quarta-feira, 5 de abril de 2017

CAMPEONATO BAIANO, BRASILEIRO DA SERIE A 207 E MUITO MAIS

Quarta, 05 de Abril de 2017 - 17:00/FONTE  BAHIA  NOTICIAS 

Justiça Federal nega recurso e mantém bloqueio aos bens de Neymar

por Gonçalo Junior | Estadão Conteúdo
Justiça Federal nega recurso e mantém bloqueio aos bens de Neymar
Foto: Getty Images
A 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) negou recurso dos advogados de Neymar e manteve o bloqueio dos bens do atacante em julgamento realizado nesta terça-feira (4) em São Paulo. Ainda cabe recurso. Os detalhes desta decisão só estarão disponíveis na próxima semana, quando ela for publicada no Diário Oficial.

O bloqueio abrange imóveis de cidades onde a família de Neymar tem posse, como Santos, Guarujá, São Vicente, Praia Grande, São Paulo e Itapema (SC), além de um iate e um avião. O jogador do Barcelona pode usufruir dos bens, mas não pode negociá-los.

A assessoria do jogador minimizou a decisão desta terça-feira e afirmou que o desbloqueio está ligado ao recurso do processo fiscal julgado no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) no mês passado, quando o jogador obteve uma vitória expressiva. A defesa estima que a decisão reduzirá entre 50% e 70% dos R$ 188,8 milhões entre impostos e multas cobrados ao jogador pela Receita Federal.

"Como o acórdão do julgamento do CARF ainda não foi publicado, os desembargadores não puderam decidir. Tão logo saia o acórdão, os bens serão desbloqueados", informou a assessoria de Neymar em nota enviada ao Estado de S. Paulo.


Pior da história? Meia do Stoke City cobra escanteio bizarro; veja vídeo
Foto: Reprodução / Sky Sports
O meia Charlie Adam, do Stoke City, cobrou um dos piores escanteios da história durante o duelo contra o Burnley nesta terça-feira (4). O jogador tropeçou, caiu e seu joelho bateu na bola, o que contou como a cobrança.

Ele ainda puxou a redonda de volta para o canto com as mãos para repetir a cobrança, mas como ela já estava em jogo, o árbitro acusou o toque de mão e Adam acabou cedendo a posse de bola para os adversários. O Stoke foi derrotado na partida por 1 a 0, com gol de Boyd.


Veja o vídeo do lance abaixo:



Quarta, 05 de Abril de 2017 - 15:30

Presidente da Uefa acusa ligas europeias de 'chantagem' por calendário

por Estadão Conteúdo
Presidente da Uefa acusa ligas europeias de 'chantagem' por calendário
Foto: Divulgação / Uefa
O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, expôs nesta quarta-feira a crise com as principais ligas da Europa ao declarar que elas tentam "chantagear" o órgão governante do futebol no continente. A declaração foi realizada no Congresso da Uefa, que está sendo realizada em Helsinque, na Finlândia.

As Ligas Europeias de Futebol Profissional (EPFL, na sigla em inglês), que representam ligas de 25 países, vem criticando a Uefa desde que foram deixadas fora das conversações sobre mudanças na distribuição de vagas na Liga dos Campeões e da premiação em dinheiro.

Um acordo entre a EPFL e a Uefa para evitar confrontos no calendário expirou no mês passado, e as ligas disseram que agora seus campeonatos estariam livres para realizar jogos nas mesmas datas da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

"Nós nunca cederemos à chantagem daqueles que pensam que podem manipular pequenas ligas ou impor sua vontade às associações porque elas pensam que são todos poderosos por causa das receitas astronômicas que geram", disse Ceferin no Congresso da Uefa.

Ceferin também disse que a Uefa está considerando a possibilidade de tomar medidas contra o abuso sexual no futebol de base após numerosas acusações na Grã-Bretanha nos últimos meses. "Não podemos fechar os olhos", disse. "Entre as soluções que estamos avaliando estão uma normativa, a criação de registros, formação e educação para jogadores e técnicos, ajuda legal para as vítimas e pressão sobre as instituições europeias sobre a prescrição dos crimes".

O Congresso da Uefa aprovou por unanimidade um pacote de reformas proposta por Ceferin para que os dirigentes de alto escalão da organização também ocupem cargos na associação nacional dos seus próprios países. Haverá também um limite de três mandatos de quatro anos na entidade europeia. As medidas visam assegurar que os dirigentes não estejam "fora do contato com a realidade", disse Ceferin.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, participou do congresso e disse que as eleições do ano passado encerraram anos de desentendimento entre os órgãos. "Esta estúpida rivalidade entre a Uefa e a Fifa não existe mais e não tem que existir", disse Infantino antes de abraçar Ceferin.

Os assentos no Conselho da Fifa foram confirmados para Sandor Csanyi (Hungria), Dejan Savicevic (Montenegro) e Costakis Koutsokoumnis (Chipre), que cumprirão mandato até 2021. Eles não tiveram adversários porque o candidato islandês Geir Thorsteinsson retirou-se da disputa e o russo Vitaly Mutko não estava elegível por causa de seu papel como vice-primeiro-ministro russo. Uma eleição será realizada em setembro para um quarto lugar no Conselho da Fifa.

Separadamente, o presidente da Associação de Futebol Alemão, Reinhard Grindel, foi nomeado para terminar o mandato do predecessor Wolfgang Niersbach no conselho, que vai até 2019. Niersbach foi suspenso do futebol no ano passado depois que o Comitê de Ética da Fifa o considerou culpado por não relatar uma possível má conduta relacionada à escolha da Alemanha como sede da Copa do Mundo de 2006.

O ex-jogador polonês Zbigniew Boniek estava entre os oito candidatos eleitos nesta quarta-feira para o Comitê Executivo da Uefa, juntamente com Grindel, John Delaney (Irlanda), Michele Uva (Itália), Karl-Erik Nisson (Suécia), Michael Van Praag (Holanda), David Gill (Inglaterra) e Servet Yardimci (Turquia).


Philippe Coutinho pode se tornar o brasileiro com mais gols na Premier League
Foto: Divulgação / Liverpool
O meia Philippe Coutinho, do Liverpool, pode se tornar nesta quarta-feira (5), o brasileiro que mais marcou gols na Premier League. O jogador tem 28 gols em 130 jogos, atrás apenas de Juninho Paulista, que marcou 29 vezes em 135 partidas.

Coutinho pode igualar e superar a marca ainda nesta tarde. O Liverpool enfrenta o Bournemouth no estádio de Anfield, em Liverpool, a partir das 16h.

Em janeiro, ele renovou o contrato com o clube inglês e se declarou: "Meu futebol está aqui, meu coração está aqui. Não penso em nenhum outro clube, de modo algum", disse, em entrevista ao Daily Mail. Ele agora tem vínculo com o Liverpool até junho de 2022.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 13:45

De olho no Ba-Vi, parte do elenco do Bahia treina no Fazendão

por Ulisses Gama
De olho no Ba-Vi, parte do elenco do Bahia treina no Fazendão
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Mesmo em dia de jogo, o trabalho não parou no gramado do Fazendão. Na manhã desta quarta-feira (5), parte do grupo do Bahia  se reapresentou no centro de treinamento de olho no clássico contra o Vitória, no próximo domingo (9), na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Baiano.
 
Inicialmente, os jogadores realizaram um treinamento físico, comandado pelos preparadores Juninho e Luiz Andrade. Na sequência, a vez foi do técnico Guto Ferreira e de seus auxiliares orientarem um trabalho técnico e de fundamentos.
 
Por fim, foi feito um trabalho com bola em campo reduzido. Essa atividade contou com alguns atletas da base tricolor. O treinamento não contou mais uma vez com o goleiro Jean, que se recupera de uma virose, o volante Yuri e o atacante João Paulo, que se recuperam de cirurgias.
 
A equipe volta a treinar na tarde desta quinta-feira (6), às 15h, novamente no Fazendão. Na noite desta quarta, às 21h45, o time misto do tricolor enfrenta o Atlântico, em Pituaçu, pela 11ª rodada do estadual.
Jornal português diz que Talisca pode ser reforço do Manchester United
Foto: Divulgação / Besiktas
O meia atacante Anderson Talisca, ex-jogador do Bahia, teria despertado interesse do Manchester United. De acordo com o jornal português O Jogo, o Besiktas gostaria de contar com o atleta para 2018, mas os planos podem mudar no caso de uma oferta dos ingleses.

Talisca está no Besiktas por empréstimo. O Benfica renovaria o contrato de empréstimo até junho de 2018 para os turcos. No entanto, uma cláusula permite que o jogador seja transferido caso alguma equipe se proponha a pagar 25 milhões de euros pelo atleta.


Para continuar com Talisca após a renovação do empréstimo, os turcos precisariam desembolsar 23 milhões de euros. No entanto, eles só terão direito de compra em 2018.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 12:45

Vitória tem 18 convocados para encarar o Santa Cruz pela Copa do Brasil Sub-20

por Glauber Guerra
Vitória tem 18 convocados para encarar o Santa Cruz pela Copa do Brasil Sub-20
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
O técnico Laelson Lopes, do Vitória sub-20, convocou 18 jogadores para a estreia na Copa do Brasil da categoria, nesta quinta-feira (6), às 16h, no Arruda, em Recife (PE).

Para a partida, Laelson não poderá contar com o atacante Rafaelson, autor de três gols no triunfo por 6 a 0 sobre o Galícia na última rodada do Campeonato Baiano Sub-20. O jogador foi requisitado por Argel Fucks para integrar a equipe principal do Vitória.

Se o Vitória vencer por dois gols de diferença, elimina o confronto de volta, que está marcado para a próxima quarta (12), às 16h, no Barradão.

Confira a lista completa:
Goleiros: Lucas e Jhon;
Laterais: Cedric, Ronilson, Hércules e Matheus Padilha;
Zagueiros: Matheus Souza, Léo Xavier e Gabriel;
Meio-campistas: Esdras, Hebert, Léo Gomes e Farinha;
Atacantes: Zeca, Eron, Luan, Flávio e Ruan Potó.
Cristiane elogia trabalho de Emily à frente da seleção feminina
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
A atacante Cristiane avaliou, em entrevista ao Globo Esporte, o trabalho da treinadora Emily Lima. As duas trabalham juntas pela primeira vez após Cristiane ser convocada para a seleção brasileira em preparação para o amistoso contra a Bolívia. Segundo ela, Emily tem feito um bom trabalho com as convocações.

"Ela (Emily Lima) tem testado muitas meninas. Pelo que acompanhei, tem convocado atletas diferentes todos os meses. Com isso, ela dá oportunidade de outras estarem aqui e tem meninas boas escondidas em vários lugares", disse a jogadora. Cristiane está em Manaus com a seleção desde a segunda-feira (3), quando começaram os preparativos para o duelo do próximo domingo (9). Voltando de contusão, ela vê o desempenho da nova treinadora de forma positiva.


"(Na atividade de hoje) eles estão fazendo isso para terem um banco de dados de cada atleta, para esse novo trabalho da comissão técnica. Ela tem nos passado boas orientações e acredito que ela possa fazer um grande trabalho", comentou. Brasil e Bolívia se enfrentam às 20h30 do próximo domingo, na Arena da Amazônia. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 e estão à venda no site Guichê Web e na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 11:30

Sem riscos, Atlântico quer triunfo para consolidar ano na primeira divisão

por Júlia Belas
Sem riscos, Atlântico quer triunfo para consolidar ano na primeira divisão
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Atlântico entra em campo mais tranquilo para o duelo contra o Bahia, que acontece na noite desta quarta-feira (5), a partir das 21h45. Após o triunfo sobre o Galícia por 4 a 0, a equipe escapou do rebaixamento e pretende encerrar o campeonato com mais um triunfo.

"Nós vamos enfrentar o Bahia pensando em um triunfo. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe de Série A, que no momento está procurando ficar em segundo lugar para ter o segundo jogo das finais com mando de campo aqui em Salvador. Sabemos da responsabilidade do jogo e todos os jogadores sabem também. Vamos fazer o possível para conseguir fazer um bom jogo e consequentemente conseguir uma vitória", disse o treinador Ricardo Silva, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, o primeiro ano da equipe na primeira divisão do estadual foi positivo.


"Depois desse jogo contra o Galícia, no qual conseguimos um bom resultado, o Atlântico não cai mais. Essa era uma preocupação do presidente, de todos nós, porque é o primeiro ano do Atlântico na primeira divisão e a gente viu o esforço que o presidente faz, então todo mundo ficou muito feliz", avaliou. Para o duelo contra o tricolor, o técnico ainda tem dúvidas e aguarda a avaliação médica para definir a equipe.


"Entrei no jogo do Galícia sem cinco titulares, alguns vão voltar agora, mas ainda tem que ter uma revisão médica. De imediato, fica complicado definir uma escalação. Tenho algumas dúvidas entre Pedrinho e Lucas, Vitor e Michel e entre Cássio e Chiquinho. Só na hora do jogo a gente vai decidir porque esses jogadores que eu te falei estão com algum problema. No ataque também temos a dúvida entre Júnior e Gilmar, que até saíram do jogo contra o Galícia. Então vamos ver hoje na revisão, se o nosso médico falar que está tudo ok, eles vão para o jogo. Caso contrário, serão substituídos", concluiu.


Atlântico e Bahia se enfrentam no Estádio de Pituaçu a partir das 21h45. O confronto é válido pela 11ª rodada do Campeonato Baiano. Em caso de triunfo tricolor, o Bahia ameaça o Fluminense de Feira pela segunda posição, e terá chance de ultrapassar o Touro no domingo (9), quando enfrenta o Vitória.
Copa do Brasil Sub-20: Técnico do Vitória pede objetividade para estreia contra Santa Cruz
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória
O Vitória estreia na Copa do Brasil Sub-20 contra o Santa Cruz, nesta quinta-feira (6), às 16h, no Arruda. O técnico Laelson Lopes prevê um jogo complicado, mas pediu objetividade ao time e espera voltar para Salvador com um resultado positivo na bagagem.

“Teremos dificuldades. O Santa Cruz é uma grande equipe. Precisamos ter cautela e objetividade para impor nosso jogo e buscar um bom resultado”, disse Laelson, em entrevista ao Bahia Notícias.

O treinador ainda destacou a importância da competição. Em 2012, o Vitória foi o campeão.
 
“Uma competição nacional muito importante. Como muitos jogadores estão no último ano de base, essa competição agrega bastante aos atletas. É uma experiência boa”, finalizou.
Família de Caio Júnior pede R$ 30 milhões de indenização à Chapecoense
Foto: Cleberson Silva / Chapecoense
A família do treinador Caio Júnior, morto no acidente que vitimou atletas, diretores e membros da comissão técnica da Chapecoense em novembro de 2016, entrará nesta quarta-feira (5) com uma ação pedindo uma indenização de R$ 30 milhões na Justiça do Trabalho de Chapecó, em Santa Catarina. Caio Júnior assumiu o clube em junho de 2016 e morreu em um acidente de avião a caminho da Colômbia para a final da Copa Sul-Americana do mesmo ano. O valor é baseado no salário de R$ 120 mil que ele recebia no clube e nos anos em que ele poderia continuar trabalhando. De acordo com o GloboEsporte.com, a família teve dificuldade em receber valores indenizatórios e por isso entrará com o pedido na justiça. O clube negociava o pagamento aos atletas através do seguro, mas o acordo foi recusado pelos familiares. A família de Caio Júnior só recebeu até agora o seguro feito pela CBF, no valor de 12 vezes o salário do treinador. O advogado da família, Luís Fernando Pereira, afirmou que o anúncio acontecerá em uma homenagem ao treinador feita pelo Paraná Clube.
 Atacante do Vitória evita falar do 'caso Victor Ramos': 'Extracampo deixa para a diretoria'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O atacante Paulinho evitou falar do “caso Victor Ramos”. Para o jogador, esse assunto tem que ser tratado pela diretoria do clube. O zagueiro é acusado pelo Internacional de ter atuado irregularmente no Campeonato Brasileiro do ano passado, quando defendia o Vitória.  Na manhã desta terça-feira (4), a Corte Arbitral do Esportes (CAS) suspendeu audiência para o julgamento da ação a pedido dos advogados do Leão, após cinco horas de debate na corte sediada em Lausanne, na Suíça.

“Para mim não chegou nada. Para os outros jogadores também não. Independentemente do que acontecer, temos que estar forcados nas partidas e esquecer os problemas fora do clube. Isso para a gente não interessa”, desconversou o jogador.
 
Dentro de campo, o Internacional acabou rebaixado para a Série B. A ação no CAS é uma tentativa de escapar da degola e consequentemente empurrar o Vitória para  Segunda Divisão. Paulinho nem cogita essa possibilidade.
 
“Pensamento nosso é na Série A. Série B é para os pequenos, respeitando todo mundo. Focar só no momento que estamos vivendo. O extracampo deixa para diretoria resolver”, finalizou.
Batalhão da PM se reúne com organizadas e MP para debater policiamento do Ba-Vi
Foto: Divulgação / PM
O Batalhão Especializado de Policiamento em Eventos (BEPE) da Polícia Militar realizará, nesta quinta-feira (6), uma reunião para debater o policiamento para o clássico entre Bahia e Vitória, que será realizado no próximo domingo (9).

De acordo com nota publicada no site da entidade, o encontro tratará de assuntos pertinentes à preservação da ordem e da vida dos torcedores. O evento será realizado no Auditório do Comando Geral a partir das 14h30. Na ocasião, serão divulgados os procedimentos dos órgãos envolvidos em segurança pública.

A reunião contará ainda com outros órgãos envolvidos na segurança pública, torcidas organizadas e o Ministério Público.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 08:30

Goleiro do Flu de Feira, Jair quer equipe 'solidária' contra o Vitória

por Matheus Caldas / Júlia Belas
Goleiro do Flu de Feira, Jair quer equipe 'solidária' contra o Vitória
Foto: Divulgação / Fluminense de Feira
O goleiro Jair quer ver o Fluminense de Feira jogando avançado em busca do triunfo contra o Vitória no Barradão. As duas equipes se enfrentam a partir das 20h30 desta quarta-feira (5) e, para o arqueiro do Touro, o fato de os rubro-negros entraram em campo com reservas não facilita a tarefa.

"Independente do time do Vitória ser o B ou o A, é Vitória. O Vitória é time grande, os jogadores que estão lá vão querer mostrar o trabalho para buscar espaço no time A. Então você tem que fazer o melhor, não tem esse negócio de facilitar em nada não. A gente sabe que vai enfrentar uma equipe qualificada, o Vitória é um time qualificado que vai trazer trabalho a todo instante. A gente tem que trabalhar para neutralizar todas as jogadas fortes", afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, o duelo será difícil, mas se o time se mantiver focado tem chances de conquistar os três pontos.


"A nossa pretensão é terminar na segunda colocação para jogar na semifinal por dois resultados iguais. Estamos focados aqui, conversando muito sobre esse jogo de muita importância. Enfrentar o Vitória no Barradão não é fácil, um time que está invicto no Campeonato Baiano e com uma das melhores campanhas no futebol a nível nacional, então você tem que ter uma preocupação, uma obediência tática. Fazer aquilo que o treinador pedir para a gente conseguir, dentro dos 90 minutos, conseguir o que almejamos, que é a vitória. Se a vitória não vier, que venha pelo menos o empate, o importante é não sair com uma derrota. Levar um ponto ou três é importante para uma equipe que está brigando em busca do título do Baiano. Temos tudo para conseguir os nossos objetivos, tem que ter os pés no chão, ser uma equipe solidária dentro de campo, que procura os companheiros para tocar a bola", concluiu Jair.


O Fluminense de Feira está na segunda colocação do Campeonato Baiano, seguido pelo Bahia, com uma diferença de dois pontos. Caso o Touro vença os líderes, ainda tem que torcer por um tropeço do tricolor soteropolitano para garantir a segunda posição na tabela. Além do Atlântico, o Bahia ainda tem mais um confronto no torneio - contra o Vitória, no próximo domingo (9).
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 07:45

Com time alternativo, Vitória encara o Fluminense de Feira nesta quarta-feira

por Glauber Guerra
Com time alternativo, Vitória encara o Fluminense de Feira nesta quarta-feira
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
Com a primeira colocação assegurada no Campeonato Baiano e classificado para as semifinais com três rodadas de antecedência, o Vitória encara o Fluminense de Feira nesta quarta-feira (4), às 20h30, no Barradão.
 
A última vez que o Vitória venceu o Fluminense de Feira no dia 18 de fevereiro de 2010. Na ocasião, o Rubro-negro bateu o adversário por 3 a 1, no Barradão, pelo Campeonato Baiano.  As duas equipes se enfrentaram ainda mais três vezes. Dois empates por 1 a 1 em 2012 e um revés por 1 a 0, no ano passado em Pituaçu.
 
Para o confronto, o técnico Argel Fucks decidiu poupar os titulares visando o Ba-Vi, que acontece no domingo (9), às 16h, na Arena Fonte Nova. Com isso, o time vai entrar em campo com a seguinte formação: Caíque; Leandro Salino, Vinícius, Fred e Euller; Bruno Ramires, Uillian Correia e Jhemerson; Pineda, André Lima e Paulinho.
 
O atacante Paulinho pediu atenção redobrada durante os 90 minutos, principalmente nas jogadas do Flu de Feira pelas pontas do campo.
 
“[O Fluminense de Feira] Tem um toque bom de bola. Atacantes de beiradas, que joga como a gente e são rápidos. Temos que prestar atenção nisso para não errar no jogo. Se a gente impedir de eles jogarem pelas pontas, vamos sair bem na partida. Nosso pensamento é de estudar o adversário para não sair derrotado”,  disse o jogador, em entrevista coletiva.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Fluminense de Feira
Local: Barradão, em Salvador
Data: 05/04/2017
Horário: 20h30
Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos
Assistentes: Dijalma Silva Ferreira Júnior e Edevan de Oliveira Pereira.

Vitória: Caíque; Leandro Salino, Vinícius, Fred e Euller; Bruno Ramires, Uillian Correia e Jhemerson; Pineda, André Lima e Paulinho. Técnico: Argel Fucks

Fluminense de Feira: Jair; Edson, Igor, Alysson e Deca; Rogério, Jorge Wagner, Guto e  Fernando Sobral; João Neto e Janeudo. Técnico: Arnaldo Lira.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 07:30

CBF confirma jogos na manhã de domingo e na noite de segunda-feira no Brasileirão

por Estadão Conteúdo
CBF confirma jogos na manhã de domingo e na noite de segunda-feira no Brasileirão
Foto: Rafael Ribeiro / CBF
A CBF detalhou nesta terça-feira a tabela das dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. E confirmou a permanência dos jogos nas manhãs de domingo e nas noites de segunda-feira. Também foram mantidas as partidas às 16 horas de sábado. A competição terá início no dia 13 de maio.

Pelo detalhamento divulgado pela CBF, Flamengo x Atlético-MG vai abrir o Brasileirão 2017, às 16 horas do dia 13, um sábado. A partida, com mando do time carioca, ainda não tem local definido. O estádio do Maracanã é uma das possibilidades, mas o Flamengo também tem mandado seus jogos fora do estado, para obter maior público e renda.

Por conta do imbróglio do Maracanã, todas as partidas do Flamengo e do Fluminense estão sem local definido nas dez primeiras tabelas do Brasileirão.

A primeira rodada do campeonato vai contar com jogos em três dias e em sete horários diferentes.

Confira abaixo a tabela da rodada de abertura:

13/05 - 16h - Flamengo x Atlético-MG
13/05 - 19h - Corinthians x Chapecoense
13/05 - 21h - Bahia x Atlético-PR
14/05 - 11h - Fluminense x Santos
14/05 - 16h - Palmeiras x Vasco
14/05 - 16h - Cruzeiro x São Paulo
14/05 - 16h - Ponte Preta x Sport
14/05 - 16h - Avaí x Vitória
14/05 - 19h - Grêmio x Botafogo
15/05 - 20h - Coritiba x Atlético-GO


CBF detalha datas e horários de jogos do Brasileirão; Vitória estreia num domingo
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela detalhada das dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. O Vitória, que já conhecia o seu adversário da estreia do certame nacional, agora também  tem a informação sobre o horário e dia da partida diante do Avaí: o confronto será às 16h, fora de casa, 14 de maio.

O primeiro confronto do Vitória dentro dos seus domínios será diante do Corinthians,  no dia 21 de maio, um domingo, às 16h, pela segunda rodada do Brasileirão.
 
Confira os três primeiros jogos do Leão:

1ª rodada
Domingo - 14/5
16h - Avaí x Vitória

2ª rodada
Domingo - 21/5
16h - Vitória x Corinthians

3ª rodada
Sábado - 27/5
21h - Vitória x Coritiba

Clique aqui e confira a tabela da competição na íntegra.
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 07:00

CBF detalha primeiras rodadas da Série A; confira os jogos do Bahia

por Ulisses Gama
CBF detalha primeiras rodadas da Série A; confira os jogos do Bahia
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na noite da última terça-feira (4) a tabela detalhada das dez primeiras rodadas da Série A do Campeonato Brasileiro. De volta à elite, o Bahia fará a sua estreia no dia 13 de maio, um sábado, às 21h, na Arena Fonte Nova.
 
O Esquadrão terá três jogos em dias de segunda-feira nas primeiras rodadas. O primeiro deles acontece no dia 22 de maio, pela segunda rodada, contra o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Logo depois, os desafios serão contra o Atlético Goianiense, pela quarta rodada, e contra o Grêmio, pela sexta rodada (clique aqui e confira os detalhes).
 
