sexta-feira, 14 de abril de 2017

BAVI, BARCELONA, CRISTIANO RONALDO, COPA DO MUNDO 2026 EUA...


Para Luis Enrique, Barcelona pode virar confronto contra a Juventus
Foto: Divulgação
O Barcelona precisará de mais um milagre histórico na Uefa Champions League. Após perder por 3 a 0 para a Juventus, na última terça-feira (11). Para o jogo da volta, na quarta (19), no Camp Nou, o treinador Luis Enrique crê que o Barça tem possibilidades de vencer por quatro gols de diferença, resultado necessário para reverter a vantagem dos italianos.

“Não tenho dúvidas das possibilidades que nossa equipe tem de dar a volta por cima nessa eliminatória. O feito é mais fácil do que contra o PSG. Tudo passa pela necessidade de voltarmos ao caminho da vitórias contra o Real Sociedad, e então veremos o que acontecerá na Champions”, disse, em entrevista coletiva.

Para conseguir a classificação à semifinal, o Barça se baseia na goleada por 6 a 1 sobre o PSG, nas oitavas de final. Na oportunidade, os espanhóis haviam tomado 4 a 0 no jogo de ida, na França e conseguiram a maior virada da história da Champions.
Eduardo avalia oscilação do Bahia dentro das partidas: 'Tem que procurar o equilíbrio'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias
Em 2017, o Bahia tem como uma das características a oscilação entre cada tempo do jogo. Dos 39 gols da equipe nesta temporada, 23 foram marcados na etapa complementar. Os tempos iniciais do Tricolor têm sido mais modestos.

Para o lateral-direito Eduardo, o time entra disperso em campo. “Durante o campeonato, nosso segundo tempo tem sido mais proveitoso. Temos entrado um pouco dispersos no primeiro tempo e, no segundo tempo, a equipe tem uma crescente muito grande. A gente tem que procurar o equilíbrio, fazer isso durante os 90 minutos para que as dificuldades sejam reduzidas e a gente consiga ter êxito nos placares”, avaliou. 

O próximo teste para o Bahia tentar resolver esse desequilíbrio será neste domingo (16). Pelo primeiro jogo da semifinal do Baianão, o adversário será o Fluminense de Feira, no Joia da Princesa, às 18h30.


Apresentado na Chapecoense, Victor Ramos comemora reedição de trabalho com Mancini
Foto: Divulgação / Chapecoense
Após o acerto com a Chapecoense, o zagueiro Victor Ramos, ex-Vitória, foi apresentado pelo clube na última quinta-feira (14). Durante seu discurso, o defensor celebrou o fato de trabalhar novamente com o técnico Vagner Mancini.

“Estou trabalhando muito fisicamente, em dois turnos, e acredito que essa parte não será problema. Devo intensificar nos próximos dias para estar à disposição o quanto antes. Estou muito ansioso para entrar em campo logo, mas não vou queimar etapas. E fico feliz por voltar a trabalhar com Mancini, que é um grande profissional”, comemorou.

O zagueiro também prometeu dedicação à nova camisa. “Estou muito feliz pelo acerto com a Chape e agradeço a diretoria pelo esforço que fez. É um clube com uma torcida maravilhosa, com uma estrutura fantástica. A cidade é uma das mais lindas que já conheci. Vai ser uma honra participar deste projeto do clube em um ano muito intenso, com grandes competições. Vou me dedicar ao máximo para ajudar dentro e fora de campo”, disse.

Victor Ramos não entra em campo o dia 28 de novembro do ano passado, quando o Vitória venceu o Coritiba por 1 a 0, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro (relembre aqui).
Contra o Conquista, Fernando Miguel completará 100 jogos com a camisa do Vitória
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Por ser uma decisão, a disputa de uma semifinal de Campeonato Baiano tem uma importância ímpar por si só. No entanto, para o goleiro Fernando Miguel, do Vitória, o duelo contra o Vitória da Conquista, neste domingo (16), trará uma marca mais marcante. Ele completará 100 jogos com a camisa rubro-negra.

“Primeira vez que chego a essa marca, apesar de ficar em clubes por um bom tempo. Espero continuar somando mais jogos com a camisa do Vitória”, comemorou o arqueiro, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Fernando Miguel está no Vitória desde 2013, quando chegou por empréstimo do Juventude. Antes terceiro goleiro rubro-negro, ele foi efetivamente mais utilizado a partir de 2015. Agora, é o titular absoluto da meta do Leão. “Quando cheguei, em 2013, minha intenção era fazer um bom trabalho, mostrar minha cara, meu valor. Questão da marca é consequência de um trabalho bem feito, de dedicação, de entrega, identificação muito grande com o clube”, ressaltou.

A partida contra o Conquista será realizada às 16h, fora de casa, no Estádio Lomanto Júnior. A equipe soteropolitana possui a vantagem dos dois resultados iguais.
Cristiano Ronaldo teria pago R$ 862 mil para jovem não revelar estupro, diz revista
Foto: Reprodução / Facebook
O jogador português Cristiano Ronaldo teria pago cerca de R$ 862 mil para uma jovem não revelar um caso de estupro ocorrido em junho de 2009. De acordo com a revista alemã Der Spiegel, o atleta e a mulher assinaram contrato em que ela se comprometia a ficar em silêncio. Ronaldo teria tido uma relação sexual sem consentimento com ela em um hotel da cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. O advogado do jogador, Johanes Kreile, disse que as acusações "devem ser rechaçadas contundentemente porque são incorretas". Outro responsável pelos assuntos legais de Ronaldo, o advogado Carlos Osório, teria firmado o acordo com a jovem em janeiro de 2010. Além de manter silêncio sobre o caso, a mulher se comprometeria a eliminar qualquer prova que pudesse comprometer o atacante do Real Madrid. Ainda de acordo com a publicação alemã, a mulher chegou a denunciar o abuso sexual à polícia de Las Vegas no mesmo dia do crime, mas não chegou a citar o nome de Ronaldo, restringindo-se a dizer apenas que o responsável pelo caso era uma figura pública e um atleta.
Técnico dos EUA sonha com título da Copa do Mundo em 2026
Foto: Divulgação / US Soccer
Técnico da seleção dos Estados Unidos, Bruce Arena se mostrou esperançoso com a candidatura do país, juntamente com México e Canadá, para sediar a Copa do Mundo de 2026. Segundo ele, sua equipe tem grandes chances de ser campeã mundial caso o torneio seja disputado na América do Norte.

"Em 1994 acho que os Estados Unidos eram vistos como um país emergente no jogo, e a Fifa queria levar o país para o jogo. Acho que em 2026 nós estaremos totalmente integrados ao jogo e teremos peso. Então acho que 2026 será quando nós vamos começar a falar sobre ganhar a Copa do Mundo, para ser honesto. Isso não era possível em 1994, não seria em 2010, mas em 2026 pode ser a nossa hora. Acho que essa vai ser a diferença", afirmou Arena. Ele foi o comandante americano na melhor campanha da equipe em Copas do Mundo, quando foi eliminado em 2002 nas quartas de final pela Alemanha. Ele espera que consiga permanecer na equipe até a possível campanha como anfitrião.

"Isso é uma vantagem. E pense sobre onde vamos estar em nove anos. Pense onde estávamos em 1994, 1998, continue e pense onde nós estaremos daqui oito, nove anos na nossa liga, oito, nove anos com o desenvolvimento de jogadores ao redor do mundo e jogando a Copa do Mundo no nosso país. Acho que nós estaremos posicionados como um grande time em 2026", avaliou.

Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia, os Estados Unidos estão na quarta posição e terão que disputar a repescagem caso mantenham a colocação.
Sexta, 14 de Abril de 2017 - 14:30

Zidane confirma que Bale não joga contra o Gijón e é dúvida contra o Bayern

por Estadão Conteúdo
Zidane confirma que Bale não joga contra o Gijón e é dúvida contra o Bayern
Foto: Divulgação / Real Madrid
O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, confirmou nesta sexta-feira (14) a ausência do astro galês Gareth Bale no próximo jogo da equipe, contra o Sporting Gijón, fora de casa, pelo Campeonato Espanhol, neste sábado (15). O treinador também deixou em dúvida a participação do atacante na decisão da vaga para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa diante do Bayern de Munique, no Santiago Bernabéu, na próxima terça.

"Bale não vai estar amanhã. Veremos o que ele tem. Há de se analisar dia a dia como evolui e veremos se estará recuperado na terça. Espero que esteja conosco em pouco tempo. Tem um edema no solear (músculo da perna), algo muscular onde já se submeteu à cirurgia. Estou preocupado porque não gosto de ver jogadores lesionados, ainda mais na reta final (da temporada). Ele estava muito animado depois de três meses sem jogar. Mas sabe que o problema não é grave. É um contratempo", explicou Zidane, em entrevista coletiva.

Sobre o rival deste sábado, que ocupa a 18ª colocação no Espanhol, com 22 pontos, e está dentro da zona de rebaixamento para a segunda divisão do país, Zidane procurou demonstrar respeito.

"Vai ser um adversário perigoso porque é uma equipe de primeira divisão. Uma equipe que pode ter tido as suas dificuldades durante a temporada, mas é uma partida que pode nos causar danos. Sabemos que é um encontro muito importante e vamos ter que fazer uma grande partida para vencer", projetou o técnico do Real.

A equipe merengue fez, nesta sexta, o último treino antes de enfrentar o Sporting Gijón, pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol. O time é o líder da competição com 72 pontos, três à frente do Barcelona, segundo colocado na tabela.

A atividade na Cidade Real Madrid - centro de treinamento do clube - começou com Zidane dividindo o grupo em dois. Bale não participou das atividades no campo. Os zagueiros Pepe e Varane continuaram os seus respectivos processos de recuperação de lesões.

CRISTIANO RONALDO - Ainda sem saber se poderá contar com Bale contra o Bayern, o Real irá defender a vantagem de 2 a 1 conquistada no jogo de ida do mata-mata, em Munique, onde Cristiano Ronaldo marcou os dois gols do time espanhol e fez história ao alcançar o recorde de 100 bolas na rede em competições europeias de clubes.

Por causa do feito, o astro português foi homenageado na última quinta-feira com uma camisa estilizada, entregue pelo presidente do Real, Florentino Pérez, na qual o número 100 foi estampado nas costas e logo abaixo foi colocada a frase "goles Europa".

"É um honra muito grande fazer 100 gols na Europa. Ontem (quarta-feira) foi um dia especial, com uma vitória importantíssima. Estou muito feliz. Quero agradecer ao Real Madrid pela oportunidade de fazer uma carreira brilhante neste clube e aos meus companheiros também. Muito obrigado ao clube, a meus companheiros e à torcida", disse o português, que também admitiu que "quando começou a marcar gols na Liga dos Campeões jamais pensava que iria bater este recorde". "Para mim é uma honra porque é uma marca muito difícil. Estou encantado e muito feliz", completou.


Substituto de Alonso, Button vai treinar em simulador para o GP de Mônaco
Foto: Divulgação / McLaren
A McLaren anunciou que o piloto Jenson Button não irá às pistas antes de disputar o Grande Prêmio de Mônaco. O campeão mundial substituirá Fernando Alonso na prova, já que o espanhol participará das 500 Milhas de Indianápolis, principal corrida da Fórmula Indy.

Para o seu retorno às corridas, ele treinará em um simulador. "Jenson [Button] passou 17 anos de sua vida correndo na Fórmula 1. Ele já dirigiu com o nível que temos hoje e acreditamos que o traçado aqui do Bahrein não será muito útil. Ele está em forma e pronto", explicou o diretor de corrida Eric Boullier. O piloto britânico teria ficado empolgado para participar da prova.


"Foi uma discussão fácil, muito direta. Ele era a escolha, tinha contrato conosco de qualquer maneira. Você podia sentir que sua animação pelo telefone era real e estou muito feliz que ele irá fazer parte desta aventura. (...) Ele é muito talentoso, um campeão mundial. Teve uma longa experiência na F-1 e posso garantir que já pela décima volta do primeiro treino ele já estará ok", afirmou Boullier.


Button deixou o grid da Fórmula 1 na última temporada, mas continua a trabalhar com a McLaren; desde então, a dupla de pilotos da McLaren é formada por Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne. Tanto o Grande Prêmio de Fórmula 1 quanto a Indy 500 serão realizados no dia 28 de maio.
Nas oitavas da Copa do Brasil, Bahia sub-20 quer jogar 'de igual para igual' com o Santos
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia venceu o Ceará por 3 a 0 em Pituaçu na tarde desta quinta-feira (13) e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil sub-20. Em entrevista ao Bahia Notícias, o treinador Aroldo Moreira afirmou que quer ver os seus comandados jogando de igual para igual com o Santos, adversário dos próximos dois jogos.

"Eu entendo que o sub-20 do Bahia tem feito grandes jogos desde que nós assumimos, há três anos, aproximadamente. Nós sempre buscamos jogar de igual para igual com os grandes clubes e o Santos é um grande clube. Eles revelam grandes jogadores, talvez seja a maior fábrica de talentos dos últimos anos. Imaginamos que sejam dois confrontos difíceis, mas a gente espera fazer dois jogos equilibrados e com fé em Deus sair com a classificação, o que seria importante", disse. Segundo ele, as campanhas da base tricolor nos últimos nos atestam que o Bahia tem chances de garantir uma vaga na próxima fase.


"Ultimamente nós temos feito boas competições nacionais, chegamos sempre entre os quatro primeiros e conseguimos chegar em duas finais, o que valoriza os profissionais que trabalham no Bahia e os atletas que têm a expectativa de ascender ao profissional", avaliou.


O primeiro duelo entre Bahia e Santos acontecerá na capital baiana no dia 19 de abril. As duas equipes voltam a se encontrar no próximo dia 26.
Guto comanda treino tático no Fazendão e foca em finalizações
Foto: Felipe Oliveira / Bahia
O técnico Guto Ferreira, do Bahia, comandou o elenco tricolor em uma sessão de treinamentos na manhã desta sexta-feira (14). A equipe titular que participou do treino tático deve ser a mesma que enfrenta o Fluminense de Feira no próximo domingo (16), às 18h30, no Joia da Princesa.

O treinador orientou o grupo em um trabalho tático e em uma simulação de ataque contra defesa. Depois, os jogadores ainda participaram de um treino de finalização, com foco nos cabeceios e chutes frontais.

O zagueiro Jackson e o volante Yuri, que se recuperam de lesões, trabalharam a parte física no gramado do Fazendão. Já o volante Edson, com dores no calcanhar, e o atacante João Paulo, com uma lesão no pé, fizeram um tratamento na fisioterapia.

O tricolor realiza os preparativos para a partida neste sábado (15), às 15h. Após o treino, a delegação viaja para Feira de Santana.
Marrelli credita derrota a pouco revezamento: 'Ficamos sem peças para trocar'
Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória
O técnico Regis Marrelli lamentou a derrota do Universo/Vitória para o Campo Mourão na noite desta quinta-feira (13), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, pelo jogo 3 das oitavas de final do NBB. Segundo ele, faltaram peças de reposição para compor a equipe.

"Hoje, o time deles jogou muito bem e alguns jogadores nossos não renderam o esperado. Estamos com pouco revezamento por conta dos desfalques do Edu Mariano e Hayes. Acabamos ficando sem peças para trocar, porém, o mérito é do Campo Mourão. Agora é tentar buscar a vitória lá", afirmou o treinador.


O próximo confronto entre Universo/Vitória e Campo Mourão será realizado no Paraná, mas ainda não tem data definida. Caso vença, a equipe baiana garante a classificação para as quartas de final do torneio.
Jogador morre afogado em ilha do Rio São Francisco após treinos
Foto: Reprodução / Facebook
O jogador Roberto de Lucas Santos, conhecido como Heré Barril, morreu afogado na tarde desta quinta-feira (13) no Rio São Francisco, no trecho entre as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). O jogador havia treinado horas antes para compor a equipe do Petrolina, por onde já havia jogado em 2015 e para onde queria voltar para ficar mais próximo da família. Ao GloboEsporte.com, o treinador de goleiros do Petrolina, Clailton Ribeiro, falou sobre o atleta. "Quando ele começou a treinar no Petrolina, se destacou muito como volante. Estava muito bem como titular em 2015. No ano seguinte, Neco (ex-técnico do Petrolina) me pediu indicação de jogadores para atuarem no Timbaúba, mandei ele, ai passou a ficar de meia. Era um jogador muito bom, dinâmico, um cara extraordinário, se dava bem com todo mundo. Era centrado no que queria, ser jogador de futebol. Recentemente queria melhorar a vida da esposa e filha", explicou. De acordo com Ribeiro, Heré havia prometido coloca a equipe na primeira divisão do Pernambucano. "Ele entrou no vestiário para me agradecer. Disse: 'Professor, obrigado por me dar a oportunidade de trabalhar fazendo o que eu gosto, que é jogar futebol. Vou te ajudar a colocar esse time na primeira divisão'. Ele era um cara excepcional, honesto. Trabalhava de pedreiro, do que fosse para deixar a família bem", contou, emocionado. Em nota, o Petrolina Social Clube lamentou o falecimento do jogador de 23 anos. "Atualmente Heré participava do grupo de atletas que passavam pelos treinos de avaliação física e técnica para, se avaliado positivamente, compor futuramente a equipe que será comandada pelo técnico Andrade. O clube lamenta imensamente a perda irreparável da família do jovem atleta. Que todos que admiravam o Heré Barril encontrem o conforto para amenizar esta dor".
Sobrevivente do voo da Chape, Henzel critica punição a Biteco após homenagem a irmão
Foto: Reprodução / Instagram
Após marcar o segundo gol do Paraná sobre o Vitória, o meia Guilherme Biteco se emocionou e tirou a camisa para exibir uma homenagem ao irmão, Matheus Biteco, morto no acidente com o voo da Chapecoense. O atleta não escondeu o choro ao lembrar do acidente, que vitimou 71 pessoas. Após a comemoração do gol, no entanto, o atleta levou um cartão amarelo por tirar a camisa do clube.

O jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes do acidente, criticou a punição ao atleta, aplicada pelo árbitro Wagner Reway. "Regra é regra.Mas Guilherme Biteco receber amarelo no gol do Paraná Clube por mostrar a camisa em homenagem ao irmão morto em 29/11 é brabo", escreveu Henzel. Depois da partida, o atleta do Paraná falou sobre a saudade do irmão em sua conta no Instagram.


"Te amo, meu irmão. Segue me guiando", escreveu Guilherme. Paraná e Vitória voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (19), no Estádio Durival de Britto. O duelo terá início às 19h30.



Sexta, 14 de Abril de 2017 - 08:30

Bruninho fala sobre mudanças na seleção: 'Meu pai, Bernardinho, deixou legado'

por Nathalia Garcia | Estadão Conteúdo
Bruninho fala sobre mudanças na seleção: 'Meu pai, Bernardinho, deixou legado'
Foto: Alexandre Arruda / CBV
Capitão da seleção brasileira de vôlei na conquista do ouro olímpico no Rio-2016, Bruninho viverá novo momento a partir da próxima convocação. Na estreia da Liga Mundial, em 2 de junho, verá pela primeira vez o Brasil ser comandado por Renan dal Zotto, substituto de Bernardinho, com quem trabalhou desde o primeiro chamado.

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o levantador do Sesi-SP fala sobre a saída do pai, que ocupou o posto na seleção por 16 anos, conta como encontrou motivação após conquistar "o maior sonho da sua vida" e revela planos: "Pretendo jogar mais uma Olimpíada em alto nível".

Você e o Renan já conversaram sobre seleção brasileira?

Sim. Ele veio aqui (na sede do Sesi-SP) em um dos treinos durante a Superliga. Queria saber sobre a questão física. A gente tem de acelerar muito, passar por cima de lesões e acaba chegando ao ano pós-olímpico aquém fisicamente. Sinto que sofri isso durante a temporada, mas fui melhorando com o trabalho da comissão técnica. Ele me perguntou como estava minha situação, quanto tempo precisava para ir para a seleção. E eu disse que estou ótimo. A gente sabe que o tempo é curto para a Liga Mundial. Coloquei-me à disposição, se for convocado, de ir o quanto antes e ter folga maior após a Liga Mundial porque a gente joga a Copa dos Campeões só em setembro.

Estrear na seleção na Liga Mundial é uma responsabilidade a mais para ele?

Não tem o que fazer. Sempre começa pela Liga, ele ia ter de começar com essa responsabilidade. É um torneio complicado, o Brasil não conquista o título desde 2010 e fica meio engasgado. A gente espera que possa começar com o pé direito. Ele está motivado para iniciar o trabalho logo. Tem tudo para continuar no caminho que a seleção brasileira vem trilhando nos últimos anos.

Após o ouro olímpico, qual é o desafio da seleção?

Muitas vezes a medalha de prata não é tão valorizada, isso é um ônus de jogar pelo Brasil. A responsabilidade é continuar entre os melhores. A seleção mostrou durante anos a filosofia, a luta e a garra. Não só o Renan precisa manter isso, mas os jogadores que chegarem precisam continuar com essa fome de vencer, lutar e treinar.

Quais são os seus objetivos a curto e a longo prazo?

Continuar na seleção o máximo possível. O clube dá todo o suporte para chegar bem ao time. Conquistar título pelo Sesi seria importante, a gente está correndo por fora na Superliga. E estar bem para continuar no Brasil. Pretendo jogar mais uma Olimpíada em alto nível.

Para você, como será estar na seleção sem o seu pai?

É um momento novo. A gente vai sentir falta pelo profissional que ele é. A qualidade e a competência dele são indiscutíveis. Mas faz parte sair. A seleção é que fica. As pessoas entram e saem, tenho certeza de que ele, meu pai, deixou o legado. E a gente pretende fazer com que isso continue. Estou motivado para mais um ciclo visando os Jogos de Tóquio.

Acredita que o Renan enfrentará comparações na seleção?

Vai, mas não tem jeito. Como todos os outros enfrentaram em todas as outras posições. As pessoas gostam de comparar times, atletas e técnicos. Ele tem de pensar em fazer o melhor trabalho possível.

O Bernardinho terá um papel consultivo na seleção brasileira. Você vê isso de forma natural?

Sim, até porque eles têm uma relação boa. São amigos de longa data, existe confiança um no outro. Para o Renan, principalmente nesse início de ciclo, essa ajuda é importante. Há algum tempo ele não é técnico propriamente dito, ficou na área de gestão do esporte, e a ajuda de um cara experiente é importante para ele agora. Criou uma comissão técnica muito boa, o caminho é esse.

Mudou alguma coisa na sua vida depois do ouro olímpico?

Mudou, conquistei o maior sonho da minha vida. Hoje me sinto mais realizado do que antes, mas continuo querendo conquistar sempre o ouro. Depois que você sente esse sabor, quer repetir. Muitos jogadores dessa geração eram tachados de que não venciam na seleção. Para a gente, foi redenção.
Argel Fucks garante Vitória vivo na Copa do Brasil: 'Ninguém escutou bater o sino'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Vitória teve a posse de bola, as melhores chances do jogo e o Paraná apenas se defendeu. Essa é a opinião do técnico rubro-negro Argel Fucks, sobre a derrota do Leão por 2 a 0 para o Paraná, nesta quinta-feira (13), pela Copa do Brasil. Para o comandante, apesar do revés, a equipe tem condições de reverter o resultado.

“O jogo é jogado. Futebol é dessa forma. Ninguém escutou bater o sino. Não acabou a luta ainda. Teremos um jogo difícil. A torcida vai lotar o estádio e cobrar pra que eles saiam para jogo. De repente, tenham até uma postura diferente do que teve aqui (...) Não acabou ainda a eliminatória. Futebol não é como começa: é como termina, e ainda não terminou”, prometeu, em entrevista coletiva.

Na sua análise, Argel reiterou o fato de que o Vitória foi o dono do jogo. “Não adianta você ter posse de volta, volume de jogo, chances de gol. Pra mim, o jogo que assisti, o adversário chutou uma bola no primeiro tempo, fez um gol no escanteio. Ele bateu de canela, mas gol de canela ou de bicicleta é gol. No segundo tempo, não chutou uma bola e, num contra-ataque, marcou e acabou fazendo os 2 a 0. Acho que nossa equipe fez uma boa partida no primeiro tempo, principalmente. Tivemos três ou quatro oportunidades claríssimas de fazer o gol”, analisou

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.
 
Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.
Após derrota, Willian Farias elogia Paraná, mas crê que Vitória jogou abaixo do esperado
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
Após a derrota do Vitória por 2 a 0 frente ao Paraná, nesta quinta-feira (13), pela quarta fase da Copa do Brasil, o capitão Willian Farias saiu cabisbaixo do gramado. Ele lamentou o revés sofrido dentro do Barradão.

“Acho que a gente está jogando com uma equipe que é qualificada. Hoje todo mundo viu que a gente ficou aquém do que vinha jogando, do que vinha se dispondo a jogar e a marcar, mas não podemos tirar os méritos do adversário, que foi bem”, disse, ao canal Premiere.
 
A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.
 
Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.
Quinta, 13 de Abril de 2017 - 21:21

Após derrota do Vitória, Bruno Ramires dispara: 'Quando perde ninguém presta'

por Matheus Caldas
Após derrota do Vitória, Bruno Ramires dispara: 'Quando perde ninguém presta'
Foto: Divulgação / Vitória
O Vitória ficou mais distante da vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil nesta quinta-feira (13), após a derrota por 2 a 0 para o Paraná, em pleno Barradão. Volante titular nesta partida, Bruno Ramires demonstrou irritação com o resultado.

“Jogo difícil, normal. Perdemos dentro de casa. O time deles veio jogar no contra-ataque. Quando perde ninguém presta”, vociferou, em entrevista à rádio Transamérica.

Para conseguir a classificação, o Leão precisará vencer por três gols de diferença na partida da volta, na próxima quarta-feira (19), em Curitiba.

O próximo duelo rubro-negro será pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, neste domingo (16), às 16h, no Lomanto Júnior.
Quinta, 13 de Abril de 2017 - 21:10

Dentro de casa, Vitória perde para o Paraná e se complica na Copa do Brasil

por Matheus Caldas
Dentro de casa, Vitória perde para o Paraná e se complica na Copa do Brasil
Foto: Maurícia da Matta / Divulgação / EC Vitória
O Vitória se complicou na Copa do Brasil. A equipe rubro-negra foi derrotada por 2 a 0 para o Paraná, nesta quinta-feira (13), no Barradão, no primeiro jogo da quarta fase do torneio. A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (19), às 19h30, em Curitiba. O Leão precisará vencer por três gols de diferença.

Antes, o Vitória volta a campo pelo Campeonato Baiano. O adversário será o Vitória da Conquista, às 16h deste domingo (16), no Lomanto Júnior, pela semifinal do estadual.

Primeiro tempo

Nos 20 primeiros minutos de partida, era ataque contra defesa. O Paraná se concentrava no campo defensivo e o Vitória se fazia presente no campo ofensivo. No entanto, apesar da maior posse de bola, o Rubro-negro não conseguia ser eficiente nas finalizações. Aos 22 minutos,

Cleiton Xavier tentou cruzar, mas quase surpreendeu o goleiro e exigiu uma grande defesa

Nos minutos seguintes, o jogo continuou amarrado. O Paraná ensaiou saídas mais frequentes de jogo, mas não conseguiu fazê-lo, a não ser uma finalização que exigiu boa defesa de Fernando Miguel

Chance perdida pelo Vitória

Aos 47 minutos, uma chance incrível perdida por Patric. Após um lançamento preciso de Euller, Cleiton Xavier cruzou para dentro da área e o goleiro saiu para afastar. No rebote, com o gol livre, o lateral perdeu o gol

Gol do Paraná
Na sequência, escanteio do Paraná. Num lance isolado de ataque, os paranaenses marcaram seu gol com o zagueiro Airton, que se antecipou à defesa rubro-negra

Segundo tempo
A etapa complementar não começou muito diferente da anterior. Com a vantagem no placar, o time paranista se limitou ainda mais a defender. O Vitória, com mais posse de bola, não conseguia penetrar na defesa adversária
Aos 20 minutos, a primeira chance do Vitória. Pineda venceu Rayan, chutou e tirou tinta da trave do Paraná

O Leão voltou ao ataque aos 33 minutos. De fora da área, David chutou forte e a bola desviou no zagueiro paranista

Gol do Paraná
Aos 43 minutos, o Vitória se complicou ainda mais. Guilherme Biteco fez 2 a 0. Na comemoração, ele homenageou o irmão Matheus Biteco, que foi vítima da tragédia com o avião da Chapecoense, em 2016


FICHA TÉCNICA
Vitória x Paraná
Copa do Brasil – 4ª fase (jogo de ida)
Local: Barradão, em Salvador
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Cartões amarelos: Rayan  e Nathan(PAR)
Cartão vermelho: Paulinho
Gol: Airton
 
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Paulinho), Cleiton Xavier (Pineda) e Gabriel Xavier; David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.
 
Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias e Renatinho (Guilherme Biteco); Robson, Nathan e Pedro Bortoluzo (Diego Tavares). Técnico: Wagner Lopes.
 
 
Correios voltam atrás e adia decisão sobre rescisão com a CBDA
Foto: Satiro Sodre/SSPress
Em meio à crise, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos teve um alento na última quarta-feira (12). Os Correios recuaram e decidiram adiar para maio a decisão sobre a rescisão do contrato de patrocínio com a entidade.

A decisão de romper o vínculo havia sido tomada após a prisão de dirigentes da CBDA – o ex-presidente Coaracy
Nunes estava entre os detidos. No entanto, após reuniões com o interventor Gustavo Licks, com o nadador Cesar Cielo e os ex-atletas Gustavo Borges e Thiago Pereira, essa posição foi repensada.

No último encontro, realizado na sede dos Correios, Licks se comprometeu a apresentar um ‘plano de gestão e transparência de controles internos’ até o final de abril. Em contrapartida, a estatal continuará com os repasses até o fim do próximo mês. O intuito é não prejudicar a realização do Troféu Maria Lenk, principal prova do calendário nacional, e última seletiva para o Campeonato Mundial.






962 MIL ACESSOS,  RUMO A UM MILHÃO   NO PLANETA  TERRA!

TOTAL DE ACESSOS   DO BLOG  MAIS  DE  946 MIL /    DIA 13/04/17
Alemanha Mais de  178 Mil,  líder  Internacional  de  Acessos
Nos  Mais de 100  Países do Planeta  Terra
461  MIL ACESSOS INTERNACIONAIS,  VISIBILIDADE  EM MAIS  DE 100 PAÍSES NO PLANETA TERRA.....

Visualizações de página por país

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
495625
Alemanha
180078
Estados Unidos
125853
Rússia
43084
Malásia
19731
China
14273
Ucrânia
8645
França
5684
Portugal
5295
Índia
4085


O POETA MARATONISTA!
             
 Chiquitinha  (Gamaliel Chagas) na  Maratona  do Rio de Janeiro /23/8/1986
(3h 5 min),  foto no  no aterro do  Flamengo/RJ, 42,195 km.

                         CORRER É VIVER, REJUVENESCER...
                   (A Poesia do Corredor)

                          Chego do trabalho, calço o tênis de corrida
Visto a camisa e o calção, sigo para a pista
Ajusto o relógio, preparo logo a partida
Já estou correndo, olho ao redor, que vista!

Montanhas, rios, e lagos, árvores, casas e gente
Tudo desfilando panoramicamente, que paisagem!
Respiro o oxigênio puro, vitalício, vou em  frente
Pensando, medito enquanto corro, recebo mensagens...

É a minha mente livre, inspirando-me poeticamente
Imagens lindas! E, captando energias do além
Vai fortalecendo meu corpo, docilmente
Sinto-me feliz,  porque a corrida me faz bem.

A cada quilômetro percorrido
Estabeleço um ritmo adequado
Subindo e descendo ladeiras, corro
Sempre a cada passo, respirando controlado.

É a técnica treinada com resistência
Força, energia e muita paciência,
Superando meus limites, aprendo a viver
Sim, corro! Corro! Porque sei que vou rejuvenescer...

     Poetizada  em  13/02/1985/Cidade  de Dias D'Ávila, quando Gamaliel Chagas/
 realizava  treinamento (Bairro de Nova Dias D'Ávila).

Poesia em homenagem a todos os corredores de ruas (pedestrianismo) e amantes do atletismo. Direitos Autorais registrado em nome de Gamaliel.   

                       PRINCIPAIS CORRIDAS

Gamaliel Sales Chagas poeta desde os 19 anos de idade  (1970, maratonista, futebolista, pesquisador, historiador,narrador  de futebol,    matense, nasceu 07/07/1951 na rua Luís Sepúlveda Garcez (Centro, Mata de S. João)
Correu  14 maratonas  em 6 estados do Brasil de 1983-87 (S. Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e João Pessoa)
2 maratonas em Nova York (1984 e 1986)
2 São Silvestre (1983, 1984)
Bi-campeão de 5 e 10 mil metros, Fonte Nova ( 1983+84) – (1984/85)
Escolhido o Maratonista Baiano e revelação do Atletismo da Bahia de 1984,  pela AVAB – Associação de Veteranos de Atletismo da Bahia
Correu 30 km de São Cristóvão/ Aracajú  pela  BR 101  no  ano  de 1986
Melhor tempo em maratonas: 2 h 59 min. (Salvador, 13/07/1985)
Representou os municípios de  Mata  de São João, Dias D'Ávila e Camaçari nas  corridas citas  sem ter apoio financeiro das prefeituras  citadas, apoio da Copene e do próprio Atleta (inclusive  nas duas Maratonas Internacionais  houve apoio da Copene  no translado Salvador Rio de Janeiro e vice   versa, ajuda  na  estádia), sendo  passagens  de ida e volta  a  custo do atleta, e trabalhava das 8 horas  as  17 horas e compensava  os dias  da estadia em New  York (5 dias em 1984 e 1986).

CORREU UM  "MARATONA" DA AMEBA/CIDADE  DE SALVADOR,   COM 37 KM, EM 1987
*******************************************************************************

GAMALIEL CHAGAS - RESUMO DAS PRINCIPAIS CORRIDAS:

O MARATONISTA BAIANO DE 1984 - BICAMPEÃO DOS 10 E 5 MIL METROS NA PISTA DA FONTE NOVA 1983/84.
2 MARATONAS INTERNACIONAIS /CIDADE DE NOVA YORQUE
PENTACAMPEÃO MATENSE DE VETERANOS / CORRIDA RÚSTICA DO BOMFIM DE MATA DE SÃO JOÃO, NA DÉCADA DE 2000.
15 MARATONAS COMPETIDAS - COMPETIÇÃO NO ATLETISMO BAIANO BRASILEIRO, EM 6 ESTADOS DO BRASIL! 5 MARATONAS NO RIO E JANEIRO, 2 EM BRASILIA, 2 SÃO SILVESTRES EM SÃO PAULO, ANOS 1983/84. VÁRIAS ELIMINATÓRIAS BAIANA DA S. SILVESTRE NA DÉCADA DE 1980.

COMPETIU:

01 MARATONA EM SÃO PAULO, 01 EM JOÃO PESSOA, 30 KM DE SÃO CRISTÓVÃO A ARACAJU EM 1985, 2 MARATONAS EM BRASILIA.
COMPETIÇÃO 3 OLIMPÍADAS DO POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI ONDE FOI BICAMPEÃ, COMPETIU NOS CITADOS JOGOS, NOS 10M, 1.500M, 5 E 10 MIL METROS, ALÉM DE 28 HM DE CAMAÇARI A PRAÇA ACM IDA E VOLTA, QUANDO FICOU EM 5º LUGAR ANO 1982.
COMPETIU DEZENAS DE CORRIDAS EM SALVADOR E CIDADES DO INTERIOR DA BAHIA, CONQUISTANDO MEDALHAS E TROFÉUS....

NESSE PERÍODO TRABALHAVA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, TREINAVA DAS 17H40 ÁS 20H30 DA NOITE. E FIM DE SEMANAS.





Gamaliel  na 1ª  Maratona da Independência da Bahia 1984 Salvador/Ba. 42. 198 metros
DIA 27/08/16



Curso  de  Comunicações  Verbais

(Um dos  melhores do Brasil/S. Paulo com credenciamento CFMO 097}


     No ano   de  1985  Gamaliel   iniciou  o   curso  de  Comunicações  Verbais  PPD-IOB (Treinamento  Programado  a  Distância)  por  correspondências  tendo  concluído  o  citado curso no  dia  7/3/1986.  O  citado  curso  organizado  por Oswaldo  Melantonio,  formado em  Direito, Filosofia  e  Jornalismo,  Oswaldo   presidente de  honra  de   várias  instituições  culturais  dentre  elas  a  Academia   Paulista de   Oratório  e  Academia   Brasileira  de   Comunicações  Verbais. O  curso  de  Comunicações   Verbais  teve  a  duração  de  6  meses  equivalente  a  100 horas/ aula  e  credenciado  pelo  CFMO  097.
.
     Oswaldo  Melantonio  realizou   vários   cursos  complementares  no  exterior  e  no  ano  de   1986   fazia 35  anos  se  dedicando  exclusivamente  as  Comunicações  Verbais;  inicialmente,  oratória   formal   e  informal   para   líderes   políticos   e  religiosos.   Nos  últimos   anos   Oswaldo  especializou-se   na   área   de   comunicações   dos   executivos,  objetivando a melhoria  da  produtividade  pela  eficiência  da  comunicação.

PERSONALIDADES EXPOENTES DAS  COMUNICAÇÕES VERBAIS

Várias personalidades  de Top  da  Política Executivos, da Oratória  Geral,  Locutores Esportivos, a  exemplo  de Osmar Santos/SP, Orestes Quércia  Jânio Quadros, Franco Motoro e  outros  expoentes que realizaram este  magnífico  curso, amplo usando as técnicas  da Grécia  antiga,   a exemplos  de   formidáveis  gênios  da  Comunicação, oratória da Grécia Antiga,celeiro exuberantes, Ícones das Comunicações Verbais; Aristóteles Demóstenes Cícero, este  considerado como um dos  maiores   gênios nas  Comunicações  verbais da  Grécia  e  do  Mundo, chegando ao ponto  de  governantes políticos gregos tentarem elimina-los, tal era o seu poder de oratória persuasiva (dotado de espetacular oratória  de convencimento, resumindo   era  um " Um Gênio Abençoado  da  Oratória  das Comunicações Verbais!".
    
Conteúdo  do  curso

     Introdução,  exposições  práticas,  técnicas  da  comunicação  dos  executivos,  educação  da  voz,  expressão  corporal,  figuras  de  estilos,  dez   qualidades   básicas   do  executivo,  práticas  de  comunicações  verbais  e  práticas  de  oratória
     De  modo  especial,  Oswaldo  realiza  treinamentos  para  as  lideranças  dos   principais  escalões   das   grandes   organizações   privadas   e   publicas.  O   citado   curso  já  treinou  grandes  personalidades  de diversos  seguimentos  sociais  a  exemplo  de  Franco  Motoro, Osmar   Santos,  narrador   esportivo   no  estado  de  São  Paulo,  Jânio   Quadros   que   foi  Presidente   da   República   de   31/1/1961   renunciando   o   governo   em   25/8/1961,  foi  prefeito  de  São Paulo  nas  décadas  seguintes.

     Jânio  Quadros  nasceu  em  Campo  Grande,  (Mata  Grosso  do  Sul)  no  ano  de  1917  e  faleceu  no  ano  de  1992  em  São  Paulo  e  outros  não  citados.  IOB – Cursos    de    Legislação   Empresarial   Ltda – CGC   47.677.810/0002-21,   credenciado  no  CFMO  097,  com  endereço  na  Avenida  Marques...  Asa  Branca – SP



********************************************************************************
TORCIDA, DA NAÇÃO  TRICOLOR DO EC BAHIA!
RUA LADEIRA DAS PEDRAS SETOR NORTE DA ARENA FONTE NOVA /BAHIA/BRASIL/20



Nenhum comentário:

Postar um comentário