quinta-feira, 9 de março de 2017

AS BARONESAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS, NAS LAMINAS D'ÁGUA...

DOENÇAS- Devido à sua grande proliferação nos ambientes poluídos por despejos domésticos, as baronesas podem contribuir na difusão de doenças associadas à água, já que podem arrastar com suas eficientes raízes as bactérias, vírus e fungos e, portanto, disseminar uma infinidade de doenças. As baronesas no ambiente de água doce ou salobra criam também o habitat preferido para a procriação de mosquitos e, também caramujos do gênero Biomphalaria que hospeda a planária causadora da esquistossomose. Logo no ambiente marinho, devido à salinidade, as baronesas morrem e sua decomposição, além de consumirem o oxigênio da água, produzem um grande mau cheiro.
AloHa!
Postado por O Grapiúna às 13:42
Curtir
Comentar
Comentários
Chiquitinha Maravilha Lamina d'água na região do bairro Nova Dias D'Ávila, repletas de Baronesas... f. Chiquitinha Maravilha, 08-03-17
Publicado em 12 de out de 2013
Vídeo filmado, narrado, produzido por Chiquitinha Maravilha dia 12//10/2013, com 10 minutos e 30 segundos, na lamna d'água das águias do Rio Capivari, Riacho, Nascente, Rio Imbassai... logo apos o Rio da Ponte (nome popular do Rio Imbassai), na divisa dos municípios de Camaçari, Dias D'Ávila, perto do bairro de Nova Dias D'Avila e Chacara da Embasa, margeando a estrada que liga o centro da cidade de Dias D'Ávla ao bairro de Nova Dias D'Ávila.
quarta-feira, 23 de julho de 2008
BARONESA (Eichhornia crassipes (Mart.) Solms.)
Planta perene, aquática, flutuante, de caule curto e inflado, com um tufo de raízes finas de até 60 cm de comprimento, nativa da Amazônia. Propaga-se tanto por sementes como por meios vegetativos.
É um bioindicador de má administração urbana, pois significa haver lançamentos de esgotos sem tratamento nos corpos d'água, consequentemente poluídos, que vêm passando por problemas com sua reprodução fora de controle.
Muito conhecida em Ilhéus e Itabuna, essa espécie é uma angiosperma da família Pontederiaceae, sempre presente na bacia do Rio Cachoeira onde toma a superfície do rio formando um tapete verde, desse modo impede a oxigenação da água causando a mortandade de peixes. É a mais séria planta daninha aquática existente no país. É bastante vigorosa, aumentando sua área em 15% por dia e dobrando-a a cada 6-7 dias em condições ótimas. Chega a produzir 480ton/ha./ano de massa verde (800kg/ha./dia de matéria seca), com um incremento diário de 4,8%. Suas raízes abrigam os caramujos transmissores da esquistossomose.
DOENÇAS- Devido à sua grande proliferação nos ambientes poluídos por despejos domésticos, as baronesas podem contribuir na difusão de doenças associadas à água, já que podem arrastar com suas eficientes raízes as bactérias, vírus e fungos e, portanto, disseminar uma infinidade de doenças. As baronesas no ambiente de água doce ou salobra criam também o habitat preferido para a procriação de mosquitos e, também caramujos do gênero Biomphalaria que hospeda a planária causadora da esquistossomose. Logo no ambiente marinho, devido à salinidade, as baronesas morrem e sua decomposição, além de consumirem o oxigênio da água, produzem um grande mau cheiro.
AloHa!
Postado por O Grapiúna às 13:42
Vídeo filmado, narrado, produzido por Chiquitinha Maravilha dia 12//10/2013, com 10 minutos e 30…
YOUTUBE.COM
Curtir
Comentar
Comentários
Chiquitinha Maravilha BARONESA (Eichhornia crassipes (Mart.) Solms.)
Planta perene, aquática, flutuante, de caule curto e inflado, com um tufo de raízes finas de até 60 cm de comprimento, nativa da Amazônia. Propaga-se tanto por sementes como por meios vegetativos.
É um bioindicador de má administração urbana, pois significa haver lançamentos de esgotos sem tratamento nos corpos d'água, consequentemente poluídos, que vêm passando por problemas com sua reprodução fora de controle.
Muito conhecida em Ilhéus e Itabuna, essa espécie é uma angiosperma da família Pontederiaceae, sempre presente na bacia do Rio Cachoeira onde toma a superfície do rio formando um tapete verde, desse modo impede a oxigenação da água causando a mortandade de peixes. É a mais séria planta daninha aquática existente no país. É bastante vigorosa, aumentando sua área em 15% por dia e dobrando-a a cada 6-7 dias em condições ótimas. Chega a produzir 480ton/ha./ano de massa verde (800kg/ha./dia de matéria seca), com um incremento diário de 4,8%. Suas raízes abrigam os caramujos transmissores da esquistossomose.
DOENÇAS- Devido à sua grande proliferação nos ambientes poluídos por despejos domésticos, as baronesas podem contribuir na difusão de doenças associadas à água, já que podem arrastar com suas eficientes raízes as bactérias, vírus e fungos e, portanto, disseminar uma infinidade de doenças. As baronesas no ambiente de água doce ou salobra criam também o habitat preferido para a procriação de mosquitos e, também caramujos do gênero Biomphalaria que hospeda a planária causadora da esquistossomose. Logo no ambiente marinho, devido à salinidade, as baronesas morrem e sua decomposição, além de consumirem o oxigênio da água, produzem um grande mau cheiro.
AloHa!
Postado por O Grapiúna às 13:42
      Publicado em 8 de mar de 2017
      EFLUENTE DE ÁGUAS PLUVIAL E SUMIDOUROS NO B. NOVA DAS D'ÁVILA-Ba. 09-03-17, vídeo filmado por Chiquitinha Maravilha dia 08-03-17, enfocando um efluente de águas pluvial e sumidouros localizado na rua Guaracema, com Rua Cajaiba, perto do muro do Clube do Amnda.com resumo histórico do local e do município diasdavilense que completou 32 anos de Emancipação Política e Administrativa (25-02-17). e 403 anos de fundação e povoação, do atual município de Dias D'Ávila-Ba. fundada por Francisco Dias 'D'Ávila, em 1614 (Feira Colonial de Gado, nominada de Sano Antonio de Capuame)..e outras informações.
      OS RIOS IMBASSAÍ E GANHADOR VEM SENDO POLUÍDOS PAUL ATIVAMENTE, DESDE O ANO DE 1977, QUANDO DA INAUGURAÇÃO DO BAIRRO NOA DIAS D’ÁVILA, ONDE FORAM CONECTADOS, AS ÁGUAS DE SUMIDOIROS RESIDENCIAIS, NA REE DE EFLUENTES PLUVIAL
      Categoria
      Esportes
      Licença
      Licença padrão do YouTube
      https://www.youtube.com/watch?v=AbuB2PKzaz0
      EFLUENTE DE ÁGUAS PLUVIAL E SUMIDOUROS NO B. NOVA DAS D'ÁVILA-Ba. 09-03-17, vídeo filmado…
      YOUTUBE.COM
      Curtir
      Comentar
      Comentários
      ublicado em 8 de mar de 2017
      RIO GANHADOR C/ R. IMBASSAÍ "SECANDO" RETIRAR BARONESAS 08-03-17
      vídeo dia 08-03-17, 12h10, filmado e narrado por Chiquitinha Maravilha mostrando o lendário Rio Ganhador e Rio Imbassaí, na região da nominada Chácara da Embasa, margeando a Avenida Ayrton Sena, repletos de baronesas, oriundo dos esgotamento de águas de sumidouros residenciais conectada na rede Pluvial que flui para o Rio Ganhado qe desagua no Rio Imbassaí, na região citada.
      O baixo nível as águas, (lamina d'água), oriunda do represamento de águas do Imbassaí e afluentes, Rio Jacumirim e afluentes, na represa da Rio Jacuípe e seus afluentes, na denominada Barragem de Santa Helena, secando parcialmente o nível da lamina d’água no local, na rgião do Morro do Canta Galo e Clube do AMNDA, no Bairro Nova Dias Ávila, com isso expondo o leito, quase primitivo dos Rios Imbassaí e Rio Ganhador (ou Capivari Grande), ficando as baroneasa exposta em muitos pontos na solo e parte na diminta lamina ‘água.
      Aroeitar esse bixo nível da citada lamna d’agua e inciar a retirarada das baronesas, ara quando esiver ronto o sistem a de despoluição das Bacias Inegrada dos Rios Imbassai e Jacuipemirim (ou jacumirim), no Bairro Nova Das D‘Ávla, rvsto ara no fial desse semestre, ou no segundo, as baroneasas já etarão retiradas da lamina d’água citada.
      Com resumo histórico do local e do município diasdavilense que completou 32 anos de Emancipação Política e Administrativa (25-02-17). e 403 anos de fundação e povoação, do atual município de Dias D'Ávila-Ba. fundada por Francisco Dias D'Ávila, em 1614 (Feira Colonial de Gado, nominada de Santo Antonio de Capuame)..e outras informações
      Categoria
      Esportes
      Licença
      Licença padrão do YouTube
      RIO GANHADOR C/ R. IMBASSAÍ "SECANDO" RETIRAR BARONESAS 08-03-17 vídeo dia…
      YOUTUBE.COM
      Curtir
      Comentar
      Comentários
      Publicado em 8 de mar de 2017
      A1 LAMINA D'ÁGUA RIO IMBASSAÍ SECANDO/BARRAGEM SH 08-03-17
      vídeo mostrando o leito do lendário Rio Imbassaí na região do Rio da Ponte, Bosque, perto do conjunto residencial Minha Casa, Minha Vida, Bosque, margeando a Avenida Ayrton Sena, repleta de baronesas, que precisa retira-las do local.
      Com nível de água, parecendo um pouco com a época das décadas de 1960, e anos da década de 1970, sem é claro poluições atuais, oriundo dos esgotamento residencias de alguns bairros periféricos a citado Rio.
      O baixo nível as águas, (lamina d'água), oriunda do represamento de águas do Imbassaí e afluentes, Rio Jacumirim e afluentes, na represa da Rio Jacuípe e seus afluentes, na denominada Barragem de Santa Helena.
      No vídeo mostra pescadores com suas redes, garças, mergulhões, Marrecos, e outras aves "pescando alimentos". peixes..
      om resumo histórico do local e do município diasdavilense que completou 32 anos de Emancipação Política e Administrativa (25-02-17). e 403 anos de fundação e povoação, do atual município de Dias D'Ávila-Ba. fundada por Francisco Dias 'D'Ávila, em 1614 (Feira Colonial de Gado, nominada de Santo Antonio de Capuame)..e outras informações
      Categoria
      Esportes
      Licença
      Licença padrão do YouTube
      A1 LAMINA D'ÁGUA RIO IMBASSAÍ SECANDO/BARRAGEM SH 08-03-17,vídeo…
      YOUTUBE.COM
      Curtir
      Comentar
      Comentários
      Chiquitinha Maravilha compartilhou a própria publicação.
      2 h
      Chiquitinha Maravilha adicionou 23 novas fotos.
      18 h
      http://chiquitinhamaravilha.blogspot.com.br/…/944-mil-acess… FOTOS E VÍDEOS
      RIO IMBASSAI (REGIÃO DO RIO DA PONTE), ESTÁ "SECANDO O", DEVIDO AO BOMBEAMENTO DA...
      Ver mais
      Curtir
      Comentar

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário