segunda-feira, 15 de maio de 2017

NOTICIAS DA POLITICA BRASILEIRA E INTERNACIONAL, ESPORTES, BAVI..

Segunda, 15 de Maio de 2017 - 11:20

'Não é momento de ficar culpando um ou outro', diz Curvelo, sobre crise hídrica

por Renata Farias / Luana Ribeiro
'Não é momento de ficar culpando um ou outro', diz Curvelo, sobre crise hídrica
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias
O secretário estadual de Comunicação, André Curvelo, defendeu que a questão da estiagem, que já ameaça a capital baiana, não seja politizada. “Esse é um tema da sociedade. Não é momento de ficar culpando um ou outro ator. É um tema que exige a união de todos. Efetivamente estamos todos vivendo as piores crises na história da Bahia no que diz respeito à seca. Salvador ainda corre risco sim de racionamento – não tem, mas ainda corre risco”, disse, ao ser questionado sobre a afirmação da prefeitura de que a falta de água em Salvador ocorreria por culpa da Embasa. “Obviamente que a gente precisa educar as pessoas, seja a União, seja o governo do Estado, seja a prefeitura, no sentido de que a partir do momento que o armazenamento da água é feito tomando os devidos cuidados. Acho que o assunto é muito sério, é um assunto de saúde publica; é muito sério para ficar culpando esse ou aquele órgão. O importante é que, se existem falhas, seja em que lado for, o importante é dialogar para corrigir essas falhas”, argumentou.
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 11:05

Escolas devem procurar municípios, diz Pinheiro, sobre campanha contra o Aedes

por Renata Farias / Luana Ribeiro
Escolas devem procurar municípios, diz Pinheiro, sobre campanha contra o Aedes
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias
Após lançar a campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, o governo do Estado pretende articular apoio dos gestores municipais para mobilizar as escolas no interior do Estado para aderir à ação. “Nós vamos intensificar agora com o processo de relação entre essas escolas e a comunidade, isso pilotado pelos nossos núcleos de educação, no sentido de que isso possa fazer parte permanentemente do conteúdo. E também as escolas ficam com a tarefa de procurar os municípios, porque não adianta a gente fazer isso isoladamente na escola e não ganhar apoio, a posição do gestor municipal, porque, na realidade, toda escola está em um município”, afirmou o secretário estadual de Educação, Walter Pinheiro. Neste sentido, esse será um dos temas que serão discutidos na próxima terça (16), na reunião de gestores de escolas que oferecem educação profissional , com a presença do governador. “Não adianta fazer só dentro da escola e levar isso, enquanto ação, enquanto consciência, para fora da escola. Essa é uma tarefa que nós estamos discutindo”. 
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 11:00

André Fraga critica gestão de parques do governo e alega abandono do Dique do Tororó

por Guilherme Ferreira / Fernando Duarte
André Fraga critica gestão de parques do governo e alega abandono do Dique do Tororó
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias
A administração dos parques de Salvador aparece como mais um ponto de conflito entre a prefeitura e o governo do estado. Em entrevista ao Bahia Notícias, o titular da Secretaria Cidade Sustentável (Secis), André Fraga, criticou a manutenção do Dique do Tororó e apontou que a administração estadual teria abandonado a gestão do espaço. "Parece que eles abandonaram de vez o Dique sem nenhum tipo de administração formal à prefeitura", disse Fraga ao ser questionado sobre a possibilidade da prefeitura assumir praças atualmente mantidas pelo governo. "Estive recentemente no Dique e está em um estado lastimável, fiquei até com medo de andar em um píer que tem lá", reclamou. Além do Dique, ele ressaltou que áreas como o Parque de Pituaçu e Parque do Abaeté não estão sob sua responsabilidade. "Até porque se a gente administrasse eles não estariam do jeito que estão", pontuou.  O secretário municipal afirmou que tem como meta implantar 19 novos parques em Salvador, equipamentos previstos no atual PDDU da cidade. Segundo ele, novos projetos relacionados a essa questão devem ser lançados em breve. Titular da pasta de Cidade Sustentável, Fraga admite que a capital baiana ainda não alcançou o status de sustentável. "Sustentabilidade é um tripé: ecologicamente correto, economicamente viável e socialmente justo. Não dá pra dizer ainda que socialmente justos. Economicamente viável estamos buscando e ecologicamente equilibrado estamos no caminho", analisou. Entre os objetivos elencados pela secretaria para colocar Salvador no caminho da sustentabilidade, Fraga citou a ampliação da bandeira azul para outras praias da cidade, a criação de um manual de arborização e a implantação da Outorga Verde, que vai conceder desconto na outorga onerosa de construtoras que adotarem medidas em favor do meio ambiente nos seus projetos. Clique aqui e confira a entrevista completa com o secretário André Fraga.
União Europeia pede à Venezuela libertação de opositores políticos
Foto: El Nacional
Os ministros do Exterior da União Europeia pediram nesta segunda-feira (15) que a Venezuela “investigue todos os incidentes violentos” ocorridos no país nas últimas semanas; libere os opositores políticos e respeite os direitos constitucionais. Segundo informações da Agência EFE, os ministros demonstraram “preocupação” com os mais de 600 mil cidadãos europeus que vivem na Venezuela e se ofereceram para “cooperar com as autoridades venezuelanas” para que garantam proteção, segurança e assistência. "A violência e o uso da força não resolverão a crise do país. Devem ser respeitados os direitos fundamentais do povo venezuelano, incluindo o direito a se manifestar pacificamente", afirmam os ministros da UE, em resolução aprovada nesta segunda em um conselho em Bruxelas. O país sul-americano enfrenta uma crise econômica e política com a queda do preço do petróleo, principal produto exportado, e desabastecimento. Os protestos se agravaram a partir do dia 1º de abril, quando o Tribunal Superior de Justiça anunciou que absorveria as funções da Assembleia Legislativa. Um mês depois, o presidente Nicolás Maduro assinou decreto para a instituição de uma Assembleia Constituinte para mudar a Constituição vigente, que data de 1999. 
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 10:25

Saúde na Escola: Bahia assina adesão; recurso mínimo é de R$ 5,6 mil por 600 alunos

por Renata Farias / Luana Ribeiro
Saúde na Escola: Bahia assina adesão; recurso mínimo é de R$ 5,6 mil por 600 alunos
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias
Além de lançar a campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e chikugunya, o governo do Estado aderiu nesta segunda-feira (15) ao programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde. O programa prevê o investimento mínimo de R$ 5.675 para cada 600 estudantes, com recursos do governo federal, e ainda inclui outras 11 ações consideradas prioritárias como: atualização vacinal, alimentação saudável e prevenção à obesidade infantil, atualização de saúde bucal, ocular e auditiva, visita de profissionais de saúde, prevenção de violência e acidentes, prevenção de uso de drogas, entre outros. O prazo de adesão encerra no dia 14 de junho e pode ser feito pela internet (clique aqui).   
Receita Federal paga lote residual do Imposto de Renda nesta segunda
Foto: Reprodução / JCRS
O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, referente aos anos de 2008 a 2016, será pago nesta segunda-feira (15) pela Secretaria da Receita Federal. Esses lotes residuais são de contribuintes que caíram na malha fina, mas depois acertaram suas contas com o governo. Como informado pelo Fisco, serão 128.232 contribuintes beneficiados com R$ 213,48 milhões em restituições. Desse montante, R$ 74,7 milhões são referentes ao qualitativo de contribuintes idosos, com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. Para saber se foi contemplado, basta consultar o site da Receita ou acessar sua conta através do aplicativo para smartphones.
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 10:05

Campanha contra o Aedes vai durar 10 anos; ações abrangem capital e interior

por Renata Farias / Luana Ribeiro
Campanha contra o Aedes vai durar 10 anos; ações abrangem capital e interior
Fotos: Renata Farias / Bahia Notícias
A campanha de combate ao mosquito Aedes Aegipty, elaborada pelo governo do Estado no contexto do programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde, terá duração de dez anos, com a perspectiva de educar uma geração. A campanha será executada em Salvador e no interior, com o uso de diversas estratégias, a depender do público, o que incluirá um vídeo em 360º, uma mini-gincana sobre o ciclo de vida do mosquito, um mini-cinema para a difusão de vídeos educativos, em parceria com influenciadores digitais e ações nas redes sociais Dois caminhões serão utilizados como apoio ao projeto.
“Nós temos 2100 predios espalhados no estado. São 1300 escolas com 800 anexos. Portanto a ideia nossa é fazer isso em todas as escolas. Óbvio que você sempre escolhe aqueles locais que a própria saúde indica, onde que a gente tem inclusive uma maior leitura, uma melhor leitura de como ali começar um processo, mas o ideal é que a gente faça exatamente disso uma prática cotidiana”, explica o secretário de Educação, Walter Pinheiro, acrescentando que a ideia é discutir o tema “permanentemente” nas salas de aula. Após passar pelo Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, em São Marcos, onde a campanha foi lançada na manhã desta segunda-feira (15), o cronograma segue nos dias 17 e 18 no Colégio Estadual Presidente Costa e Silva; 19 a 26 no Salvador Shopping;  29 e 30 no Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari; 31 de maio a 1º de junho no Colégio Estadual Polivalente de Camaçari ; seguindo para outras cidades no interior do estado a partir daí.
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 10:00

Delator, ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco terá de devolver R$ 90 milhões

por Josette Goulart | Estadão Conteúdo
Delator, ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco terá de devolver R$ 90 milhões
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
O ex-diretor da Sete Brasil Pedro Barusco terá de devolver todo o dinheiro que obteve de propinas de contratos com estaleiros e também o que recebeu de bônus como dirigente da empresa. A decisão foi tomada na sexta-feira (12) pela juíza Maria da Penha Nobre Mauro, da 5ª Vara empresarial do Rio. A estimativa é de que os valores a serem devolvidos, atualizados, girem em torno de R$ 90 milhões. Em sua sentença, a juíza rejeitou os pedidos dos advogados de Barusco alegando um ponto decisivo: "há confissão", disse. Barusco fez um acordo de delação premiada em que relatou o esquema de propinas na Sete Brasil, criada para gerenciar a compra de sondas para o pré-sal. Segundo Barusco relatou, os cinco estaleiros contratados e que forneceriam as 28 sondas para a empresa pagaram propinas. No próprio processo que corre na Justiça do Rio, Barusco confessou o recebimento das propinas. Com isso, não haveria sentido em produzir qualquer nova prova ou chamar testemunhas ou mesmo inserir o Ministério Público Federal na causa, segundo a juíza. Barusco também tentou alegar que já devolveu todo o dinheiro a Petrobras, no âmbito do acordo de delação com o MPF. O ex-diretor da Sete havia sido anteriormente diretor da Petrobras. Mas a juíza foi taxativa em dizer que esse será um problema entre ele e a Petrobras e que a parte que foi obtida enquanto funcionário da Sete terá de ser devolvida à Sete. A causa foi patrocinada pelo escritório de Sérgio Bermudes, contratado pela Sete Brasil. O processo tem por base um dispositivo da lei das SAs que determina que o executivo é obrigado a devolver à companhia todo benefício que receba em função do cargo que ocupa. "Não são só os mimos, as dádivas", disse a juíza entendendo que também as propinas foram obtidas pelo cargo que ocupava na empresa. Além disso, ficou determinado que Barusco devolva cerca de R$ 2 milhões, a serem corrigidos pela Selic, que foram pagos a título de bonificação pela sua saída da Sete. Na época, o sucesso da empresa era atribuída a Barusco, João Ferraz e Eduardo Musa, todos ex-Petrobras que implantaram o modelo de negócio da companhia. Ferraz e Musa também estão sendo processados pela Sete. Segundo as delações, o valor total de propinas pagas pelos estaleiros chegaria a US$ 224 milhões, para fazer frente aos 28 contratos de cerca de US$ 800 milhões cada um. Os estaleiros eram o Enseada, da Odebrecht e UTC, EAS, da Camargo Corrêa, Rio Grande, da Engevix e os estrangeiros Jurong e BrasFels. Só para Barusco, teriam sido pagos US$ 24 milhões. O valor a ser ressarcido à Sete, no entanto, precisa ser apurado na liquidação do processo judicial. Ainda cabe recurso e o advogado de Barusco, Antonio Figueiredo, não quis comentar. A Sete Brasil está hoje em recuperação judicial. Seus sócios BTG Pactual, os fundos de pensão Petros e Funcef e os bancos Santander e Bradesco já jogaram integralmente os R$ 8 bilhões investidos a prejuízo. Assim como os credores, entre eles todos os grandes bancos, que emprestaram R$ 12 bilhões à companhia.
DPU fará atendimentos na Feira de São Joaquim nesta terça
Foto: Alberto Coutinho / GOVBA
A Defensoria Pública da União (DPU), em Salvador, fará atendimentos de orientação jurídica aos feirantes e usuários da Feira de São Joaquim, na Cidade Baixa, na manhã desta terça-feira (16), entre 8h e 12h. A ação, destinada aos feirantes e frequentadores, integra a programação em homenagem ao Dia Nacional da Defensoria Pública e tem o apoio do Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes e Ambulantes da Cidade de Salvador (Sindifeira). Podem ser atendidas pessoas que não podem pagar advogado e possuam renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 1874). A DPU atua em casos envolvendo instituições federais, como INSS, Caixa Econômica Federal, Correios, Incra, Ibama, Ufba, Ifba, entre outras. As questões envolvendo concessão ou reestabelecimento de benefícios como auxílio-doença, aposentadorias, salário-maternidade, auxílio-reclusão, pensão por morte são a maioria dos casos atendidos pela DPU. A Defensoria também atua na garantia do direito à Saúde, como em casos de acesso a medicamentos de alto custo ou aos que não estão na lista fornecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 09:35

Campanha de combate ao Aedes tem estratégias direcionadas a cada público, explica Vilas Boas

por Renata Farias / Luana Ribeiro
Campanha de combate ao Aedes tem estratégias direcionadas a cada público, explica Vilas Boas
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias
A campanha de combate ao mosquito ao Aedes aegypti, transmissor dos vírus causador da dengue, zika e chikugunya, lançada nesta segunda-feira no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, em São Marcos, terá diferentes estratégias para os diversos públicos-alvo, com o uso de diversas plataformas. “Várias ações cada uma direcionada a uma faixa da população, buscando atingir, com linguagens específicas, setores específicos. Nós temos games; as crianças vão poder brincar; temos campanhas a serem difundidas em redes sociais, campanhas para Instagram, para Twitter, para WhatsApp, para mídia televisiva, para outdoors, peças para serem desenvolverem nas escolas”, explica o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas. De acordo com o titular da Sesab, a campanha está inserida no programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde. “No caso dessa campanha, há uma articulação entre a escola, os programas da educação, os programas da área de saúde, com o objetivo de desenvolver ações de prevenção e combate aos males que mais afligem os educandos. Como a campanha contra o mosquito não é uma campanha de um ano, é uma campanha de uma geração – nós precisamos envolver essa geração por dez anos – no combate ao mosquito para poder conseguir vencer essa epidemia”, destaca. De acordo com informações da Sesab, foram registrados em 2017, até abril, 1.187 casos suspeitos de zika, 4.982 casos suspeitos de chikungunya e 5.379 casos prováveis de dengue na Bahia. No ano passado, até 31 de dezembro, foram notificados 57.189 casos suspeitos de zika, 53.135 casos suspeitos de chikungunya e 65.691 casos prováveis de dengue.
Operação Chequinho: Testemunha-chave denuncia ameaças à PF
Foto: Reprodução / Globo News
A testemunha-chave da Operação Chequinho, que resultou na prisão do ex-governador do Rio Anthony Garotinho no ano passado e de vereadores de Campos dos Goytacazes (RJ) denunciou à Polícia Federal estar sofrendo ameaças. Segundo informações do jornal O Globo, as ameaças contra Elizabeth Gonçalves dos Santos ocorreram na última semana, para pressioná-la a não dar detalhes sobre o esquema de compra de votos em troca do cadastramento do programa Cheque Cidadão, do município de Campos. Elizabeth trabalhou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social em 2016 e foi presa em outubro sob acusação de participar do esquema. Ela relatou detalhes à PF e ao Ministério Público. Ela prestou novo depoimento no último dia 8 e disse estar sendo perseguida desde a primeira oitiva, na qual ela delatou o esquema. Ela disse ter sido seguida por um Astra preto em dois dias diferentes: na primeira vez, ela estava indo à igreja com o marido e depois viu o mesmo carro na esquina de sua casa. Na segunda vez, no dia 7 de abril, foi seguida por dois homens em uma moto, mas conseguiu se abrigar em um shopping. No dia 4 de maio, foi abordada diretamente: ela estava em um ponto de ônibus quando dois homens em uma moto sem placa subiram a calçada. Ela tentou entregar o celular, acreditando que era um assalto, mas um dos homens perguntou se ela era a “Beth Megafone”. Na sequência, ele disse: “Cala sua boca, porque assim como nós te achamos hoje, achamos você e sua família em qualquer dia, em qualquer lugar”. Os dois homens deixaram o local em seguida.  “Quanto à afirmação de Beth à polícia de que foi ameaçada, é preciso esclarecer que ela não atribuiu a ameaça, no depoimento em juízo, nem a Garotinho nem a nenhum outro vereador. Além do mais, Beth já mudou seu depoimento, no decorrer do processo, seis vezes e foi considerada ‘indigna de fé’ pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, afirmou o advogado de Garotinho, em nota, acrescentando que “aguarda providências. O caso de ameaça chamou a atenção do vice-procurador-geral-eleitoral da República, Nicolao Dino, que se posicionou favorável à diplomação dos vereadores. “O inquérito demonstra a capacidade de influência dos réus, o que justifica o afastamento dos vereadores. O juiz aplicou medida cautelar em atendimento à manutenção da ordem pública, que segue ameaçada. Fiz juntar aos atos cópia de depoimentos de testemunha que se sente ameaçada. Não estou atribuindo a conduta aos pacientes, mas ilustrando o grau de instabilidade em Campos, o que justifica a medida cautelar”, justificou. 
Senado deverá concluir votação de PEC do foro privilegiado nesta semana
Foto: Jonas Pereira / Agência Senado
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acaba com a prerrogativa de foro para autoridades que praticam crimes comuns deverá ser concluída nesta semana pelo Senado. A PEC já foi aprovada em primeiro turno no final de abril, com 75 votos favoráveis e nenhum contrário. O projeto altera a legislação vigente, segundo a qual senadores, deputados federais e ministros envolvidos em práticas de roubo e corrupção têm direito a ser investigados e julgados apenas no Supremo Tribunal Federal (STF). No caso de governadores, o foro é o Superior Tribunal de Justiça (STJ), enquanto que prefeitos são julgados pelos tribunais de Justiça nos estados. Com a mudança, as autoridades deverão ser julgadas pela primeira instância no estado onde o eventual crime tiver ocorrido. A exceção é mantida para os presidentes da República, da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal. De acordo com o G1, também deverá ser debatido pelo plenário a reforma trabalhista. O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, sindicalistas e especialistas foram convidados para a discussão, marcada para esta terça-feira (16). 
Para investigadores, depoimento de Lula reforça indícios de obstrução de justiça
Foto: Filipe Araujo / Fotos Públicas
Para os investigadores da força-tarefa da Lava Jato, o depoimento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao juiz Sérgio Moro serviu para reforçar os indícios de que o ex-presidente atuou em atos de obstrução à justiça no âmbito da operação. Segundo informações do blog de Fausto Macêdo, n'O Estado de S. Paulo, eles acreditam que há provas de que Lula tentou dificultar o trabalho dos investigadores e da Justiça, inclusive com suposta destruição de provas e intimidação de autoridades e testemunhas do processo. De acordo com a publicação, essas suspeitas devem culminar em outro inquérito contra o petista, em Curitiba, e, por consequência, em mais uma denúncia criminal. Durante o depoimento, realizado na última quarta-feira (10), Lula confirmou ter se encontrado com o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, e com o ex-presidente da OAS, José Aldemário Pinheiro, mais conhecido como Léo Pinheiro. Já condenados no processo, os dois relataram que Lula teria pedido para que fossem destruídas provas do esquema de corrupção na estatal.
Feira: Operadora de telemarketing terá quadrigêmeos em gravidez natural
Foto: Ney Silva / Acorda Cidade
Uma mulher vai dar à luz quadrigêmeos, em Feira de Santana. Rosilene Lima da Silva, de 29 anos, está grávida de processo natural, o que torna o caso dela raro. Ao Acorda Cidade, a mulher, que trabalha como operadora de telemarketing, disse que a primeira reação foi “de medo”, por não ter conhecimento da situação. Segundo ela, o obstetra que a atendeu informou que casos de quadrigêmeos como o dela ocorrem em probabilidade de 1 a cada 600 mil. Rosilene Silva diz que agora a preocupação é com o número de fraldas e roupas para os bebês. A ''quadrimãe'', como está sendo chamada, já estimou que deve gastar 32 fraldas por dia. Para ajudar o casal, amigos farão um chá de fraldas solidário nesta terça-feira (16) para promover doações. O evento ocorrerá às 17h, no Pátio Buriti, na Avenida Maria Quitéria. Rosilene da Silva já está no quinto mês de gestação e já é mãe de um menino de oito anos.
Equipe de Bolsonaro prepara documentário para amenizar imagem de extremista
Foto: Câmara dos Deputados
A equipe do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) prepara um documentário para amenizar a imagem de extremista que o projetou. O material, focado inicialmente para a internet, já mira nas eleições presidenciais de 2018. A intenção é construir a ideia de estadista para o parlamentar. De acordo com a coluna Painel, assessores estão garimpando cenas em que ele aparece carregando bandeiras do arco-íris, símbolo do movimento gay, e arquivos da Câmara em que faz discursos ponderados e em ataque à corrupção. A equipe de Bolsonaro também tem orientado que ele evite falas raivosas contra determinados grupos ou colegas da Câmara. Ainda segundo a publicação, a brincadeira no seu gabinete é que a meta para este ano é passar 2017 sem novos processos no Conselho de Ética da Casa.
Pais reclamam de falta de farda na rede municipal; entrega é prevista para 2º semestre
Foto: Reprodução / TV Bahia
Pais e responsáveis por alunos da rede municipal de ensino reclamam da falta de uniformes para os estudantes. Na falta do fardamento oficial, algumas escolas tentaram instituir um padrão, como bermuda e camiseta branca “É falta de farda. As crianças terminam o ano, acabam o ano e essas fardas nunca chegam. Eles estão exigindo uma bermuda jeans e a gente não tem condição de todo dia estar lavando essa bermuda jeans para a criança ir para a escola”, afirmou a dona de casa Luciene, em entrevista à TV Bahia, mãe de uma aluna do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) 1º de Maio, em Massaranduba, na Cidade Baixa. Segundo a diretora da instituição, a ideia de usar bermuda azul e camiseta branca surgiu de um pai, durante reunião entre pais e professores. Ela confirmou que está faltando fardamento e destacou, no entanto, que a exigência não é feita pela escola. Outra mãe, Elielma Santos, afirma que não tem dinheiro para comprar os itens. “Eu recebo R$ 177 e não dá para quase nada. Para comprar alimentação e uma farda para ela, comprar bermuda, não tem como comprar. Todo dia tem que trocar a roupa delas três. Aí todo dia cobra: ‘cadê a farda das crianças’. E nada”. Um pai, o comerciante Manoel Brito, reforçou a necessidade da troca de roupa. “Todo dia tem que ser uma troca de roupa. O uniforme ajuda. Eles chegam, um vai lavar e de manhã ele já vem com outro”, aponta. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Smed), está faltando fardamento por conta de problemas jurídicos ocorridos na licitação do ano passado e as empresas não estariam preparadas para fazer as entregas dos kits. “Até o início do próximo semestre letivo, entre julho e agosto tudo já esteja com as crianças, esse é o nosso grande objetivo. E é muito importante que a gente fale com todos os pais, todos os responsáveis por essas crianças, que a farda não é condição para que eles frequentem a escola”, afirmou uma representante da secretaria. 
Extremo Oeste: Cratera continua aberta há mais de um mês na BR-020
Foto: Reprodução / TV Oeste
Uma cratera continua aberta há mais de um mês em um trecho da BR-020, entre São Desidério e Luís Eduardo Magalhães, extremo oeste baiano. O buraco foi aberto no dia 2 de abril, por conta das fortes chuvas que caíram na região. O trecho fica no km 132, no distrito de Roda Velha, em São Desidério (lembre aqui). Devido ao problema, o trecho precisou ser interditado, e os motoristas que passam no trecho precisam trafegar por um desvio para voltar à rodovia. Conforme o G1, os condutores ainda esperam em uma fila para pegar a pista, porque só tem uma faixa de tráfego. A BR-020 é rota importante para escoamento de produção agrícola da região. Em torno de 100 fazendas produtoras de soja, milho e algodão ficam na rodovia, que liga Brasília a Fortaleza. Ainda segundo o site, o prazo inicial da conclusão da obra era de um mês, mas houve atraso. Segundo previsão do Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], a obra deve ficar pronta até junho.
STF pode evitar que Lula seja preso de imediato, se for condenado
Foto: Nelson Jr/ STF
O Supremo Tribunal Federal (STF) pode evitar que o ex-presidente Lula, mesmo que seja condenado pelo juiz Sérgio Moro e depois o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), seja preso imediatamente. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, a tendência é que a maioria do Supremo siga a tese de que a regra é a reclusão após a confirmação em um tribunal em segunda instância – não há norma que obrigue, no entanto, que isso seja feito. Para o STF, com a comoção que a prisão de Lula poderia causar, sobretudo se ocorrer às vésperas ou durante um ano eleitoral, o melhor seria garantir que ele aguarde uma sentença condenatória confirmada pelos tribunais superiores em última instância. Ao menos cinco ministros tendem a permitir que as pessoas respondam em liberdade até o julgamento em terceira instância: Marco Aurélio de Mello, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli. No entanto, em relação à Lei da Ficha Limpa, a possibilidade de escapar com liminar do STF é remota – se condenado em segunda instância, ele não poderá se candidatar em 2018. 
Segunda, 15 de Maio de 2017 - 06:40

Coreia do Norte diz que míssil pode transportar ogiva nuclear

por Associated Press | Bahia Notícias
Coreia do Norte diz que míssil pode transportar ogiva nuclear
Foto: Divulgação
A Coreia do Norte diz que o míssil estratégico de alcance médio longo que testou pode transportar uma ogiva nuclear. A agência de notícias oficial Korean Central diz que o míssil disparado no domingo era capaz de transportar uma ogiva nuclear de tamanho grande e peso pesado. Os sul-coreanos, os militares japoneses e os norte-americanos dizem que o míssil voou por meia hora e alcançou uma altitude estranhamente elevada, antes de chegar ao Mar do Japão. Tóquio diz que o padrão de voo pode indicar um novo tipo de míssil.Autoridades japonesas dizem que o míssil voou por aproximadamente 30 minutos, viajando cerca de 800 quilômetros (500 milhas) e atingindo uma altitude de 2.000 quilômetros.
TJ-BA suspende tramitação de PL que tira dispositivos que asseguram proteção à Prainha
Foto: Reprodução / Candeias Mix
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) concedeu uma liminar que suspende a tramitação de um projeto de lei que retira dispositivos que asseguram proteção ambiental à Prainha, área da costa da cidade de Candeias, na região metropolitana de Salvador. A decisão do juiz Sergio Humberto de Quadros Sampaio é do dia 5 deste mês e atende a uma ação popular contra um projeto de lei que estabelece as diretrizes da política industrial da Bahia e dispõe sobre o Plano de Diretrizes Industriais, Logísticas e de Sustentabilidade do Centro Industrial de Aratu - CIA e do Canal de Cotegipe. A matéria é de autoria do governo do estado e foi encaminhada este ano à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Ela substitui um projeto de lei de 2014 que trata do mesmo assunto, mas não inclui em seu texto dois incisos referentes à Prainha. O primeiro deles cita a "área consolidada pelas principais atividades do Porto de Aratu, na qual se destaca a proteção ambiental e paisagística do balneário conhecido como 'Prainha', reduto tradicional de lazer em área industrial". O segundo inciso cita a Prainha como Zona de Interesse Ambiental e Recreativo (ZIAR) e a classifica como um espaço "de importância ambiental, de recreação e balneário da comunidade local e para o turismo náutico da região". O projeto que foi encaminhado a AL-BA em dezembro 2014 e continha os dispositivos de proteção à Prainha foi retirado de tramitação no mesmo mês por decisão do próprio governo. A nova proposta chegou à Assembleia em março deste ano e já foi encaminhado ao plenário da Casa para votação. Recentemente, a Câmara de Vereadores de Candeias enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação em que pede à Corte para julgar improcedente uma ação do governo estadual para declarar inconstitucional uma lei municipal que coloca a região da Prainha como zona de preservação ambiental.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 21:31

Veja os gols de Bahia 6 X 2 Atlético (PR)

Domingo, 14 de Maio de 2017 - 19:00

Manifestantes se reúnem em campo de golfe de Trump

por Associated Press | Estadão Conteúdo
Manifestantes se reúnem em campo de golfe de Trump
Foto: Reprodução / Politico
Cerca de 200 manifestantes se reuniram no campo de golfe do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nos arredores de Los Angeles, e se espalharam pela grama de maneira a formar a palavra "resistir". O grupo, que se autodenomina "Indivisível San Pedro", organizou a manifestação no sábado (13), em um parque público situado dentro do Trump National Golf Course, em Rancho Palos Verdes. Peter Warren, um jornalista aposentado, informou ao Los Angeles Times que o grupo queria protestar contra as políticas de Trump e pedir a renúncia de retornos de impostos.

Wagner se diz tranquilo com delação de Palocci: 'Virou saída pra não ficar preso'
Foto: Cynthia Vanzella / Brazil Forum
Ex-ministro e atual secretário do governo Rui Costa, Jaques Wagner se disse tranquilo com o conteúdo de uma possível delação do ex-ministro Antonio Palocci. Presente no BRazil Forum, em Oxford, o petista avaliou que essa é a única saída para "não ficar preso por muito tempo". "Eu não sei o que ele vai falar. Se alguém pode estar tenso, é quem teve relacionamento com ele", avaliou, negando também a possibilidade dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff estarem preocupados com o acordo. "A coisa do Lula não é o patrimônio. É muito mais fazer política. Inventaram um triplex, um sítio. Dizem que há milhões em uma conta no exterior. Cadê a conta?", questionou Wagner. Depois de falar com a imprensa, o ex-governador da Bahia participou de uma mesa com o ex-governador Ciro Gomes (PDT) e com Timothy Power, diretor de estudos brasileiros em Oxford. No debate, Wagner disse que querem transformar a política em uma torcida organizada de futebol e criticou o cargo de vice-presidente, descrito como "gasto de dinheiro" e "fórum de intriga". "Vice-presidente, vice-governador e vice-prefeito só servem para tramar. Com a rapidez que a gente chega de avião, não tem sentido ter um vice", observou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário