domingo, 30 de outubro de 2016

NOTICIAS DOS TIMES BAVI, E FUTEEBOL BAIANO E BRASILEIRO


Euller fala do duelo sobre o Atlético-PR: 'É uma final para nossa equipe'
Foto: Bruno Concha/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O Vitória encara o Atlético-PR no próximo domingo (6), no Barradão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Euller encara um jogo como um final. O Rubro-negro baiano ocupa a 17ª posição com apenas 36 pontos conquistados e precisa de um triunfo para tentar sair do temido Z4.
 
“Vamos ter uma semana pela frente para trabalhar e focar no Atlético. É final para nossa equipe e precisamos estar preparados. Acreditamos muito na permanência na Série A. Esse grupo vai lutar até o fim para conquistar este objetivo”, disse o lateral.
 
Euller ainda valorizou o empate em 2 a 2 com o Fluminense, na última sexta-feira (28), no Maracanã.
 
“Nós fizemos uma partida de superação diante do Fluminense, que tem uma grande equipe. Poderíamos até ter vencido, mas o ponto que conquistamos foi muito valioso, principalmente pelo espírito de luta da equipe durante os noventa minutos. Não deixamos de acreditar em nenhum momento”, destacou.
 
O elenco do Vitória se reapresenta na tarde desta segunda-feira (31) para iniciar a preparação contra o Atlético-PR.
Domingo, 30 de Outubro de 2016 - 10:30

Técnico do Vitória faz cálculos para escapar da degola

por Glauber Guerra
Técnico do Vitória faz cálculos para escapar da degola
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O Vitória tem 35 pontos e ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro. Com apenas cinco jogos para o término da competição, o técnico Argel Fucks fez os cálculos para sua equipe escapar da degola. Segundo as contas do treinador, o time precisa de pelo menos mais três triunfos. O próximo duelo é diante do Atlético-PR, domingo (6), no Barradão, válido pela 34ª rodada.

“O Campeonato Brasileiro é difícil, temos cinco jogos pela frente, três em casa, contra Atlético-PR, Figueirense e Palmeiras. Precisamos criar um ambiente forte. O jogo de domingo contra o Atlético-PR será decisivo. Não podemos perder pontos em casa. Se analisar, são nove pontos. E com mais um [do empate com o Flu em 2 a 2] chega a 45 pontos. Não temos mais gordura para queimar”, disse o treinador.

O time Rubro-negro vive uma fase e não vence há cinco jogos (quatro derrotas e um empate). A equipe acumula nove triunfos, nove empates e 15 derrotas. Um aproveitamento de apenas 36,4%.  

O elenco do Leão inicia a preparação para o jogo com o Atlético-PR na tarde desta segunda-feira (31).
Sábado, 29 de Outubro de 2016 - 17:00

Kanu valoriza empate com o Fluminense: 'Fizemos um bom jogo'

por Glauber Guerra
Kanu valoriza empate com o Fluminense: 'Fizemos um bom jogo'
Foto: Nelson Perez/ Fluminense/ Divulgação
O zagueiro Kanu, do Vitória, valorizou o empate em 2 a 2 com o Fluminense, na última sexta-feira (28), no Maracanã, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Fizemos um bom jogo e foi um resultado importante. Conseguimos o empate e poderíamos até virar o jogo”, disse Kanu, em entrevista à Rádio Transamérica FM.

Kanu evitou criticar o árbitro pernambucano Nielson Nogueira Dias, que assinalou um pênalti não existente contra o Vitória no primeiro tempo da partida.

“O árbitro deu um pênalti, que não aconteceu. A falta foi fora da área, mas conseguimos o empate”, emendou.

O Vitória ocupa a 17ª posição com 36 pontos conquistados. O próximo compromisso do Leão é contra o Atlético-PR, no dia 6 de novembro, no Barradão.
Sábado, 29 de Outubro de 2016 - 14:30

Willian Farias evita criticar arbitragem: 'Eles estão sujeitos a errar'

por Glauber Guerra
 Willian Farias evita criticar arbitragem: 'Eles estão sujeitos a errar'
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
Um discurso ponderado. Foi com essa postura que o volante Willian Farias, do Vitória, falou sobre o erro da arbitragem no duelo contra o Fluminense, na última sexta-feira (28), no Maracanã. Aos 33 do primeiro tempo, o árbitro Nielson Nogueira Dias assinalou um pênalti inexistente contra o Rubro-negro, já que o atacante Wellington foi agarrado fora da área. 

“Eles estão sujeitos a errar. Não podemos pensar que não podem errar. São seres humanos.  O que não pode acontecer é nós errarmos, pois trabalhamos todo dia”, disse o jogador, em entrevista à Rádio Transamérica FM.

Willian ainda valorizou o empate e espera que o time possa conseguir a reabilitação diante do Atlético-PR, domingo (6), no Barradão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Vamos comemorar esse ponto, pois é importante somar. Agora é vencer dentro de casa e fazer valer o mando de campo”, finalizou.

Com 36 pontos, o Vitória ocupa a 17ª posição na tabela de classificação do certame nacional.
Sábado, 29 de Outubro de 2016 - 12:45

Argel Fucks cobra profissionalização dos árbitros no Brasil

por Glauber Guerra
Argel Fucks cobra profissionalização dos árbitros no Brasil
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Os erros cometidos pelos homens do apito tem gerado muita discussão no Campeonato Brasileiro. A última polêmica (saiba mais aqui) foi no duelo entre Fluminense e Vitória, disputado na sexta-feira (28), no Maracanã, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O árbitro Nielson Nogueira Dias assinalou pênalti  inexistente em Wellington. Após o duelo, que terminou empatado em 2 a 2, o técnico Argel Fucks, do Leão, cobrou a profissionalização dos árbitros no Brasil.“O árbitro tem que ser profissional, como na Inglaterra. Lá os erros são muito difíceis. O árbitro é preparado, estuda os jogadores que vai apitar. Senão vai continuar acontecendo isso aí, erro em cima de erro. E o campeonato perde credibilidade”, bradou o treinador, em entrevista coletiva. Além da profissionalização, Argel também sugeriu punição severa aos árbitros quando ocorrer erros considerados "grotescos". “Não vejo juiz ser punido por erros grotescos. Eu sou punido e não trabalho no jogo seguinte se critico. Um pênalti desses desestabiliza minha equipe. Toma o gol e mexe com o emocional”, comentou. Com 46 pontos, o Vitória ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Rubro-negro baiano é diante do Atlético-PR, no dia 6 de novembro, domingo, às 16h (horário de Salvador), no Barradão, válido pela 34ª rodada.
Sábado, 29 de Outubro de 2016 - 10:30

Amaral solta o verbo contra o árbitro: 'Veio para complicar a gente'

por Glauber Guerra
Amaral solta o verbo contra o árbitro: 'Veio para complicar a gente'
Foto: Roque Mendes / Vitória
O volante Amaral, do Vitória, não escondeu sua irritação com o árbitro Nielson Nogueira Dias por conta do pênalti irregular marcado contra sua equipe, no jogo contra o Fluminense, disputado na última sexta-feira (28), no Maracanã. No lance, o atacante Wellington foi agarrado fora da área. Richarlison cobrou e converteu a penalidade.  O confronto terminou empatado em 2 a 2.

“Entramos bem na partida. Saímos na frente do placar e antes do primeiro gol tivemos duas oportunidades ali. Fizemos o gol com Marcelo e o juiz veio para complicar a gente. E agora? Fazer o quê? Jogando fora de casa contra uma grande equipe e contra o árbitro também. O importante é que a equipe não deixou cair e saímos com o empate”, disse o atleta, em entrevista à Rádio Transamérica FM.

Com o empate, o Vitória chegou aos 36 pontos e permanece na 17ª posição do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é contra o Atlético-PR, no dia 6 de novembro, no Barradão. E Amaral espera que sua equipe possa conseguir fazer valer o mando de campo diante do Furacão.

“Agora é sair do Barradão com os três pontos”, finalizou.

O elenco do Vitória  inicia a preparação para o duelo contra o Atlético-PR na segunda-feira (31), a partir das 16h, na Toca do Leão.
Sábado, 29 de Outubro de 2016 - 08:30

Vitória perde Marcelo para partida contra o Atlético-PR

por Glauber Guerra
Vitória perde Marcelo para partida contra o Atlético-PR
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
O técnico Argel Fucks, do Vitória, não poderá contar com o volante Marcelo para o confronto contra o Atlético-PR, no domingo (6), no Barradão, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atleta recebeu o terceiro cartão amarelo durante o empate em 2 a 2 com o Fluminense, na última sexta-feira (28), no Maracanã, e terá que cumprir suspensão.

Em contrapartida, o comandante Rubro-negro terá os retornos de Zé Love e José Welison, que cumpriram suspensão diante do Fluminense.

Com 36 pontos, o time comandado por Argel ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro. O elenco volta ao batente na tarde de segunda-feira (31), de olho no confronto contra o Atlético-PR.
Argel fala de erros no primeiro tempo e elogia atuação de Marinho
Foto: Dhavid Normando/Estadão Conteúdo
Além das críticas a arbitragem, o treinador Argel Fucks também falou da postura do Vitória perante o Fluminense, no empate em 2 a 2 em jogo realizado nesta sexta-feira (28) no Maracanã. Para o técnico, o time rubro-negro não foi bem tecnicamente na primeira etapa, melhorando apenas no tempo complementar.

“Controlamos, saímos na frente. Logo após tomar o gol de empate no pênalti que não houve, tivemos uma chance clara com o Kanu, mas o goleiro do Fluminense fez uma defesa fantástica. Não conseguimos armar as jogadas e faltou qualidade dos armadores. Nosso primeiro tempo não foi bom tecnicamente e fomos penalizados em uma jogada que falamos a semana inteira. O Cícero é um dos melhores cabeceadores do futebol brasileiro”, explicou Argel em entrevista coletiva, na qual também elogiou Marinho pelo gol de empate no final da partida. “Marinho é jogador que faz falta. Fundamental para o nosso sistema de jogo”, completou.

O próximo compromisso do Vitória acontece no dia 6 de novembro, às 16h (horário da Bahia) no Estádio do Barradão, contra o Atlético Paranaense.
Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 21:18

Argel Fucks detona a arbitragem e pede que Sérgio Moro resolva problemas no futebol

por Edimário Duplat
Argel Fucks detona a arbitragem e pede que Sérgio Moro resolva problemas no futebol
Foto: Jefferson Peixoto/Ag. Haack / Bahia Notícias
O principal tema da coletiva de imprensa do treinador Argel Fucks não poderia ser outro: a arbitragem que prejudicou a equipe no empate em 2 a 2 com o Fluminense, em jogo disputado nesta sexta-feira (28) no Estádio do Maracanã. Para o comandante rubro-negro, os erros cometidos só demonstram os problemas vividos no futebol brasileiro, no qual não se punem erros dos juízes e se prejudica o esporte realizado dentro de campo. “Olha, a arbitragem está se encontrando num momento difícil no futebol brasileiro. Eu não consigo entender essa falta coerência de um árbitro baiano num jogo de time pernambucano (Sport) e um pernambucano no de um time baiano. São erros grotescos, o árbitro viu que foi fora e perguntou ao assistente que está a 40 metros”, criticou o técnico, fazendo uma reflexão dos problemas vividos no país e no futebol local. “Isso é muito triste no futebol, mas é a realidade do nosso país. Hoje eles se reúnem pra punir jogador, treinador, mas não punem arbitro. Se eu falar contra a arbitragem, somos punidos. O futebol tem que ser definido dentro do campo. O pênalti foi claro (que não foi), queremos saber se vai ter punição no árbitro”, completou. Bastante entristecido com a situação vivida no Maracanã, Argel chegou a pedir a ajuda do juiz federal Sergio Moro para resolver os problemas do futebol brasileiro. “É como é em Brasilia. Quem sabe a gente traz o (Sergio) Moro para tomar conta e melhorar. A primeira coisa que tem que se fazer é dar condição para a arbitragen. Vamos concentrar os árbitros, vem antes, o árbitro tem que ser profissional, como na Inglaterra. Lá os erros são muito difíceis”, apelou.
Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 20:43

De forma reservada, Marinho faz crítica a arbitragem do jogo contra o Fluminense

por Edimário Duplat
De forma reservada, Marinho faz crítica a arbitragem do jogo contra o Fluminense
Foto: Rudy Trindade/Estadão Conteúdo
Autor do gol do empate do Vitória nesta sexta-feira (28), no confronto em 2 a 2 com o Fluminense no estádio do Maracanã, Marinho fez críticas ao pênalti marcado contra a sua equipe pela 33ª rodada do Brasileirão 2016. Entretanto, para evitar algum tipo de punição, o jogador foi brando na sua opinião e não quis polemizar sobre o caso.

“Pela circunstância, é difícil falar. A gente pode ser prejudicado. Achei estranho o pênalti. Sei que é difícil. Achei que foi falta fora. Ficou um gostinho pelo pênalti. Buscamos o empate. Sair derrotado seria ruim”, afirmou o atacante em entrevista ao canal Premiere, onde também falou do gol marcado em seu retorno a equipe rubro-negra.

“Voltar fazendo gol... Quero mandar um feliz aniversário para a minha sogra, Diva. Também para minha família, minha filha”, celebrou.
Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 20:23

Com erro de arbitragem, Vitória empata com o Fluminense no Maracanã

por Edimário Duplat
Com erro de arbitragem, Vitória empata com o Fluminense no Maracanã
Foto: Luciano Belford/Estadão Conteúdo
O torcedor do Vitória tem muito o que reclamar. Na noite desta sexta-feira (28), o Rubro-Negro ficou no empate em 2 a 2 com o Fluminense, no Estádio do Maracanã, e chegou ao seu quinto jogo consecutivo sem vencer no Campeonato Brasileiro 2016. Mesmo saindo na frente do marcador, o Leão acabou sendo prejudicado por uma marcação equivocada do árbitro pernambucano Nielson Nogueira Dias e viu o Tricolor das Laranjeiras virar o marcador ao seu favor. Entretanto, a equipe comandada por Argel Fucks conseguiu chegar ao empate com Marinho aos 43 do segundo tempo e deixou tudo igual no Rio de Janeiro. O resultado não tira o time da zona de rebaixamento da competição, que segue na 17ª posição com 36 pontos.

Precisando de um resultado positivo, as duas equipes iniciaram o confronto valorizando pela velocidade. Mais efetivo no ataque, o Fluminense conseguia tocar melhor a bola e apertava a marcação do Vitória, que se posicionava defensivamente para se aproveitar dos lances de contra-ataque.

Aos 13 minutos, uma falha da defesa quase termina em gol carioca. Diego Renan não consegue dominar e Wellington toca para Cícero, que chuta em cima de Fernando Miguel. Com o Leão da Barra todo atrás do meio-campo, os baianos viram os atletas do Flu criarem várias oportunidades em arranques de velocidade. Em uma delas, aos 21, Wellington Silva dá uma arrancada e avança sem marcação pelo lado direito, entrando na área e chutando colocado para outra defesa do goleiro rubro-negro.

Mesmo melhor no jogo, o Tricolor carioca esbarrava nas mãos de Fernando Miguel, que estava em noite inspirada. Aos 27, o arqueiro do Vitória faz outra bela defesa para anular uma finalização de Wellington Silva. Um minuto depois, o goleiro anula cobrança de Scarpa.

Mesmo mais recuado e jogado de forma defensiva, o Rubro-Negro mudou o panorama da partida ao aproveitar um dos poucos lances de bola parada para abrir o marcador. Aos 30, Marinho cobra falta na pequena área do Fluminense e Marcelo sobe mais que todo mundo para completar de cabeça e colocar a bola no cantinho da meta de Júlio César. Alegria para a torcida baiana presente no Maracanã.

Entretanto, a equipe comandada por Argel Fucks não teve tempo de administrar o resultado. Aos 33 minutos, Victor Ramos fez falta em Wellington e o juiz marcou penalidade máxima para os donos da casa, revoltando os atletas baianos e o treinador do Vitória. Apesar das reclamações sobre o auxiliar e o árbitro, a cobrança foi confirmada e Richarlison deixou tudo igual no Rio de Janeiro.

Com o jogo caindo de produção na primeira etapa, a situação do Leão se complicou nos acréscimos da partida. Aos 47, Cícero se aproveitou de cruzamento de Wellington e subiu sem marcação para cabecear no canto de Fernando Miguel.

O segundo tempo começou com um jogo aberto dos dois lados, fazendo com que as duas equipes chegassem com facilidade a meta rival. Mais solto em campo, o Vitória passou a levar mais perigo aos donos da casa e teve boas oportunidades em lances de bola parada. Mesmo assim, os visitantes não conseguiam acertar no último passe e viam o Time das Laranjeiras se aproveitar de falhas na lateral para assustar o gol de Fernando Miguel.

Com a entrada de David no lugar de Amaral, o Leão fica mais ofensivo e passa a complicar o clube carioca. Aos 18, Marinho levanta para Kieza dentro da área, mas o atacante acaba impedido por antecipação de Júlio César, que corta o cruzamento. Aos 20, Scarpa responde e chuta fora da área para defesa de Fernando Miguel.

O jogo estava lá e cá, com os dois times efetuando lances efetivos para chegar ao gol. Aos 25, Marinho cobra falta e David desvia para ver a pelota sair à direito do gol. Já aos 29, foi a vez de David cruzar na boca do gol e ver Henrique desviar a bola antes de chegar em Marinho. 

Quando o jogo parecia resolvido para os cariocas, brilhou mais uma vez a estrela de Marinho. Depois de dois cortes de Euller em Wellington Silva, o lateral cruzou a bola para o atacante, que passou por Gum e chutou rasteiro para deixar tudo igual no Maracanã. A equipe baiana ainda resistiu as investidas do Fluminense e conseguiu terminar a partida em 2 a 2.

O Vitória agora joga no próximo dia 6 de novembro, um domingo, onde enfrenta o Atlético Paranaense no Barradão às 16h (horário da Bahia). Já o Fluminense sai de casa para jogar contra o Cruzeiro no Mineirão.

 
FICHA TÉCNICA
Fluminense x Vitória
Campeonato Brasileiro – 33ª rodada
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data: 28/10/2016
Horário: 18h30 (de Salvador)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes:  Marcelino Castro de Nazaré (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Gols: Marcelo, Richarlison, Cícero, Marinho
Cartão Amarelo: Victor Ramos, Marcelo, Pierre, Gum

Fluminense: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Richarlison (Magno Alves). Técnico: Levir Culpi

Vitória: Fernando Miguel; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Euller; Amaral (David), Willian Farias, Marcelo e Cárdenas (Serginho); Marinho e Kieza. Técnico: Argel Fucks.
Futebol americano: Vitória realiza seletiva em busca de reforços para a temporada 2017
Foto: Gian Coloni / Divulgação/ Vitória
A equipe de futebol americano do Vitória já iniciou o planejamento para a temporada 2017, após o desempenho ruim na Superliga Nacional, na qual o time Rubro-negro acabou rebaixado. Em busca de reforços, o Leão irá realizar uma seletiva neste domingo (30), na  Escola de Formação Complementar do Exército, localizado no bairro da Pituba, em Salvador, a partir das 13h30. Os interessados podem se inscrever por meio do link https://goo.gl/sviGQ6. A inscrição custa R$ 20.
Remo: Vitória disputará o Campeonato Brasileiro no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação / Vitória
Atual campeão baiano, a equipe de Remo do Vitória irá disputar o Campeonato Brasileiro, que irá acontecer neste sábado (29) e domingo (30), no Rio de Janeiro. O time Rubro-negro participará de oito provas:  8/com Sênior, 8/com Junior, 4/sem Junior, Four Skiff Junior, Double Feminino Sênior, Double Feminino Peso Leve, Double Masculino Peso Leve e Double Masculino Sub 23. Os seguintes atletas representarão o Leão:  Fábio Costa, Norbert Loyola, Lucas Pires, Tadeu Aguiar, Diego Mattos, Alex Moura, Camila Serrão, Sofia Conte e Danilo Paixão.
Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 10:05

Vôlei: Vitória vence apenas uma e não consegue acesso para a Superliga B

por Glauber Guerra
Vôlei: Vitória vence apenas uma e não consegue acesso para a Superliga B
Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV
O Vitória/FSBA encerrou sua participação na Taça Prata de vôlei com um triunfo por 3 sets a 1 sobre o Rádio Clube/AVP, na última quinta-feira (27), no Rio de Janeiro. Porém, o resultado positivo não foi suficiente para o Rubro-negro conseguir o acesso para a Superliga B. Em três partidas disputadas, o Leão obteve duas derrotas e uma vitória.

Quatro equipes conquistaram o acesso para a Superliga B de 2017: Sesc-RJ, Clube Jáo-GO, Rádio Clube/AVP-MS e Montecristo-GO.

Confira os jogos:

25.10 (terça-feira)
16h - Rádio Clube/AVP Voleibol (MS) 3 x 2 Montecristo (GO) (22/25, 24/26, 25/22, 25/23 e 16/14)
18h - Sesc (RJ) 3 x 0 Clube Jaó (GO) (25/17, 25/12 e 25/22)
20h - Tijuca Tênis Clube (RJ) 3 x 1 Vitória  24/26, 25/20, 25/20 e 27/25)

26.10 (quarta-feira)
16h - Vitória 0 x 3 Montecristo (25/16, 25/20 e 25/17)
18h - Clube Jaó 3 x 1 Telemaco Borba (17/25, 25/16, 25/15 e 25/18)
20h - Tijuca T.C. x Rádio Clube/AVP Voleibol
 
27.10 (quinta-feira)
16h - Rádio Clube/AVP Voleibol 1 x 3 Vitória 
20h - Tijuca T.C. x Montecristo

Classificação final:

Grupo A
Montecristo – 2V/3J – 7 pontos
Rádio Clube – 2V/3J – 5 pontos
TTC – 1V/3J – 3 pontos
Vitória – 1V/3J – 3 pontos

Grupo B
Sesc – 2V/2J – 6 pontos
Jaó – 1V/2J – 3 pontos
Telemaco – 0V/2J – 0 pontos
Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 07:45

CBF antecipa duelo entre Vitória e Atlético-PR; jogo será no dia 6 de novembro

por Glauber Guerra
CBF antecipa duelo entre Vitória e Atlético-PR; jogo será no dia 6 de novembro
Partida será em um domingo | Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
A CBF anunciou em seu site oficial a antecipação do duelo entre Vitória e Atlético-PR, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto, anteriormente marcado para o dia 7 de novembro, segunda-feira, às 19h (horário de Salvador), no Barradão, acontecerá um dia antes. A partida será realizada no domingo, às 16h (horário de Salvador), no mesmo local. Segundo a entidade, a mudança foi um pedido do SporTV com objetivo de adequar o jogo à programação do canal. Antes de pegar o Furacão, o time comandado pelo técnico Argel Fucks vai encarar o Fluminense, nesta sexta-feira (28), logo mais às 18h30 (horário de Salvador). Com 35 pontos, o Rubro-negro baiano ocupa a 17ª posição no certame nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário