domingo, 23 de abril de 2017

LAVA JATO, LULA, TEMER, ELEIÇÕES NA FRANÇA, E MUITO MAIS


Domingo, 23 de Abril de 2017 - 10:00/Fonte Bahia Notícias

Conquista: Três são presos por tráfico de drogas; menor é apreendido

Conquista: Três são presos por tráfico de drogas; menor é apreendido
Foto: Reprodução / PRF-BA
Três acusados foram presos em flagrante por tráfico de drogas em Vitória da Conquista, sudoeste baiano. Nas ações que ocasionaram os flagrantes, um menor também foi apreendido. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), a primeira detida foi Jaciele Raiana da Cruz Batista, de 20 anos. Ela transportava 50 quilos de maconha em um ônibus para Feira de Santana. A mulher saiu de Osasco, em São Paulo, e receberia dois mil reais após entregar a droga. Conforme o G1, em outro ônibus, foi detido Natan de Farias, de 22 anos. O acusado levava 25kg de maconha para Salvador. Tinha saído de Campinas, no interior paulista, e receberia a mesma quantia pelo transporte. Outro acusado, Diogo Oliveira Pereira, de 23 anos, levava 30kg de maconha, vindo de São Paulo para Riachão do Jacuípe. Com o jovem foi apreendido um menor que não teve nome e idade divulgados. Os 105kg de maconha apreendidos e os envolvidos foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública e conduzidos ao Presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista.
Eleições na França: Local de votação é evacuado após suspeita de bomba
Foto: Reprodução / Manchetes da Hora
Um dos postos de votação das eleições da França neste domingo (23) foi evacuado após suspeita de bomba. O posto fica em Besançon, leste francês. Segundo a polícia local, o alarme foi dado após um carro roubado ter sido abandonado com o motor ligado perto do posto de votação. O carro também tinha placa falsa. Ainda segundo agências de notícias, o esquadrão antibomba foi acionado para examinar o veículo. Neste domingo de votação para presidente, a segurança em tUodo país está sendo reforçada, por conta do risco de um ataque terrorista. No país, mais de 230 pessoas já morreram em ataques terroristas desde janeiro de 2015.
Domingo, 23 de Abril de 2017 - 09:20

Empresas citadas na Lava Jato demitiram quase 600 mil

por Fernando Scheller | Estadão Conteúdo
Empresas citadas na Lava Jato demitiram quase 600 mil
Foto: Reprodução / NBN Brasil
A recessão, a queda do preço do petróleo, a redução dos gastos do governo e a Operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção envolvendo a Petrobrás, empreiteiras e agentes do governo, tiveram efeito devastador no emprego. Levantamento do Estado com dez das maiores empresas citadas na Lava Jato mostra que, somente entre funcionários diretos e terceirizados dessas companhias, o corte de vagas entre o fim de 2013 (antes da deflagração da Lava Jato, em março de 2014) e dezembro de 2016 foi de quase 600 mil pessoas. Analistas apontam que o efeito foi ainda maior, quando se consideram as vagas indiretas. Empresas do setor de óleo e gás, como a Petrobrás, foram afetadas pela redução da cotação do petróleo, que hoje está próxima de US$ 50. Já as grandes construtoras e incorporadoras tiveram de lidar com o alto endividamento da população, que deixou de comprar imóveis, e com a conclusão - ou interrupção - de projetos de infraestrutura, diante da deterioração das contas do governo. A conta de 600 mil postos de trabalho fechados mostra um impacto considerável - equivalente a 5% do total de pessoas que entraram na fila do desemprego entre 2013 e 2016, que foi de 11,2 milhões. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o total de desocupados no País era de 1,1 milhão em dezembro de 2013; no fim de 2016, o número havia crescido para 12,3 milhões. Após um período de longa bonança, as companhias envolvidas na Lava Jato vivem momentos de dificuldade e tentam se reestruturar. As construtoras Queiroz Galvão, Engevix, OAS e Mendes Júnior estão entre as que pediram recuperação judicial. A Sete Brasil, empresa criada pela Petrobrás para a construção de sondas de petróleo, está na mesma situação. Falta de equilíbrio. Os cortes de vagas são impressionantes, diz Adriano Pires, diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), porque muitos projetos de expansão se basearam em previsões pouco realistas. Pires afirma que, após a descoberta do petróleo do pré-sal, instalou-se um clima de euforia que levou à tomada de decisões de governo - e de negócio - sem sentido econômico. Pires cita como exemplos a determinação de que a Petrobrás fosse operadora dos campos do pré-sal e a criação da Sete Brasil. "A Petrobrás não tinha condições de fazer o trabalho de exploração sozinha. Essa decisão espantou investimentos estrangeiros que hoje seriam bem-vindos", frisa o diretor do CBIE. O sinal verde para a construção das sondas do pré-sal, lembra Pires, foi baseada em uma previsão de produção de quase 5 milhões de barris de petróleo por dia até 2020. Em 2013, a projeção foi reduzida a 4,2 milhões; dois anos depois, houve novo corte, para 2,8 milhões de barris diários. Essa falta de critério, segundo o economista Sérgio Lazzarini, professor do Insper, influenciou o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que acelerou a concessão de empréstimos, e também o Banco do Brasil e a Caixa, que inflaram o crédito mesmo quando a economia já dava sinais de exaustão. "O que essa gastança nos trouxe de benefícios? Acho que esse modelo de desenvolvimento mostrou que é preciso dosar a participação do Estado na economia", diz Lazzarini. Os efeitos colaterais da Lava Jato - o desemprego, a revelação de intricados esquemas de corrupção e o abalo à reputação de grandes companhias - levaram, pelo menos momentaneamente, a uma mudança no curso da economia. Hoje, diz o professor do Insper, o lema é a redução de gastos públicos e a abertura de vários setores a investimentos externos, entre eles infraestrutura e companhias aéreas. A manutenção deste caminho não é garantida, na visão de Lazzarini. Ele acredita que ainda há risco de uma "guinada" populista no País como reação à crise. "Basta ver o que aconteceu nos Estados Unidos, com Donald Trump. Quando se olham os candidatos para a eleição presidencial de 2018, é muito difícil fazer uma previsão para onde vamos."
Feira: Hospital usa bonecos em formato de polvo em terapia de bebês prematuros
Foto: Reprodução / TV Subaé
Um hospital de Feira de Santana usa bonecos com formato de polvo na terapia de bebês prematuros. O Hospital da Mulher de Feira de Santana é o único do estado a oferecer o procedimento. Mães e funcionárias do hospital participam do projeto, que ainda está em fase experimental, na confecção dos bonecos feitos de crochê. Segundo a TV Subaé, o objetivo do projeto, nomeado de Polvo Amigo, é ajudar na qualidade de vida dos pequenos. O contato com os bonecos traz uma sensação semelhante ao ambiente uterino. Ainda segundo a reportagem, a primeira experiência com o projeto data de 2013 na Dinamarca, país da Europa. No Brasil, algumas unidades usam a iniciativa no tratamento de crianças nascidas com microcefalia. 
Domingo, 23 de Abril de 2017 - 08:40

Jorge Aragão é internado após show em Belém

Jorge Aragão é internado após show em Belém
Foto: Divulgação
O cantor Jorge Aragão foi internado, mais uma vez, na última sexta-feira (21). De acordo com informações do G1, o artista se sentiu mal logo após encerrar um show em Belém (PA), no momento em que atendia fãs, e foi encaminhado para um hospital particular. “Ele sentiu uma dorzinha no peito e como tem 68 anos, achamos melhor levar para o hospital. Ele fez uma angioplastia ontem mesmo e está no quarto, medicado, almoçando, inclusive”, contou o produtor do cantor, Douglas Fabiano. Uma apresentação que seria realizada em São Luis (MA) foi adiada, por conta da necessidade de repouso. Esta não é a primeira vez que Jorge Aragão tem maus súbitos relacionados ao problema cardíaco. No ano passado ele foi internado, após um infarto (clique aqui e relembre).
Facção pede 'desculpas' à população por transtornos em caos no Ceará
Foto: Dorian Girão/TV Jangadeiro
Uma carta supostamente assinada por uma facção criminosa do Ceará, apelidada de Guardiões do Estado, prometeu um cessar-fogo aos ônibus coletivos de Fortaleza. No entanto, o grupo teria feito ameaças contra órgãos públicos. Segundo a Tribuna do Ceará, os criminosos querem a transferência de presos integrantes do grupo da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) 2, em Itaitinga, para “as unidades em que predomina a facção”, como a CPPL 1, Penitenciária de Pacatuba e Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira 2. Na carta , o grupo pede desculpas à sociedade “pelos dias conturbados devido aos ataques”. Os envolvidos dizem que não querem ferir ou fazer algo contra o cidadão de bem que vive nas comunidades carentes. “Infelizmente, tivemos que tomar essa decisão para que nossa voz fosse ouvida por esse governo corrupto que vem tirando o sossego dos irmãos que se encontram privados. No início, muitos não entenderam nossa forma de ataque, se perguntando o porquê dos ataques a ônibus. Nosso primeiro intuito era que nossa voz fosse ouvida pela população, com ônibus paralisados, causando grandes tumultos, greves, chegando a prejudicar o governo. Mas, mediante o clamor, estamos cessando fogo em ataques a ônibus”.
Alagoinhas: Corpo de enfermeira é enterrado e amigos cobram apuração de caso
Foto: Reprodução / TV Subaé
O corpo da enfermeira Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, morta por golpes de faca na própria casa, foi enterrado no final da manhã deste sábado (22), em Alagoinhas, agreste baiano. Rosângela Costa, que também era professora universitária, foi morta na sexta-feira (21) (ver aqui). Segundo o G1, amigos de Rosângela protestaram em frente ao Lar Franciscano, local onde o corpo foi velado. O grupo pediu rapidez da polícia na apuração do crime e prisão do assassino. Testemunhas disseram que a vítima teve uma discussão com ex-namorado na noite anterior ao crime. Mas até o momento, a polícia não confirmou a casualidade.
França elege novo presidente neste domingo; 1/4 dos eleitores segue indeciso
Foto: Ian Langsdon / Agência Lusa
Os franceses vão às ruas neste domingo (23) escolher o presidente do país. A eleição segue imprevisível. O pleito ocorre três dias depois que a capital, Paris, sofreu um atentado em que um policial morreu e três pessoas ficaram feridas (lembre aqui). De acordo com a Agência Brasil, mesmo que pesquisas apontem o desemprego e a situação econômica do país como preocupações do país, temas como terrorismo e segurança, assim como a questão migratória, fizeram parte da agenda de campanha. A candidata da Frente Nacional [de extrema-direita], Marine Le Pen, aproveitou a onda de ataques para reforçar sua visão dura sobre segurança e migração. Para ela, o controle das fronteiras nacionais precisa ser restabelecido imediatamente. A plataforma dela nacionalista é de anti-imigração, anti-globalização e anti-União Europeia. Quem disputa com Le Pen a liderança do pleito é o candidato de centro Emmanuel Macron, forte defensor da permanência da França no bloco europeu. Mais jovem na disputa, com 39 anos, ele teve uma ascensão meteórica na campanha presidencial, apesar de nunca ter concorrido a uma eleição. Macron chegou a ser ministro da Economia do atual presidente, François Hollande, mas deixou o Partido Socialista. Conforme pesquisa da TV Francesa, divulgada na quinta-feira (20), antes do ataque, Le Pen tem 22% das intenções de voto e Macron aparece logo à frente, com 25%. Se os dois chegarem ao segundo turno, a previsão é de que o centrista será eleito presidente. Outro dado curioso da eleição é que um quarto dos franceses que pretendem votar diz estar indeciso. A decisão de última hora deles pode colocar na disputa pelo segundo turno outros dois candidatos que, segundo a pesquisa da TV Francesa, estão empatados com 19% das intenções de voto. Um deles é Jean-Luc Mélenchon, líder da esquerda radical. Veterano de 65 anos, ele deu recentemente um salto nas pesquisas, com uma campanha que incluiu até o uso de hologramas para aparecer em seis comícios ao mesmo tempo. Apoiado pelos comunistas, ele promete taxar os mais ricos, reduzir a jornada de trabalho e a idade da aposentadoria. Quer também renegociar a participação da França na União Europeia. Outro postulante é o conservador François Fillon. Ele chegou a ser cotado como favorito ao vencer a indicação do Partido Republicano, mas a campanha dele sofreu um revés depois que ele e a mulher passaram a ser investigados por possível desvio de dinheiro público, o que ele nega.
Maragogipe: PM captura 3° dos 25 detentos que fugiram do Complexo da Mata Escura
Foto: Leitor BN / WhatsApp
A Polícia Militar capturou neste sábado (22) mais um dos 25 detentos que fugiram do Complexo da Mata Escura, em Salvador, no último dia 3 de abril (lembre aqui). Moisés Luiz Souza Araújo foi preso em Maragogipe, no Recôncavo baiano, por policiais da 27ª CIPM [Companhia Independente de Polícia Miltiar]. Segundo o G1, Moisés, que cumpria pena por tráfico de drogas, é o terceiro recapturado dos 25 presos que fugiram do presídio da Mata Escura no início do mês. Sobre a fuga, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) informou, em nota, que os internos praticavam atividades desportivas no solário (pátio para banho de sol) da Galeria C, quando violaram três barreiras perimetrais para conseguir fugir da unidade. Todos os foragidos já foram identificados.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 19:00

Cientistas deixam laboratórios e promovem Marcha pela Ciência pelo mundo

por Estadão Conteúdo
Cientistas deixam laboratórios e promovem Marcha pela Ciência pelo mundo
Foto: Reprodução / Facebook
Milhares de cientistas em todo o mundo deixaram seus laboratórios para sair às ruas neste sábado (22), junto com estudantes e defensores da pesquisa, protestando contra o que classificam como ataques crescentes à ciência. A Marcha pela Ciência, que coincidiu com o Dia da Terra, estava prevista em mais de 500 cidades pelo mundo, com a participação de dezenas de sociedades científicas não partidárias. Em Genebra, na Suíça, manifestantes levaram placas que diziam: "Ciência - Uma Vela no Escuro" e "A Ciência é a Resposta". Em Berlim, milhares de pessoas participaram de uma marcha desde uma das universidades da cidade até o Portão de Brandemburgo. "Precisamos tomar mais decisões baseadas em fatos novamente e menos em emoções", disse Meike Weltin, estudante de doutorado em um instituto ambiental perto da capital. Em Londres, físicos, astrônomos, biólogos e celebridades se reuniram para uma marcha pelas mais famosas instituições de pesquisa da cidade. Os apoiadores carregavam cartazes mostrando imagens de uma dupla hélice e símbolos químicos. O protesto estava colocando os cientistas, que geralmente se afastam de militância, em uma posição mais pública. Os organizadores descreveram a marcha como política, mas não partidária, para promover a compreensão da ciência, bem como defendê-la de vários ataques, incluindo propostas de cortes no orçamento do governo dos EUA sob o presidente Donald Trump, como uma redução de 20% na verba do Instituto Nacional de Saúde. Os cientistas que participaram na marcha disseram estar preocupados com a rejeição política e pública de descobertas científicas como as mudanças climáticas e a segurança da imunização por vacinas. "Os cientistas acham assustador que evidências tenham sido ofuscadas por afirmações ideológicas", disse Rush Holt, ex-físico e congressista democrata que dirige a Associação Norte-americana para o Avanço da Ciência. Para ele, não se trata apenas de uma marcha contra Donald Trump, mas as suas políticas são um dos alvos do protesto. Apesar de dizer que a marcha não é partidária, Holt reconheceu que a manifestação foi concebida na Marcha das Mulheres em Washington, um dia depois da posse de Trump, em 20 de janeiro. "A verdade é que deveríamos estar marchando pela ciência há 30 anos, 20 anos, 10 anos", disse a co-organizadora e pesquisadora de saúde pública Caroline Weinberg. "A atual situação (política) nos levou de um estágio de ignorar a ciência para flagrantemente atacá-la. E isso parece está galvanizando as pessoas de uma maneira como nunca antes", afirmou. "O método científico foi desenvolvido para ser não-partidário e objetivo. Deveria ser aceito pelos dois partidos", concluiu, se referindo às duas principais siglas nos EUA, os Partidos Republicano e Democrata.

Sábado, 22 de Abril de 2017 - 18:46

Veja o gol de Bahia 1 X 0 Fluminense

Polícia Rodoviária flagra 57 veículos acima da velocidade permitida na Linha Verde
Foto: Divulgação / Alberto Maraux
A Operação Tiradentes, realizada pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) na BA-099, conhecida como Linha Verde, já abordou 134 veículos e 245 pessoas. O radares flagraram 57 veículos acima da velocidade permitida e 47 foram autuados. Nenhum acidente foi registrado até o início da tarde deste sábado (22). O BPRv alerta os motoristas para a presença de neblina, chuva e animais na pista.
Leo Pinheiro entrega documentos para reforçar ligação de Lula com tríplex
Foto: Divulgação
O ex-presidente da OAS, Leo Pinheiro, entregou à Justiça Federal do Paraná documentos para tentar provar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi beneficiado com a reforma de um tríplex na cidade de Guarujá, no litoral paulista. De acordo com o jornal O Globo, entre os documentos está o registro de que dois carros em nome do Instituto Lula passaram pelo sistema automático de cobrança dos pedágios a caminho do Guarujá entre 2011 e 2013. No entanto, não há comprovação que o destino do automóvel era o apartamento. Além disso, Pinheiro também entregou registros de ligações telefônicas entre ele e pessoas ligadas a Lula. Em depoimento ao juiz Sérgio Moro esta semana, o ex-presidente da OAS relatou que o tríplex no Guarujá pertencia a Lula (veja mais). O imóvel é investigado como parte da Operação Lava Jato.
Polícia investiga envolvimento de jovem no jogo Baleia Azul em Andaraí
Foto: Divulgação
A Polícia Militar verificou nesta sexta-feira (21) um possível caso de jovem envolvido no jogo Baleia Azul na cidade de Andaraí, na Bahia. Um adolescente de 14 anos morador do bairro de Alto do Ibirapitanga apresentava mutilações provocadas por lâminas nos pulsos - uma em formato de baleia e outra em formato de coroa - e dizia estar na quarta fase do jogo. O caso foi denunciado de forma anônima. O garoto relatou a policiais que participava de um grupo no WhatsApp com pelo menos 30 pessoas que participavam do jogo. A guarnição da polícia orientou o menor sair do jogo e orientou a família procurar a delegacia local. O Baleia Azul é um jogo que se espalha por meio das redes sociais em que a vítima é estimulada a cumprir 50 tarefas, sendo que a última delas é o suicídio. Esta semana, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) determinou a adoção de medidas preventivas para proteger e orientar adolescentes com suspeita de participação na atividade (veja mais).
Bahia volta a vencer o Flu de Feira e confirma passagem para a final do Baiano
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia está garantido em mais uma final de Campeonato Baiano. Dentro da Arena Fonte Nova, o Bahia venceu o Fluminense de Feira por 1 a 0 na tarde deste sábado (22), na segunda partida das semifinais do estadual. O atacante Hernane marcou o gol tricolor. Leia tudo sobre a partida na Coluna de Esportes!
Ex-ministro do Equador é preso por suborno pago pela Odebrecht
Foto: Divulgação
O ex-ministro da Energia do Equador, Alecksey Mosquera, e um empresário foram presos como resultado de uma ação que investiga o pagamento de subornos pela Odebrecht no valor de US$ 33,5 milhões. De acordo com a agência de notícias AFP, o montante foi distribuído a funcionários do governo do país sul-americano. Esta é a primeira prisão que acontece no Equador como consequência do inquérito que apura casos de corrupção envolvendo a empreiteira brasileira. Alecksey Mosquera foi ministro da Energia entre 2007 e 2009 no governo do presidente Rafael Correa. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos aponta que US$ 33,5 milhões foram repassados a funcionários do Equador entre 2007 e 2016. Correa expulsou a Odebrecht do país em 2008 por irregularidades na construção de uma usina hidrelétrica. A construtora retornou ao Equador dois anos depois.
Ex-BBB Marcos publica mensagem no Facebook e critica Emily por acusação de agressão
Foto: Divulgação / TV Globo
O ex-participante do BBB, Marcos Harter, publicou uma longa mensagem em seu Facebook neste sábado (22) direcionada a Emily, campeã da edição deste ano do programa. No texto, de acordo com o jornal Extra, ele reconhece que viveu com ela uma das maiores histórias de amor da sua vida, mas critica a colega de confinamento por ter mudado seu comportamento e passar a vê-lo como um adversário. “Sabia que o prêmio era muito importante para você [Emilly], mas ao mesmo tempo tinha a nítida noção de que o que eu poderia dar a você aqui fora não tinha preço. Os dias foram passando e eu fui vivendo uma das mais incríveis histórias de amor da minha vida. Cientificamente, a ideia de avaliar o comportamento de seres humanos mediante confinamento sempre me pareceu fantástica. Fazer parte da experiência fazia tudo ser sensacional, pois provaria para mim mesmo e para um país inteiro que o amor verdadeiro pode existir sim, mesmo em condições laboratoriais", escreveu Marcos, que foi expulso do reality show da TV Globo por ter agredido Emily dentro da casa. Ele foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha. "O peso em sua consciência era tão grande que nem as palavras que hoje sugerem a verdade você conseguiu segurar. Deus viu sim o que você fez, e, aos poucos, as pessoas vão ver também. Considero essa uma das cenas mais tristes do programa: você acabava de acusar injustamente a pessoa que você dizia que tanto adorava!", escreveu Marcos no Facebook sobre a acusação de Emily. A investigação policial aponta, após análise das imagens das declarações prestadas e do teor do laudo pericial, que as lesões da vítima se deram em razão das “ações intencionais do autor”. Leia abaixo o texto completo publicado por Marcos:


Vilão da novela ‘Rock Story’ poderá ser protagonista de filme da saga 'X-Men'
Foto: Divulgação / TV Globo
O ator Caio Paduan, no ar como Alex na novela Rock Story (TV Globo), está cotado para ser um dos protagonistas do próximo longa-metragem da franquia X-Men. Confira mais informações sobre esta e outras notícias na coluna Cultura.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 17:00

Temer descarta risco de perder mandato em ação que investiga chapa com Dilma

por Estadão Conteúdo
Temer descarta risco de perder mandato em ação que investiga chapa com Dilma
Foto: Marcos Corrêa / PR
O presidente Michel Temer (PMDB) refutou, em entrevista à agência de notícias Efe, publicada neste sábado (22), a possibilidade de perder o mandato no processo que corre na Justiça Eleitoral contra a chapa vencedora das eleições de 2014, formada por ele e a ex-presidente Dilma Rousseff. Ao salientar que todas as doações recebidas por sua campanha foram legais, Temer disse esperar que o caso seja julgado como improcedente e, a menos de dois anos de encerrar o mandato, assinalou que recursos devem prolongar o processo até a decisão final. "Não sei qual será a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas ela vai demandar recursos, tanto internamente no tribunal como seguramente para o Supremo Tribunal Federal (STF)", disse o peemedebista. "Ou seja, há ainda um longo percurso processual a percorrer. Então, na pior das hipóteses, se houver, digamos assim, a anulação da chapa, a cassação da chapa, haverá recurso", acrescentou. Ele rebateu ainda as declarações dadas na delação premiada do ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht de que todos políticos eleitos a cargo público no Brasil foram financiados com dinheiro de caixa 2. "É uma opinião da Odebrecht. A Odebrecht é que acha que todos os políticos se serviram do caixa 2. Aliás, ao assim se manifestarem, dizem que eles são os produtores do caixa 2", comentou Temer, que disse conhecer "muitos" políticos que não utilizaram tais métodos.

Homem é morto com tiros e golpes de faca durante a madrugada em Paripe
Foto: Reprodução / Google Street View
Um homem foi morto durante a madrugada deste sábado (22) na BA-528, no bairro de Paripe. De acordo com informações da Central de Polícia (Centel), Antônio Ferreira Matos de Aleluia, de 31 anos, foi sofreu facadas e foi atingido por disparos de arma de fogo por volta de 0h40. Ele estava próximo a uma barragem quando foi atingido pelos disparos. Ainda não há informações sobre a autoria e a motivação do crime. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Corpos de nove vítimas de conflito rural no Mato Grosso são levados para perícia
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Os corpos das nove pessoas que foram assassinadas na área rural do município de Colniza, no Mato Grosso, foram levados para perícia na manhã deste sábado (22). De acordo com informações do G1, o transporte foi feito durante a madrugada e estre as vítimas está um pastor evangélico. “[Alguns] são oriundos do estado de Rondônia e todos eles eram membros de uma igreja”, relatou o delegado José Carlos de Almeida Júnior. O crime aconteceu nesta quinta-feira (20) e foi motivado por disputas de terra na região. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), um grupo encapuzado invadiu a área e atirou contra moradores do local. A região de conflito agrário abriga cerca de 100 famílias e é de difícil acesso, não possuindo sinal de internet ou telefone. Para chegar ao local, os policiais devem seguir em barcos.
Michel Temer afirma que apenas 'eleições livres' podem fazer Venezuela superar crise
Foto: Marcos Corrêa/PR
O presidente Michel Temer afirmou que a crise política e econômica da Venezuela só será superada com a realização de "eleições livres". Em entrevista divulgada pela agência Efe neste sábado (22), ele disse que espera se reunir em breve com os outros integrantes do Mercosul para discutir o assunto. Temer declarou aguardar que "muito proximamente haja uma solução pacificadora na Venezuela por meio de eleições livres e com aplicação plena dos princípios democráticos". Ele ainda relatou que "avalanche de venezuelanos" estão entrando no Brasil por Roraima por conta da crise no seu país de origem. Nas últimas três semanas, uma onda de violência motivada pelos problemas econômicos e políticos já matou 20 pessoas na Venezuela (veja mais). A oposição acusa o governo de Nicolás Maduro de reprimir as manifestações. Maduro, no entanto, aponta que o antichavismo semeia o "ódio" entre os cidadãos, o que teria causado as mortes. O presidente acusa os militantes de partidos pertencentes à aliança opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) de atirarem contra os manifestantes. A Venezuela deve ser uma das pautas do encontro de Temer com o premiê espanhol, Mariano Rajoy, marcado para esta segunda-feira (24) em Brasília.
Cerca de 70% dos inquéritos abertos por Fachin envolvem pagamento de caixa 2
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Entre os 81 inquéritos abertos pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações premiadas da Odebrecht, 58 - o equivalente a 71% - são motivados acusações de pagamento de caixa 2. De acordo com levantamento feito pela Agência Brasil, os outros 23 inquéritos (29%) são relacionados a acusações de pagamento de propina para facilitar contratos e licitações da empreiteira Odebrecht com o poder público ou para aprovar medidas em tramitação no Congresso Nacional que beneficiariam a construtora. Na maior parte das acusações de caixa 2, os delatores relataram em seus depoimentos ao Ministério Público Federal (MPF) que a empresa esperava contrapartidas no futuro para compensar o pagamento de recursos não contabilizados para campanha eleitoral. O ex-presidente da construtora, Marcelo Odebrecht, estimou em sua delação que 75% das campanhas políticas no Brasil eram financiadas por caixa 2. "A questão do caixa dois virou um ciclo vicioso", disse.
Fiscais apreendem mais de 10,5 quilômetros de rede de pesca no oeste da Bahia
Foto: Divulgação / FPI
Agentes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) apreenderam 10,5 quilômetros de rede de pesca em quatro dias de operação em Ibotirama e Muquém do São Francisco, cidades vizinhas localizadas na região Oeste da Bahia. A ação acontece desde a última terça-feira (18). Os artigos de pesca estavam fora do padrão determinado em portaria pelo Ibama. A distância entre os nós da rede - definida para a região é de 14 centímetros, e os pescadores foram flagrados com redes com malha de tamanho entre seis e oito centímetros. Dois pescadores foram multados e outros que se encontravam no local conseguiram fugir. “Em termos comparativos, quando realizamos a FPI em Juazeiro, nós apreendemos 12 mil metros de rede de pesca irregular, em quinze dias de operação. Aqui, foi essa quantidade surpreendente de 10,5 mil metros, em apenas quatro dias de trabalho em campo”, relata Alberto Santana, analista Ambiental do Ibama. O programa FPI também atua no resgate de animais silvestres e já encontrou mais de 360 que eram mantidos em cativeiro (veja mais). A ação conta com a participação de mais de 30 órgãos, incluindo o Ibama, a Polícia Rodoviária Federal, o Conselho Regional de Medicina Veterinária e o Ministério Público.
‘Você morre’: Anvisa quer mensagens diretas nos cigarros
Foto: Divulgação
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pretende alterar os textos de advertência dispostos nas embalagens de cigarros, para tons mais incisivos e diretos.Mensagens como “Você afasta as pessoas”, “Você brocha”, “Você envelhece precocemente”, “Você perde sua liberdade”, “Você tem câncer” e “Você morre”, poderão estar estampadas atrás dos maços de cigarro, se o novo modelo proposto pelo órgão entrar em vigor. Confira mais informações na coluna Saúde.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 15:00

PGR ameaça anular delação de Delcídio Amaral por depoimentos da Odebrecht

por Fabio Serapião | Estadão Conteúdo
PGR ameaça anular delação de Delcídio Amaral por depoimentos da Odebrecht
Foto: Geraldo Magela / Agência Senado
A Procuradoria-Geral da República (PGR) analisa a possibilidade de romper o acordo de colaboração premiada do senador cassado Delcídio Amaral (sem partido-MS) homologado em 2016. O revés para o ex-parlamentar é uma consequência das revelações dos ex-executivos Benedicto Júnior e Rogério Santos de Araújo, da Odebrecht, sobre repasses para campanhas eleitorais em contrapartida à atuação dele em casos de interesse da empreiteira. Além do acordo de Delcídio, outras delações deverão ser reavaliadas pelo Ministério Público por causa das revelações da Odebrecht. O ex-gerente de Engenharia da Petrobrás Pedro Barusco é outro que está na mira por conta das revelações do ex-executivo da Odebrecht Rogério Araújo. Segundo o delator, Barusco teria solicitado que ele guardasse em sua casa 24 garrafas de vinho de primeira categoria logo após o início da Operação Lava Jato. A informação não foi levada ao conhecimento dos investigadores àépoca da assinatura do seu acordo. Entre as empreiteiras, ao menos a Andrade Gutierrez e a Camargo Corrêa já se preparam para rever seus acordos depois das delações da Odebrecht. As duas empresas assinaram seus acordos e deixaram de fora informações sobre algumas áreas agora delatadas pela empreiteira baiana. Também nesses casos a "punição" pela omissão pode ir de uma revisão das penas até o rompimento do acordo. O procedimento tem sido chamado de recall e deve levar ao surgimento de novos delatores e outras frentes de investigação. Ex-parlamentar pelo PT, Delcídio teve seu acordo de delação homologado em 15 de março de 2016 pelo ministro do STF Teori Zavascki, morto em janeiro em acidente aéreo. Delcídio decidiu colaborar com a Justiça após ser preso com base em gravação feita pelo filho do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. Bernardo Cerveró gravou uma conversa com Delcídio na qual o senador cassado fala da intenção em ajudar na fuga de seu pai para a Espanha e sugere uma possível articulação entre ministros do STF para tentar soltar o ex-diretor. Entretanto, nos 29 anexos baseados em depoimentos prestados entre 11 e 14 de fevereiro de 2016, Delcídio não aborda as informações entregues à PGR pela Odebrecht. Com o surgimento de novos fatos, a PGR vai decidir se as omissões podem ser corrigidas com o aditamento em condições mais duras ou se resultará na rescisão do acordo. O advogado Antônio Figueiredo Basto, responsável pela defesa de Delcídio, disse que não comentará a colaboração da Odebrecht.

Homem é preso após ameaçar policiais com faca em estação de trem de Paris
Foto: Presidência da França
Um homem foi preso neste sábado (22) em Paris depois de ameaçar policiais com uma faca dentro de uma estação de trem de Paris. De acordo com a agência Reuters, a empresa responsável por operar o sistema de transporte na capital francesa informou que o criminoso se aproximou de oficiais que patrulhavam a estação, mas atendeu às ordens dos policiais e se rendeu antes de ser preso. O caso provocou correria entre os passageiros do trem que tentaram escapar do local. Nesta quinta-feira (20), um homem atirou e matou um policial na avenida Champs-Élysées, um dos pontos turísticos mais famosos da cidade. Outros policiais que estavam no local revidaram os disparos e mataram o atirador (veja mais).
Receita Federal já autuou políticos em R$ 145 milhões na Lava Jato
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
A Secretaria da Receita Federal já emitiu R$ 145 milhões em autos de infração contra políticos e empresas de políticos no âmbito das investigações da Operação Lava Jato. De acordo com informações do G1, os autos de infração englobam impostos, multas e juros atrasados. O coordenador-geral de Pesquisa e Investigação da Receita, Gerson Schaan, avalia que as investigações mais recentes, incluindo as delações da Odebrecht, devem fazer o montante aumentar ainda mais. "Cada nova lista que aparece, vamos incluindo mais gente no trabalho", afirmou. A maior parte do dinheiro é questionada por pessoas físicas e jurídicas, e apenas uma parcela retorna aos cofres públicos.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 14:00

Funcionários do TCA denunciam agressão por cobrança de carteirinha de estudante

por Guilherme Ferreira
Funcionários do TCA denunciam agressão por cobrança de carteirinha de estudante
Foto: Divulgação
A diretora artística do Teatro Castro Alves, Rose Lima, acusou um jovem de chutar o coordenador da Sala Principal, Valnei Santos, pouco antes da apresentação que aconteceu no local nesta sexta-feira (21). Em entrevista ao Bahia Notícias, ela relata que a agressão aconteceu quando o jovem reclamou da cobrança da carteirinha de estudante com o funcionário do TCA. Segundo Rose, um caso semelhante aconteceu na semana passada. Cosme Belens, segurança da casa, sofreu um corte no supercílio ao pedir o comprovante da meia-entrada de outro homem. Nas duas situações, os funcionários do TCA prestaram queixa em uma delegacia acompanhados dos agresssores. "No caso de Cosme, um policial estava presente e levou a mãe [do agressor] por desacato", lembra a diretora artística, que não estava presente no momento das agressões. Ela afirma ainda que o autor do chute contra Valnei estava acompanhado de uma mulher. "Tem algumas pessoas que não querem aceitar a exigência da carteirinha. Se nós não exigirmos, vamos ser multados", explica. Desde o início deste mês, o TCA passou a exigir a apresentação de uma carteirinha de estudante comprovante da meia-entrada. A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) é emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), por entidades estaduais e municipais filiadas, ou por Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e Centros e Diretórios Acadêmicos. Segundo o TCA, a decisão atende a um pedido do Ministério Público (veja mais). No entanto, estudantes reclamam da exigência (veja mais). "Essa esfera da lei não cabe ao teatro. Se existe um questionamento dos estudantes, ele deve ser feito aos responsáveis por fazer as leis", argumenta Rose. Veja abaixo a denúncia publicada pela diretora artística no Facebook:
Mega-Sena sorteia R$ 88 milhões neste sábado; prêmio é o maior do ano
Foto: EBC
A Mega-Sena pode pagar, neste sábado (22), R$ 88 milhões, maior prêmio sorteado este ano. O sorteio do concurso 1.923 será às 20h, em São Fidélis (RJ), onde está estacionado o Caminhão da Sorte. Aplicado na Poupança da Caixa, o montante pode render quase R$ 530 mil mensais ao apostador que acertar os seis números da modalidade. Também é possível adquirir cerca de 488 pacotes de viagem num cruzeiro de volta ao mundo, no valor de R$ 180 mil, cada, ou 250 carros de luxo, no valor de R$ 350 mil, cada. A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.
Mega-Sena sorteia R$ 88 milhões neste sábado; prêmio é o maior do ano
Foto: EBC
A Mega-Sena pode pagar, neste sábado (22), R$ 88 milhões, maior prêmio sorteado este ano. O sorteio do concurso 1.923 será às 20h, em São Fidélis (RJ), onde está estacionado o Caminhão da Sorte. Aplicado na Poupança da Caixa, o montante pode render quase R$ 530 mil mensais ao apostador que acertar os seis números da modalidade. Também é possível adquirir cerca de 488 pacotes de viagem num cruzeiro de volta ao mundo, no valor de R$ 180 mil, cada, ou 250 carros de luxo, no valor de R$ 350 mil, cada. A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.
Em crise, 32 lotéricas foram fechadas na Bahia em 2016
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
Com a crise econômica e defasagem nos repasses da Caixa Econômica Federal, 32 lotéricas fecharam as portas na Bahia em 2016. No Brasil, o número chegou a 500 unidades que tiveram o serviço encerrado. Segundo a Associação dos Lotéricos (ALSPI), o setor vive uma crise que é resultado de um problema antigo. “Estamos há 15 anos recebendo reajustes muito abaixo do valor da inflação. A Caixa demora até 20 meses para corrigir os repasses e quando faz é sempre muito abaixo do esperado”, pontua Adriana Domingues, diretora de Comunicação da ALSPI. Ao Correio, ela afirmou que entre 2004 e 2016 o salário mínimo aumentou 238%, valor que foi assumido pelos empresários lotéricos. “Os repasses da Caixa, no entanto, variavam 129%, um valor 84% menor”, lamenta. De acordo com a ALSPI, as lotéricas realizam 66% das transações do banco estatal. O presidente do Sindicato dos Lotéricos Assemelhados e Correspondentes Bancários da Bahia (Sinloba), Ronaldo Matteoni, defende que a Caixa deve fazer um estudo de viabilidade econômica das loterias. “Ela precisa ajustar os repasses aos valores necessários para que as lotéricas funcionem bem ou elas continuarão quebrando”, avisa. Em nota, a Caixa Econômica rebateu as informações. O banco afirma que os reajustes são feitos periodicamente. “Os últimos ocorreram em junho e julho de 2016, quando as tarifas foram atualizadas, em média, 13,17% e os adicionais remuneratórios, que incluem os adicionais de segurança e de custeio com transporte de valores, em 10,43%”, informa. Além disso, o número de unidades fechadas em 2016 seria menor do que o informado pela associação. Segundo a Caixa, em 2016 foram encerradas 215 e abertas 70  loterias em todo o Brasil, de um total de 13 mil estabelecimentos.
Ivete atiça curiosidade dos fãs após postar foto que sugere nova tatuagem
Ivete Sangalo atiçou a curiosidade de seus fãs, nesta sexta-feira (21), após divulgar imagens que sugerem uma tatuagem recente.“Ivete tira foto de uma placa de tatuagem e não fala mais nada a respeito haha. Nunca vi uma pessoa cheia de mistério que nem essa criatura”, escreveu um fã no Twitter. Confira mais informações na coluna Holofote.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 13:00

Bandidos assaltam na Suíça e enviam dinheiro ao Brasil

por Jamil Chade | Estadão Conteúdo
Bandidos assaltam na Suíça e enviam dinheiro ao Brasil
Foto: Fabrício Porto / ND
Tradicionalmente, o dinheiro de um crime no Brasil e que encontra um caminho para o exterior acaba em contas secretas de paraísos fiscais, entre eles a Suíça. Apenas no caso da Operação Lava Jato, os suíços já bloquearam mais de US$ 1 bilhão em contas confidenciais, envolvendo propinas e dinheiro sujo de políticos, doleiros e empresários. Um caso que chamou a atenção de procuradores europeus provou que o contrário também pode acontecer. Em 30 de dezembro de 2015, um carro-forte foi assaltado por um grupo de mascarados que conseguiu fugir com US$ 2 milhões. O crime ocorreu em Bussigny-près-Lausanne, a pouco mais de 100 km da capital, Berna. Nos dias seguintes, 15 pessoas foram detidas para interrogatórios. Parte era de brasileiros. Agora, documentos da investigação obtidos pelo Estado revelam como esses brasileiros tentaram esconder o dinheiro o enviando a contas no Brasil. Os nomes dos envolvidos não foram revelados. Cinco meses depois do assalto, em maio de 2016, a irmã de um dos envolvidos seria presa por cumplicidade e por ter, ao lado do irmão, elaborado uma forma de lavagem de dinheiro. Parte do dinheiro roubado teria sido levada para sua casa e, em seguida, foi colocada em cofre alugado no Banque Cantonale Vaudoise. A outro dos envolvidos no crime ela teria entregue pelo menos US$ 100 mil. Mas foi sua estratégia de enviar ao dinheiro ao exterior que acabou sendo identificada. "Ela teria executado várias transferências de dinheiro ao Brasil por meio de diferentes intermediários, para depois centralizar o recebimento das transferências", indica um dos documentos do Tribunal Penal Suíço. "Ela teria comunicado a seu irmão o procedimento a ser tomado para a abertura de uma conta bancária no Brasil", diz o documento. Apesar de um decreto inicial de prisão por 3 meses, a brasileira continua detida. A justiça suíça considera haver risco de fuga e, em especial, a possibilidade de ação para apagar eventuais provas. Em fevereiro, a brasileira voltou a pedir liberação para que pudesse aguardar o julgamento em liberdade, o que foi recusado. Segundo as investigações, uma das pistas é de que o assalto tenha sido facilitado por um dos funcionários da empresa do carro-forte, que passava a informação ao grupo criminoso.
Aliados de Lula não acreditam em prisão mesmo com agravamento do caso, diz coluna
Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula
Os aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiram que o depoimento de Léo Pinheiro, sócio da OAS, pode complicar a vida do petista. O empresário afirmou que tanto o tríplex do Guarujá quanto o sítio de Atibaia estavam ligados a Lula. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a afirmação deixou pessoas próximas ao ex-presidente em alerta, mas ainda assim elas não acreditam que há base jurídica para a decretação de sua prisão. Petistas também estão preocupados com o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci, que poderia levar a Operação Lava Jato a “outro patamar” e implicar a cúpula do partido.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 12:20

Salvador teve 13 carros roubados nesta sexta-feira

Salvador teve 13 carros roubados nesta sexta-feira
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Treze veículos foram roubados em Salvador apenas nesta sexta-feira (21), durante o feriado de Tiradentes. De acordo com boletim da Secretaria de Segurança Pública, o primeiro crime ocorreu pouco depois da meia noite, quando um Corsa foi levado no bairro de Valéria. Entre os veículos roubados estão um HB-20, da Hyundai, um Ford Ranger e uma Kombi. Além dos 13 casos em Salvador, um Uno Vivave também foi roubado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana. Na quinta-feira (20), 16 veículos foram roubados na capital baiana, e outros 5 foram furtados. Nesta sexta, a SSP-BA também registrou quatro homicídios e duas tentativas de homicídio. Na madrugada deste sábado (22), o atacante Pineda, do Vitória, teve o carro roubado durante assalto a mão armada em Camaçari (leia mais aqui).
Trump ameaça gestores americanos que ‘protegem’ imigrantes
Foto: Reprodução / Tim.Sapo.MZ
O governo do presidente Donald Trump reforçou as ameaças a estados americanos que protegem imigrantes irregulares da deportação, ao não cooperarem com as ações das forças federais. Nove jurisdições receberam nesta sexta-feira (21) uma carta do Departamento de Justiça advertindo que o acesso a verbas seria restrito cado os locais não provem, até o dia 30 de junho, que seguem os padrões definidos pela lei de imigração. Entre os locais que receberam a advertência estão Nova York, Chicago, Nova Orleans e Califórnia. O texto sugere que o aumento da violência e assassinatos nessas áreas são "consequência previsível de uma suavização nos padrões da polícia de combate ao crime". A ameaça de redução de verbas foi feita pela primeira vez em março, pelo secretário de Justiça, Jeff Sessions. Na época, o prefeito de nOva York disse que entraria na Justiça caso houvesse corte de recursos. Os prefeitos também têm rebatido a suposta conexão entre imigrantes e crimes. O prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, disse que "nem os fatos nem a lei estão do lado do Departamento de Justiça". O presidente do Senado da Califórnia, Kevin de Leno, disse que Trump baseia suas políticas "em princípios de supremacia branca" ao invés de valores americanos.
Pineda não treina após assalto, mas segue relacionado para jogo contra o Conquista
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O atacante Pineda, do Vitória, ficou de fora do treino deste sábado (22).  O jogador sofreu um assalto à mão armada durante a madrugada (saiba mais aqui), na Estrada do Coco, em Camaçari, próximo a Arembepe. Os bandidos levaram pertences pessoais e o seu automóvel. O chileno estava acompanhado de sua esposa. Ainda traumatizado, o atleta foi liberado pelo técnico Argel Fucks. Porém, ele ainda consta na lista de relacionados para o duelo contra o Conquista, domingo (23), às 16h, no Barradão, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano.  No entanto, ele será avaliado minutos antes da partida para saber se terá condições de atuar. O crime é investigado pela 26ª Delegacia Territorial (DT), em Camaçari. 
Sem cadeirinha, criança de três anos morre em acidente na BR-242
Foto: Blog do Sigi Vilares
Uma menina de três anos morreu após um carro capotar na BR-242, no trecho próximo a Barreiras, no oeste da Bahia. De acordo com o G1, o acidente ocorreu nesta sexta-feira (21). A suspeita é de que o motorista tenha perdido o controle do carro após uma tentativa de ultrapassagem. Após capotar, o carro caiu em uma ribanceira. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a criança não usava a cadeira obrigatória no momento do acidente. Os pais da menina sofreram ferimentos leves e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Luís Eduardo Magalhães. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 11:20

Debate sobre corrupção deve ser adiado no PT

por Ricardo Galhardo | Estadão Conteúdo
Debate sobre corrupção deve ser adiado no PT
Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula
As novas denúncias envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reveladas pela chamada lista de Fachin e pela delação do empreiteiro José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, devem adiar mais uma vez o debate profundo no PT sobre corrupção. Desde que o escândalo do mensalão eclodiu, em 2005, setores do PT tentam discutir a fundo a questão da corrupção no partido, mas as tentativas sempre foram barradas. Havia a expectativa de que, com a ampliação da crise provocada pela Operação Lava Jato, o 6º Congresso do PT, marcado para o início de junho, fosse finalmente o palco desta discussão. Lideranças importantes como o ex-ministro Tarso Genro e o presidente do PT, Rui Falcão, defenderam em entrevistas, no ano passado, que o partido separasse quem agiu em nome da legenda, como o ex-tesoureiro João Vaccari Neto, dos acusados de enriquecimento pessoal, como os ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci. Segundo fontes petistas, o teor das novas denúncias contra Lula, que incluem ajuda a filho, sobrinho, irmão, além de confortos pessoais como a reforma do sítio em Atibaia e o triplex do Guarujá, causam grande embaraço ao partido, que já não tem mais a possibilidade de "separar o joio do trigo" sem atingir sua principal liderança. Ao contrário, a tendência é de que o 6.º Congresso Nacional do PT deixe o combate à corrupção em segundo plano e se transforme em um grande ato de defesa de Lula. "Qualquer manifestação sobre isso só será viável depois que forem esclarecidos os vazamentos seletivos, que foram feitos até agora, que tem obstruído o direito de defesa do presidente e a visível indução de várias delações premiadas, pela quais foram feitos intercâmbios de incriminação em troca de reduções de pena. A forma de 'exceção', com que estão sendo conduzidos os inquéritos e os processos não autorizam uma opinião responsável sobre estes assuntos", disse Tarso.
Campanhas presidenciais de 2014 receberam R$ 37 mi em caixa 2, dizem delatores
Foto: Divulgação / João Cotta / Globo
Os executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht afirmaram, em depoimentos de delação premiada à força-tarefa da Operação Lava Jato, que a empresa repassou R$ 37 milhões em doações irregulares, o chamado caixa 2, para a campanha presidencial de 2014. De acordo com levantamento feito pela Agência Brasil a partir dos depoimentos de cinco delatores, as campanhas eleitorais presidenciais do PT, do PSDB e do PSC, em 2014, tiveram R$ 24 milhões, R$ 7 milhões e R$ 6 milhões, respectivamente, em repasses ilícitos. Os valores foram detalhados pelos ex-executivos da companhia, que tiveram os depoimentos homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no início deste ano. Na semana passada, com base nas delações premiadas, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, determinou a abertura de inquéritos para investigar os políticos com foro privilegiado na Corte citados nos depoimentos. Responsável pelas maiores negociações, o ex-presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, conta que, após acertar os valores com partidos e candidatos que receberiam apoio, as doações eram operacionalizadas entre seus subordinados e representantes dos candidatos. De acordo com ele, como havia um limite para doação oficial, a Odebrecht sempre recorria ao caixa 2 para concretizar os repasses acertados previamente (entenda aqui). O ex-diretor de Relações Institucionais da empreiteira, Alexandrino Alencar, descreveu como foi feito o acerto para a campanha à reeleição de Dilma Rousseff (PT). Ele disse que combinou com o então coordenador financeiro da campanha, Edinho Silva, o repasse de R$ 35 milhões a serem distribuídos igualmente a cinco partidos para que apoiassem o PT. O objetivo era o “aumento do tempo de horário eleitoral na televisão” que, conforme Alexandrino, teve incremento de um terço após os pagamentos feitos ao PROS, PRB, PCdoB, PDT e PP. Do valor acertado, os delatores indicam que R$ 24 milhões foram de fato repassados. O ex-diretor da Odebrecht em Salvador, Hilberto Mascarenhas Silva, conta ter recebido, em julho de 2014, um e-mail de Marcelo Odebrecht autorizando o pagamento, a ser “debitado na conta pós-Itália”, que era uma espécie de crédito que o governo federal e o PT tinham com a construtora, e que ia sendo abatido conforme os pedidos. Documentos fornecidos pelos delatores ao Ministério Público Federal (MPF) indicam que R$ 5 milhões foram repassados ao PROS, R$ 2 milhões ao PDT, R$ 5 milhões ao PRB e R$ 7 milhões ao PCdoB, além de R$ 5 milhões ao marqueteiro da campanha do PT, João Santana, que está preso. Então vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, disse que outro R$ 1 milhão foi repassado ao DEM, partido que apoiou o PSDB nas eleições de 2014. De acordo com Marcelo Odebrecht, outros valores chegaram a ser repassados ainda na época da pré-campanha. A assessoria de Dilma Rousseff disse que a então candidata “nunca autorizou” arrecadação de recursos por meio de caixa 2 para suas campanhas presidenciais. Em nota à imprensa, Dilma afirma que as “únicas pessoas” aptas a captar dinheiro foram os tesoureiros das campanhas de 2010 e 2014, “em conformidade com a legislação eleitoral”. Então coordenador financeiro da campanha de Dilma, Edinho Silva voltou a afirmar que a arrecadação foi feita de maneira legal e que todas as doações foram declaradas ao Tribunal Superior Eleitoral. De acordo com a assessoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o então candidato pediu apoio para as campanhas de “diversos candidatos”, na condição de dirigente partidário, “sempre na forma da lei”. Segundo o tucano, o próprio Marcelo Odebrecht afirmou na delação que as doações direcionadas a Aécio “nunca envolveram nenhum tipo de contrapartida”. Já Pastor Everaldo declarou que não recebeu recursos ilícitos e não autorizou que ninguém falasse em seu nome. Em mensagens na rede social Twitter, o então candidato disse que as afirmações de que ele teria sido pautado no debate presidencial são “sem pé nem cabeça”. Também em comunicado à imprensa, o PCdoB disse reafirmar sua “total confiança nos quadros” do partido, citados pelos delatores da Odebrecht. O presidente do PDT, Carlos Lupi, negou que a inclusão do partido na chapa Dilma-Temer tenha envolvido repasse de recursos. De acordo com ele, a garantia da aliança se deu meses antes do período em que, segundo o delator, os pagamentos teriam sido feitos. O PRB, cujo presidente nacional, Marcos Pereira, é atualmente ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, também se manifestou sobre o conteúdo das delações. O partido afirma que não recebeu dinheiro proveniente de caixa 2 e que os pedidos de doações à Odebrecht foram feitos de acordo com as regras eleitorais, quando ainda era permitido arrecadação de recursos empresariais. De acordo com o PROS, todas as doações recebidas pela legenda foram "devidamente declaradas" à Justiça Eleitoral. "A direção nacional do partido desconhece as afirmações citadas e ratifica que suas movimentações financeiras estão dentro dos parâmetros estabelecidos pela justiça eleitoral", informou a legenda.
Serra e Aécio evitam lugares públicos por causa de delações, diz coluna
Foto: Marcus Fernandes / Coligação Muda Brasil
O ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), e o senador Aécio Neves (PSDB) têm evitado lugares públicos como saguões de aeroportos e restaurantes. Mas acordo com a coluna Radar Online, da Veja, eles não estão vivendo uma vida mais reclusa por timidez ou vergonha. Com a constante divulgação de delações da Operação Lava Jato e a divulgação da lista de indiciados do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin – da qual Aécio é um dos campeões de indiamentos –, os tucanos querem manter distância do público. O objetivo é evitar que eventuais xingamentos sejam filmados e os vídeos se espalhem na internet.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 10:30

Coluna Literatura: Leia 'Poesia de Avó', de Lili Navarro

por Carlos Navarro Filho
Coluna Literatura: Leia 'Poesia de Avó', de Lili Navarro
Foto: Divulgação
O dia que homenageia os avós no Brasil é datado em julho, mas nunca seria demais repetir, o que para muitos seria um batido lugar-comum, que todo dia é dia deles. Pelo menos em reconhecimento ao amor que emanam, porque avós, em especial elas, não pensam em outra coisa que não os netos. Aliás, é uma queixa recorrente dos avôs, a de que são deixados em segundo plano. Assim é que neto também dá poesia. E esta semana temos os versos delicados e ternos de uma avó não poeta, mas totalmente avó. Você vai gostar. Clique aqui e leia a coluna Literatura!
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 10:20

Atacante do Vitória é vítima de assalto à mão armada

por Glauber Guerra
Atacante do Vitória é vítima de assalto à mão armada
Pineda em ação pelo Vitória| Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O atacante Pineda, do Vitória, passou por um grande susto na madrugada deste sábado (22). O jogador sofreu um assalto à mão armada na Estrada do Coco, em Camaçari, próximo a Arembepe. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o atleta foi rendido por homens, que o obrigaram a entregar pertences pessoais e o seu carro. Ele estava acompanhado de sua esposa. Procurado pelo Bahia Notícias, a assessoria de imprensa do clube informou que o atleta “está traumatizado”, mas ainda não se sabe se ele participará da partida contra o Conquista, domingo (23), às 16h, no Barradão, pela semifinal do Campeonato Baiano. O chileno, natural de Santiago, desembarcou na Toca do Leão em janeiro deste ano. Seu contrato é válido até 8 de julho.
Salvador tem cerca de 20 mil pessoas em situação de rua, aponta levantamento
Foto: Reprodução / Defensoria Pública
Um levantamento inédito feito pelo Projeto Axé aponta que cerca de 20 mil pessoas vivem em situação de rua em Salvador. De acordo com a Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), grande parte delas foi viver nas ruas após deixar a prisão e resiste a buscar abrigos. “Temos visto cada vez mais egressos do sistema carcerário. Alguns têm medo de fazer o cadastro achando que tem risco de voltar para a cadeia”, explica Juliana Portela, diretora de Promoção Social Especial da Semps, ao Correio. Segundo Juliana a repulsa dos moradores em situação de rua aos espaços de acolhimento tem uma explicação complexa. “Tem pessoas que nasceram na rua, então é difícil desconstruir a rua como território de identidade dela. Precisa fazer um trabalho de construção de vínculo com a pessoa. Às vezes, a mulher quer ir, o homem não quer. Às vezes têm um preconceito com o abrigo, rixa de bairro”, explica. Já o receio relacionado ao tratamento no sistema carcerário é acompanhado mais de perto pela Defensoria Pública do Estado (DP-BA). Uma equipe multidisciplinar do órgão atua com atendimentos não só de auxílio na obtenção de documentos, mas também com suporte de psicólogos e assistentes sociais. “Temos casos de violência institucional, por conta da Polícia Militar, da Guarda Municipal e até de profissionais da rede de assistência e de saúde. A gente consegue juntar toda a documentação, exame de corpo de delito, relatório médico e até entrar com ação de indenização”, detalha a defensora pública Fabiana Almeida, coordenadora da Equipe Pop Rua, à publicação. De acordo com a Semps, há cerca de 160 vagas disponíveis nas 12 unidades da rede de acolhimento da pasta. Em 2017, a secretaria abordou cerca de 2 mil pessoas, mas apenas 415 aceitaram ser cadastradas pelos agentes. Além das unidades, a prefeitura oferece auxílio moradia de R$ 300 para quem sai do abrigo. Atualmente, 672 famílias são beneficiadas.
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 09:40

Dívidas com INSS superam R$ 400 bi; Varig e JBS lideram lista de devedoras

por Idiana Tomazelli | Estadão Conteúdo
Dívidas com INSS superam R$ 400 bi; Varig e JBS lideram lista de devedoras
Foto: Divulgação
As recentes mudanças que abrandaram as regras propostas na reforma da Previdência foram insuficientes para agradar aos parlamentares, que seguem pedindo uma ação mais incisiva do governo em ações para incrementar a arrecadação do INSS. Um dos alvos é a lista bilionária de devedores da Previdência Social. De acordo com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o estoque da dívida ativa previdenciária chegou a R$ 427,73 bilhões no fim do ano passado. Três das cinco maiores devedoras estão falidas, de acordo com o acompanhamento da PGFN: Varig (R$ 3,7 bilhões), Vasp (R$ 1,7 bilhão) e Bancesa, banco cearense quebrado em 2004 (R$ 1,4 bilhão). Mas as outras duas estão em operação. Uma delas é a JBS, segunda maior empresa de alimentos do mundo, com dívida de R$ 1,84 bilhão. Também está no "pódio" a Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), mantenedora da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), que recentemente enfrentou problemas financeiros e de gestão. A elevada dívida previdenciária é tida como privilégio pelos parlamentares, que acusam o governo de não atacar o problema. Na lista de inadimplentes estão empresas ligadas ao poder público, como a Caixa Econômica Federal, com débito de R$ 549,5 milhões; os Correios, com dívida de R$ 378 milhões; e o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs), que cuida das aposentadorias dos servidores gaúchos. A dívida do Ipergs com o INSS é de R$ 395,5 milhões. Expostos à pressão de diversas categorias contrárias à reforma, os parlamentares cobram uma reação do governo. O relator, deputado Arthur Maia (PPS), inseriu em seu relatório um dispositivo que pode facilitar a cobrança de parte da dívida. Segundo a regra, os acionistas controladores, administradores, gerentes, diretores e prefeitos respondem solidariamente, "com seu patrimônio pessoal", caso os pagamentos das contribuições sejam atrasados de forma intencional ou por culpa desse agente. Além disso, o Congresso quer intensificar a fiscalização sobre os números da Previdência. O deputado Roberto de Lucena (PV-SP) vai protocolar, no início da próxima semana, uma Proposta de Fiscalização e Controle (PFC) na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. A iniciativa prevê o apoio do Tribunal de Contas da União (TCU) para realizar auditoria que vai mirar as contas da Previdência e as dívidas. "Estamos pagando a conta da má gestão dos recursos e jogando novamente para cima do trabalhador", diz Lucena, cujo partido integra a base do governo do presidente Michel Temer. "A sociedade vai entender que a reforma é justa se ela também enfrentar privilégios", afirma. No Senado já há uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência que aguarda para ser instalada. A iniciativa partiu do senador Paulo Paim (PT-RS), mas foi endossada por aliados do governo, incluindo o líder no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). Segundo Jucá, a CPI é importante para desmistificar de vez as diversas versões de a Previdência no Brasil "dá lucro e não está quebrada".
 Vaticano pode ir à Justiça contra patrocinadora do Palmeiras
Foto: Divulgação / Palmeiras
O Vaticano estuda acionar à Justiça contra a Crefisa, patrocinadora do Palmeiras. O motivo é o uso não autorizado da imagem do Papa Francisco em um anúncio publicitário da instituição financeira. O pontífice recebeu na semana retrasada uma camisa personalizada do clube Alviverde das mãos de um cartola. As fotos do evento foram utilizadas em uma propagada da Crefisa no jornal Estado de São Paulo. Em letras garrafais, a peça exibia a seguinte frase:  “Papa Francisco entrou para a Família Palmeiras e abençoou o manto. Avanti Palestra”. “Isto é um uso não autorizado da imagem do Papa. A Santa Sé poderia tomar uma atitude legal”, disse Greg Burke, porta-voz do Vaticano, em entrevista à ESPN. Burke ainda disse que a imagem é “claramente oposta à forma como o Papa pensa. O pontífice é um crítico dos grandes lucros de empresas. Por meio de sua assessoria o Palmeiras, avisou que não irá comentar o assunto. Já a Crefisa informou que não tem conhecimento da queixa do Vaticano e se recusou a falar sobre o tema.
Peça publicitária da Crefisa| Foto: Reprodução
Big Brother Brasil 17: Emilly confirma agressão de Marcos em depoimento à polícia, diz site
Foto: Reprodução / TV Globo
Emilly Araújo confirmou, em depoimento dado à polícia, ter sofrido agressões por parte de Marcos Harter, durante o confinamento do Big Brother Brasil 17. A declaração foi feita pela delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher Jacarepaguá, Viviane Costa, em entrevista ao iG. Segundo o site, a polícia teve como base o depoimento da vencedora do BBB, as imagens da Rede Globo e o laudo pericial positivo, para constatar a autoria e a materialidade do crime, no qual fica claro que as lesões da vítima foram provocadas por ações intencionais do autor. Após o ocorrido, Marcos foi indiciado no artigo 129, parágrafo 9º, nf art. 5°. Inciso III e 7º, I e II da Lei Maria da Penha. A delegada encaminhou um relatório com sua investigação para o Ministério Público e agora caberá à promotoria decidir se fará uma denúncia formal de agressão. “Cabe ao Ministério Público apreciar e oferecer ou não a denúncia ao Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”, disse Viviane Costa.

Juiz determina que Facebook informe dados de usuários críticos a Doria
Foto: Divulgação
Usuários suspeitos de articular protestos em frente à casa do prefeito de São Paulo, João Dória, deverão ter seus IPs informados pelo Facebook. De acordo com informações do G1, a determinação é do juiz Fernando Henrique de Oliveira Biolcatti, da 22ª Vara Cível de São Paulo, com o entendimento de que a identificação de tais pessoas serve de subsídios para a ação de reparação de danos à imagem, movida por Doria. No processo, o prefeito pede que a rede social retire o evento de protesto denominado "Virada Cultural na Casa de João Dorian", marcado para o dia 13 de maio, e também posts ofensivos a Doria, além de informar os dados cadastrais dos responsáveis por criar a página. A defesa do Facebook contestou tais medidas, afirmando que não pode fazer controle prévio do conteúdo que não seja ofensivo. Apesar de neste sábado a página encontrar-se fora do ar, o juiz não atendeu o pedido de retirada, sob afirmação de que não observou abusividade. Ele salientou ainda que dificultar ou impedir manifestações de cunho político significa uma afronta ao Estado Democrático de Direito, estabelecido pelo artigo 1º da Constituição Federal. O advogado de Doria, no entanto, afirmou que irá recorrer insistindo na necessidade da retirada da página. O juiz arbitrou ainda sobre postagens tidas como ofensivas na pagina "Deixe a esquerda livre". Segundo ele: "mesmo que existam expressões isoladas mais fortes, há, no contexto geral, críticas ao posicionamento e modos de proceder" do prefeito, "especialmente remoção de grafites e pichações, e adoção de vestimentas de trabalho de garis, pintores e afins, sem intuito de difamar, caluniar ou injuriar o autor considerado como pessoa natural, e que, desse modo, não se configuram como ilícitos".
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 08:40

Uneb divulga locais de provas do Vestibular 2017.2

Uneb divulga locais de provas do Vestibular 2017.2
Foto: Divulgação
A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) divulgou os locais das provas do Vestibular 2017.2, que acontecem neste domingo (23) e segunda-feira (24). Os 40.634 candidatos inscritos devem acessar os sites oficiais da instituição (acesse aqui) para identificarem onde farão a prova. O exame será aplicado em 28 estabelecimentos de Salvador e outros 67 no interior do estado, contemplando as 24 cidades que possuem campus da universidade. Os portões serão abertos às 7h20 e fechados às 7h50, seguindo o horário local. Os exames terão início às 8h. No primeiro dia, os candidatos farão provas de língua portuguesa (incluindo literatura brasileira), língua estrangeira (inglês, espanhol ou francês) e ciências humanas (história, geografia e atualidades), além de redação. Já no segundo dia, serão aplicados os exames de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia). A UNEB oferece neste ano 3.185 vagas distribuídas em 112 opções de cursos de graduação presenciais, oferecidas nos campi de Salvador e outras 22 cidades baianas, com entrada para o segundo semestre de 2017. A Uneb recomenda que os candidatos localizem o local de prova com antecedência. É obrigatório o uso de caneta transparente na cor preta e, para realizar a prova, será necessário apresentar um documento de identificação original com foto, recentes e em bom estado de conservação, dentro do prazo de validade. Serão aceitos RG (Carteira de Identidade), Documento de Identificação Profissional (com foto), Carteira de Trabalho (CTPS), Carteira das Forças Armadas, Passaporte e Carteira de Habilitação (modelo com foto).

Nenhum comentário:

Postar um comentário