domingo, 14 de maio de 2017

BAVI/SERIE A, NO BRASIL E INTERNACIONAL DO PLANETA SHOWBOL/


Domingo, 14 de Maio de 2017 - 21:31

Veja os gols de Bahia 6 X 2 Atlético (PR)

Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:41

Após empate, Petkovic exalta empenho do time: 'Estou super satisfeito'

por Glauber Guerra
Após empate, Petkovic exalta empenho do time: 'Estou super satisfeito'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O técnico Dejan Petkovic estreou no comando do Vitória com um empate em 0 a 0 diante do Avaí, neste domingo (14), na Ressacada, em Florianópolis (SC), válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador ficou satisfeito com o resultado e destacou o empenho de sua equipe.

“É um jogo difícil principalmente fora de casa. Estou super satisfeito. Poderíamos ter ganho... Tivemos duas bolas na trave. Agora o time se empenhou. Uma coisa e boa e estou super satisfeito em todos sentidos, menos que poderíamos ter levado os três pontos”, analisou o treinador, em entrevista à Rádio Metrópole FM.

O treinador ainda constatou algumas falhas, mas valorizou os pontos positivos.

“Tivemos muito toque e tivemos poucas falhas, que vão sempre acontecer. Tivemos falhas de passe e de não atacar a bola. Pequenas coisas que vamos melhorar. A compactação do time foi boa e a recomposição dos extremos foi muito boa com David e Paulinho”, emendou.

O Vitória volta a campo no próximo domingo (21), contra o Corinthians, às 16h, na Arena Fonte Nova.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:38

Guto Ferreira destaca força psicológica e 'jogo consistente' do Bahia

por Ulisses Gama
Guto Ferreira destaca força psicológica e 'jogo consistente' do Bahia
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
O técnico Guto Ferreira apontou a sua satisfação com o desempenho do Bahia na goleada de 6 a 2 contra o Atlético Paranaense na tarde deste domingo (14), na Arena Fonte Nova, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva após a partida, o fator psicológico e o "jogo consistente" foram fatores ressaltados pelo comandante tricolor.
 
"O jogo começou equilibradíssimo e eles tiveram a qualidade de criar espaço e abriram 1 a 0. Aí que eu fico contente. Nossa equipe não se abateu e foi buscar, mesmo sabendo que a equipe deles se fechou mais. Tivemos a capacidade de empatar em bola parada, tomamos gol em seguida... Fomos buscar de novo o empate, a virada, em quem sentiu foram eles. Eles deram campo e matamos três contra-ataques. No segundo tempo fechamos o espaço, tivemos outras chances e conseguimos fazer mais um. O Bahia teve jogo consistente. Todas as dificuldades que tiveram, o Bahia conseguiu superar", explicou.
 
Guto lembrou a quebra de um tabu de 15 anos sem vencer na estreia da Primeira Divisão, mas não se empolgou com o resultado elástico e pregou humildade para a sequência da temporada.
 
"Desde 2002 o Bahia não estreia com triunfo e essa situação de goleada não tem há tempo. Continuamos com nossas limitações, continuamos com nossas virtudes e essas virtudes sobressairam. Hoje os gols que perdemos nos Ba-Vis aconteceram. Torcedor quem que comemorar, mas temos que ficar com os pés no chão", indicou.
 
O Bahia volta a jogar na próxima quarta-feira (17), contra o Sport, em Recife, pela primeira partida da final da Copa do Nordeste.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:27

Geferson fica satisfeito com empate e já pensa no Corinthians

por Glauber Guerra
Geferson fica satisfeito com empate e já pensa no Corinthians
Foto: Eduardo Valente / Frame / Estadão Conteúdo
O lateral-esquerdo Geferson, do Vitória,  ficou satisfeito com o empate em 0 a 0 diante do Avaí, neste domingo (14), na Ressacada, em confronto válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

“Tivemos um bom primeiro tempo e o segundo também. Procuramos o ritmo de jogo e só faltou o gol. Mas foi um bom resultado”, disse o jogador, em entrevista à Rádio Metrópole FM.

O lateral já foca no duelo contra o Corinthians, domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova.

“Agora vamos trabalhar durante a semana e pensar no próximo jogo”, finalizou.
Zé Rafael desabafa após triunfo sobre o Atlético-PR: 'Calou a boca de muita gente'
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
Autor de um dos seis gols marcados pelo Bahia contra o Atlético-PR na tarde deste domingo (14), o meia Zé Rafael desabafou após o fim do jogo na Arena Fonte Nova. Em suas palavras, o atleta tricolor rebateu os críticos.
 
"Calou a boca de muita gente. Tem gente que não acredita no potencial de nossa equipe, mas estamos nos agrupando e vamos brigar por coisas grandes nesse ano", declarou, em entrevista à Rádio Metrópole.
 
Com o resultado, o Bahia lidera o Campeonato Brasileiro com três pontos e quatro gols de saldo. O próximo duelo na Primeira Divisão será no próximo domingo (21), às 11h, contra o Vasco, no Rio de Janeiro.
 
Antes, o Bahia entra em campo na quarta (17) para enfrentar o Sport Recife, na Ilha do Retiro, pela primeira partida da final da Copa do Nordeste.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:13

Paulinho valoriza empate contra o Avaí: 'De bom tamanho'

por Glauber Guerra
Paulinho valoriza empate contra o Avaí: 'De bom tamanho'
Foto: Eduardo Valente / Frame / Estadão Conteúdo
O Vitória ficou no empate em 0 a 0 com o Avaí, neste domingo (14), na Ressacada, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão chegou a colocar duas bolas na trave, uma com Willian Farias e outra com Paulinho. O camisa 26 comentou os lances e valorizou o resultado.
 
“Procuramos atacar o máximo possível. Sabemos da qualidade do Avaí. Tivemos duas bolas na trave, mas estamos tranquilos. Não era o resultado que esperávamos, mas um ponto fora de casa está de bom tamanho”, disse o jogador, em entrevista ao Canal Premiere.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Petkovic somou um ponto. O próximo duelo é contra o Corinthians, domingo (21), na Arena Fonte Nova.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:10

Jean vibra com goleada na estreia: 'Tudo que começa bem, termina bem'

por Ulisses Gama
Jean vibra com goleada na estreia: 'Tudo que começa bem, termina bem'
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
O goleiro Jean, do Bahia, comemorou muito a goleada sobre o Atlético Paranaense por 6 a 2 na tarde deste domingo (14), na Arena Fonte Nova, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Ao fim da partida, o jovem arqueiro tricolor destacou a importância de estrear com um bom resultado.
 
"Bom demais estrear com o pé direito. Tudo que começa bem, termina bem. Tomara que seja uma Série A de conquistas para a equipe do Bahia", declarou, em entrevista à Rádio Metrópole.
 
Após o triunfo na competição nacional, o Esquadrão de Aço mira as atenções para a Copa do Nordeste. Na próxima quarta-feira (17), a equipe do técnico Guto Ferreira começa a decidir o regional contra o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 18:02

Autor de dois gols, Régis enaltece departamento médico do Bahia

por Ulisses Gama
Autor de dois gols, Régis enaltece departamento médico do Bahia
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
Mesmo com dores na coxa, o meia Régis atuou diante do Atlético Paranaense neste domingo (14) e ajudou o Bahia a golear o Atlético Paranaense por 6 a 2 na Arena Fonte Nova, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Após a partida, o atleta celebrou o resultado e exaltou o departamento médico do clube.
 
"A gente esteve em tratamento intensivo durante a semana. Houve a dúvida se eu iria jogar, mas com a dedicação do departamento médico, entrei em campo e pude ajudar o Bahia neste triunfo", declarou, em entrevista ao Canal Premiere.
 
Com o resultado, o Bahia lidera o Campeonato Brasileiro com três pontos e quatro gols de saldo. O próximo duelo na Primeira Divisão será no próximo domingo (21), às 11h, contra o Vasco, no Rio de Janeiro.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 17:54

Fora de casa, Vitória empata sem gols com o Avaí

por Glauber Guerra
 Fora de casa, Vitória empata sem gols com o Avaí
Foto: Thiago Pedro/ Futura Press/ Estadão Conteúdo
O Vitória estreou no Campeonato Brasileiro de 2017 com um empate sem gols. Em duelo disputado neste domingo (14), na Ressacada, em Florianópolis, o time Rubro-negro ficou no 0 a 0 com o Avaí. O Leão chegou a mandar duas bolas nas traves. A primeira na etapa inicial com Willian Farias e outra no segundo tempo com Paulinho.

O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Petkovic é contra o Corinthians, no dia 21 de maio, às 16h, na Arena Fonte Nova.

O JOGO
O Vitória iniciou o Brasileirão de uniforme novo. A outra novidade no Rubro-negro foi no banco de reservas. Dejan Petkovic assumiu a equipe e agora acumula as funções de gerente de futebol e treinador.

O jogo começou cadenciado com as duas equipes tocando a bola. Mas aos 11, o Vitória mostrou que não queria um resultado positivo. Cleiton Xavier fez boa jogada e mandou para a área. Rafaelson cabeceou de costas para o gol e quase inaugurou o placar.

Aos 12, Capa mandou do meio da rua e a bola quase foi para no fundo das redes, mas Fernando Miguel conseguiu fazer a intervenção.
O Avaí marcava dentro do seu próprio campo e tentava explorar a velocidade do seu trio de atacantes, já o Vitória mantinha a posse de bola, mas com pouca objetividade.

A melhor chance do primeiro tempo foi do Vitória aos 32 minutos. Willian Farias driblou um marcador e mandou um bomba. A bola explodiu na trave direita do gol defendido pro Kozlinksi.


Segundo tempo
O Vitória iniciou o segundo tempo em busca do jogo. Aos três, David arriscou de fora da área, mas a bola saiu pela linha de fundo.
O Avaí continuava com uma postura bastante defensiva. Com isso, o time Rubro-negro tinha dificuldades de chegar na área dos donos da casa.

Aos 12, Cleiton Xavier desperdiçou uma boa oportunidade. O Avaí errou na saída de bola, Patric ficou com ela e mandou para o meio-campista, que chutou de perna esquerda. A bola subiu demais e foi para fora.

O jogo começou a ficar bastante movimentado para ambos os lados. Aos 14, Paulinho chutou de primeira após vacilo da defesa do Avaí e carimbou a trave. Quatro minutos depois, Denilson chegou pela esquerda e cruzou na medida para Rômulo, que subiu bem, mas cabeceou para fora.

Um lance polêmico aos 36 deixou a torcida do Avaí na bronca com o árbitro. Junior Dutra penetrou na área, Renê Santos chegou atrasado e derrubou o jogador do time catarinense. O juiz considerou o lance legal, mas a imagem da TV mostrou que foi houve penalidade.
 
FICHA TÉCNICA
Avaí x Vitória
Campeonato Brasileiro – 1ª rodada
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 14/05/2017
Horário: 16h
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Cartões amarelos: Renê Santos  e Willian Farias (Vitória)

Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Luan e Marquinhos (Simião); Denilson, Romulo (Diego Tavares) e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Renê Santos, Alan Costa e Geferson; Uillian, Correia, Wilian Farias e Cleiton Xavier; Paulinho (Pineda), David (Euller) e Rafaelson (Flávio). Técnico: Petkovic.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 17:52

Chuva de gols! Impiedoso em estreia, Bahia aplica 6 a 2 no Atlético-PR

por Ulisses Gama
Chuva de gols! Impiedoso em estreia, Bahia aplica 6 a 2 no Atlético-PR
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
Após 15 anos, o Bahia voltou a sentir o gosto de um triunfo na estreia do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (14), em um jogo de oito gols, o Esquadrão foi mortal ofensivamente e bateu o Atlético Paranaense por 6 a 2 na Arena Fonte Nova. Tiago, Zé Rafael, Régis (duas vezes), Edigar Junio e Edson marcaram para o Bahia. Guilherme e Marcão fizeram os gols do time paranaense.

Agora, o foco tricolor é na Copa do Nordeste. Na próxima quarta-feira (17), o Bahia faz o seu primeiro jogo na final regional contra o Sport Recife, às 21h45, na Ilha do Retiro, em Recife.

O JOGO
 
O Bahia começou o jogo fazendo jus ao mando de campo e assustou o Atlético. Aos três minutos, Edigar Junio recebeu passe em profundidade na grande área, chutou, mas foi travado pela defesa rubro-negra. Na sequência, após cobrança de escanteio, Juninho pegou a sobra, mas finalizou mal e a bola foi para a linha de fundo.
 
A equipe tricolor seguiu dominando e pressionando nos primeiros minutos. Aos dez, Allione avançou em velocidade pela esquerda e serviu Régis, que finalizou em cima da defesa. 
 
Guilherme abre o placar para o Atlético
 
A máxima do futebol já diz: quem não faz, toma. Aos 14 minutos, Guilherme, livre de marcação, recebeu lançamento de Sidcley na entrada da área, bateu rasteiro e balançou as redes a favor do Atlético Paranaense.
 
Aos 20 minutos, o Esquadrão esboçou uma reação com Zé Rafael, que arriscou um chute de muito longe e obrigou Weverton a espalmar para o lado. Três minutos depois, Eduardo avançou em velocidade pela direita, cruzou rasteiro, mas Edigar Junio não alcançou.
 
De cabeça, Tiago empata; Marcão põe CAP na frente
 
Com 33 minutos de jogo, o Bahia chegou ao empate com Tiago, que recebeu cruzamento de Juninho e cabeceou para o fundo do gol. Quatro minutos depois, o rubro-negro do Paraná tomou a frente do placar. Aos 37, Marcão aproveitou cruzamento de Guilherme e precisou finalizar duas vezes para vencer o goleiro Jean.
 
Quatro gols em nove minutos: Bahia vira e termina primeiro tempo na frente
 
Em um espaço de cinco minutos, o Bahia desandou a fazer gols na Arena Fonte Nova. Com 39 minutos, Zé Rafael avançou em velocidade, passou pelos defensores e tocou por cima do goleiro para empatar o jogo. Dois minutos depois, Régis recebeu passe de Allione na entrada da área, chutou colocado e colocou o Esquadrão na frente.
 
Em vantagem, o Esquadrão se mostrou insaciável e aproveitou mais falhas do Atlético. Aos 43, após jogada pela direita, Edigar Junio invadiu a área e bateu forte, sem dar chances para Weverton. Antes do apito do juiz para decretar o fim da primeira etapa, Régis recebeu próximo da área, avançou em velocidade e encobriu o goleiro para fazer 5 a 2 para o Bahia.


Segundo tempo
 
Os primeiros segundos da parte final foram de susto para o time visitante. Zé Rafael recebeu pelo lado direito, chutou com força e a bola passou ao lado da meta de Weverton. Aos 24 minutos, o Esquadrão quase marcou com Edson, que cabeceou e obrigou Weverton a fazer uma grande defesa.
 
Edson faz o sexto
 
Aos 26, o Esquadrão marcou o sexto gol. Após cruzamento e falha da defesa do Atlético, a bola ficou livre com Edson, que bateu com força para estufar a rede do goleiro Weverton.

Perto do final do jogo, o Bahia teve a chance de aumentar ainda mais a margem. Maikon Leite recebeu passe em profundidade, encobriu Weverton com um toque e viu Cleberson afastar a bola antes de chegar ao gol.
FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético Paranaense
Campeonato Brasileiro - 1ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 14/05/2017
Horário: 16h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (ambos de SP)
Cartões amarelos: Marcão (duas vezes) (Atlético-PR)
Cartões vermelhos: Marcão (Atlético-PR)
Gols: Régis (duas vezes), Edigar Junio, Zé Rafael, Tiago e Edson (Bahia) / Guilherme, Sidcley (Atlético-PR)

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Edson, Juninho e Régis (Diego Rosa); Allione, Zé Rafael (Gustavo) e Edigar Junio (Maikon Leite). Técnico: Guto Ferreira.

Atlético Paranaense: Weverton; Cleberson, Marcão e José Ivaldo; Jonathan (João Pedro), Eduardo Henrique, Bruno Mota (Matheus Rosseto) e Sidcley; Guilherme, Douglas Coutinho (Nikão) e Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 17:30

Melo e Kubot vencem franceses e conquistam título do Masters de Madri

por Estadão Conteúdo
Melo e Kubot vencem franceses e conquistam título do Masters de Madri
Foto: Reprodução / Twitter
A folga inesperada no sábado (13) fez bem a Marcelo Melo e Lukasz Kubot. Descansados, eles venceram os franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin neste domingo e conquistaram o título da chave de duplas do Masters 1000 de Madri, na Espanha. Brasileiro e polonês fecharam a partida com placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3.

Melo e Kubot faturaram o segundo troféu da temporada, na terceira final do ano. Antes, foram campeões do Masters 1000 de Miami, no piso duro, e levaram o vice-campeonato em Indian Wells, sobre a mesma superfície. Em Madri, brilharam pela primeira vez no ano no saibro, às vésperas de Roland Garros.

Brasileiro e polonês chegaram descansados para a final deste domingo porque não precisaram jogar no sábado, em razão do abandono dos rivais Jack Sock, dos Estados Unidos, e Nick Kyrgios, da Austrália.

Na decisão, Melo e Kubot oscilaram um pouco no set inicial, até sofrendo uma quebra de saque. Porém, faturaram duas sobre os franceses e abriram vantagem no placar. No segundo set, eles elevaram o nível, principalmente no saque, com até 89% de aproveitamento dos pontos quando jogaram com o primeiro serviço. Sem sofrer quebras, asseguraram a comemoração.

A dupla vai voltar à quadra já nos próximos dias para a disputa do Masters de Roma, também no saibro. Eles vão estrear direto nas oitavas de final, por serem "bye" na chave.


Domingo, 14 de Maio de 2017 - 17:20

Homenagem do Bahia Notícias pelo Dia das Mães

O Bahia Notícias deseja um feliz Dia das Mães a todas as mamães que acompanham a cobertura diária do que acontece na Bahia, no Brasil e no mundo.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 16:30

Rexona-Sesc perde de time turco e fica com vice-campeonato no Mundial

por Estadão Conteúdo
Rexona-Sesc perde de time turco e fica com vice-campeonato no Mundial
Foto: Reprodução / Diker Spor
Ainda não foi desta vez que o Rexona-Sesc conquistou seu primeiro título no Mundial de Clubes. Na manhã deste domingo (horário de Brasília), a equipe comandada pelo técnico Bernardinho não resistiu ao forte time turco Vakifbank Istanbul e foi superada por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/21 e 25/21, na final, disputada em Kobe, no Japão.

Foi a segunda vez que o time carioca foi batido pelo rival turco numa decisão. A primeira aconteceu em Zurique, na Suíça, na edição do Mundial de 2013. Com o triunfo deste domingo, a Turquia garante seu terceiro troféu consecutivo na competição. Nos dois últimos anos, o Eczacibasi Istanbul ficou com o título.

Na final deste ano, o Rexona-Sesc parou no forte bloqueio do rival turco. Foram 13 pontos somente neste fundamento. Numa equipe recheada de grandes jogadoras, o Vakifbank foi liderado pela chinesa Ting Zu, campeã olímpica e uma das melhores do mundo. Ela anotou 19 pontos e foi a maior pontuadora da partida. A norte-americana Kimberly Hill também brilhou, com seus 13 pontos.

Do lado brasileiro, Gabi ficou aquém do esperado. Após ser a melhor jogadora da equipe em quadra nos últimos jogos, ela anotou apenas nove pontos neste domingo. Monique acabou se tornando a maior pontuadora do Rexona-Sesc, com 10 pontos. Drussyla anotou oito.

Sem maior inspiração, a equipe brasileira parou fácil na marcação do time turco e não conseguiu repetir as boas atuações das partidas anteriores. Em nenhum momento, o Rexona-Sesc conseguiu ameaçar Vakifbank Istanbul, que chegou ao seu segundo título mundial.

Também em quadra neste domingo, o Osasco Vôlei Nestlé foi derrotado mais uma vez na competição. Fora das semifinais, a equipe paulista foi derrotada pelo Dínamo Moscou por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/19, 27/25 e 25/18, e acabou terminando a competição na sexta colocação, entre oito participantes.


Após empate do Atlético-MG, Fred põe Flamengo como favorito ao títuoo
Foto: Divulgação / Atlético-MG
O centroavante Fred foi um dos destaques do Atlético-MG no empate por 1 a 1 contra o Flamengo, no Maracanã, no último sábado (13), pela rodada de abertura da Série A. O atacante deu a assistência para o gol do volante Elias.

O jogador comentou sobre a partida e colocou o Fla como um dos favoritos ao título.  “A bola acabou não entrando. Eles [Flamengo] foram pouco melhores que a gente no primeiro tempo. Foi um jogo do padrão do Campeonato Brasileiro. Todo mundo fala que sim [duelo de favoritos ao título]. A gente coloca o Flamengo como favorito, mas, como bons mineiros, corremos por fora”, analisou.

O próximo jogo do Galo será pela Libertadores. Na terça-feira (16), o adversário será o Godoy Cruz (ARG), num jogo que vale a liderança do grupo 6
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 15:15

Em evento na Arena Fonte Nova, Bahia lança novos uniformes para 2017

por Ulisses Gama
Em evento na Arena Fonte Nova, Bahia lança novos uniformes para 2017
Foto: Divulgação / EC Bahia
Momentos antes do jogo contra o Atlético Paranaense neste domingo (14), pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro, o Bahia promoveu o evento "Dia de Bahêa" na Arena Fonte Nova e lançou os novos uniformes do clube, produzidos pela Umbro. Conforme reza o estatuto do clube, os dois modelos não fugiram de suas tradições. O padrão número 1 é em sua maioria branco, com uma manga azul e outra vermelha. A segunda camisa, por sua vez, segue com as listras verticais em azul, vermelho e branco. "A parceria com a Umbro coloca o Bahia no topo do que existe em tecnologia e no desenvolvimento de materiais que qualificam a performance de nossos atletas-guerreiros, que estarão representando as cores da Bahia no cenário nacional e internacional! O conceito desenvolvido para essa temporada remete ao período do Descobrimento do Brasil – afinal, tudo começou aqui! É o Bahia pela Bahia! Espero que nosso apaixonado torcedor curta a nova coleção", declarou o diretor de mercado do clube, Jorge Avancini. O novo enxoval estará à disposição para a torcida a partir desta segunda (15), com preços de 249,90 (com número) e R$ 239,90 (sem número).

Foto: Divulgação / EC Bahia
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 14:30

Liga mais equilibrada do mundo do futebol, Brasileirão tem inúmeros favoritos

por Marcius Azevedo | Estadão Conteúdo
Liga mais equilibrada do mundo do futebol, Brasileirão tem inúmeros favoritos
Foto: Rafael Ribeiro / CBF
O técnico Cuca reestreia pelo Palmeiras neste domingo (14) contra o Vasco, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da euforia dos torcedores palmeirenses pelo retorno do treinador campeão no ano passado, ele pediu cautela à torcida. Quem já ganhou o torneio sabe que não será nada fácil conquistar pela segunda vez a competição mais equilibrada do mundo.

Em comparação às seis maiores ligas do planeta, o Brasileirão é o que inicia com o maior número de equipes em condições de conquistar o título. Claro que existem favoritos, como o próprio Palmeiras, muito pelo investimento desmedido de sua parceira, ou o Flamengo, outro clube que parece alheio à crise econômica. Mas é impossível descartar Corinthians, Santos, São Paulo, Grêmio, Atlético Mineiro, Cruzeiro, Fluminense...

De 1971, ano da primeira edição do Brasileirão - mais tarde, os títulos conquistados de 1959 a 1970 foram unificados pela CBF -, para cá, o Brasil registrou 17 campeões contra 12 de Inglaterra e França, seguidos de Alemanha e Itália (ambos com nove), Espanha (sete) e Portugal (quatro). Exceção feita ao Campeonato Francês, todos os outros apresentam uma concentração de forças. São sempre poucos times brigando pelo título. "Certamente o Brasileiro é o mais equilibrado do mundo. Você pode colocar aí 10, 12 times em condições de brigar pelo título", afirmou o ex-atacante Careca, campeão italiano pelo Napoli na temporada 1989/1990 ao lado do argentino Diego Maradona.

Por lá, a Juventus é soberana, com as equipes de Milão brigando pelo segundo posto. "Existem campeonatos mais difíceis, mas competitivo como é o Campeonato Brasileiro, não há", completou Careca.

Campeão pelo La Coruña em 1999/2000, em um campeonato em que Real Madrid e Barcelona se revezam na conquista dos títulos com raríssimas exceções, o ex-meia Djalminha aponta que o Brasileirão se tornou o mais equilibrado do mundo principalmente depois da mudança na fórmula de disputa, em 2003. "Desde que mudou para o sistema de pontos corridos, ficou claro (que o Brasileirão é o mais equilibrado) porque não tem nenhum time superior ao outro. Esse é o motivo. Não podemos confundir equilíbrio com dificuldade. Não é o mais difícil, é o mais equilibrado", analisou.

Para Djalminha, o equilíbrio está ligado ao poder financeiro. "Na Espanha, temos o costume de dizer que só ganha Real e Barça, mas olha os times em relação aos rivais? Se Flamengo e Corinthians fossem assim, eles também ganhariam tudo. A diferença é essa".

Campeão brasileiro pelo Santos em 2002, o ex-atacante Aberto concorda com Djalminha. "São níveis diferentes. É o mais equilibrado porque os clubes conseguem chegar em um orçamento parecido", afirmou. "Você tem o Palmeiras, que me parece ter muito dinheiro, se reforça mais, consegue um elenco maior e de qualidade. Mas isso também não faz com que o time seja o campeão garantido, que vai existir uma briga apenas para quem vai ficar em segundo".

Assim como Alberto, Djalminha e Careca não arriscam palpites para campeão em 2017. "O Palmeiras foi campeão em 2016, contratou, tem praticamente dois times, mas não o vejo como favorito absoluto. É um dos candidatos. Temos alguns times na briga pelo campeonato", disse Djalminha. "O Palmeiras, agora com o Cuca, tem tudo para chegar, mas tem São Paulo, Corinthians, Grêmio, Flamengo, os clubes de Minas...", completou Careca.

Alberto faz um alerta. Segundo ele, diante de um campeonato tão equilibrado, o bom desempenho no Estadual não pode servir de parâmetro para o Campeonato Brasileiro. "Quem vai mal no Estadual acaba se reforçando e se acerta e o que ganhou, não. Isso faz diferença", disse. "O Inter foi campeão gaúcho em 2016, começou até como líder no Brasileiro e depois foi rebaixado à Série B".


Série A: No Maracanã, Fluminense bate o Santos pelo jogo da manhã
Foto: Divulgação
O Fluminense largou bem na Série A. A equipe carioca bateu o Santos por 3 a 2, neste domingo (14), no Maracanã, pelo jogo da manhã da primeira rodada da competição nacional. O centroavante Henrique Dourado marcou duas vezes para o Flu e Sornoza também deixou o seu. Victor Ferraz e Vladimir Hernández descontaram para o time paulista.}}

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira (17). O Tricolor das Laranjeiras enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Os santistas, por sua vez, visitam o The Strongest (Bolívia), pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores.
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 13:04

Vitória perde e é eliminado pelo Paulistano na semifinal do NBB

por Matheus Caldas
Vitória perde e é eliminado pelo Paulistano na semifinal do NBB
Foto: Divulgação / NBB
O sonho do Vitória de chegar à final do NBB foi adiado. Neste domingo (14), a equipe rubro-negra foi derrotada por 70 a 67 para o Paulistano, em São Paulo, e a série foi fechada em 3 a 0, num jogo válido pela semifinal da competição nacional. O Leão começou mal e chegou a tomar 12 pontos de vantagem. No entanto, no segundo tempo, chegou a virar o jogo. Só que as bolas de três foram novamente fundamentais para o adversário e o Vitória não suportou o alto aproveitamento neste quesito da do selecionado paulista. Nesta fase, o time baiano era o "intruso". Isso porque, todos os outros semifinalistas são do estado de São Paulo Agora, o Paulistano espera o vencedor de Pinheiros e Bauru para saber quem será seu adversário na finalíssima. 
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 12:46

No Facebook, Umbro divulga padrão 2 do uniforme do Bahia

por Matheus Caldas
No Facebook, Umbro divulga padrão 2 do uniforme do Bahia
Foto: Divulgação / Umbro
Momentos antes do lançamento oficial, a Umbro, fornecedora de material esportivo do Bahia, deu uma palhinha do que o torcedor neste domingo (14). No Facebook oficial da marca, foi exposta a camisa tricolor, padrão 2 do Esquadrão. Além disso, algumas partes da camisa branca foram divulgadas para o torcedor. Oficialmente, todo o enxoval será lançado no pré-jogo de Bahia e Atlético-PR, às 16h, na Fonte Nova, pela primeira rodada da Série A.
 

Derrotado por Miocic, Cigano se emociona: 'Queria dar essa vitória para o meu filho'
Foto: Jason Silva / Combate
Ex-campeão dos pesados do UFC, Junior Cigano falhou na tentativa de ser novamente o detentor do cinturão da categoria no último sábado (13). O brasileiro foi nocauteado no primeiro round pelo norte-americano Stipe Miotic, na luta principal do UFC 211, e Dallas (EUA).

O lutador disse ter ficado triste, pois queria homenagear seu filho caso vencesse. “Estou muito triste por ter perdido, queria ter vencido. Fiz tudo certo, mas ele foi melhor do que eu essa noite. Só estou triste porque queria dar essa vitória para o meu filho”, lamentou.

Apesar da derrota, Cigano garante ter ficado feliz também pelo momento que Miocic vive. “Para tirar o cinturão do Miocic vai precisar de muita coisa. Ele é campeão pra valer. Está indo muito bem, tem as mãos muito pesadas.  Do jeito que eu vejo, ele vai continuar crescendo nessa divisão, nesse cenário que o UFC tem agora e vai se tornar um dos melhores. Eu o admiro e se eu não sou o campeão, estou feliz que seja ele. Ele representa muito bem o espírito esportivo”, declarou.

Ex-campeão dos pesados do UFC, Junior Cigano falhou na tentativa de ser novamente o detentor do cinturão da categoria no último sábado (13). O brasileiro foi nocauteado no primeiro round pelo norte-americano Stipe Miotic, na luta principal do UFC 211, e Dallas (EUA).

O lutador disse ter ficado triste, pois queria homenagear seu filho caso vencesse. “Estou muito triste por ter perdido, queria ter vencido. Fiz tudo certo, mas ele foi melhor do que eu essa noite. Só estou triste porque queria dar essa vitória para o meu filho”, lamentou.
Apesar da derrota, Cigano garante ter ficado feliz também pelo momento que Miocic vive. “Para tirar o cinturão do Miocic vai precisar de muita coisa. Ele é campeão pra valer. Está indo muito bem, tem as mãos muito pesadas.  Do jeito que eu vejo, ele vai continuar crescendo nessa divisão, nesse cenário que o UFC tem agora e vai se tornar um dos melhores. Eu o admiro e se eu não sou o campeão, estou feliz que seja ele. Ele representa muito bem o espírito esportivo”, declarou.


Hamilton vence GP da Espanha e mantém equilíbrio do Mundial de Fórmula 1
Foto: Divulgação / Fórmula 1
A caça do inglês Lewis Hamilton ao líder do Mundial de Fórmula 1 continua. Neste domingo (14), o inglês, da Mercedes, venceu o GP da Espanha e pôs fogo no campeonato e no alemão da Ferrari, que ficou na vice-liderança da prova.

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, fechou o pódio da corrida, válida pela quinta etapa da competição de pilotos. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, ficou na 13ª posição.

Agora, Hamilton possui 98 pontos na competição, enquanto Vettel continua na liderança, com 104 pontos. A próxima etapa será no tradicional circuito de Monte Carlo, no Grande Prêmio de Mônaco, no dia 18 deste mês.


Em derrota do Goiás, Leo Gamalho revela 'veto' de fair play do técnico Sérgio Soares
Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C
O Goiás apresentou um mau futebol e perdeu por 1 a 0 para o Figueirense, no último sábado (13), dentro de casa, pela primeira rodada da Série B. O atacante esmeraldino Léo Gamalho, ex-Bahia, revelou que, no meio da partida, o também tricolor Sérgio Soares, técnico da equipe, vetou um lance de fair play.

No segundo tempo, após uma sequência de defesas difíceis, o goleiro do Figueira, Thiago Rodrigues, caiu no chão, jogou a bola pela lateral e pediu atendimento médico. Na cobrança, os jogadores goianos não devolveram a bola, o que causou uma confusão em campo.

“O goleiro botou a bola para fora. Ele queria o massagista para olhar a perna. Só que nós estávamos perdendo em casa. Fica ruim. Quando a gente foi devolver, o Sérgio falou pra jogar. Se não, fica um vício. Como ele pediu, temos que respeitar a decisão dele”, revelou, em entrevista ao canal Premiere.

O próximo duelo do Goiás na competição será contra o América-MG, fora de casa, às 21h30 desta sexta-feira (19).
Em amistoso, Jequié vence o Fluminense de Feira dentro de casa
Foto: Divulgação / Jequié
Num amistoso preparatório, visando a Série D, o Fluminense de Feira foi derrotado por 1 a 0 para o Jequié, no último sábado (13), no Estádio Waldomiro Borges, casa do adversário. Kel marcou o gol. Ambas as equipes estavam de folga neste fim de semana e marcaram esta partida.

O ADJ tinha uma partida contra o Ypiranga. No entanto, com a exclusão do Aurinegro, o Jipão, assim como todos os outros adversários da Série B estadual, ganhou os três pontos. Com isto, a equipe do interior continua na liderança do certame, com 13 pontos conquistados.

O Flu de Feira, por sua vez, espera o início da competição nacional. Na partida do último sábado, o técnico Paulo Foiani entrou com a seguinte formação: Jair; Welton, Breno, Eduardo e Gilmar. Rogério, Memo, Davi Ceará e Rafael Granja; João Neto e Luiz Paulo.

No segundo tempo, o Touro utilizou todos os jogadores que estavam no banco de reservas.

Na divisão de acesso estadual, o próximo compromisso do Jequié seria novamente contra o Ypiranga. Entretanto, o clube deve novamente receber os pontos por esse jogo.

O Flu de Feira, por sua vez, entra em campo no próximo domingo (21). O adversário na estreia da Série D será o Itabaiana, fora de casa, num duelo válido pelo grupo A8 da competição.


Domingo, 14 de Maio de 2017 - 08:30

São Paulo deve cancelar empréstimo e devolver atacante Neilton ao Cruzeiro

por Ciro Campos | Estadão Conteúdo
São Paulo deve cancelar empréstimo e devolver atacante Neilton ao Cruzeiro
Foto: Divulgação
O atacante Neilton não deve mais jogar pelo São Paulo. Contratado no início desta temporada, o jogador não foi relacionado pelo técnico Rogério Ceni para a partida deste domingo contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela estreia no Campeonato Brasileiro, e a tendência é que camisa 7 tenha o empréstimo cancelado, com a devolução à equipe mineira, dona dos direitos econômicos.

Neilton veio ao São Paulo como uma das primeiras contratações na janela de transferências. O clube do Morumbi firmou com o Cruzeiro a troca pelo volante Hudson, por um pedido do treinador para se ter um atacante de velocidade. Porém, o reforço nunca teve sequência no clube, disputou 11 partidas e não fez gols. A última atuação dele foi contra o Defensa y Justicia, da Argentina, na última quinta-feira, pela Copa Sul-Americana.

O jogador foi escalado como titular na ocasião, mas não foi bem e acabou substituído no intervalo. Antes desta participação contra a equipe argentina, Neilton também sofria com críticas. O contrato dele por empréstimo iria até dezembro. A devolução não influi na situação de Hudson, que continuará no Cruzeiro durante esta temporada.

Fora dos planos do clube do Morumbi, Neilton tem duas equipes da Série A como destinos mais prováveis neste momento. Uma delas é o Botafogo, onde teve boa passagem no ano passado. A outra é o Bahia.
Com lançamento de novo uniforme, Bahia estreia na Série A contra o Atlético-PR
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
Após garantir o quarto lugar na Série B de 2016 e se credenciar à elite do futebol nacional, chegou o dia da reestreia para o Bahia dentro do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (14), às 16h, o Esquadrão faz o seu debute contra o Atlético Paranaense, na Arena Fonte Nova.

O começo da caminhada tricolor será marcado pelo lançamento dos novos uniformes da equipe para sequência da temporada. Na  última sexta-feira (12), a fornecedora Umbro divulgou detalhes da camisa (confira).

Dentro de campo, o Esquadrão quer começar a Primeira Divisão com o pé direito. A última vez que o Esquadrão conseguiu um  triunfo na primeira rodada foi em 2002. Na opinião do meia Régis, artilheiro da equipe, o time tem que se impor dentro de casa.

"Independente de vir titular ou reserva, vem o Atlético. Temos que tomar cuidado, mas dentro de casa temos que nos impor  para fazer o resultado. Sabemos da qualidade deles, mas não podemos ficar acuados. Temos que buscar o triunfo o tempo  todo", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Para o duelo, o Bahia não terá à disposição o lateral-esquerdo Armero, vetado pelo departamento médico em virtude de um  trauma no pé direito. O atacante Hernane, em recuperação de uma fratura na tíbia, e o lateral Wellington Silva, com um  problema no joelho, são os outros desfalques.

Em um jejum de gols e envolvido na disputa da Copa Libertadores, o Atlético chega a Salvador sem vários atletas titulares. 

O zagueiro Thiago Heleno, o volante Deivid, o meia Carlos Alberto, o meia-atacante Felipe Gedoz e o atacante Pablo estão  fora, além dos zagueiros Paulo André e Wanderson, poupados. Por outro lado, o lateral-direito Jonathan se recuperou de lesão e deve ser titular.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético Paranaense
Campeonato Brasileiro - 1ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 14/05/2017
Horário: 16h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (ambos de SP)

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Edson, Juninho e Régis; Allione, Zé Rafael e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Atlético Paranaense: Weverton; Jonathan, Cleberson (José Ivaldo), Marcão e Nicolas; Eduardo Henrique (Otávio), Matheus Rossetto e Guilherme; Nikão (Yago), Douglas Coutinho e Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori
Domingo, 14 de Maio de 2017 - 05:00

Com Petkovic no comando, Vitória visita o Avaí na estreia do Brasileirão

por Glauber Guerra
Com Petkovic no comando, Vitória visita o Avaí na estreia do Brasileirão
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
O Vitória inicia sua trajetória no Campeonato Brasileiro neste domingo (14), às 16h, na Ressacada, em Florianópolis (SC). O confronto marcará a estreia do técnico Petkovic no comando da equipe. Além de ser treinador, o sérvio exerce a função de gerente de futebol.

O goleiro Fernando Miguel destacou a importância de começar o certame com um resultado positivo. “A expectativa de todos aqui é muito grande. É importante começar o Campeonato Brasileiro com uma vitória. Dá moral. A gente espera fazer uma grande partida e trazer os três pontos", disse o goleiro, em entrevista ao Bahia Notícias.

O confronto entre Vitória e Avaí no Campeonato Brasileiro é equilibrado. Os times se enfrentaram cinco vezes, com dois triunfos para cada equipe e um empate. O lateral-direito Patric, que já atuou no clube catarinense, deu a receita para conseguir um resultado positivo.

“Vamos começar o Campeonato Brasileiro contra o Avaí, que é uma equipe que conheço bem. Joguei lá e a torcida inflama bastante. É preciso segurar os primeiros 15 minutos e depois começar a ditar o jogo. Sabemos que um ponto é importante, mas se vencermos será melhor ainda”, afirmou.

Para o duelo, o técnico Petkovic tem uma lista extensa de desfalques: Fred (dor muscular), André Lima (fascite plantar), Bruno Ramires (cirurgia na coxa), Kanu (desconforto no joelho) Gabriel Xavier (contratura muscular) e Kieza (em fase de transição). A tendência é que a equipe entre em campo com a seguinte formação: Fernando Miguel; Patric, Renê Santos, Alan Costa e Geferson; Uillian, Correia, Wilian Farias e Cleiton Xavier; Paulinho, David e Rafaelson.

FICHA TÉCNICA
Avaí x Vitória
Campeonato Brasileiro – 1ª rodada
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 14/05/2017
Horário: 16h
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Luan e Marquinhos; Denilson, Romulo e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Renê Santos, Alan Costa e Geferson; Uillian, Correia, Wilian Farias e Cleiton Xavier; Paulinho, David e Rafaelson. Técnico: Petkovic.
Sábado, 13 de Maio de 2017 - 22:05

Novas camisas do Vitória são vendidas durante evento no Barradão

por Glauber Guerra / Ulisses Gama
 Novas camisas do Vitória são vendidas durante evento no Barradão
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Momentos depois dos novos uniformes do Vitória serem lançados na noite deste sábado (13), no Barradão, o torcedor rubro-negro teve as peças à disposição para compra. A ação do clube foi destacada pelo diretor de marketing, Armando Libório. "Pela primeira vez na história do clube vendemos no dia do lançamento. O nosso torcedor recebe a camisa primeiro que o time", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias. Os novos mantos custam R$ 189 para sócios e R$ 210 para torcedores que não são associados. A estreia do novo enxoval será neste domingo (14), contra o Avaí, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário