sábado, 15 de abril de 2017

NOTICIAS DA LAVA JATO, E MUITO MAIS......Quando residir no mcentro comrcis;

Sábado, 15 de Abril de 2017 - 19:00

Alunos da rede municipal de município paulista recebem ovos de páscoa estragados

por Luiz Alexandre Souza Ventura, especial para AE | Estadão Conteúdo
Alunos da rede municipal de município paulista recebem ovos de páscoa estragados
Foto: Getty Images
O Fundo Social de Solidariedade de Bertioga, no litoral sul de São Paulo, distribuiu ovos de páscoa na quinta-feira (13) e uma parte dos produtos estava estragada. Pais de alunos da Escola Municipal Professor Delphino Stockler de Lima, na Vila Itapanhau, encontraram ovos mofados, com larvas e sem condições para consumo. Em um dos casos, uma menina de oito anos chegou a comer um pedaço do chocolate. "Minha filha sentiu um gosto ruim. Verifiquei a data de validade e a aparência do ovo quando recebi mensagem de uma amiga informando sobre o caso. Imediatamente fui averiguar e, de fato, o ovo está com odor ruim, mofado e com a data de validade adulterada", afirma a manicure Priscilla Coentro. "A primeira-dama (do município, que distribuiu os ovos) entrou em contato comigo na sexta-feira (14) e disse ter acionado o setor jurídico da prefeitura. Ela ligou novamente neste sábado (15) e afirmou que os ovos serão recolhidos e enviados para a fabricante. Disse também que serão enviados outros em boa qualidade", contou a mãe da aluna. Por meio de nota, a prefeitura de Bertioga afirmou que aproximadamente 5 mil ovos foram doados por cidadãos ao Fundo Social de Solidariedade de Bertioga. "Chegou ao nosso conhecimento que apenas dez ovos apresentaram problemas. Eles serão substituídos imediatamente", destacou a administração. "Estamos apurando o caso com muito cuidado e responsabilidade", ressalta a nota. A prefeitura informou ainda não ter como abrir os ovos para saber se estão em condições de consumo, "mas o mínimo que se espera é que o produto esteja de acordo com a embalagem. Claro que o prazo de validade foi checado. Estamos fazendo uma grande busca para identificar o fabricante. O departamento jurídico da prefeitura irá acionar os responsáveis", conclui a nota.

Apesar de perspectiva otimista do governo, deputados questionam reforma da previdência
Foto: Divulgação
Mesmo com a disposição do governo para flexibilizar pontos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da reforma da Previdência, o tema continua sensível, inclusive para partidos da base aliada do presidente Michel Temer. Os principais questionamentos são a idade mínima unificada de 65 anos (para homens e mulheres) e os 49 anos de contribuição para ter acesso ao benefício integral. O relator da reforma da Previdência na Câmara, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA) fará no próximo dia 18 a leitura de seu relatório na comissão especial de análise da PEC 287. Espera-se que o texto modifique cinco pontos polêmicos da reforma, conforme autorizado por Temer na última semana. São eles: regra de transição para quem está na ativa, aposentadoria do trabalhador rural, aposentadoria especial para professores e policiais, pensão por morte e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a deficientes físicos e idosos sem condições de sustento. Segundo a Agência Brasil, os temas são citados recorrentemente nas 130 emendas apresentadas por parlamentares ao texto. Mesmo com as mudanças, o governo ainda tem discordâncias a contornar. O deputado Paulo Pereira da Silva (Solidariedade-SP), cujo partido integra a base de Temer, acredita que as alterações ainda não são suficientes para garantir a aprovação da reforma. “O governo recuou em pontos que não considero que resolveram o problema. Acho que o principal problema da reforma é a idade mínima e a transição. Hoje não existe idade mínima. Então, se você sai de zero para 65 anos, não tem nenhuma possibilidade de ter acordo. É muita coisa”, afirma o deputado, que preside a central Força Sindical, contrária à reforma. Paulo Pereira da Silva é autor de uma emenda à reforma que reduz a idade mínima única de 65 anos a 58 anos para mulheres e 60 anos para homens. Outra alteração é que, pela emenda, o cálculo do valor da aposentadoria começaria com 60% da média das contribuições e não com os 50% previstos na proposta do governo. Assim, com o acréscimo de 1 ponto percentual por ano trabalhado, o tempo para acesso ao benefício integral cai de 49 para 40 anos. A emenda muda ainda a regra de transição. O Palácio do Planalto, entretanto, está otimista com a aprovação do relatório do deputado Arthur Maia na comissão especial da reforma da Previdência. Na avaliação do governo, a flexibilização de cinco pontos da proposta ajudou a conseguir mais votos favoráveis. Neste domingo, o presidente Michel Temer vai reunir líderes da base aliada na Câmara, o relator da reforma da Previdência, Arthur Maia, o presidente da comissão criada para debater o tema, Carlos Marun (PMDB-MS), e o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em um jantar para tratar do tema. Além das discordâncias na base o governo terá de encarar os partidos de oposição, os maiores críticos da reforma. O deputado Pedro Uczai (PT-SC), autor de emendas que suprimem os trechos na PEC 287 relacionados ao trabalhador rural e à aposentadoria especial para professores, acredita que a proposta será aprovada na comissão especial mas enfrentará dificuldades no plenário da Casa.
Ao tentar fertilização in vitro, marido e mulher descobrem que são gêmeos
Foto: Shutterstock
Um casal norte-americano descobriu, durante a tentativa de ter um filho, que na verdade eram irmãos gêmeos separados no processo de adoção. Marido e mulher se conheceram na universidade e tentavam engravidar em uma clínica de fertilização, no estado do Mississippi, quando receberam o resultado do exame de DNA. Segundo o jornal Extra, o médico da clínica percebeu a semelhança genética do casal e decidiu testar o elo fraternal. "Eles se atraíram por conta das semelhanças. Eles se conectavam, de verdade. Se eles ao menos soubessem da verdade, poderiam ter sido poupados dessa dor agora", disse o médico. O casal iniciou uma pesquisa para entender o que havia acontecido. Ainda pequenos, eles perderam os pais biológicos em um acidente de carro e acabaram adotados por famílias diferentes. Marido e mulher agora pensam no futuro da relação, proibida no estado em que vivem.
Servidora pública é morta a facadas em Teixeira de Freitas; ex é preso em flagrante
Foto: Reprodução / TV Santa Cruz
Um homem foi preso em flagrante na última quinta-feira (13) suspeito de matar a ex-mulher a facadas, no município de Teixeira de Freitas. A servidora pública Helena Soares Bordes, de 42 anos, foi atingida em várias partes do corpo, quando estava em casa, no bairro Liberdade II. De acordo com a polícia, o suspeito é Edson de Jesus, que vivia na mesma casa da vítima, apesar de estarem separados. O homem nega o crime. Familiares da vítima apresentaram uma bermuda de Edson manchada de sangue à polícia. A roupa teria sido usada no momento em que ele cometeu o crime e foi encontrada pelos parentes de Helena no forro da casa. Edson confirmou à polícia ser o dono da bermuda, mas disse não saber por que a peça estava no forro da casa ou suja de sangue. As circunstâncias e motivação do crime serão investigadas.
Número de mortos em explosão de carro-bomba na Síria chega a 100
Foto: Sana Handout
A Defesa Civil da Síria informou ter resgatado mais de 100 corpos do local onde um carro-bomba explodiu neste sábado nos arredores da cidade de Aleppo em uma área onde estavam cerca de 5 mil pessoas retiradas dos redutos xiitas de Fua e Kefraya. Em sua página no Facebook, os chamados "capacetes brancos" disseram que estão prestando assistência a mais de 50 feridos, segundo informações da Agência Brasil. A organização não governamental Observatório Sírio de Direitos Humanos calculou anteriormente em 43 o número de mortes no atentado na região de Rashidin, onde as vítimas esperavam desde ontem para serem levadas a seu destino final, como parte de um acordo entre o governo de Bashar al Assad e a oposição.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 17:20

Juiz é assassinado na frente do filho em Porto Alegre

por Chico Guevara, especial para AE | Estadão Conteúdo
Juiz é assassinado na frente do filho em Porto Alegre
Foto: Reprodução / RBS TV
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga o assassinato de um juiz na manhã deste sábado, 15, na zona sul de Porto Alegre. Cláudio Roberto Ost, de 50 anos, foi alvejado com cinco tiros quando saía da casa da namorada, uma jovem de 25 anos. O suspeito, segundo a polícia, é um adolescente de 17 anos, ex-namorado da companheira de Ost. O juiz morreu no local, em frente ao filho de 9 anos de idade. O magistrado atuava na Justiça do Trabalho de Santa Rosa, cidade do noroeste gaúcho. Conforme o delegado Daniel Mendelski, Ost havia chegado de viagem com a namorada, quando encontraram o ex-namorado dela dentro de sua casa, no bairro Jardim Vila Nova. Depois de uma discussão, o menor foi embora. Mais tarde, porém, ao deixar o local, o juiz foi surpreendido e assassinado já na rua, quando entrava em seu carro. O suspeito possui passagem por tráfico e está sendo procurado. Ost era viúvo, deixa um filho de 9 e outro de 28 anos.

Última pessoa nascida antes de 1900, mulher mais velha do mundo morre aos 117 anos
Foto: Reprodução / New York Times
Suposta mulher mais velha do mundo, a italiana Emma Morano morreu neste sábado (15) aos 117 anos. Emma nasceu em 29 de novembro de 1899. "Ela teve uma vida extraordinária e sempre nos recordaremos de sua força para seguir adiante", afirmou o prefeito de Verbania, na Itália, onde a senhora vivia. O Gerontology Research Group (GRG), que busca as pessoas mais idosas do mundo, afirmou que a nova decana da humanidade é a jamaicana Violet Brown, que nasceu em 10 de março de 1900. Segundo a Folha de S. Paulo, o grupo norte-americano diz que Emma Morano era a última pessoa conhecida nascida antes de 1900. A senhora já não saía de seu apartamento há 20 anos. Desde 2015 estava de cama e era acompanhada por uma auxiliar de enfermagem. Durante quase um século, Emma se alimentou a base de três ovos diários, dois crus e um cozido, um pouco de carne e poucas frutas e legumes, seguindo orientações dadas por um médico quando ela tinha 20 anos de idade.
Salinas da Margarida: Quatro morrem e cinco ficam feridos em acidente
Foto: Divulgação / Graer
Quatro pessoas morreram na manhã deste sábado (15) devido a uma batida lateral entre dois carros na BA-001, entroncamento da cidade de Salinas da Margarida. De acordo com a polícia, além dos quatro mortos, outras cinco pessoas feridas foram levadas para o Hospital Geral de Santo Antônio de Jesus. A Polícia Rodoviária Estadual informou que um dos carros se trata de um Corsa com placa de Salvador, enquanto o outro, um Palio, tem licença de Taperoá. As quatro pessoas que morreram estavam no Corsa, que ainda levava um dos feridos. Dos quatro ocupantes do Palio, um está em estado grave.
Procurador se irrita com Emílio Odebrecht durante delação: 'Vamos deixar de historinha'
Foto: Reprodução / YouTube
O procurador da República Sérgio Bruno Cabral Fernandes se irritou com o descaso do empresário Emílio Odebrecht ao relatar, durante interrogatório, os casos de corrupção e financiamento ilegal de campanhas. Durante o depoimento, o empresário afirmava que a conta da Odebrecht movimentou R$ 300 milhões em seis anos para financiamento de campanhas eleitorais. No entanto, disse não saber detalhes sobre o uso do dinheiro. "Eu seria leviano de querer afirmar uma coisa que não tenho como provar", disse. No momento seguinte, o procurador rebate que "essa história de doação de campanha é uma desculpa para se pedir propina e corrupção" e ressalta que "é hora de jogar limpo". "Não é possível que R$ 300 milhões pagos em seis anos seja doação de campanha. Isso aqui, na nossa visão, é considerado propina, crime de corrupção. O que a gente quer saber é na visão do senhor como colaborador", afirmou Cabral Fernandes ao reforçar que os ex-ministros da Fazenda Guido Mantega e Antonio Palocci cometeram, cada um em sua época, crime de corrupção. "São R$ 300 milhões que foram gastos sei lá com que, ainda que fosse na campanha com santinho, com tempo de televisão, com marqueteiro, podia ter sido construído escola, hospital e todo esse país que o senhor sonha e quer ver. Esse dinheiro poderia estar lá. Vamos agora deixar de historinha, de contos de fadas e falar as coisas como elas são, dizer a verdade como a coisa suja é feita", concluiu.

Sábado, 15 de Abril de 2017 - 16:00

MP mantém investigação sobre acidente que matou filho de Alckmin

por Estadão Conteúdo
MP mantém investigação sobre acidente que matou filho de Alckmin
Foto: Arquivo Pessoal
O Ministério Público manterá a investigação sobre o acidente de helicóptero que matou o filho do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e mais quatro tripulantes em abril de 2015, mesmo depois da divulgação de um relatório final do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que afirmou que o helicóptero estava com componentes desconectados na queda (veja aqui). "A opinião do Ministério Público a respeito dos fatos não está formada, porque não concluída a investigação. No entanto, até o momento, nada alterou a manifestação já lançada no final do ano passado. Não é provável que o helicóptero tivesse alçado voo com os componentes apontados não conectados da maneira como manda o manual. Qualquer opção e enroscamento incorreto e/ou precário não permitiria o voo na forma como ocorreu", diz nota assinada pela promotora Sandra Reimberg, de Carapicuíba, na Grande São Paulo. "O Ministério Público oferece denúncia de acordo com a prova existente nas investigações. Relatório Final do Cenipa não é meio de prova. É simplesmente uma conclusão de um órgão da aeronáutica, cuja atribuição é a investigação de acidentes e incidentes aeronáuticos e tem por objetivo único a prevenção de outros acidentes e incidentes. Não se trata de laudo, não é subscrito por perito oficial, nem pode destinar-se a produzir efeitos em feitos judiciais", descreve a promotora em nota divulgada à imprensa.

Odebrecht pagou R$ 10,6 bilhões em propinas entre 2006 e 2014
Foto: Divulgação
O ex-diretor do setor de operações estruturadas da Odebrecht Hilberto Mascarenhas disse, em delação premiada, que a área criada dentro da empreiteira para fazer o pagamento de propinas movimentou mais de R$ 10,6 bilhões entre os anos de 2006 e 2014. Ao Ministério Público Federal (MPF), Mascarenhas informou que os recursos eram movimentados em contas offshores no exterior (em paraísos fiscais). O ex-executivo afirmou que alertou ao então presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, sobre os valores pagos em propina, que, segundo ele, estavam muito altos. "Estava preocupado, muita gente participando das obras, e pressionei. Fui a Marcelo [Odebrecht], várias vezes, e disse: não tem condição, US$ 730 milhões é bilhão [em reais]. Nem um mercado tem essa disponibilidade de dinheiro por fora e não tem como operar isso. É suicídio", disse. Segundo a Agência Brasil, ele afirmou que Marcelo Odebrecht teria dado a orientação de "segurar". O ex-diretor do chamado setor de propinas disse que cada executivo responsável por obras da Odebrecht podia solicitar o recurso para fazer as obras andarem. Segundo ele, os gerentes das obras recebiam bônus se atingissem as metas definidas para cada empreendimento. "Se você der aquele resultado você ganha tanto. [Então] você quer que o mundo se acabe, [mas] você quer atingir aquela meta e colocar no seu bolso, o seu milhão [no bolso]. Se fazia qualquer coisa que tinha que fazer e atingir", afirmou. Para Mascarenhas, a prática foi banalizada. "Tem que tratar esse assunto como um extra, uma necessidade. Não como prazer de comprar alguém. Já estava virando um prazer de comprar [as pessoas] e isso me incomodava", completou, ao contar que os valores pagos pelo setor da propina caíram em 2014 depois que ele pressionou Marcelo Odebrecht.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 15:20

Duas carretas pegam fogo em rodovias no oeste baiano

Duas carretas pegam fogo em rodovias no oeste baiano
Foto: Divulgação / Polícia Militar
Duas carretas pegaram fogo nesta sexta-feira (14) em rodovias do oeste baiano. Não houve feridos em nenhum dos casos, mas os veículos foram destruídos. Um dos incidentes foi registrado na BR-020, entre a cidade Luís Eduardo Magalhães e o distrito de Roda Velha. De acordo com a Polícia Militar, o motorista informou ter escutado um estouro no motor. Logo após estacionar o veículo no acostamento, as chamas tomaram conta do caminhão. As chamas apagaram naturalmente. Já o segundo caso aconteceu na BR-135, no município de São Desidério, quando um veículo que transportava soja pegou fogo. Um carro-pipa auxiliou na contenção das chamas.  
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 15:00

Explosão de carro-bomba mata mais de 40 pessoas na Síria

Explosão de carro-bomba mata mais de 40 pessoas na Síria
Foto: Ouruba Alwehda
Pelo menos 43 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas neste sábado (15) em um atentado com um carro-bomba na cidade de Aleppo, no norte da Síria, em uma região para onde foram levadas cerca de 5 mil pessoas que ontem foram retiradas de dois povoados xiitas, como parte de um acordo entre o governo de Bashar Al Assad e a oposição. Segundo a Agência Brasil, a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos destacou que o número de vítimas aumentou depois que vários feridos que tinham recebido atendimento médico morreram e que foram encontrados outros corpos no local da explosão. Já a agência de notícias estatal síria Sana informou que dezenas de civis morreram e ficaram feridos, em sua maior parte crianças e mulheres, das famílias retiradas de Fua e Kefraya.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 14:40

Com base em delação, Fachin autoriza que PGR solicite dados de entrada ao Jaburu

por Julia Lindner | Estadão Conteúdo
Com base em delação, Fachin autoriza que PGR solicite dados de entrada ao Jaburu
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou que a Procuradoria-geral da República (PGR) solicite os dados de entrada no Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente Michel Temer, no dia 28 de maio de 2014. A data foi citada pelo ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho, em acordo de delação premiada, e consta em inquérito aberto contra os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência). No dia em questão, Melo Filho relata que houve um jantar no Jaburu com a presença do ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, Padilha e Temer. Ali teria sido feito um pedido de repasse de R$ 10 milhões, sob pretexto de financiar a campanha eleitoral de 2014. Em seu depoimento, Marcelo confirmou o pedido e declarou que R$ 6 milhões seriam destinados a Paulo Skaf e outros R$ 4 milhões a campanha de Temer à vice-presidência. "Temer nunca mencionou para mim os 10 milhões, mas obviamente que no jantar ele sabia. Acertei com isso e acertei com o Padilha que dos 10, 6 iriam para o Paulo", afirmou Marcelo, que ainda avaliou que 'Temer não falaria de dinheiro', nem com ele, 'nem com a esposa, nem com ninguém'. De acordo com a Procuradoria, "há fortes elementos que indicam a prática de crimes graves, consistente na solicitação por Eliseu Padilha e Moreira Franco de recursos ilícitos em nome do PMDB e de Michel Temer, a pretexto de campanhas eleitorais". Após as delações premiadas da Odebrecht, o próximo passo dos investigadores será verificar as informações dos depoimentos. No inquérito sobre os principais ministros de Temer, Fachin autorizou ainda levantamento sobre emendas parlamentares propostas por Padilha, àépoca em que foi parlamentar; o levantamento das obras da Odebrecht relacionadas ao cargo ocupado por Moreira na Secretaria de Aviação Civil e a oitiva do advogado José Yunes, amigo de Temer e ex-assessor especial do presidente. Apesar de não poder ser investigado por atos anteriores ao mandato de presidente, Temer é citado em outro inquérito, aberto para investigar o senador Humberto Costa (PT-CE). "A investigação deve tramitar em conexão com a do senador Humberto Costa, com exceção do atual presidente da República, Michel Temer. Isso porque ele possui imunidade temporária à persecução penal", disse o procurador-geral Rodrigo Janot no pedido de abertura de inquérito. O ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial Márcio Faria da Silva, disse em seu acordo de delação que Temer comandou em 2010, quando candidato a vice-presidente da República, uma reunião na qual se acertou pagamento de propina de US$ 40 milhões ao PMDB. O valor era referente a 5% de um contrato da empreiteira com a Petrobras. Em depoimento gravado, Silva disse que o encontro se deu no escritório político de Temer, em Alto de Pinheiros, em São Paulo, em 15 de julho daquele ano. Ele afirma que se surpreendeu com a forma com que se tratou do pagamento de propina. Por meio de nota, o Palácio do Planalto reforçou que Temer jamais tratou de "negócios escusos". "Como reiterado em outras ocasiões, o presidente contesta de forma categórica qualquer envolvimento do seu nome em negócios escusos." O texto diz ainda que Temer "nunca atuou em defesas de negócios particulares, nem defendeu pagamentos de valores indevidos a terceiros".

Sábado, 15 de Abril de 2017 - 14:20

Montanha de lixo desaba e mata 19 pessoas no Sri Lanka

Montanha de lixo desaba e mata 19 pessoas no Sri Lanka
Foto: Reprodução / YouTube
O deslizamento de uma montanha de lixo neste sábado (15) deixou pelo menos 19 mortos, incluindo quatro crianças, no Sri Lanka. Segundo boletim emitido pelo hospital nacional de Colombo, dois meninos e duas meninas com idade entre 11 e 15 anos estão entre as vítimas. No total, 21 pessoas foram levadas à unidade de saúde. O incidente aconteceu em Kolonnawa, segundo o jornal O Globo, quando uma montanha de lixo com altura de 91 metros pegou fogo e caiu em cima das casas, após chuvas torrenciais. "Estamos em alerta e à espera de possíveis novas vítimas. Algumas pessoas que foram retiradas dos escombros foram trazidas durante a noite", disse o porta-voz do hospital, Pushpa Soysa. "As operações de busca continuam, e por isso esperamos mais vítimas". Atualmente em visita ao Japão, o primeiro-ministro do Sri Lanka, Ranil Wickremesinghe, assegurou que o governo tomaria medidas para retirada do lixo, mas o deslizamento aconteceu antes. "As pessoas que perderam suas casas e aquelas que precisaram ser reinstaladas serão indenizadas", reforçou.
Loja de eletrodomésticos é invadida na Av. Sete de Setembro; 20 celulares são roubados
Foto: Reprodução / Google Street View
A loja Laser Eletro, localizada na Avenida Sete de Setembro, foi arrombada nesta sexta-feira (14), quando estava fechada devido ao feriado. O gerente da loja, Luís Cláudio Marques, contou que a polícia foi acionada apenas na manhã deste sábado, após a reabertura do estabelecimento de venda de eletrodomésticos. Em entrevista ao Correio, ele contou que as imagens do circuito interno de segurança mostram um homem invadindo o local pelo telhado. "Ele entrou, arrombou o telhado e fez a bagaceira. Pelo que vimos nas câmeras, era uma pessoa só. Nas imagens, ele parece ter um volume na cintura, como se estivesse com uma arma", disse. Foram levados pelo menos 20 smartphones, no valor mínimo de R$ 300 cada, além de R$ 100 em moedas que estavam no caixa. "Vamos prestar queixa hoje ainda, assim que terminarmos a contagem", completou Marques. Uma guarnição do 18º Batalhão da Polícia Militar orientou que a ocorrência fosse registrada em uma delegacia.
Ex-presidente do TCE-RJ pediu propina pelo Maracanã enquanto assinava cartão de Natal
Foto: Reprodução / Atricon
O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) Jonas Lopes pediu propina pelo estádio do Maracanã enquanto assinava cartões de Natal. A situação foi detalhada pelo ex-executivo da Odebrecht Leandro Azevedo, em delação premiada à força-tarefa da Operação Lava Jato. Em reunião marcada pelo conselheiro em seu gabinete, Lopes discutiu com o delator o pagamento da segunda parte da propina acertada pela liberação do edital de licitação do equipamento esportivo. Naquele ano, em março de 2014, a empreiteira já tinha pago R$ 1 milhão aos conselheiros. Em dezembro, no entanto, não queria mais fazer nenhum pagamento ilícito, por temer o avanço da Operação Lava Jato. "Ele me recebeu na mesa de trabalho dele. Me perguntou se eu me importava de sentar, porque ele estava assinando cartões de Natal. E nessa ocasião ele me cobrou a continuidade do pagamento. Eu fiquei sem graça porque a gente estava no meio do Lava Jato. Tinha acabado de acontecer a prisão, se não me engnao, do presidente da OAS. Foi em dezembro, tinham acabado de acontecer as delações. Tinha 'O Globo' em cima da mesa. Eu, delicadamente, disse que ia ao toalete e falei: 'O senhor, por favor, olha a capa do Globo'", relatou Azevedo, de acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo. Segundo o delator, Lopes pediu desculpas e disse que sabia da situação. "Mas é que eu estou sendo muito pressionado pelos outros conselheiros", concluiu.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 13:20

Afeganistão: Chega a 94 o número de mortos do Estado Islâmico pelos EUA

por Estadão Conteúdo
Afeganistão: Chega a 94 o número de mortos do Estado Islâmico pelos EUA
Foto: Reprodução / Amerika Ninsei
Chega a 94 o número de militantes do Estado Islâmico mortos pela bomba lançada pelos Estados Unidos no Afeganistão, na última quinta-feira (13), informou uma agência de notícias afegã, com informações do porta-voz da província de Nangarhar, Ataullah Khogyani. Segundo Khogyani, o número de mortos é muito superior aos 36 divulgados anteriormente. "Felizmente, não há notícias de civis mortos com o ataque", informou Khogyani. Na província de Helmand, no entanto, há informações de 11 civis mortos e um ferido. A ofensiva dos Estados Unidos atingiu túneis na remota província oriental de Nangarhar, perto da fronteira com o Paquistão. O ex-presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, criticou, no entanto, os governos norte-americano e afegão pelo ataque. Ele disse que permitir que os EUA fizessem o bombardeio era "uma traição nacional" e um insulto ao Afeganistão. Os Estados Unidos estimam que entre 600 e 800 membros do Estado Islâmico estão no Afeganistão, a maior parte em Nangarhar. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também dá mais liberdade ao exército na luta contra o grupo extremista, à medida que autoriza decisões por conta própria no campo de batalha. Comandantes do exército relatam que tem mais liberdade para tomar decisões, sem a necessidade de consultar Trump. Eles implementam a visão, articulada pelo Secretário de Defesa, Jim Mattis, de dizimar o Estado Islâmico do Oriente Médio e garantir que os militantes não estabeleçam novas posições, como no Afeganistão e Somália. "Não há nada formal, mas começa a tomar forma", disse um oficial da defesa. "Há um consenso entre os comandantes de que podem fazer um pouco a mais e eles estão fazendo", disse.

Feira de Santana: Homem é morto após agredir esposa em discussão
Foto: Acorda Cidade
Um homem foi morto em Feira de Santana, nesta sexta-feira (14), depois de agredir agir com violência contra sua esposa em uma discussão. Alexandro Santos Melo, conhecido como Sandro, foi morto com um tiro na cabeça. De acordo com informações do site Acorda Cidade, a vítima teria agredido a companheira Andresiane Almeida Costa, que saiu de casa após a agressão. Alexandro foi atrás dela, mas os irmãos da mulher o perseguiram - um na mota e outro a pé. Um deles desferiu socos contra a vítima e outro disparou o tirou. Os irmãos foram identificados como André Almeida Gonçalves e Kleidson Almeida Costa. 
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 12:45

Sinval confirma acerto com Fabinho: 'Só falta o exame médico e assinar'

por Júlia Belas / Glauber Guerra
Sinval confirma acerto com Fabinho: 'Só falta o exame médico e assinar'
Foto: Divulgação / Internacional
O diretor de futebol do Vitória, Sinval Vieira, confirmou neste sábado (15) o acerto com o volante Fabinho, do Internacional. O atleta terá contrato a partir de maio com o rubro-negro baiano e deve suprir a ausência de José Welison, que fica de fora dos gramados por seis meses devido a uma lesão no joelho. “Só falta o exame médico e assinar o contrato. Mas já acertamos com o jogador e o Internacional. Está tudo apalavrado. Ele deve chegar a Salvador na semana que vem, mas com contrato a partir de maio. Vamos esperar a chegada dele”, disse o dirigente, em entrevista ao Bahia Notícias. Fabinho tem 30 anos e tem o aval do técnico Argel Fucks, com quem já trabalhou no América-RN, Figueirense e Internacional. Na última segunda-feira (10), Sinval já havia manifestado interesse no jogador. (saiba mais aqui).
Lava Jato: PF deve solicitar registro de entradas na casa de Michel Temer
Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil
A Polícia Federal deverá pedir o registro de controle de entrada do dia 28 demaio de 2014 no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, onde vivia e ainda vive Michel Temer. A solicitação é parte da estratégia montada pela força-tarefa da Operação Lava Jato para mapear onde, quando e como ocorreram as entregas de dinheiro em espécie informadas por executivos da Odebrecht. Os alvos das investigações são os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral), acusados de receber propina. De acordo com a Folha, no dia em questão houve um jantar em que Temer e Padilha teriam discutido com Marcelo Odebrecht uma doação para o PMDB, da qual teria decorrido uma doação de R$ 10 milhões em espécie. A pedido da Procuradoria-Geral da Rep´bulica, a polícia deverá seguir atrás de informações sobre possíveis encontros do ex-executivo da Odebrecht Henrique Valladares com Edison Lobão (PMDB-MA), senador e ex-ministro de Minas e Energia, também apontado como destinatário de propina em dinheiro vivo. A PF vai pedir registros dos acessos ao ministério e ao Senado, segundo a Folha. Também receberam recurso desta maneira, mas por meio de intermediários: o senador Renan Calheiros (PMDB-AL); o ministro de Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB); e o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB). Os investigadores também querem informações sobre voos, hospedagens e registros de entradas e saídas em órgãos públicos, como Congresso, Ministério da Integração Nacional e Secretaria de Aviação Civil. 
Polícia da Alemanha examina nova carta que reivindica atentado ao ônibus do Borussia
Foto: Reprodução / Twitter
A Procuradoria alemã informou que está examinando uma segunda carta que reivindica a autoria das explosões que atingiram o ônibus do Borussia Dortmund na última terça-feira (11). De acordo com uma publicação do jornal Tagesspiegel deste sábado (15), a nova carta afirma que o atentado foi de autoria de grupos de extrema-direita. Segundo Frauke Koehler, porta-voz da Procuradoria Federal, o documento está sendo examinado. As três explosões aconteceram a cerca de 10km do estádio do Borussia, e a equipe estava a caminho do jogo das quartas de final da Champions League contra o Mônaco. No local das explosões, que feriram o zagueiro espanhol Marc Batra, foram encontradas três cartas idênticas que sugeriam que o atentado fosse ligado a grupos islâmicos, e o único suspeito preso até o momento teria ligação com o Estado Islâmico. Neste sábado, o Borussia recebe o Eintracht Frankfurt pela Bundesliga e pediu que os torcedores cheguem cedo ao estádio e evitem levar bolsas ou mochilas.
Novo medicamento para combater câncer de pâncreas é aprovado pela Anvisa
Foto: Ilustração / O Globo
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o medicamento Abraxane (paclitaxel ligado à albumina) para combater câncer de pâncreas. Segundo o Globo, a substância é indicada para pacientes que apresentam adenocarcinoma de pâncreas metastático, doença rara de comportamento agressivo e alta taxa de mortalidade. Entretanto a autorização é para a forma farmacêutica em pó liofilizado para suspensão injetável, na concentração de 100 mg. No Brasil, o remédio será fabricado pela empresa Celgene Brasil Produtos Farmacêuticos Ltda.
Cristópolis: Motorista de carro morre em acidente com caminhão na BR-242
Foto: Reprodução / Macaubense Life
Um homem morreu em um acidente na BR-242, próximo ao povoado de Água Boa, em Cristópolis, nesta sexta-feira (15). A vítima, Ailton Lino da Silva, conduzia um veículo GM Astra, quando colidiu na traseira de um caminhão. O motorista ficou preso nas ferragens do veículo e foi resgatado pelo corpo de bombeiros, chegou a ser atendido por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao Hospital do Oeste. De acordo com o Blog do Sigi Vilares, o corpo de Ailton foi removido para o IML de Barreiras para a realização da necropsia. 
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 11:20

STF avalia julgar crimes cometidos pela Odebrecht no exterior

por Breno Pires | Estadão Conteúdo
STF avalia julgar crimes cometidos pela Odebrecht no exterior
Foto: STF
A parte sigilosa da lista de Fachin inclui nove determinações ao Ministério Público Federal para que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre a possibilidade de crimes cometidos no exterior pelo Grupo Odebrecht envolvendo agentes públicos ou privados estrangeiros sejam julgados no Brasil. Executivos e ex-executivos da empreiteira admitiram que operações da empreiteira em nove países - Argentina, Venezuela, Equador, México, El Salvador, Colômbia, Peru, República Dominicana e Angola - continham práticas ilícitas. Os valores descritos nas decisões do relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, somam US$ 65,68 milhões - apenas uma fração do total que o grupo já admitiu ter pago em propinas internacionalmente. Há relatos de propina envolvendo diversas obras na América Latina, como o metrô de Caracas, na Venezuela, e os Sistemas Troncais da Argentina. Delatores narraram pagamento de US$ 1 milhão a um representante do Ministério de Energia do Equador com o intuito de obter a liberação do financiamento da Usina Hidrelétrica de Toachi Pilatón. Também valores foram pagos para campanhas eleitorais presidenciais em El Salvador - de Mauricio Funes, que teria recebido R$ 5,3 milhões - e do Peru, de Ollanta Humala - que teria recebido US$ 3 milhões. Na África, um ministro de Angola, de identidade não revelada, teria recebido US$ 20 milhões para agir em favor dos interesses da empresa. Um nome revelado foi o do Emilio Lozoya, que teria recebido US$ 5 milhões quando era presidente da Pemex, a estatal do petróleo do México, como contrapartida a benefícios indevidos obtidos pela Odebrecht. Na maior parte dos casos, os pagamentos foram operados pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, o chamado "departamento da propina" da empreiteira. Jurisdição. O que o STF e a Procuradoria-Geral da República precisam decidir, neste momento, é se os crimes cometidos no exterior estão sujeitos à jurisdição brasileira. Para definir isso, Fachin pediu que a Procuradoria se manifeste à luz de dois artigos do Código Penal brasileiro, considerando o princípio da territorialidade (local onde o crime foi praticado em todo ou em parte) e a possibilidade de aplicação do Art. 337-B, que trata do crime de corrupção ativa em transação comercial internacional. Independentemente de haver investigação no Brasil ou não, a Procuradoria-Geral da República já pode comunicar ao exterior os fatos narrados pelos delatores, para que possa haver investigação estrangeira. O ministro Fachin manteve o sigilo dos autos destes nove processos atendendo ao pedido da PGR, que informou haver tratativas entre o Grupo Odebrecht e alguns países para firmar acordos de colaboração, como feito no Brasil, admitindo crimes, pagando multas e identificando agentes públicos corruptos, sem encerrar as atividades no local. A PGR se comprometeu a manter o sigilo até o dia 1.º de junho com os colaboradores, enquanto estes negociam acordos. O Estado apurou que já estão bastante avançadas as negociações da Odebrecht no Peru, na Colômbia e na República Dominicana. Em dezembro, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou que a Odebrecht e a Braskem pagaram mais de US$ 1 bilhão para irrigar subornos e fraudes pelo mundo. A empreiteira fora do País México: Odebrecht disse ter pago US$ 5 milhões a Emilio Lozoya, ex-presidente da estatal de petróleo do país, em troca de benefícios. Angola: Valor desembolsado em "vantagem indevida", segundo a empreiteira, foi de US$ 20 milhões a um ministro do governo angolano. Venezuela: Repasses ilícitos ligados a obras que a empreiteira conduzia na Venezuela chegaram a US$ 35 milhões, segundo a Odebrecht. Colômbia e República Dominicana: Odebrecht relatou repasses "ilícitos" a agentes consulares. Equador: Empreiteira afirmou ter pago US$ 1 milhão a representante do Ministério de Energia para obter financiamento para usina. Peru: Segundo a Odebrecht, US$ 3 milhões foram repassados ao então candidato à Presidência do país Ollanta Humala. El Salvador: Pagamento, segundo empresa, foi de US$ 1,7 milhão em razão da campanha presidencial de Mauricio Funes. Argentina: Empresa relatou pagamentos de vantagem indevida a agentes públicos ligados a obras no país. 

Motorista ganha indenização de R$ 50 mil contra a Uber em São Paulo
Foto: Divulgação
O motorista Fernando dos Santos Teodoro venceu uma ação trabalhista contra a Uber em São Paulo. A Justiça do Trabalho reconheceu em primeira instância o vínculo empregatício entre dezembro de 2015 e junho de 2016. Por isso, a empresar terá que pagar, além das férias, 13º e FGTS, cerca de R$ 50 mil por danos morais e dumping social (por ter exposto o motorista a discussões com taxistas). De acordo com informações do advogado Maurício Nanartonis há outros casos similares em tramitação. "Trabalho hoje com cerca de 15 ações no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª  Região de São Paulo", disse. Segundo a Folha, o ponto de partida dos processos é o desligamento de motoristas de forma considerada unilateral. "São demitidos com o simples desligar do aplicativo. A empresa trabalha com algoritmos, é uma situação desumana". A Uber informou, através de nota, que irá recorrer da decisão. "Ao conectar motoristas parceiros e usuários, a Uber cria milhares de oportunidades flexíveis de geração de renda, enquanto oferece a milhões de pessoas uma nova alternativa para se locomover pelas cidades". Ainda no processo, os advogados da empresa alegaram que o término da parceria ocorre devido "à má conduta do reclamante, que era classificado como um motorista regular, além de possuir alta taxa de cancelamento e baixa taxa de viagens completas". Porém, de acordo com a sentença, a alta taxa de cancelamento "não foi comprovada a contento".
Geddel diz que delação é 'ficção científica'; Odebrecht relata R$ 3,6 mi em propina
Foto: Agência Brasil
O ex-ministro dos governos Lula e Michel Temer, Geddel Vieira Lima, foi apontado pelo delator João Pacífico, ex-executivo da Odebrecht, como beneficiário de R$ 3,6 milhões em propina entre 2007 e 2010. A declaração consta no pacote de delações acordado entre executivos da empreiteira e a força-tarefa da Operação Lava Jato, e serviu de base para a autorização do inquérito na Justiça Federal da Bahia e do Piauí contra o cacique do PMDB baiano. Em reportagem do Jornal Nacional desta sexta-feira (14), João Pacífico cita que o codinome de Geddel nas planilhas era "Babel". "Esses valores eram retirados em Salvador, através do Departamento de Operações Estruturadas", relatou Pacífico. Ao telejornal, Geddel disse que recorrerá à Justiça para mostrar que "a delação é obra de ficção científica".
Seminário Estadual debate atribuições de agentes de saúde e endemias na Alba
Foto: Divulgação
A Comissão Especial da Câmara Federal que analisa o Projeto de Lei nº 6.437/2016, que atualiza as atribuições dos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, realiza seminário em todas as capitais brasileiras para discutir com as categorias o tema. Em Salvador, o debate acontece na próxima segunda-feira (17), no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Na capital baiana, o Seminário Estadual sobre o PL em Salvador será coordenado pelos deputados federais Jorge Solla (PT) e Daniel Almeida (PCdoB), integrantes da comissão especial formada para analisar a proposta. Também confirmaram presença representantes dos poderes públicos ligados à saúde, além das categorias envolvidas. “Diversas conquistas na área da saúde foram alcançadas a partir do trabalho desenvolvido por pelos agentes de saúde. Agora, temos novos desafios e precisamos nos adaptar a eles. Não temos mais a alta prevalência de desnutrição infantil, mas temos a obesidade, hipertensão e diabetes, que são problemas graves de saúde pública. O projeto de lei que estamos debatendo com as categorias visa atualizar perfil de atribuições desses importantes profissionais”, afirmou Jorge Solla. Apesar do projeto de lei que atualiza as funções dos agentes de saúde não tratar sobre o piso salarial, esse assunto também estará em pauta no seminário. Congelado há 3 anos em R$1.014, desde que foi instituído em 2014, o piso salarial nacional dos agentes comunitários de saúde só deverá ser reajustado pelo Governo Federal caso haja ostensiva cobrança da categoria. “Fica clara a intenção de deixar nas mãos dos prefeitos a negociação dos salários dos agentes em cada município. Mas sem reajuste do piso e do repasse feito do governo federal às prefeituras para o pagamento dos agentes de saúde, é ilusão imaginar que a maioria das prefeituras irá reajustar salários dos agentes”, explicou.
Deputada temeu estar sendo filmada ao buscar R$ 200 mil de propina em espécie
Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados
A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha de Roberto Jefferson, temeu estar sendo filmada quando foi buscar R$ 200 mil de propina em espécie. O caso aconteceu em 2012, quando Cristiane era candidata a vereadora no Rio de Janeiro. De acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo, o delator Leandro Azevedo contou que a própria Cristiane foi buscar o dinheiro no escritório da Odebrecht e questionou se a câmera usada para fazer videoconferência funcionava. Depois que o mal entendido foi desfeito, a petebista conversou com Azevedo até chegar o doleiro com o dinheiro. Cristiane abriu a mochila, pegou o pacote com o dinheiro e saiu.
Odebrecht impôs pagamento de dívida da CERB para ajudar PT; partido teria ganho R$ 30 mi
Acordo teria sido feito com Jaques Wagner | Foto: Reprodução / Globo News
O ex-governador e ex-ministro Jaques Wagner é um dos alvos da lista do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), por suspeitas de receber dinheiro pra campanha em troca de favorecimentos à empreiteira. Um dos casos, citado pelo ex-diretor de Relações Internacionais, Cláudio Mello Filho, versa sobre a campanha do sucessor de Wagner, Rui Costa, em 2014. O presidente da construtora, Marcelo Odebrecht, impôs que as contribuições fossem feitas apenas depois que a empresa recebesse as dívidas da Companhia de Engenharia ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb). O contrato foi firmado nos anos 1980, segundo o delator, e estava avaliada R$ 290 milhões. Mello Filho relatou que, caso o partido pagasse a dívida, R$ 30 milhões desse montante seram destinados à campanha petista. O vídeo do depoimento foi veiculado na edição desta sexta-feira (14) do Jornal Nacional. À publicação, Jaques Wagner afirmou que toda as contribuições recebidas foram dentro da lei e que o pagamento da dívida obedeceu a uma decisão judicial.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 09:20

Papa Francisco fala em "vergonha" da humanidade na procissão da Via-Crúcis

por Estadão Conteúdo
Papa Francisco fala em
Foto: República da Coreia / Fotos Públicas
Milhares de pessoas suportaram revistas antiterroristas para orar em uma procissão no Coliseu, em Roma, onde o papa Francisco expressou vergonha pelas falhas da humanidade. Após o fim da procissão da Via-Crúcis, Francisco leu a oração que alternava expressões de vergonha pelas falhas da humanidade e de esperança de que os "corações endurecidos" sejam capazes de perdoar e amar. A apenas dois dias da Páscoa, Francisco disse que os fiéis "olham para Cristo com os olhos baixos de vergonha e com os corações cheios de esperança". Tal vergonha deriva de "todas essas imagens de devastação, destruição e naufrágios que tornaram-se rotina em nossas vidas". "Centenas de milhares de imigrantes suportaram dificuldades nas mãos de traficantes para tentarem chegar à Europa, que tem rejeitado eles cada vez mais, e milhares deles morreram no mar nos últimos anos". Evocando guerras e conflitos, bem como ataques a minorias cristãs, Francisco também expressou vergonha "pelo sangue inocente derramado diariamente por mulheres, crianças, imigrantes e pessoas perseguidas por causa da cor de sua pele, pelo grupo étnico ou social ao qual eles pertencem ou por sua fé em Jesus".

Jaulas de macacos no Jardim Zoológico são protegidas contra Aedes aegypti
Foto: Divulgação
As jaulas dos macacos no Jardim Zoológico de Salvador foram protegidas com telas, para evitar o contato com mosquitos transmissores da febre amarela. A medida foi tomada desde o início deste mês, após a morte de animais infectados com o vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), citado pelo A Tarde, em uma semana o número de macacos infectados subiu de 18 para 32. O veterinário Fernando Oliveira, ouvido pela publicação, lembrou que os animais não transmitem a febre amarela. "Os macacos não são reservatórios da doença, pois o mosquito pode picar tanto o primata quando um humano, ou seja, a doença não é transmitida pelos macacos", reforçou.
Coreia do Norte apresenta possível novo míssil de alcance intercontinental
Foto: Reprodução / 9News

A Coreia do Norte exibiu neste sábado (15) um possível novo míssil de alcance intercontinental, durante desfile organizado em função do aniversário de nascimento de Kim Il-sung, fundador do país. De acordo com o G1, especialistas na matéria consideram que, analisando as características deste novo projétil, o míssil poderia ser falso. Isso porque não seria a primeira vez que o país exibe em desfiles maquetes falsas de mísseis que está desenvolvendo. O projétil nunca antes mostrado em público foi desfilado pelo centro de Pyongyang, em meio a outros mísseis balísticos, como os de alcance médio Mussudan e o KN-08, disparado de plataforma móvel e ainda não testado com sucesso. Os dois últimos mísseis desenvolvidos também foram apresentados: o míssil balístico lançado de submarino (SLBM) e o segundo, projétil de alcance médio que se lança de plataforma móvel testado pela primeira vez em fevereiro e em abril. 
Mega-Sena pode pagar R$ 65 milhões em sorteio deste sábado
Foto: Heloise Hamada / G1
O concurso 1.921 da Mega-Sena pode pagar R$ 65 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio acontece às 20h deste sábado (15); as apostas podem ser feitas até as 19h, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.
Temer decide manter os oito ministros alvos de inquéritos no STF, diz colunista
Foto: Carolina Antunes / PR
O presidente Michel Temer decidiu manter os oito ministros citados nas delações da Odebrecht e contra os quais foram abertos inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros são Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Bruno de Araújo (Cidades), Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Marcos Pereira (Indústria e Comércio Exterior), Blairo Maggi (Agricultura) e Helder Barbalho (Integração). Todos negam envolvimento com irregularidades. De acordo com o blog do Gerson Camarotti, no G1, a avaliação do Palácio do Planalto é que uma saída em massa prejudicaria o governo no momento em que a ordem é tentar aprovar a agenda de reformas no Congresso. Em fevereiro, o presidente chegou a dizer que afastaria temporariamente os ministros que fossem denunciados e em definitivo se virasse réus.
Homem é baleado no Centro Histórico de Salvador; autor foi preso em flagrante
Foto: Reprodução / Google Street View
Um homem foi baleado nesta sexta-feira (14) no Centro Histórico de Salvador. As circunstâncias do crime ainda não foram esclarecidas, mas a vítima foi atingida no braço esquerdo, por volta das 14h, na Praça da Sé. De acordo com informações do Correio, o autor do crime foi preso em flagrante, quando retornou à cena do crime. O homem, que não teve a identidade confirmada, foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Geral do Estado (HGE). O autor do disparo foi levado para a Central de Flagrantes, na região do Iguatemi.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 07:20

Chefe da ONU alerta para retorno e intensificação de conflitos na Líbia

por Estadão Conteúdo
Chefe da ONU alerta para retorno e intensificação de conflitos na Líbia
Foto: Jean-Marc Ferré / ONU
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou nesta sexta-feira (14) que a Líbia pode voltar ao conflito geral, citando a situação de segurança volátil em Trípoli e os combates no leste do país, rico em petróleo. O chefe da ONU expressou alarme em um relatório do Conselho de Segurança sobre a escalada miliar e o impasse político em curso no país. Guterres disse que o Estado Islâmico não controla mais territórios na Líbia, mas seus operadores foram avistados no país conduzindo ataques em diferentes áreas. Ele também disse que a comunidade internacional continua sendo alvo. A Líbia mergulhou no caos na sequência de um levante em 2011 que derrubou e matou o ditador Moammar Gadafi e permaneceu divida entre os rivais parlamentares e governistas.

CUT quer lançar bancada de sindicalistas ao Congresso em 2018; PT se preocupa
Foto: Paula Brandão / CUT
A Central Única dos Trabalhadores se organiza para lançar um grupo de sindicalistas ao Congresso nas eleições de 2018. O presidente da própria CUT, Vagner Freitas, deve concorrer à Câmara dos Deputados, por exemplo. O presidente da entidade em Pernambuco, Carlos Veras, também já é tratado como candidato. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a decisão preocupa o Partido dos Trabalhadores, por considerar que a reeleição de nomes tradicionais da legenda pode ser dificultada. Nos debates de incentivo às candidaturas, Vagne Freitas lembra que a Câmara formada em 2014 é composta em 59% por empresários e ruralistas, que juntos são mais de 300 deputados.
Sexta, 14 de Abril de 2017 - 21:00

Antes de delação, Marcelo Odebrecht disse a Moro que ‘jamais pagaria propina’

por Julia Affonso, Fausto Macedo, Ricardo Brandt e Luiz Vassallo | Estadão Conteúdo
Antes de delação, Marcelo Odebrecht disse a Moro que ‘jamais pagaria propina’
Foto: Cicero Rodrigues / World Economic Forum
Em 29 de outubro de 2015, o maior empreiteiro do País, Marcelo Odebrecht, entrou na sala do juiz federal Sérgio Moro com um discurso pronto, no qual afirmou categoricamente, ao magistrado da Lava Jato, jamais ter orientado pagamento de propina. O depoimento de Odebrecht foi por escrito - ele entregou a Moro uma lista de perguntas e repostas preparadas por sua própria defesa e se recusou a responder o interrogatório. Odebrecht havia sido preso quatro meses antes, em 19 de junho. Quatro meses depois da audiência, em fevereiro de 2016, a Odebrecht e seu líder sofreram um golpe inesperado: a prisão de Maria Lucia Tavares, secretária do emblemático Setor de Operações Estruturadas, o famoso "Departamento de Propinas" do Grupo. Maria Lucia entregou à Lava Jato os segredos do setor e os caminhos da propina paga a políticos e agentes públicos. Começava aí a ruir a versão inicial de Marcelo Odebrecht. Em dezembro de 2016, o empreiteiro e outros 76 executivos da Odebrecht fecharam acordo de delação premiada por meio do qual todos confessam uma longa rotina de pagamentos ilícitos. No documento que entregou ao juiz federal Sérgio Moro, o empreiteiro apresentou uma sequência de 60 perguntas a ele próprio, escolhidas seletivamente por seus advogados. A estratégia era evitar questionamentos do juiz Moro. A pergunta 32 era relativa à corrupção. "32. O senhor já efetuou pagamentos de propina ou orientou que fossem feitos pagamentos de propina? O senhor tem conhecimento de pagamento de propina pela Odebrecht?" "Resposta de Marcelo Odebrecht: Não e não. Jamais orientaria esse tipo de conduta ilegal. Esta acusação é profundamente injusta. Aliás, isso também está comprovado nos autos, que não apontam nenhuma conduta minha nesse sentido."
Ministro chinês diz que EUA e Coreia do Norte podem entrar em guerra 'a qualquer momento'
Foto: Avi Ohayon / GPO
O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, alertou que Estados Unidos e Coreia do Norte podem entrar em guerra "a qualquer momento". Em declaração dada nesta sexta-feira (14), o chanceler ressaltou que o governo chinês vai apoiar tentativas de diálogo. "Existe a sensação de que o conflito pode começar a qualquer momento. Acho que todas as partes envolvidas devem manter alta a vigilância sobre essa situação", disse o ministro. "Pedimos para todas as partes pararem com as provocações e ameaças e não permitirem que a situação se torne irreparável ou fora de controle", pediu Wang durante entrevista coletiva com o chanceler francês, Jean-Marc Ayrault. A tensão entre Coreia do Norte e Estados Unidos se intensificou com a eleição de Donald Trump. O presidente americano já ameaçou atacar o país asiático caso Pyongyang siga realizando testes militares.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 09:20

Papa Francisco fala em "vergonha" da humanidade na procissão da Via-Crúcis

por Estadão Conteúdo
Papa Francisco fala em
Foto: República da Coreia / Fotos Públicas
Milhares de pessoas suportaram revistas antiterroristas para orar em uma procissão no Coliseu, em Roma, onde o papa Francisco expressou vergonha pelas falhas da humanidade. Após o fim da procissão da Via-Crúcis, Francisco leu a oração que alternava expressões de vergonha pelas falhas da humanidade e de esperança de que os "corações endurecidos" sejam capazes de perdoar e amar. A apenas dois dias da Páscoa, Francisco disse que os fiéis "olham para Cristo com os olhos baixos de vergonha e com os corações cheios de esperança". Tal vergonha deriva de "todas essas imagens de devastação, destruição e naufrágios que tornaram-se rotina em nossas vidas". "Centenas de milhares de imigrantes suportaram dificuldades nas mãos de traficantes para tentarem chegar à Europa, que tem rejeitado eles cada vez mais, e milhares deles morreram no mar nos últimos anos". Evocando guerras e conflitos, bem como ataques a minorias cristãs, Francisco também expressou vergonha "pelo sangue inocente derramado diariamente por mulheres, crianças, imigrantes e pessoas perseguidas por causa da cor de sua pele, pelo grupo étnico ou social ao qual eles pertencem ou por sua fé em Jesus".

Jaulas de macacos no Jardim Zoológico são protegidas contra Aedes aegypti
Foto: Divulgação
As jaulas dos macacos no Jardim Zoológico de Salvador foram protegidas com telas, para evitar o contato com mosquitos transmissores da febre amarela. A medida foi tomada desde o início deste mês, após a morte de animais infectados com o vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), citado pelo A Tarde, em uma semana o número de macacos infectados subiu de 18 para 32. O veterinário Fernando Oliveira, ouvido pela publicação, lembrou que os animais não transmitem a febre amarela. "Os macacos não são reservatórios da doença, pois o mosquito pode picar tanto o primata quando um humano, ou seja, a doença não é transmitida pelos macacos", reforçou.
Coreia do Norte apresenta possível novo míssil de alcance intercontinental
Foto: Reprodução / 9News

A Coreia do Norte exibiu neste sábado (15) um possível novo míssil de alcance intercontinental, durante desfile organizado em função do aniversário de nascimento de Kim Il-sung, fundador do país. De acordo com o G1, especialistas na matéria consideram que, analisando as características deste novo projétil, o míssil poderia ser falso. Isso porque não seria a primeira vez que o país exibe em desfiles maquetes falsas de mísseis que está desenvolvendo. O projétil nunca antes mostrado em público foi desfilado pelo centro de Pyongyang, em meio a outros mísseis balísticos, como os de alcance médio Mussudan e o KN-08, disparado de plataforma móvel e ainda não testado com sucesso. Os dois últimos mísseis desenvolvidos também foram apresentados: o míssil balístico lançado de submarino (SLBM) e o segundo, projétil de alcance médio que se lança de plataforma móvel testado pela primeira vez em fevereiro e em abril. 
Mega-Sena pode pagar R$ 65 milhões em sorteio deste sábado
Foto: Heloise Hamada / G1
O concurso 1.921 da Mega-Sena pode pagar R$ 65 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio acontece às 20h deste sábado (15); as apostas podem ser feitas até as 19h, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.
Temer decide manter os oito ministros alvos de inquéritos no STF, diz colunista
Foto: Carolina Antunes / PR
O presidente Michel Temer decidiu manter os oito ministros citados nas delações da Odebrecht e contra os quais foram abertos inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros são Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Bruno de Araújo (Cidades), Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Marcos Pereira (Indústria e Comércio Exterior), Blairo Maggi (Agricultura) e Helder Barbalho (Integração). Todos negam envolvimento com irregularidades. De acordo com o blog do Gerson Camarotti, no G1, a avaliação do Palácio do Planalto é que uma saída em massa prejudicaria o governo no momento em que a ordem é tentar aprovar a agenda de reformas no Congresso. Em fevereiro, o presidente chegou a dizer que afastaria temporariamente os ministros que fossem denunciados e em definitivo se virasse réus.
Homem é baleado no Centro Histórico de Salvador; autor foi preso em flagrante
Foto: Reprodução / Google Street View
Um homem foi baleado nesta sexta-feira (14) no Centro Histórico de Salvador. As circunstâncias do crime ainda não foram esclarecidas, mas a vítima foi atingida no braço esquerdo, por volta das 14h, na Praça da Sé. De acordo com informações do Correio, o autor do crime foi preso em flagrante, quando retornou à cena do crime. O homem, que não teve a identidade confirmada, foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Geral do Estado (HGE). O autor do disparo foi levado para a Central de Flagrantes, na região do Iguatemi.
Sábado, 15 de Abril de 2017 - 07:20

Chefe da ONU alerta para retorno e intensificação de conflitos na Líbia

por Estadão Conteúdo
Chefe da ONU alerta para retorno e intensificação de conflitos na Líbia
Foto: Jean-Marc Ferré / ONU
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou nesta sexta-feira (14) que a Líbia pode voltar ao conflito geral, citando a situação de segurança volátil em Trípoli e os combates no leste do país, rico em petróleo. O chefe da ONU expressou alarme em um relatório do Conselho de Segurança sobre a escalada miliar e o impasse político em curso no país. Guterres disse que o Estado Islâmico não controla mais territórios na Líbia, mas seus operadores foram avistados no país conduzindo ataques em diferentes áreas. Ele também disse que a comunidade internacional continua sendo alvo. A Líbia mergulhou no caos na sequência de um levante em 2011 que derrubou e matou o ditador Moammar Gadafi e permaneceu divida entre os rivais parlamentares e governistas.

CUT quer lançar bancada de sindicalistas ao Congresso em 2018; PT se preocupa
Foto: Paula Brandão / CUT
A Central Única dos Trabalhadores se organiza para lançar um grupo de sindicalistas ao Congresso nas eleições de 2018. O presidente da própria CUT, Vagner Freitas, deve concorrer à Câmara dos Deputados, por exemplo. O presidente da entidade em Pernambuco, Carlos Veras, também já é tratado como candidato. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a decisão preocupa o Partido dos Trabalhadores, por considerar que a reeleição de nomes tradicionais da legenda pode ser dificultada. Nos debates de incentivo às candidaturas, Vagne Freitas lembra que a Câmara formada em 2014 é composta em 59% por empresários e ruralistas, que juntos são mais de 300 deputados.
Sexta, 14 de Abril de 2017 - 21:00

Antes de delação, Marcelo Odebrecht disse a Moro que ‘jamais pagaria propina’

por Julia Affonso, Fausto Macedo, Ricardo Brandt e Luiz Vassallo | Estadão Conteúdo
Antes de delação, Marcelo Odebrecht disse a Moro que ‘jamais pagaria propina’
Foto: Cicero Rodrigues / World Economic Forum
Em 29 de outubro de 2015, o maior empreiteiro do País, Marcelo Odebrecht, entrou na sala do juiz federal Sérgio Moro com um discurso pronto, no qual afirmou categoricamente, ao magistrado da Lava Jato, jamais ter orientado pagamento de propina. O depoimento de Odebrecht foi por escrito - ele entregou a Moro uma lista de perguntas e repostas preparadas por sua própria defesa e se recusou a responder o interrogatório. Odebrecht havia sido preso quatro meses antes, em 19 de junho. Quatro meses depois da audiência, em fevereiro de 2016, a Odebrecht e seu líder sofreram um golpe inesperado: a prisão de Maria Lucia Tavares, secretária do emblemático Setor de Operações Estruturadas, o famoso "Departamento de Propinas" do Grupo. Maria Lucia entregou à Lava Jato os segredos do setor e os caminhos da propina paga a políticos e agentes públicos. Começava aí a ruir a versão inicial de Marcelo Odebrecht. Em dezembro de 2016, o empreiteiro e outros 76 executivos da Odebrecht fecharam acordo de delação premiada por meio do qual todos confessam uma longa rotina de pagamentos ilícitos. No documento que entregou ao juiz federal Sérgio Moro, o empreiteiro apresentou uma sequência de 60 perguntas a ele próprio, escolhidas seletivamente por seus advogados. A estratégia era evitar questionamentos do juiz Moro. A pergunta 32 era relativa à corrupção. "32. O senhor já efetuou pagamentos de propina ou orientou que fossem feitos pagamentos de propina? O senhor tem conhecimento de pagamento de propina pela Odebrecht?" "Resposta de Marcelo Odebrecht: Não e não. Jamais orientaria esse tipo de conduta ilegal. Esta acusação é profundamente injusta. Aliás, isso também está comprovado nos autos, que não apontam nenhuma conduta minha nesse sentido."

Nenhum comentário:

Postar um comentário