sexta-feira, 14 de abril de 2017

EC VITÓRIA / NOTÍCIAS

Quinta, 13 de Abril de 2017 - 21:55

Argel Fucks garante Vitória vivo na Copa do Brasil: 'Ninguém escutou bater o sino'

por Matheus Caldas
Argel Fucks garante Vitória vivo na Copa do Brasil: 'Ninguém escutou bater o sino'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Vitória teve a posse de bola, as melhores chances do jogo e o Paraná apenas se defendeu. Essa é a opinião do técnico rubro-negro Argel Fucks, sobre a derrota do Leão por 2 a 0 para o Paraná, nesta quinta-feira (13), pela Copa do Brasil. Para o comandante, apesar do revés, a equipe tem condições de reverter o resultado.

“O jogo é jogado. Futebol é dessa forma. Ninguém escutou bater o sino. Não acabou a luta ainda. Teremos um jogo difícil. A torcida vai lotar o estádio e cobrar pra que eles saiam para jogo. De repente, tenham até uma postura diferente do que teve aqui (...) Não acabou ainda a eliminatória. Futebol não é como começa: é como termina, e ainda não terminou”, prometeu, em entrevista coletiva.

Na sua análise, Argel reiterou o fato de que o Vitória foi o dono do jogo. “Não adianta você ter posse de volta, volume de jogo, chances de gol. Pra mim, o jogo que assisti, o adversário chutou uma bola no primeiro tempo, fez um gol no escanteio. Ele bateu de canela, mas gol de canela ou de bicicleta é gol. No segundo tempo, não chutou uma bola e, num contra-ataque, marcou e acabou fazendo os 2 a 0. Acho que nossa equipe fez uma boa partida no primeiro tempo, principalmente. Tivemos três ou quatro oportunidades claríssimas de fazer o gol”, analisou

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.
 
Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.
Após derrota, Willian Farias elogia Paraná, mas crê que Vitória jogou abaixo do esperado
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
Após a derrota do Vitória por 2 a 0 frente ao Paraná, nesta quinta-feira (13), pela quarta fase da Copa do Brasil, o capitão Willian Farias saiu cabisbaixo do gramado. Ele lamentou o revés sofrido dentro do Barradão.

“Acho que a gente está jogando com uma equipe que é qualificada. Hoje todo mundo viu que a gente ficou aquém do que vinha jogando, do que vinha se dispondo a jogar e a marcar, mas não podemos tirar os méritos do adversário, que foi bem”, disse, ao canal Premiere.
 
A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.
 
Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.
Quinta, 13 de Abril de 2017 - 21:21

Após derrota do Vitória, Bruno Ramires dispara: 'Quando perde ninguém presta'

por Matheus Caldas
Após derrota do Vitória, Bruno Ramires dispara: 'Quando perde ninguém presta'
Foto: Divulgação / Vitória
O Vitória ficou mais distante da vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil nesta quinta-feira (13), após a derrota por 2 a 0 para o Paraná, em pleno Barradão. Volante titular nesta partida, Bruno Ramires demonstrou irritação com o resultado.

“Jogo difícil, normal. Perdemos dentro de casa. O time deles veio jogar no contra-ataque. Quando perde ninguém presta”, vociferou, em entrevista à rádio Transamérica.

Para conseguir a classificação, o Leão precisará vencer por três gols de diferença na partida da volta, na próxima quarta-feira (19), em Curitiba.

O próximo duelo rubro-negro será pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, neste domingo (16), às 16h, no Lomanto Júnior.
Quinta, 13 de Abril de 2017 - 21:10

Dentro de casa, Vitória perde para o Paraná e se complica na Copa do Brasil

por Matheus Caldas
Dentro de casa, Vitória perde para o Paraná e se complica na Copa do Brasil
Foto: Maurícia da Matta / Divulgação / EC Vitória
O Vitória se complicou na Copa do Brasil. A equipe rubro-negra foi derrotada por 2 a 0 para o Paraná, nesta quinta-feira (13), no Barradão, no primeiro jogo da quarta fase do torneio. A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.

Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.

Primeiro tempo

Nos 20 primeiros minutos de partida, era ataque contra defesa. O Paraná se concentrava no campo defensivo e o Vitória se fazia presente no campo ofensivo. No entanto, apesar da maior posse de bola, o Rubro-negro não conseguia ser eficiente nas finalizações. Aos 22 minutos,

Cleiton Xavier tentou cruzar, mas quase surpreendeu o goleiro e exigiu uma grande defesa

Nos minutos seguintes, o jogo continuou amarrado. O Paraná ensaiou saídas mais frequentes de jogo, mas não conseguiu fazê-lo, a não ser uma finalização que exigiu boa defesa de Fernando Miguel

Chance perdida pelo Vitória

Aos 47 minutos, uma chance incrível perdida por Patric. Após um lançamento preciso de Euller, Cleiton Xavier cruzou para dentro da área e o goleiro saiu para afastar. No rebote, com o gol livre, o lateral perdeu o gol

Gol do Paraná
Na sequência, escanteio do Paraná. Num lance isolado de ataque, os paranaenses marcaram seu gol com o zagueiro Airton, que se antecipou à defesa rubro-negra

Segundo tempo
A etapa complementar não começou muito diferente da anterior. Com a vantagem no placar, o time paranista se limitou ainda mais a defender. O Vitória, com mais posse de bola, não conseguia penetrar na defesa adversária
Aos 20 minutos, a primeira chance do Vitória. Pineda venceu Rayan, chutou e tirou tinta da trave do Paraná

O Leão voltou ao ataque aos 33 minutos. De fora da área, David chutou forte e a bola desviou no zagueiro paranista

Gol do Paraná
Aos 43 minutos, o Vitória se complicou ainda mais. Guilherme Biteco fez 2 a 0. Na comemoração, ele homenageou o irmão Matheus Biteco, que foi vítima da tragédia com o avião da Chapecoense, em 2016


FICHA TÉCNICA
Vitória x Paraná
Copa do Brasil – 4ª fase (jogo de ida)
Local: Barradão, em Salvador
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Cartões amarelos: Rayan  e Nathan(PAR)
Cartão vermelho: Paulinho
Gol: Airton
 
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Paulinho), Cleiton Xavier (Pineda) e Gabriel Xavier; David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.
 
Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias e Renatinho (Guilherme Biteco); Robson, Nathan e Pedro Bortoluzo (Diego Tavares). Técnico: Wagner Lopes.
 
 
Quinta, 13 de Abril de 2017 - 06:05

Copa do Brasil: Vitória recebe o Paraná e tenta largar na frente

por Glauber Guerra
 Copa do Brasil: Vitória recebe o Paraná e tenta largar na frente
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
O Vitória encara o Paraná nesta quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O objetivo do time Rubro-negro é conquistar alguma vantagem para o duelo de volta.

“O nosso primeiro jogo é em casa. Temos que fazer o resultado para termos um pouco mais de tranquilidade no jogo de volta”,  destacou o zagueiro Kanu.

O goleiro Fernando Miguel espera uma partida difícil. Por isso, ele pediu atenção redobrada ao time.

“São jogos decididos nos detalhes e a gente precisa estar atento e concentrado nos detalhes para não sermos surpreendidos”, disse o arqueiro.

Para o duelo, o comandante Rubro-negro não poderá contar com Geferson, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. Além disso o volante José Welison rompeu o ligamento cruzado do joelho e desfalcará a equipe por seis meses. O atacante Kieza é outra ausência. O jogador se recupera de uma lesão na coxa e não tem previsão de retorno.
 
FICHA TÉCNICA
Vitória x Paraná
Copa do Brasil – 4ª fase (jogo de ida)
Local: Barradão, em Salvador
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires, Cleiton Xavier e Gabriel Xavier; David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.

Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela, Alex Santana e Guillherme Biteco; Felipe Alves e Nathan. Técnico: Wagner Lopes.
Tático e bola parada dão o tom em treino do Vitória antes do duelo contra o Paraná
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
Com portões fechados à imprensa, o técnico Argel Fucks, do Vitória, fez na noite desta quinta-feira (12), no Barradão, os últimos ajustes no time para o duelo contra o Paraná.

O comandante Rubro-negro deu atenção especial às atividades táticas e de bolas paradas. Cruzamentos ofensivos e defensivos, assim como faltas e pênaltis, foram trabalhados à exaustão.

Para o confronto, o comandante Rubro-negro não poderá contar com Geferson, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. Além disso o volante José Welison rompeu o ligamento cruzado do joelho e desfalcará a equipe por seis meses. O atacante Kieza é outra ausência. O jogador se recupera de uma lesão na coxa e não tem previsão de retorno.

O Vitória vai entrar em campo com: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires, Cleiton Xavier e Gabriel Xavier; David e André Lima.

O duelo com o Paraná está marcado para quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão, válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 17:35

Com desfalques, Vitória relaciona 22 atletas contra o Paraná

por Glauber Guerra
Com desfalques, Vitória relaciona 22 atletas contra o Paraná
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O técnico Argel Fucks não terá a sua força máxima para o duelo contra o Paraná, nesta quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão, válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O lateral-esquerdo Geferson está suspenso após acumular três cartões amarelos. Além disso, o volante José Welison precisará passar por cirurgia após romper o ligamento cruzado do joelho. Outro desfalque é o atacante Kieza, que se recupera de uma lesão na coxa.

Os laterais Norberto e Leandro Salino e o meio-campista Cárdenas, ausentes da última lista, foram lembrados. Porém, o trio ficará como opção no banco de reservas.

O Vitória deve entrar em campo com: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires, Cleiton Xavier e Gabriel Xavier; David e André Lima.

Confira a lista completa:

Goleiros: Fernando Miguel, Wallace e Caíque;
Laterais: Norberto, Leandro Salino, Euller e Patric;
Zagueiros: Alan Costa, Fred e Kanu;
Volantes: Bruno Ramires, Willian Farias, Uillian Correia;
Meias: Cárdenas, Cleiton Xavier, Jhemerson e Gabriel Xavier;
Atacantes: Rafaelson, André Lima, Pineda, Paulinho e  David.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 16:45

NBB: Herói de triunfo do Vitória, André Goés mira classificação no jogo 3

por Glauber Guerra
NBB: Herói de triunfo do Vitória, André Goés mira classificação no jogo 3
Foto: Jéssica Santana/ Divulgação/ Vitória
O ala-armador André Góes, do Vitória, foi o herói no triunfo por 82 a 80 sobre o Campo Mourão-PR, na última terça-feira (12), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, pelo jogo dois do playoff do Novo Basquete Brasil (NBB). O atleta acertou uma cesta de três pontos, quando faltavam dez segundos para o término da partida e assim virou o placar e garantiu o resultado positivo. Ele expressou a sua felicidade por ter conseguido êxito na partida.

“É a sensação máxima do esporte, o êxtase. Me senti muito feliz no momento por ter sido abraçado pelos meus companheiros, familiares e todos que realmente me apoiam. A gente treina, se dedica por momentos como esse e foi muito especial. Agora, curtir tudo isso é ótimo, mas já estou focado no próximo jogo, já que nada esta decidido, e queremos muito essa classificação”, disse o jogador, em entrevista ao Bahia Notícias.                     

Góes fez uma análise do triunfo e espera conseguir um resultado positivo no jogo 3 para avançar às quartas. Vitória e Campo Mourão-PR voltam a se enfrentar nesta quinta-feira (13), às 20h, novamente no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras.
 
"Foi um jogo muito duro e fica a lição cada vez maior de que cada duelo de playoff tem uma história. Até parece clichê, mas vivemos isso e sabemos que é assim. Campo Mourão fez uma belíssima partida e dificultou a nossa vida. Foi importante ter calma para buscar ponto a ponto e reverter a situação. Também sabemos que [quinta-feira] não podemos deixar acontecer novamente e repetir os mesmos erros, então vamos rever o que aconteceu e trabalhar no treinamento para fazer um grande terceiro jogo”, finalizou.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 13:45

Kanu conta com o fator casa para sair na frente do Paraná

por Glauber Guerra
Kanu conta com o fator casa para sair na frente do Paraná
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O zagueiro Kanu, do Vitória, conta com o fator casa para sua equipe largar na frente do Paraná pela Copa do Brasil. As equipes medem força nesta quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão. O jogo é valido pelo confronto de ida da quarta fase do torneio nacional.

“O nosso primeiro jogo é em casa. Temos que fazer o resultado para termos um pouco mais de tranquilidade no jogo de volta”, disse Kanu, em entrevista ao Bahia Notícias.

No entanto, Kanu espera um jogo difícil e quer atenção redobrada de sua equipe.

“Vai ser um jogo difícil. Temos que ter atenção. Queremos passar de fase e vamos dar o máximo para sairmos com a vitória”, finalizou.

O jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira (19), às 19h30, no Estádio Durival de Brito, em Curitiba (PR).
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 11:45

Fernando Miguel ressalta importância de largar bem contra o Paraná

por Glauber Guerra
Fernando Miguel ressalta importância de largar bem contra o Paraná
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O Vitória mudou o foco por alguns dias e vai deixar o Campeonato Baiano, de lado, isso porque, nesta quinta-feira (13), o time Rubro-negro irá medir forças com o Paraná, no Barradão, pelo confronto de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Na visão do goleiro Fernando Miguel, do Leão, a partida é complicada, principalmente pelo fato que o Tricolor da Vila terá o direito de decidir em casa na próxima semana. Por isso, o camisa 1 entende que é fundamental largar bem.

“O jogo contra o Paraná é mais uma decisão. A gente espera fazer uma grande partida no Barradão e conquistar alguma vantagem. São jogos decidido nos detalhes e a gente precisa estar atento e concentrado nos detalhes para não sermos surpreendidos”, disse o arqueiro, em entrevista ao Bahia Notícias.

O goleiro ainda convocou a torcida do Vitória para o confronto.

“A gente conta com o apoio do nosso torcedor. Que ele venha, apoie, empurre o time e lote o Barradão. Que a gente possa criar uma atmosfera que nos favoreça. Vamos com tudo para essa decisão e espero que a gente consiga fazer nossa parte e levar alguma vantagem para o jogo de volta”, finalizou.
 Bruno Ramires promete postura ofensiva diante do Paraná: ‘É ir para cima dos caras’
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Ir para cima do Paraná. De acordo com o volante Bruno Ramires é com essa postura que o Vitória entrará em campo no duelo desta quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão, válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

“Vamos com a mesma postura agressiva. O jogo é dentro de casa. Importante é não tomar gols, pois gol fora é critério decisivo. É ir para cima dos caras”, disse o jogador, em entrevista coletiva.

Bruno Ramires disse não conhecer muito bem a equipe do Paraná, mas alertou para a velocidade do time.

“Não conheço muito. Mas é uma equipe jovem e rápida. Jogam muito no contra-ataque”, resumiu.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 09:45

Vitória se posiciona contra torcida única em clássicos

por Glauber Guerra
Vitória se posiciona contra torcida única em clássicos
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Após a morte de um torcedor do Bahia, domingo (9), depois do Ba-Vi, próximo a Arena Fonte Nova, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) estuda solicitar que os clássicos tenham torcida única. Por meio de nota, a diretoria do Vitória rechaçou essa ideia.  “O Esporte Clube Vitória vem a público declarar que não acredita que a torcida única seja a melhor solução para combater a violência. O clube vem caminhando em direção oposta ao concentrar esforços em promover a paz nos estádios para, justamente, resgatar a cultura de uma torcida mista”, diz o trecho da nota. O clube classifica a possibilidade de torcida única como um retrocesso no processo democratização do futebol.  “A torcida única priva o torcedor de bem de comparecer ao estádio pra ver o seu time do coração. Acreditamos que isto depõe contra o processo de popularização e democratização do futebol enquanto modalidade esportiva e opção de lazer. O esporte, como um todo, deve ser sempre agregador, e toda e qualquer campanha deve ser neste sentido”, destacou. O Vitória ainda lamentou o assassinato do torcedor Carlos Henrique Santos de Deus, de 17 anos. O jovem era adepto do Bahia. “Lamentamos os episódios de violência fora do estádio e manifestamos profundo pesar pelo falecimento do jovem torcedor do Esporte Clube Bahia, Carlos Henrique Santos de Deus, vítima desta violência nas ruas. Que haja uma investigação rigorosa, para que os culpados sejam identificados, julgados e condenados, como deve ser todo criminoso”, pontuou. Clique aqui e confira a nota na íntegra.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 08:45

Katherine destaca empenho na luta contra rebaixamento e vê equipe em evolução

por Glauber Guerra
Katherine destaca empenho na luta contra rebaixamento e vê equipe em evolução
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
A equipe de futebol feminino do Vitória ainda não venceu no Campeonato Brasileiro da categoria. Em sete jogos disputados, as Leoas perderam seis e empataram uma. O último revés para o São José-SP por 2 a 0, na terça-feira (12), no Barradão. A meia Katherine, uma das principais jogadoras do Rubro-negro, analisou o revés e garante que a equipe está empenhada em sair desta situação incômoda.

“Primeiro quero parabenizar a equipe adversária. Independente de qualquer circunstância conquistaram os três pontos dentro de nossa casa e tiveram volume de jogo. Considero que nós também tivemos oportunidade. Trabalhamos durante a semana para buscarmos o resultado positivo, mas infelizmente o futebol apresenta três resultados: o negativo, o positivo e o empate. E a gente não conseguiu o resultado positivo dentro de nossa casa. Mas todas estão empenhadas e comprometidas. A gente trabalha para trazer os resultados positivos. Pode ter certeza que a gente vai fazer o possível para que os resultados possam aparecer”, disse a camisa 10, em entrevista ao Bahia Notícias.

A atleta Rubro-negra ainda vê a evolução na equipe e pediu paciência com a nova comissão técnica, que assumiu o comando do time no início da semana. Sérgio Odilon entrou na vaga de Quinho Cardoso, desligado da função há 15 dias.

“A gente consegue vê evolução na parte física. Nossas jogadoras estão mais aguerridas e suportando mais a questão comportamental, a questão física, a questão mental... É tudo um conjunto. Temos que respeitar um novo ciclo que se dá início. Não se pode cobrar muitos por resultados quando a gente começa um novo ciclo. Tudo é tempo e no futebol não é diferente. Temos que dar tempo a missão, a filosofia de trabalho e acredito que virão muitas vitórias para a nossa equipe.

O segundo turno do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino inicia na próxima quarta-feira (18). O Vitória vai reencontrar o São José, às 15h, desta vez em Campinas (SP).
 Patric espera Paraná ‘mordido’ para duelo na Copa do Brasil
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O Vitória encara o Paraná nesta quinta-feira (13), às 19h15, no Barradão, em confronto válido pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil. O Tricolor da Vila vem de uma eliminação do estadual, após liderar a primeira fase de ponta a ponta. A desclassificação pressiona a equipe paranaense para uma reação imediata. Com isso, o lateral-direito Patric, do Leão, entre em campo “mordido” em busca de um resultado positivo.

“O Vitória tem um elenco qualificado e a disputa pela titularidade está sadia. Estamos sabendo jogar em casa e esperamos que diante do Paraná o nosso time mantenha essa postura. Sabemos que não será tarefa fácil. Eles fizeram uma grande primeira fase de estadual, mas foram eliminados no último final de semana. Então, certamente virão mordidos para nos surpreender aqui no Barradão”, destacou o lateral.

O Vitória não perde há dois meses. O último revés foi no dia 5 de fevereiro para o Botafogo-PB, fora de casa, pela Copa do Nordeste. Patric, que chegou ao clube pouco depois desta derrota, valorizou o bom momento da equipe. 

“Num futebol tão equilibrado como é o de hoje ficar dois meses sem perder é algo raro. Por isso, precisamos comemorar, mas sem nos entusiasmarmos até porque tem muito jogo pela frente e não conquistamos nada. Estamos nas semifinais do Campeonato Baiano e Copa do Nordeste. Já fui campeão da Copa do Nordeste e conquistei cinco estaduais. Sei que nesses momentos decisivos manter os pés no chão é primordial para se atingir os objetivos”, declarou.
Quarta, 12 de Abril de 2017 - 00:45

Em jogo emocionante, Vitória vence e abre 2 a 0 contra o Campo Mourão

por Glauber Guerra
Em jogo emocionante, Vitória vence e abre 2 a 0 contra o Campo Mourão
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
O Vitória está perto de conseguir uma vaga para as quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB). Na noite desta terça-feira (11), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, o time Rubro-negro venceu o Campo Mourão-PR por 82 a 80 e abriu 2 a 0 na série melhor de cinco. Com dez segundos para o término da partida, o Leão perdia por 80 a 79. Porém, Kenny Dawkins fez boa jogada, passou por três marcadores e acionou André Goés. O camisa 40 arremessou e converteu os três pontos que garantiram o triunfo do Rubro-negro baiano. Para avançar na competição, a equipe comandada pelo técnico Régis Marrelli precisa vencer o Campo Mourão nesta quinta (13), às 20h, novamente em Cajazeiras.
Vitória sofre revés para o São José e continua sem vencer no Brasileiro Feminino
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
A estreia de Sérgio Odilon no comando da equipe do Vitória de futebol feminino não foi como ele planejou. Em duelo disputado nesta terça-feira (11), no Barradão, as Leoas perderam para o São José por 2 a 0 e continuam sem vencer no Campeonato Brasileiro da categoria. Com apenas um ponto conquistado, a equipe Rubro-negra ocupa a lanterna do Grupo 2. Vitória e São José-SP se reencontram na próxima rodada. O jogo está marcado para o dia 18, quarta-feira, às 15h, em Campinas. 
Terça, 11 de Abril de 2017 - 17:45

Argel realiza treino movimentado na Toca do Leão; Flávio se reapresenta

por Glauber Guerra
Argel realiza treino movimentado na Toca do Leão; Flávio se reapresenta
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O Vitória realizou nesta terça-feira (11), na Toca do Leão, mais uma etapa da preparação para o confronto contra o Paraná, quinta (13), às 19h15, no Barradão, válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

A novidade foi a presença do meio-campista Flávio, que retorna ao clube após ter sido emprestado para a Ferroviária-SP. Porém, o jogador deu apenas voltas ao redor do campo.

Em campo, Argel comandou um trabalho movimentado.  Após o tradicional aquecimento, os jogadores participaram de um treino em espaço reduzido. Os jogadores só podiam dar dois toques na bola.

Na segunda etapa dos trabalhos foi a vez de afiar a pontaria. Os atletas treinaram finalizações.  Entre um chute e outro, Argel exigia perfeição nos arremates. Por fim, Argel orientou uma atividade técnica, novamente em campo reduzido.

O meia Dátolo continuou o trabalho de transição sob o comando de Lucas Itaberaba, auxiliar da preparação.  Já o zagueiro Vinícius, com cansaço muscular, acabou poupado das atividades.

O time Rubro-negro encerra a preparação para o confronto contra a Paraná na tarde desta quarta (12). O treino será fechado à imprensa. 
Vitória é o 10º clube do país com mais dívidas previdenciárias
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O país vive, atualmente, um contexto de reformas na Previdência Social, devido a um rombo de R$ 450 bilhões, de acordo com o Governo Federal. Em parte deste montante, os clubes de futebol do Brasil possuem culpa milionária no cartório. Nesse ranking indigesto, o Vitória parece na 10ª posição, enquanto o Bahia nem aparece. O levantamento foi feito pelo jornalista Fred Justo, numa matéria exibida nesta terça-feira (11) no programa Redação SporTV. A reportagem listou as 20 agremiações com mais dívidas previdenciárias com a União. O Rubro-negro aparece bem no meio desta lista, com um passivo de R$ 16.878.668,78. Em relação aos nordestinos, o Leão é o segundo clube, atrás apenas do Náutico, nono colocado, com uma dívida estipulada em R$ 22.572.074,10. Os outrso representantes da região são Santa Cruz, 13º com R$ 14.907.200,28 e o Sport, 19ª colocado, com R$ 9.633.404,16. De acordo com o ranking, juntos, os 20 clubes listados devem aproximadamente R$ 800 milhões. 


Foto: Reprodução /SporTV (clique na imagem para ampliar)




962 MIL ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!

TOTAL DE ACESSOS   DO BLOG  MAIS  DE  946 MIL /    DIA 13/04/17
Alemanha Mais de  178 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos
Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
461  MIL ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
495625
Alemanha
180078
Estados Unidos
125853
Rússia
43084
Malásia
19731
China
14273
Ucrânia
8645
França
5684
Portugal
5295
Índia
4085


O POETA MARATONISTA!
             
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                         CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                          Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, inspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registrado em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Cristóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DE VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.





Gamaliel  na 1ª  Maratona da Independência da Bahia 1984 Salvador/Ba. 42. 198 metros
DIA 27/08/16



Curso  de  Comunicações  Verbais

(Um dos  melhores do Brasil/S. Paulo com credenciamento CFMO 097}


     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  de  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP



********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20



Nenhum comentário:

Postar um comentário