sexta-feira, 19 de maio de 2017

AS TRICOLEADERS DO EC BAHIA - SUA CRIAÇÃO!


EST. GERINO SOUZA / LAURO DE  FREITAS 28/12/13
   BAHIA 0X0 ATL/MG/  09/11/13 NA ARENA FONTE NOVA  - SERIE A /ELITE MAIS DE 29 MIL  TORCEDORES /F. CHIQUINHA  MARAVILHA
AS  TRICOLAYDS!  DA  NAÇÃO TRICOLOR DO EC  BAHIA/ NA  PISTA  DA ARENA  FONTE NOVA
 O CAPITÃO AMÉRICA! UM DOS HERÓIS  DA  NAÇÃO TRICOLOR  DO EC BAHIA! UNINDO FORÇAS DE AÇO!


                                     AS TRICOLAYDERS DA NAÇÃO TRICOLOR
                                            AS TRICOLAYDERS DA NAÇÃO TRICOLOR

     Tricoleaders que jogam junto com o Bahia/F. Chiquitinha Maravilha 14/05/17 A. Fonte Nova

Página curtida · 2 de outubro de 2013 

A partir de agora, as "tricoleaders" são parceiras oficiais do Bahia. A advogada Bruna Sousa, 26, a estudante de odontologia Marla Gabriela, 20, e a professora Júlia Nara, 22, estiveram há pouco na sede administrativa do clube. 

 advogada Bruna Sousa, 26, a estudante de odontologia Marla Gabriela, 20, e a professora Júlia Nara, 22,

As Tricoleaders que jogam junto com o Bahia


Coreografia e amor incondicional: as Tricoleaders que jogam junto com o Bahia

Sem remineração, cheerleaders do Tricolor se dividem entre trabalhos, estudos, ensaios e jogos do Esquadrão
De brincadeira de criança ao reconhecimento nas ruas. Assim se tornou a vida de 16 torcedores do Bahia que decidiram se unir para apoiar o Esquadrão nos estádios. Iniciado em 2011, as Tricoleaders, como são conhecidas as Cheerleaders do Esquadrão, são um grupo de meninas que animam a torcida tricolor durante os jogos do Bahia em Salvador. A proposta surgiu depois de uma brincadeira das irmãs Naiara Azevedo, estudante e Júlia Nara, professora.
“Em 2007 eu tive a ideia, com minha irmã e mais duas colegas. Tentamos fazer nessa época, mas foi um período complicado, quando aconteceu o acidente na Fonte Nova. O Bahia passou a jogar longe, aí deixamos de lado. Quando vimos as meninas do Ceará, em Fortaleza, e as do Corinthians, voltamos a conversar sobre o assunto”, explicou Naiara. Segundo ela, o grupo começou a tomar forma através de fóruns na internet.
“Em 2010, ano do acesso à serie A, minha irmã (Júlia) lançou na comunidade do Bahia no Orkut um tópico querendo saber o que a torcida achava. Todos nos apoiaram. Começamos então a procurar meninas interessadas e foi assim que surgiu o grupo. Algumas meninas eram nossas amigas e outras nós conhecemos na comunidade do Bahia no Orkut”, complementa ela.
As coreografias utilizadas em campo são todas bem ensaiadas antes das partidas. Segundo Naiara, esse é o diferencial entre as animadoras do Bahia e as de outros clubes, que em alguns casos são contratadas pelas diretorias das equipes. A maior dificuldade para elas está na organização do tempo entre os estudos e as profissões, já que o grupo é composto por estudantes e profissionais formadas.
“Geralmente ensaiamos aos sábados à tarde, que é o único horário em que todas podem ir. Mas agora tivemos que aumentar nosso ritmo. Ensaiamos o sábado todo e quem não pode ir pela manhã, ensaia na sexta à noite. Agora é bem mais corrido e complicado. Em jogos dia de semana dificilmente vão as dez (limite de meninas por jogo) por causa do trabalho ou faculdade”, disse Júlia.
Fora dos gramados – Longe dos estádios, as meninas levam uma vida normal. São estudantes, enfermeiras, professoras, dentistas e advogadas. Por receio de ter a imagem julgada em alguns ambientes, muitas não revelam que fazem parte do parte do grupo de animadoras do Bahia.
“Em algumas profissões existe um tipo de desconfiança. No meu caso, meus colegas de trabalho nem sabem. Mas isso varia bastante. Tem meninas que são admiradas pelos pacientes, como Marla que é dentista, e Angélica, que é enfermeira, e além de ser tricoleader trabalha no projeto “Anjos da Enfermagem”, que leva animação pra crianças com câncer. Não escondemos, só não saímos espalhando. Para quem pergunta a gente confirma numa boa. Acho que muitas vezes chega a ser ignorância. Para a gente torna-se um hobby, uma maneira de se divertir com o nosso time”, explicou Júlia, que é professora.
A advogada Bruna Sousa segue a mesma linha de pensamento, mas o maior problema para ela veio de casa. “Minha família que tem uma leve resistência. Se prendem ao estereótipo de advogado ser sisudo e não poder ser divertido nem na vida pessoal, mas eu fujo de estereótipos. Faço tudo que acredito que seja correto, me faça bem, e que não ofenda a ninguém, mesmo que esse “tudo” seja aparentemente contraditório”, afirmou a tricoleader.
Aprovação da família e ciúmes – O problema familiar não é exclusividade de Bruna. Por estarem inseridas em um universo machista, que são os estádios de futebol, algumas meninas chegaram a deixar o grupo por conta de ciúmes nos relacionamentos. Porém, Naiara garante que a maior parte da torcida Tricolor apoia e respeita o trabalho realizado.
“A maioria da torcida respeita, mas ainda existe os que acham que somos ‘marias-chuteiras’, que somos desocupadas, essas coisas. Justamente por isso temos algumas regras. Não nos relacionamos com jogadores, evitamos também a imprensa e tomamos cuidado com alguns torcedores. A questão dos relacionamentos é complicado. Algumas meninas já saíram do grupo por isso, outras já terminaram o namoro por causa do grupo”, explicou.
Garotas afirmam que maior parte da torcida respeita, mas preferem tomar alguns cuidados
Amor ao Bahia – Depois de um início complicado, quando entravam apenas nos intervalos dos jogos e não tinham qualquer tipo de apoio, as Tricoleaders firmaram parceria com a nova diretoria do Bahia. O acordo já está dando retorno. Além de fechar com uma empresa que produz as roupas utilizadas nas partidas, as meninas contam agora com um fotógrafo oficial. E mais novidades devem acontecer.
“Um dos advogados da intervenção nos perguntou se eramos contratadas. Então ele mandou a gente ir no escritório e nos apresentar oficialmente para nova gestão. Foi aí que tudo aconteceu. Ainda não somos remuneradas, por conta da situação do clube, mas não fazemos questão de dinheiro. É uma honra ser porta voz da torcida com o clube. As coisas ficam muito mais fáceis quando o clube joga junto”, explicou Naiara. E se engana quem pensa que para entrar no grupo basta ter apenas um rostinho bonito.
“Nós fazemos seleção. As meninas interessadas em participar do grupo são chamadas para o teste de dança, flexibilidade, carisma e prova escrita sobre o Bahia, que é o mais importante. Esse é o nosso diferencial. A torcida sente que nós os representamos justamente pela nossa paixão. Em qualquer lugar que nós vamos nós somos conhecidas”, afirmou a Tricoleader.
Fonte: Gabriel Rodrigues *Sob supervisão do editor de Esportes Rafael Sena

GALERIA DE  FOTOS:

GALERIA DE  FOTOS  / BAHIA 6X2 ATLÉTICO DO PARANÁ / 14/07/17/ ARENA F. NOVA
 

Tricoleaders coreografando, no intervalo  de Bahia 5x2 Atlético/Paraná, Serie A/ 14/05/17.
********************************************************************************
AS TRICOLEADEARS  DO EC BAHIA, COREOGRAFANDO  DURANTE A PARTIDA DO CAMPEONATO BAIANO DE  FUTEBOL FEMININO DA  FBF /2013, NO ESTÁDIO MUNICIPAL GERINO SOUZA, CIDADE LAURO DE  FREITAS/BA.  NA PARTIDA  EC BAHIA FEMININO X SEL DE SÃO FRANCISCO  DO CONDE. 
********************************************************************************
SÃO FRANCISCO  CONDE 3x1  BAHIA UM DAS DUAS FINALÍSSIMA DO  BAIANO FEMININO  DA FBF,  DIA  28/12/13/ UM SÁBADO /PELA  TARDE.
****************************************************************
****************************************************************

GALERIA DE  FOTOS BAHIA  0X0 ATLÉTICO MINEIRO / SERIE A /2013 - ARENA FONTE NOVA/ DIA  09/11/13. F. CHIQUITINHA  MARAVILHA.
 EC BAHIA  DE TALISCA X  ATLÉTICO MINEIRO / 09/11/2013/ SERIE A/MAIS DE 29 MIL TORCEDORES NA ARENA FONTE NOVA
 ATLÉTICO MINEIRO  0X0 EC BAHIA, / 09/11/2013/ SERIE A
GALERIA DE  FOTOS  BAHIA  X SÃO PAULO / 0X0 DIA 20/10/2013 - SERIE A - F. CHIQUITINHA  MARAVILHA 
           ARENA  F. NOVA  EM EDIFICAÇÃO /DEZEMBRO DE  2012
    TORCIDAS ORGANIZADAS,  DA NAÇÃO TRICOLOR  DO EC BAHIA!


POSTANDO MAIS FOTOS

MAIS 981 MIL ACESSOS,   20/05/17-03-17 / RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!




981 MIL ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!

TOTAL DE ACESSOS   DO BLOG  MAIS  DE  981 MIL /    DIA 20/05/17/
Alemanha Mais de  180 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos
Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
472ML ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
508149
Alemanha
181190
Estados Unidos
127230
Rússia
45504
Malásia
19730
China
14392
Ucrânia
8832
França
5920
Portugal
5460
Índia
4168




O POETA MARATONISTA!
             
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                         CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                          Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, inspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registrado em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Cristóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DE VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.





Gamaliel  na 1ª  Maratona da Independência da Bahia 1984 Salvador/Ba. 42. 198 metros
DIA 27/08/16



Curso  de  Comunicações  Verbais

(Um dos  melhores do Brasil/S. Paulo com credenciamento CFMO 097}


     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  de  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP


********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20
******************************************************************************

                                      GALERIA DE  FOTOS

FOTOS DE FRANK CHAGAS  NO  VITÓRIA 1961 
Vitória Campeão 
 Torneio Início 30/07/1961/Fonte Nova


                              VITÓRIA CAMPEÃO DO TORNEIO INÍCIO 30/07/1961


EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.

O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT

(atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..

Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela


EC Vitória campeão do Torneio início de 1961/ na primitiva Fonte Nova, com mais de 22 mil pessoas, Flu de Feira foi o vice-campeão. Torneio inicio Organizada pela ABCD - Associação Bahiana dos Cronistas Desportivo.

O citado Torneio, tradicional da então FBDT - Federação Bahiana de Desporto Terrestre (atual FBF). Abria o tradicional Campeonato Baiano de profissionais, desde dos primórdios, do citado campeonato da antiga FBDT
(atual FBF).
Frank Chagas, com este titulo do torneio início, tornou-se o primeiro jogador metense no Profissional da Bahia, a sagra-se Campeão de evento profissional do futebol Baiano.
Neste citado Torneio, a renda era para ABCD, a Fonte Nova, recebeu um público excelente de mais de 22 mil pessoas pagantes..
Em pé: Frank Chagas, Touro, Ouri, Medrado, Carlos Alberto... Agachados: Reginaldo (2º), Matos, Carlinhos Gonçalves e Ricardo. Tecnico Pinguela
FLU DE FEIRA VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO 1961
Flu de Feira Vice-campeão do Torneio Início de 30/07/1961/Fonte Nova



VITÓRIA 0x 2 FLU DE FEIRA/Campeonato Baiano de 1961

Time do Vitória 1961 Fonte Nova, Ataque, agachados: Frank (nº 7), Reginaldo, Matos, Carlinhos Gonçalves....Em pé: dentre outros, vemos Nelinho e Boquinha (direita da foto), Jornal Tarde 24/09/1961 (jogo abaixo).

Nessa partida o EC Vitória jogava pela sequencia do campeonato Baiano de Profissionais, na primitiva Fonte Nova, diante do timaço do Flu de Feira e o Vitória foi derrotado por 3x2, com Frank Chagas na ponta direita (ele, Frank, era o coringa do Vitoria e jogava, em várias posições, ataque, defesa, meio campo, sendo técnico o excelente jogador Pinguela (exercia dupla função de jogador e técnico interino do Leão da Barra)).






Nenhum comentário:

Postar um comentário