Veja as três primeiras partidas do Bahia na Série A:
 
1ª rodada
Sábado - 13/5
21h - Bahia x Atlético Paranaense
 
2ª rodada
Segunda - 22/5
20h - Vasco x Bahia
 
3ª rodada
Domingo 28/5
19h - Botafogo x Bahia
Quarta, 05 de Abril de 2017 - 06:00

Campeonato Baiano: sem os titulares, Bahia enfrenta o Atlântico em Pituaçu

por Ulisses Gama
Campeonato Baiano: sem os titulares, Bahia enfrenta o Atlântico em Pituaçu
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Baiano, o Bahia entra em campo na noite desta quarta-feira (5), às 21h45, contra o Atlântico, no estádio Metropolitano de Pituaçu. A missão tricolor é vencer para - a depender dos resultados - passar o Fluminense de Feira, atual segundo colocado da competição estadual.
 
Já pensando no Ba-Vi do próximo domingo (9), a comissão técnica tricolor optou por poupar os atletas considerados titulares. Apesar disso, o torcedor que for ao estádio poderá ver o retorno do zagueiro Jackson, recuperado de lesão, e o do lateral-esquerdo Pablo Armero, que estava na seleção colombiana. Ele destacou a importância da partida.
 
"Para mim, para todos nós, é um jogo muito importante. A gente sabe que nada é fácil e temos que jogar para vencer. Com o trabalho que estamos fazendo, vamos fazer o melhor para dar alegria para nossa família, para nossa torcida", declarou o jogador.
 
Para o duelo, o Bahia ainda não poderá contar com o goleiro Jean, que segue se recuperando de uma virose. A equipe tricolor ocupa o terceiro lugar do certame, com 18 pontos. Vice-líder, o Fluminense de Feira possui 20.
 
FICHA TÉCNICA
Atlântico x Bahia
Campeonato Baiano - 11ª rodada
Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 09/04/2017
Horário: 21h45
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida
Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e José dos Santos Amador
 
Bahia: Anderson, Wellington Silva, Jackson, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Matheus Sales e Zé Rafael (Diego Rosa); Maikon Leite (Diego Rosa), Edigar Junio e Gustavo. Técnico: Guto Ferreira.
 
Atlântico: Gustavo; Chiquinho, Cassio, Willian e Lucas; Ramon, Michel, Borges e Ramon Barbosa; Junior e Hugo. Técnico: Ricardo Silva.
Para participar de competição internacional, lutador de jiu-jitsu organiza rifa em Salvador
Foto: Arquivo Pessoal
A falta de apoio é uma das maiores reclamações entre os atletas amadores no Brasil. Inúmeros deles desistem e, em vez de se tornarem uma realidade, ficam apenas no campo da promessa, principalmente pelas dificuldades em se manterem nas competições. Este é o caso do lutador de jiu-jitsu Eduardo Muniz, de 19 anos. Para participar do Salvador Fall Internacional, o soteropolitano recorreu a uma rifa para tentar custear a inscrição. A competição acontecerá somente entre os dias 6 e 7 de maio, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, mas Muniz já tenta uma arrecadação junto aos amigos. “Tudo por conta do custo de inscrição, federação. Cada número vale cinco reais. Todo dinheiro arrecadado seria pra esses custos. Isso seria dividido também com outros atletas da academia”, contou, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com o lutador, as dificuldades são grandes. Sua rotina, basicamente, se limita aos treino da Equipe Gfteam, no CT Rodrigo Blumetti, em São Marcos, bairro de Salvador. Os treinamentos diários são a forma de se manter em atividade, já que as inscrições e custos dos campeonatos são altos. “Por isso não tenho muitas medalhas. Mas continuo treinando. Já procurei apoio, mas os patrocinadores achavam que isso não daria visibilidade pra eles. Então não consegui”, lamentou. Para o atleta, a falta de patrocínio acarreta numa ausência de experiências que ele poderia ter ao disputar torneios em locais diversificados. “Tento sempre estar em boa forma para cada campeonato. Mas os campeonatos mais importantes custam muito caro. Não só aqui na Bahia, mas outras federações possuem campeonatos de boa visibilidade. Não tenho como dar R$ 70 ou R$ 80 todo mês. A falta de patrocínio afeta diretamente nisso”, lamentou.
Na briga pela classificação do Baianão, técnico do Bahia de Feira mira vaga na Série D
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Correndo por fora na briga por uma vaga nas semifinais do Campeonato Baiano, o Bahia de Feira se prepara para enfrentar a Juazeirense, às 20h30 desta quarta-feira (5), no Joia da Princesa, pela última rodada da competição.

Para o técnico Quintino Barbosa, caso a classificação não venha, uma vaga na Série D 2018 seria importante. “Nós jogamos dentro de um resultado. Mas, primeiro de tudo, é ganhar o jogo contra a Juazeirense. Se não for para conseguir a classificação, iremos com o objetivo de ir para a Série D. É um clube que está se estruturando para isso. Será o primeiro time do interior a ter um estádio. O objetivo maior do clube é ter uma competição nacional pro ano que vem”, destacou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Para o técnico do Tremendão, o triunfo por 2 a 1 no clássico da cidade contra o Fluminense de Feira foi importante para motivar o grupo. “O time cresceu. Você vem de uma vitória num clássico no qual quebramos a invencibilidade de uma equipe na competição. O emocional vai lá para cima. Poderia ser um jogo que desse sono se não valesse nada, mas não. Isso dá uma motivação muito grande aos atletas”, ressaltou.

O Bahia de Feira é o sexto colocado na tabela do estadual, com 13 pontos conquistados. Para conseguir avançar de fase, terá que torcer por um empate no duelo entre Jacuipense e Vitória da Conquista, em Riachão do Jacuípe.


Terça, 04 de Abril de 2017 - 21:16

Com homenagens, Chapecoense bate Atlético Nacional e sai na frente na Recopa

por Estadão Conteúdo
Com homenagens, Chapecoense bate Atlético Nacional e sai na frente na Recopa
Foto: Jardel da Costa / Futura Press/ Estadão Conteúdo
Em noite marcada por homenagens e pelo "show da gratidão" ao Atlético Nacional, a Chapecoense deixou de lado as gentilezas no gramado e venceu o time colombiano por 2 a 1, nesta terça-feira, na Arena Condá, no jogo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana. A partida da volta está marcada para o dia 10 de maio, no estádio Atanásio Girardot, em Medellín.

O estádio deveria ter recebido o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, em novembro do ano passado. Mas a tragédia aérea com o time da Chapecoense impediu a realização deste jogo e da partida da volta. Mesmo sem a disputa daquele confronto, a Chapecoense ficou com o título, a pedido do Atlético, como homenagem às vítimas do acidente aéreo que vitimou 71 pessoas.

O troféu acabou definindo mais um duelo entre a equipe catarinense e o time colombiano. Isso porque a Recopa reúne os campeões da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana. E o Atlético foi justamente o campeão da primeira.

E o primeiro jogo deste novo confronto foi realizado nesta noite de terça, em meio a muita homenagem e agradecimentos ao próprio Atlético - por sinal o jogo só foi disputado na Arena Condá nesta terça a pedido da equipe colombiana, porque as regras da Conmebol impedem a disputa de um jogo decisivo como este num estádio com capacidade menor de 40 mil torcedores.

As homenagens tiveram início horas antes da partida, quando torcedores da Chapecoense fizeram caminhada do centro da cidade até a Arena Condá, que foi alvo de um abraço coletivo. Dentro do estádio, a Chapecoense deu início ao "show da gratidão" por volta das 18 horas, com discursos de dirigentes das duas equipes. A gratidão era endereçada ao Atlético Nacional, pelas homenagens que fez ao time brasileiro e pelo acolhimento aos familiares e aos amigos das vítimas após o acidente aéreo, em solo colombiano.

Quatro dos seis sobreviventes do acidente, Rafael Henzel, Alan Ruschel, Jackson Follmann e Neto participaram do grande evento. Eles entraram de mãos dadas no gramado e fizeram discursos de agradecimento ao Atlético e àqueles que deram suporte aos jogadores e vítimas diante da tragédia. Em seguida, o cantor Duca Leindecker foi até o centro do gramado para cantar uma música, enquanto bandeiras gigantes dos dois times ocupavam boa parte do gramado.

O JOGO - Depois das homenagens, Chapecoense e Atlético Nacional não corresponderam às expectativas da torcida em campo, no primeiro tempo. Foram quase 20 minutos de jogo morno, concentrado no meio-campo, sem qualquer chance de gol para os dois lados.

O primeiro bom momento do jogo aconteceu aos 17 minutos, em belo drible de Reinaldo sobre o zagueiro e finalização que parou na defesa do goleiro Armani. A resposta do Atlético veio aos 21, com chute de Dayro Moreno para as redes. Mas a arbitragem assinalou o impedimento.

Buscando o ataque sem muita organização, mas empurrado pela torcida, a Chapecoense chegou ao gol num lance inesperado. Após troca de passes ao redor da área, João Pedro demorou para finalizar, mas bateu rasteiro. A bola passou por baixo do defensor, que acabou desviando com a mão no meio do caminho. O árbitro anotou a penalidade e Reinaldo bateu no canto direito do goleiro Armani, abrindo o placar aos 23 minutos.

Foi a jogada mais elaborada até o final da primeira etapa. Antes do intervalo, a equipe da casa ainda mandou para as redes aos 45, em cabeçada de Túlio de Melo. Mas o juiz marcou falta do ataque sobre o goleiro Armani, na pequena área.

Para o segundo tempo, a Chapecoense voltou com mudança na defesa. Douglas Grolli, com dores musculares, deu lugar a Luiz Otávio. Na sequência, o técnico Vagner Mancini trocaria Luiz Antônio por Moisés Ribeiro.

E, sem a mesma lentidão do início do primeiro tempo, a equipe catarinense mostrou maior iniciativa no começo da etapa final. Criou duas boas chances de gol, aos 9 e aos 12 minutos, com Rossi e Apodi, respectivamente.

Mas foi o Atlético quem marcou, aos 13 minutos. Macnelly Torres, perto da entrada da área, deu belo corte para a esquerda e bateu direto. Moraes chegou na bola, mas não conseguiu evitar o empate

Depois do empate, os dois times desaceleraram em campo. E a torcida só voltou a fazer barulho aos 26, que marca o 71º minuto da partida, em referência ao número de mortos na tragédia aérea na Colômbia.

Dois minutos depois, o time catarinense recorreu à bola parada para voltar a liderar o placar. Foi aos 28 minutos, quando Reinaldo cobrou escanteio na área e o zagueiro Luiz Otávio surgiu com velocidade entre a marcação para cabecear com força para as redes. Nos minutos finais, o Atlético pressionou, mas a defesa da Chapecoense se segurou bem e, no ataque, ainda quase marcou o terceiro.

Com o resultado, o time catarinense garante o título da Recopa se empatar no jogo da volta, em maio. A Chapecoense vive momento favorável na temporada, com cinco vitórias seguidas no Campeonato Catarinense. A equipe lidera o segundo turno e ainda briga pela classificação na fase de grupos da Copa Libertadores.
Terça, 04 de Abril de 2017 - 20:30

Técnico do Jacuipense confia em retrospecto em casa para vencer o Conquista

por Matheus Caldas
Técnico do Jacuipense confia em retrospecto em casa para vencer o Conquista
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Para se classificar para as semifinais do estadual, o Jacuipense precisa vencer o Vitória da Conquista às 20h30 desta quarta-feira (5), no Estádio Eliel Martins, pela 11ª rodada do Campeonato Baiano.

Para o técnico Clebson Beleza, apesar de estar atrás do Bode na tabela de classificação, o grupo está tranquilo em relação à partida. Esta tranquilidade reside no retrospecto da equipe de não ter sido derrotada em seus domínios nesta temporada.

“O time está tranquilo. Só depende de nós. Estamos jogando em casa e esse é um fator importante. Não perdemos em casa esse ano. Vamos fazer prevalecer isso. É uma equipe qualificada e de jogadores experientes. Vamos propor nosso jogo para que a gente saia com a vitória”, avaliou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Em relação à escalação, Beleza afirmou ainda não ter um time definido. “Temos algumas dúvidas e vamos definir isso no vestiário”, disse.

Na tabela do estadual, o Leão do Sisal possui 14 pontos, na quinta posição. O Conquista, por sua vez, tem a mesma pontuação, mas é o quarto colocado, dentro do G4.


Terça, 04 de Abril de 2017 - 19:45

Com Jackson e Armero, Bahia tem 18 relacionados para enfrentar o Atlântico

por Ulisses Gama
Com Jackson e Armero, Bahia tem 18 relacionados para enfrentar o Atlântico
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
O Bahia divulgou na noite desta terça-feira (4) a convocatória do técnico Guto Ferreira para o jogo contra o Atlântico, nesta quarta-feira (5), pela 11ª rodada do Campeonato Baiano. Dezoito jogadores foram escolhidos.
 
Entre eles, consta a presença do lateral-esquerdo Armero, que estava representando a seleção colombiana, e o zagueiro Jackson, recuperado de uma inflamação no joelho. Além deles, os atacantes Mário e Matheus Peixoto surgem como novidades.
 
Confira a lista:
 
Goleiros: Anderson e Deijair
Laterais: Armero, Juninho Capixaba e Wellington Silva
Zagueiros: Jackson, Lucas Fonseca e Rodrigo Becão
Meio-campistas: Diego Rosa, Feijão, Matheus Sales, Renê Júnior e Zé Rafael
Atacantes: Edigar Junio, Gustavo, Maikon Leite, Mário e Matheus Peixoto.
Presidente do Conquista valoriza confronto direto contra o Jacuipense: 'Jogo da temporada'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
“É o jogo da temporada”. Assim definiu o presidente Ederlane Amorim, do Vitória da Conquista, o duelo contra o Jacuipense, que vale vaga nas semifinais do Campeonato Baiano. A partida será realizada às 20h30 desta quarta-feira (5), no Eliel Martins, casa do adversário.

“Expectativa muito positiva já que ficamos quase todo o campeonato no G4. Estamos entre as quatro melhores equipes em diversas estatísticas. Isso nos dá um alento de que a campanha está boa, mas tudo será definido amanhã. Vamos para ganhar o jogo, pois é o único resultado que nos interessa para não dependermos de ninguém”, pontuou o dirigente, em entrevista ao Bahia Notícias.

Para Ederlane, no entanto, o fato de jogar nos domínios do Jacuipense é um fator a ser trabalhado pelo grupo. “Jogar fora de casa contra um time que tem a mesma pontuação que nós sempre nos preocupa. Mas temos um bom retrospecto da Copa Estado 2016, quando vencemos lá [triunfo na semifinal por 2 a 1]. Claro que é só estatística. Mas temos que jogar o jogo. Não podemos pensar em empatar, caso o Bahia de Feira vença”, ponderou.

?Atualmente, o Bode é o detentor da quarta vaga, com 14 pontos. O Jacuipense vem logo em seguida, na quinta posição, com a mesma pontuação. O Bahia de Feira, sexto colocado, corre por fora, com 13 pontos, mas joga em casa contra a Juazeirense, sétima colocada, que não tem mais aspirações na competição.


Terça, 04 de Abril de 2017 - 18:35

Nenhum comentário:

Postar um comentário