sexta-feira, 7 de outubro de 2016

MARCELA TEMER SERÁ MADRINHA DE CAMPANHA CONTRA A ZIKA



Foto: Lula Marques/ AGPT
Foto: Lula Marques/ AGPT

Marcela Temer será madrinha de campanha contra zika



Além do programa Criança Feliz, lançado oficialmente nessa quarta-feira (5), a primeira-dama Marcela Temer vai se envolver com uma campanha de combate ao mosquito transmissor do zika vírus. Marcela deve ser a madrinha da campanha e, de acordo com a coluna Painel da Folha de S. Paulo, a ideia é que ela esteja presente em diversas ações federais de comunicação.
Marcela Temer, em seu primeiro discurso como embaixadora do Programa Criança Feliz, usou uma figura maternal para destacar a necessidade dos cuidados com a primeira infância. “O momento mais importante para o desenvolvimento de habilidades e competências humanas são os primeiros anos de vida É nesse período que nossos filhos percebem que são amados e aprendem a amar. Esse sentimento os guiará por toda vida”, disse, em cerimônia de lançamento do programa, no Palácio do Planalto. “Nossas responsabilidades aumentam a cada dia e os desafios também”, afirmou.
A primeira-dama destacou que seu trabalho será voluntário “para sensibilizar e mobilizar setores da sociedade em torno de ações que visam a garantir melhoria na vida das pessoas”. Marcela se disse feliz por colaborar com causas sociais do Brasil e disse que os cuidados desde a gestação são fundamentais para o desenvolvimento das crianças. “Cada vez que beijamos nossos filhos pequenos, que conversamos com eles, cada vez que os carregamos nos braços, lemos uma história ou cantamos uma canção de ninar, estamos ajudando no seu desenvolvimento”, afirmou.
Marcela ressaltou ainda que os cuidados na primeira infância “ajudam a coibir comportamentos agressivos e violentos na adolescência”. “Dessa forma, esse adolescente se tornará um adulto mais preparado para vida”, afirmou.
Durante o lançamento do Criança Feliz, o presidente Michel Temer destacou que a presença da primeira-dama como embaixadora do Programa Criança Feliz visa incentivar “as senhoras mulheres e autoridades” a também integrarem o programa, para que assim ele não seja apenas uma atribuição da União. “Certa e seguramente a Marcela vai convidar primeiras-damas, as senhoras prefeitas para estarem em Brasília”, disse o presidente nesta quarta-feira, 5.
Ao mencionar ministros, parlamentares e primeiras-damas presentes, Temer falou da senadora do PDMB Marta Suplicy, derrotada nas eleições em São Paulo, ressaltando que ela tem trabalhos na área social há muito tempo. “Portanto, poderá trazer uma experiência extraordinária para somar-se àquelas experiências já editadas e às outras eu agora se verificarão”, disse.
Temer afirmou ainda que a pretensão do Criança Feliz é melhorar os trabalhos de assistência à primeira infância que já são realizados em outros Estados. “O que quer a união federal e essa é nossa pretensão é de uma maneira sistematizar e coordenar esses trabalhos”, afirmou.
Com informações do Estadão Conteúdo




Nenhum comentário:

Postar um comentário