularidades da atual gestão estadual junto ao órgão. "Não tem nem fundamento. Primeiro que o débito da Cerb é do governo deles. São totalmente irrelevantes os argumentos. Não há nada de irregular ou ilegal", reforçou o deputado. A bancada da oposição levantou a possibilidade de tentar instalar uma CPI com base nas delações premiadas de executivos da Odebrecht ao Ministério Público Federal. Segundo delatores, Jaques Wagner teria recebido da empreiteira R$ 10 milhões em “vantagens indevidas” por meio de um acordo feito entre o governo do estado e o Grupo Odebrecht. Ao Bahia Notícias, o líder da bancada da oposição, Leur Lomanto Jr. (PMDB), afirmou os seus advogados ainda estão avaliando se há fundamento para tentar abrir a CPI na AL-BA. O deputado disse ainda que também ainda estuda a possibilidade de judicializar o caso envolvendo a CPI do Centro de Convenções, arquivada pelo presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD) após a bancada da minoria retirar as indicações para o colegiado (veja mais).
Senhor do Bonfim: MP-BA recomenda ações para prevenir danos ao público de festas pagas
Foto: Reprodução / Portal Zap
O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) emitiu uma recomendação para os produtores de eventos de Senhor do Bonfim, com objetivo de prevenir danos causados aos participantes de shows pagos como o Forró do Sfrega, que acontecem nesta época de São João. O fato foi divulgado no Diário Oficial nesta terça-feira (9). A cada evento, os produtores deverão providenciar um alvará de funcionamento da prefeitura, um alvará de vistoria do Corpo de Bombeiros, se houver menores de 18 anos desacompanhados será necessário o alvará do juiz da infância e juventude, além de laudo com atestado de responsabilidade técnica. Neste último deverá constar a capacidade máxima da edificação, as condições de segurança estruturais e o plano de segurança do local. Um atestado da Vigilância Sanitária Municipal sobre higiene e salubridade do ambiente também é recomendado, assim como a contratação de ambulância e de serviço médico de emergência para o evento. Os organizadores das festas devem contratar equipe particular de segurança e brigadista de incêndio compatível com o evento e se comunicar com o comando da Polícia Militar e a coordenação da Polícia Civil, com o departamento de trânsito local, o conselho tutelar e a coordenação dos agentes da infância e juventude. Os produtores devem prestar atenção na legislação estadual, principalmente no direito a meia-entrada dos estudantes, na necessidade de alvará ou portaria da autoridade judiciária competente para que seja autorizada a entrada de pessoas menores de 18 anos; na altura permitida de emissão sonora; e na proibição de venda de bebidas alcoólicas a menores. O Ministério Público informou ainda que poderá fiscalizar a execução da recomendação. "Inclusive mediante presença pessoal no evento do representante do Parquet na Cidade, tomando as providências legais cabíveis, inclusive pela via judicial, sempre que necessário, ou poderá cometer esta fiscalização a outro órgão público que vier a indicar", consta no documento.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 18:00

Deputados pedem vista e adiam votação de projeto sobre licença médica

por Bruno Luiz / Guilherme Ferreira
Deputados pedem vista e adiam votação de projeto sobre licença médica
Foto: Bruno Luiz / Bahia Notícias
Os deputados estaduais Alan Sanches (DEM) e Soldado Prisco (PPS) pediram vista nesta terça-feira (9) do projeto que altera as regras para licença médica de servidores do governo. A bancada da oposição da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) já havia, em conjunto, decidido tomar a medida. A manobra adia a votação da matéria no plenário da casa, que estava prevista para acontecer nesta quarta. A proposta enviada pelo governo à AL-BA permite a concessão do benefício previdenciário quando o trabalhador tiver mais de dez dias de afastamento para tratamento de saúde em um período de 60 dias, mesmo que a licença seja tomada em dois períodos. "Se, dentro de um período de 60 (sessenta) dias, o servidor voltar a se afastar e a soma dos atestados ultrapassar 10 (dez) dias, ainda que não relacionados à mesma Classificação Internacional de Doenças - CID, terá direito ao benefício previdenciário a partir do décimo primeiro dia de afastamento", explica o texto, que altera uma lei de setembro de 1994.
Na Bahia, preço do m² dos imóveis de Feira de Santana e Lauro de Freitas registrou queda
Feira de Santana | Foto: Ed Santos / Acorda Cidade
Apenas cinco cidades do Nordeste brasileiro apresentaram queda no preço do metro quadrado dos imóveis em comparação com o número registrado nos últimos 12 meses. Os municípios de Feira de Santana e Lauro de Freitas são os únicos da Bahia a figurar a lista – completa com Jaboatão dos Guararapes (PE), Natal (RN) e João Pessoa (PB) –, mas ainda assim, os preços subiram. De acordo com levantamento feito pela revista Exame, no caso de Feira de Santana, segundo maior município baiano, a baixa foi de -1,6%. Imóveis usados nos bairros de Ponto Central e Santana aumentaram de R$ 4.400 para R$ 4.700; em Capuchinhos, Centro e Muchila, de R$ 3.300 para 4.000; e no Caseb, Conceição, Mangabeira, Pedra do Descanso, Queimadinha, Tomba e Vila Olímpia, de R$ 2.200 para R$ 2.900. Já os imóveis novos da Santa Mônica subiram de R$ 4.800 para R$ 4.900 e no bairro do Sim, de R$ 3.200 para R$ 3.300. Em Lauro de Freitas, o metro quadrado de imóveis usados caiu -0,2%. Nos bairros de Buraquinho, Jardim Aeroporto, Jardim Belo Horizonte, Jockey Clube e Pitangueiras, o preço cresceu de R$ 3.800 para R$ 4.400; em Abrantes, Aracuí, Atlântico Norte, Bosque Quiosque, Caji, Centro, Estrada do Coco, Ipitanga, Itinga, Miragem, Portão, Recreio de Ipitanga, Vida Nova, Vila Praiana e Vilas do Atlântico, de R$ 2.800 para R$ 3.700. Assim como a maioria dos municípios nordestinos, Mata de São João, Porto Seguro e Camaçari registraram alta, porém abaixo da inflação. No caso do primeiro, o metro quadrado subiu 0,3%. Em Praia do Forte, o valor foi de R$ 8.000 para R$ 8.100, enquanto em Costa do Sauípe e Imbassaí, o número saltou de R$ 4.400 para R$ 4.800. No caso de Porto Seguro, o valor em Arraial d’Ajuda subiu de R$ 5.400 para R$ 5.500, enquanto em Baixo Mundaí, Centro e Taperapuã, o aumento foi R$ 3.000 para R$ 3.200. Na cidade de Camaçari, o metro quadrado subiu um pouco menos, 0,2%. Nos imóveis usados de Guarajuba e Itacimirim, a alta foi de R$ 5.100 para R$ 5.500; em Alphaville e Busca Vida, de R$ 3.500 para R$ 3.700; e nos bairros de Abrantes, Arembepe, Centro, Jacuípe, Jauá, Monte Gordo e Ponto Certo, de R$ 2.400 para R$ 3.400. No bairro do Centro, os imóveis novos cresceram de R$ 3.400 para R$ 3.500. Já na capital baiana, o crescimento foi mais expressivo. O valor do metro quadrado dos imóveis subiu 2,5% (veja aqui).
Itororó: Cunhado de prefeito, pedreiro é contratado como pedagogo
Foto: Reprodução / Blog Politicos do Sul da Bahia
Um pedreiro teria sido contratado como pedagogo pela Prefeitura de Itororó, região médio sudoeste do estado. De acordo com o blog Políticos do Sul da Bahia, Sitenio Ruas Pereira, é casado com a irmã do prefeito Adauto Oliveira Almeida (PSDB) e tem ensino médio incompleto. Ele teria sido contratado por R$ 2,4 mil como servidor temporário e seu nome aparece no documento do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia referente a folha de pagamento de março da prefeitura. Ainda de acordo com o site, além de ter fechado uma escola em um distrito da cidade, o prefeito teria alegado recentemente falta de recursos na educação para não pagar o piso do magistério aos professores municipais. 
Postos do SalvadorCard nos shoppings aceitarão cartões de débito e crédito
Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias
Os postos de recarga do SalvadorCard nos shoppings da capital baiana passarão a aceitar pagamento com cartões de débito e crédito a partir desta quarta-feira (10). O serviço poderá ser custeado nas bandeiras Visa e Mastercard, em qualquer valor para os cartões Bilhete Avulso, Meia-Passagem Estudantil e Bilhete Identificado. Os passageiros que optarem por essa modalidade de pagamento terão um acréscimo de 6% no valor da tarifa referente aos encargos da operação.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 16:40

Sem luz, sem seguro e com R$ 700 mi em dívidas, Hopi Hari está perto de fechar

por Renato Jakitas | Estadão Conteúdo
Sem luz, sem seguro e com R$ 700 mi em dívidas, Hopi Hari está perto de fechar
Foto: Divulgação
Autoapelidado de o lugar mais feliz do mundo, o parque de diversões mais famoso de São Paulo, o Hopi Hari, se aproxima dos 18 anos de existência à beira da pane seca. Está atolado em uma dívida de R$ 700 milhões, com a luz cortada, sem seguro e "aviso prévio" para fechar as portas. Os quase 300 funcionários não recebem salários desde o dia 5 de fevereiro. Em abril, o parque teve o fornecimento de energia cancelado por causa de uma conta de R$ 580 mil em aberto com a CPFL. Se não levantar R$ 100 mil nesta semana, o novo proprietário José Luiz Abdalla terá de devolver na segunda-feira os geradores alugados justamente para evitar o fechamento das portas. Para piorar, desde 25 de março o Hopi Hari opera sem cobertura de seguro para acidentes com frequentadores ou eventuais danos aos equipamentos. Abdalla vem batendo na porta das seguradoras, mas não encontra uma única empresa que encare o risco do negócio, tanto do ponto de vista da segurança dos brinquedos como da capacidade de pagamento da apólice. "A gente não tem crédito na praça", reconhece o empresário. A situação é tão crítica que até o processo de recuperação judicial, solicitado em 24 de agosto de 2016, está praticamente paralisado, já que o parque não conta com um profissional que saiba lidar com esse tipo de processo - segundo Abdalla, o último especializado, o advogado tributarista Julio Mandel, retirou-se por falta de pagamento. Com tantos problemas, o público sumiu e o parque - que chegou a receber 24 mil pessoas em um único dia, no segundo semestre de 2011 - tinha 160 visitantes no sábado. No dia anterior, uma sexta-feira, foram 20 pessoas. Alvo de uma investigação do Ministério Público, que apura relatos de que o parque, em diversos dias, conta com poucos brinquedos funcionando, apesar de vender os passaportes normalmente e sem nenhum tipo de aviso aos visitantes, a direção do Hopi Hari redobrou os avisos. Já no estacionamento, que cobra R$ 55 por carro, o funcionário de uma empresa terceirizada recomenda a atenção do cliente. "Eu peço que todo mundo vá até a placa lá fora e veja quais os brinquedos que estão parados. Uns 20% vão embora direto", diz. Na bilheteria, que foi aberta exclusivamente para atender a reportagem, mais um aviso. "Você quer mesmo entrar? A gente está só com esses brinquedos aqui", alerta a funcionária, indicando um papel colado no balcão com 12 atrações abertas em quase 60 possíveis - 3 para o público adulto. O passaporte custa R$ 99. No sábado, ao entrar no parque, o Estado se deparou à primeira vista com uma cidade fantasma do velho oeste americano. Somente depois de caminhar por alguns minutos encontrou um grupo com cinco visitantes, vindos de São Paulo. "É triste de ver o estado do parque", lamentou o visitante Ricardo Cipriano. Um pouco mais à frente, Luiz Antonio Corol reclamava em frente a uma fonte de água adornada por personagens da Warner Bross. "Só para estar aqui com a minha família eu gastei mais de R$ 600." Dois dias antes, a direção do parque estava decidida a não abrir as portas. Segundo relatos de pessoas ligadas à gestão, o dono do parque chegou a retirar o site do Hopi Hari do ar para evitar compras. Após uma reunião na noite de quinta-feira, contudo, a direção recuou. "O Abdalla não pode abrir, mas também sabe que, se fechar, corre o risco de não abrir mais", diz uma pessoa que pediu para não ser identificada. "O que é que eu vou fazer?", indaga Abdalla. "Sei do risco que é operar o parque sem seguro, mas o meu compromisso é não fechá-lo", conta o empresário, egresso do mercado imobiliário e de uma família de banqueiros (o pai, Anésio Abdalla, foi sócio do BCN). Ele comprou 80% do Hopi Hari de Luciano Correa, seu amigo de infância, por R$ 0,01, assumindo todo o histórico de passivo de R$ 700 milhões na pessoa física, uma operação inédita e que deixou representantes do mercado com o queixo caído. "Eu não sei como esse Abdalla consegue dormir a noite", diz um operador do mercado. "É dívida para a vida inteira e para muitas outras gerações." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Terça, 09 de Maio de 2017 - 19:00

TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro

por Júlia Vigné
TRF-4 nega que Lula grave depoimento que será dado amanhã ao juiz Moro
Foto: José Cruz / Agência Brasil
A defesa de Lula não poderá gravar o depoimento que o ex-presidente prestará para o juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira (10). A decisão é do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que indeferiu habeas corpus interposto pela defesa para que a gravação fosse realizada por equipe indicada por ele. Lula está sendo acusado de crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores. O relator do caso no TRF-4 é o desembargador João Pedro Gebran Neto, mas a decisão foi realizada pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que substitui o desembargador. O pedido já havia sido negado pelo juiz Sérgio Moro. A defesa ajuizou, assim, o habeas corpus alegando a ilegalidade da decisão, tendo em vista que é importante "capturar a completude do ato judicial para observar as expressões faciais e corporais não somente do acusado, mas também do Ministério Público Federal e do Juízo”. Brunoni, no entanto, negou o pedido afirmando que as gravações de audiência são realizadas há mais de uma década e "até hoje, nunca transitou por este tribunal pedido, tampouco notícia de que a gravação oficial realizada pela Justiça Federal tenha sido prejudicial a algum réu", afirmou o magistrado na decisão. A defesa do ex-presidente ainda utiliza como argumento o cerceamento de defesa.
Prefeito assina ordem de serviço para reconstrução de escola no Alto do Cabrito
Foto: Secom Salvador
O prefeito ACM Neto assinou nesta terça-feira (9) a ordem de serviço para reconstrução da Escola Municipal Bela Vista do Lobato, no Alto do Cabrito. A escola funcionava em uma estrutura de pré-moldado e passava por sérios problemas estruturais. Para que a obra seja realizada, o prédio foi completamente demolido. A undiade passará a funcionar em um imóvel alugado e adaptado para a atividade. Serão investidos aproximadamente R$ 2 milhões em uma estrutura com prédio de dois pavimentos em uma área de 780 m², salas de aula, áreas de lazer e outros equipamentos. A reconstrução permitirá aumento na capacidade de alunos, de 360 para 600, em turmas de pré-esocla e do Ensino Fundamental I. A unidade contempla também o Programa Acelera, que regulariza a distorção idade-série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário